8

A farra do ICN no governo Flávio Dino…

Instituto investigado por suspeita de desvio de recursos tem entre seus controladores gente que, mesmo com prisão decretada, “não foi encontrado” pela Polícia Federal e tem fortes ligações no Palácio dos Leões

 

Marcelo e Márcio: ICN acaba perpassando pelos dois

Marcelo e Márcio: ICN acaba perpassando pelos dois

A Polícia Federal deveria aprofundar as investigações no Instituto Cidadania e Natureza também para os contratos com o governo Flávio Dino (PCdoB).

Uma das suspeitas que ronda o instituto nesta gestão envolve o chefe da Casa Civil de Flávio Dino, Marcelo Tavares.

Um dos pedidos de prisão da Polícia Federal alcançava ninguém menos que Benedito Silva Carvalho, tido pela própria Polícia Federal como um dos cabeças do instituto. 

O poderoso Benedito controla também a Cooperativa Centervita, que administra sete unidades de saúde em São Luís, uma em Colinas e uma em Timon.

Benedito Carvalho é apontado como tio de Marcelo Tavares. Com prisão preventiva decretada, foi o único, curiosamente, a não ser encontrado pela Polícia Federal. (Leia aqui)

Supersalários a amigos de Jerry

Outra suspeita é que o ICN – assim como outras Oscip’s que atuam no governo Dino – pagam altos salários a indicados pelo chefe da Articulação Política, Márcio Jerry.

Keilane e o contracheque de Marajá: namorada do amigo de Márcio Jerry

Keilane e o contracheque engordado da Bemviver: namorada do amigo de Márcio Jerry

Um destes contracheques – de uma enfermeira ligada a um assessor de Jerry – no valor de mais de R$ 13 mil, veio à tona ainda no mês de abril. (Relembre aqui)

A Justiça Federal determinou ontem o rompimento do contrato do ICN com o governo Flávio Dino.

Deveria também determinar a investigação desses contratos do governo comunista. 

Afinal, o procedimento é o mesmo que ocorria no período entre 2010 e 2013.

Simples assim…

Marco Aurélio D'Eça

8 Comments

  1. O domínio do grupo Sarney fez tanto mal ao Maranhão que foi capaz de cegar o cidadão maranhemse para enxergar coisas piores que eles mesmos, como é o caso desse filhote de ditador chamado FLAUDI Dino. O Maranhão é refém desse monstrengo, que controla e usa os órgãos investigativos e de fiscalização ( municipal,estadual e federal ) para destruir os seus adversários. O pior que isso tem ainda como consequência, esconder a incompetência e a podridão desse governo fajuto. O Maranhão deveria se livrar destes 02 grupos que só praticam maldades e destroem a cada dia que passa a esperança de um Estado melhor.

  2. Certamente essa amigona não vai ficar desempregada, é muita competência numa pessoa só…

  3. SE VC FOSSE UM JORNALISTA DE PRESTASSE PUBLICARIA O QUE OS SEUS CHEFES FIZERAM SÓ NA SAÚDE DO MARANHÃO NESSES 3 ANOS INVESTIGADOS PELA PF,MPF,CGU… OU NÃO É RELEVANTE ESSE ROUBO PARA O SEU JORNAL FAZER REPORTAGENS… Digamos R$ 1.200.000.000,00 Bilhões. seu pau mandado de Ladrão!!!!!!!!!!!

  4. VC É UM MOLEQUE MESMO, A CASA SÓ CAIU PORQUE O GOVERNADOR FLAVIO DINO LIBEROU PARA A PF E A CGU AS INFORMAÇÕES REFERENTE OS ROUBOS PRATICADOS PELA SUA CHEFE SEU IDIOTA

  5. Não tem nada de farra da ICN no governo Flávio Dino. Ao longo desse ano esse empresa estava apenas cumprindo o seu contrato. Já no governo roseana agora se sabe que acontecia farra mesmo e a prova está aí na investigação da Polícia Federal do contrato DURANTE O GOVERNO PASSADO. Mesmo a empresa tendo conseguido contrato esse ano o governo é outro, o secretário de saúde é outro e não Ricardo Murad que era quem assinava a papelada que permitiu o roubo na saúde. Tentativa besta e vazia de tentar envolver o governo Flávio Dino!

  6. O jornal O Estado do Maranhão tenta esconder em vão a operação da Polícia Federal que desbaratou a organização criminosa chefiada pelo ex-secretário Ricardo Murad (PMDB), acusada de desviar R$ 1,2 bilhão da saúde do estado entre os anos de 2011 e 2013.

    No folheto da família Sarney, nenhuma linha de verdade sobre a operação “Sermão aos Peixes. O jornal ainda deturpa fatos e faz malabarismos para relacionar as falcatruas do Instituto de Cidadania e Natureza ao governo Flávio Dino.

    Segundo os investigadores da PF e da CGU, a contratação sem licitação do ICN foi uma forma que Ricardo — o mentor da quadrilha — encontrou para fugir dos mecanismos de controle, desviar verbas, superfaturar insumos e burlar a contratação de pessoal.

    Em abril deste ano, o instituto venceu a inédita licitação realizada pelo Governo do Maranhão para a gestão de hospitais da rede pública estadual de saúde, mas teve o contrato suspenso nessa terça-feira (17) por determinação da Justiça Federal.

    ASSIM É ESTE BLOGUEIRO QUE NADA MAS FAZ DO QUE ESCONDER A VERDADE DO POVO.
    NOTEM ELE SE QUER TOCA NO NOME DO CHEFE DA QUADRILHA RICARDO MURAD. NÃO FAZ ISSO PORQUE TEM O RABO PRESO À CHEFE DA EMPRESA NA QUAL ELE TRABALHA.
    ENTÃO PERGUNTO, VCS ACHAM MESMO QUE ESSE CARA DONO DESTE BLOG, REALMENTE É UM REPORTE? NUNCA, ELE SE VENDEU COMO TANTOS OUTROS DO SISTEMA MIRANTE. NÃO TEM VERGONHA NA CARA, PREFERE SE SUJEITAR A ESSA MEDIOCRIDADE DO QUE SER IMPARCIAL.
    VC NÃO TEM VERGONHA, MENTE DESCARADAMENTE. DEVERIA DEIXAR DE SER REPORTE, VC JOGA ESSA NOBRE ARTE NA LAMA AGINDO ASSIM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *