0

Vereadora Karla Sarney entregou 3 toneladas de peixe na Semana Santa

Parlamentar atendeu mais de 10 bairros de São Luís com a entrega do pescado, promovendo segurança alimentar e mantendo a tradição cristã de não comer carne no período da Paixão de Cristo

 

Moradores receberam o pescado praticamente na porta de casa, em ações nas próprias comunidades

 

Foram entregues pela Vereadora Karla Sarney, na última quinta-feira (14), 3 toneladas de peixes em diversas comunidades ludovicenses.

Além de promover segurança alimentar para a população, a distribuição de pescados contempla a tradição cristã de não comer carne vermelha na Semana Santa.

Vereadora Karla Sarney participou diretamente da entrega do peixe em diversas comunidades de São Luís

Esses peixes com certeza fazem muita diferença na mesa de quem os recebe. Nós temos o objetivo de ajudar cada vez mais as pessoas, principalmente em um momento como esses que estamos passando, saindo de uma pandemia”, ressaltou a vereadora.

Foram atendidos mais de 10 bairros, como Quebra-Pote, Ribeira, Cidade Operária, Coheb, Bairro de Fátima, Monte Castelo, Murtura e muitos outros.

Da assessoria

13

Bárbara Soeiro pode não ser diplomada como vereadora

Eleita vereadora de São Luís, Bárbara Soeiro (PMN) pode ter sua diplomação evitada e até mesmo levar a sua cassação. Isto porque nos meses de agosto, setembro e outubro, a vereadora eleita de São Luís Bárbara Soeiro (PMN) continuou salários que tinha na Secretaria Municipal de Governo (Semgov).  (veja mais aqui)

Alguns dos salários recebidos são em virtude do emprego como “Serviço Prestado” à Semgov, ainda que Bárbara tenha solicitado o desligamento em junho.

Este blog já havia publicado a iminência do nome da vereadora como opositora ao grupo de Isaías Pereirinha, apoiada pelo grupo de Edivaldo Holanda Jr. (PTC), para a disputa pela presidência da Câmara dos Deputados (reveja aqui).

Agora, caso seja comprovada a inelegibilidade da vereadora e sua diplomação seja ameaçada, o grupo de Edivaldo terá de escolher outro que possa competir com Pereirinha.

Por enquanto resta saber se, após as eleições, a condição de elegibilidade da vereadora pode ser questionada. Até o momento não se tem certeza.

Abaixo, a cópia do contracheque que comprova o fato, seja ele inelegível no momento ou não.

 

8

Eles não estão falando a mesma lingua

Sérgio Frota e Pereirinha, “idiomas diferentes”

Do blog de Jorge Aragão 

Que o “eterno” presidente da Câmara de Vereadores, Pereirinha, e o atual presidente do Sampaio Correa e vereador eleito, Sérgio Frota, possuem divergências, isso é público e notório, mas um novo fato pode reacender essas diferenças, pois, ao que tudo indica, eles não estão falando a mesma língua.

O Blog do jornalista Gilberto Léda, afirma que Pereirinha pretende registrar em cartório uma lista contendo o nome de 22 vereadores que teriam declarado apoio a sua candidatura no intuito de ele se re-re-re-reeleger, ou seja, chegar ao quinto mandato consecutivo à frente do legislativo municipal.

No entanto, quando da homenagem recebida pelo Sampaio na Assembleia na quinta-feira (08), o titular do Blog conversou e entrevistou Sérgio Frota. O vereador eleito foi categórico em afirmar.

“Participei do jantar e assinei a lista, mas o que assinei, assim como os outros vereadores, foi uma manifestação demonstrando que esses vereadores não irão aceitar a interferência do poder executivo na eleição da Câmara de Vereadores, apenas isso. Ali não definimos nenhuma candidatura, quem se viabilizar dentro desse grupo será o candidato”, declarou Frota.

Sendo assim, é bom Pereirinha refazer os cálculos, pois os números tendem a não ser o que ele espera. Afinal, dentro desse grupo, outros dois vereadores almejam também ter a chance, a oportunidade de sentir o gostinho de presidir a Câmara de Vereadores.

Polêmico, mas autêntico e verdadeiro, Frota também foi enfático quando falou sobre a perpetuação no poder.

“Sou e sempre fui favorável a alternância de comando nos poderes”, finalizou.

Alguém ainda tem dúvida que Pereirinha e Sérgio Frota não estão falando a mesma língua?

1

As licenças na Câmara Municipal…

Câmra encerra "farra" de licenças

O presidente da Câmara Municipal, Isaías Pereirinha (PSL), decidiu acabar com a licença de vereadores em ano eleitoral. Acha que o troca-troca de mandatos é mal visto pelo eleitor.

Dede 2009, quando a atual Câmara assumiu, nada menos que sete suplentes assumiram mandatos na Casa.

Dois deles, Marlon Garcia (PTdoB) e Edmislon Jansen (PTC), assumiram em 2011, com a ida de Lourival Mendes (PTdoB) e Edivaldo Júnior (PTC) para a Câmara Federal.

Outro, Umbelino Júnior (PV), assumiu depois da morte do eleito Augusto Serra (PV).

Os demais suplentes assumiram em negociações com os titulares.

Batista Matos (PPS) passou por duas vezes no plenário – no final de 2010 e no final de 2011, sempre na vaga do também pepessista Vieira Lima (PPS).

Geraldo Castro Sobrinho (PCdoB) também assumiu duas vezes, na vaga do médico Fenando Lima.

Outro que assumiu para período de quatro meses foi Antonio Garcêz (PDT).

Já havia uma articulação para novas lcienças ainda este mês, abortadas despois da crítica de Pereirinha.

Afinal, como ele mesmo diz, é ano eleitoral…