5

Quem é quem na disputa pela Prefeitura de São Luís…

Primeira pesquisa de intenção de votos sobre a corrida sucessória na capital maranhense – faltando ainda 21 meses para o pleito – mostra quem tem chances e quem deve patinar até outubro de 2020

 

EDUARDO BRAIDE SEGUE FIRME NA LIDERANÇA EM SÃO LUÍS, mas ainda precisa definir futuro partidário e estrutura política

O blog de Diego Emir trouxe nesta segunda-feira, 11, dados da primeira pesquisa de intenção de votos sobre a eleições municipais de 2020 em São Luís.

Realizado pelo Instituto Conceito, o levantamento aponta dados já esperados e algumas surpresas. O blog Marco Aurélio D’Eça analisa agora os principais nomes.

Eduardo Braide (PMN): O deputado federal mostra-se consolidado, com índices que chegam a até 60% das intenções de voto – além de manter o favoritismo na espontânea. Caberá a Braide garantir a estrutura político-partidária; caso contrário, pode virar em 2020 o que foi Eliziane Gama (PPS) em 2016;

Wellington do Curso (PSDB): O parlamentar aparece bem entre os primeiros colocados; mas terá que vencer a desconfiança do eleitor em relação ao seu preparo técnico – que o tirou do segundo turno em 2016 – e garantir que terá a legenda tucana para a disputa;

Bira do Pindaré (PSB): é o principal nome da base governista até agora, com índices variando entre 11% e 15%; mas carece de carisma e do apoio dos demais partidos ligados ao governo Flávio Dino (PCdoB), alguns dos quais nutrem intransponível antipatia ao seu nome;

Duarte Júnior (PCdoB): uma das surpresas do levantamento, o deputado estadual do PCdoB mostra fôlego próprio, já que não tem – pelo menos até agora – sinalização de nenhuma liderança do seu grupo. Na disputa direta com Pindaré, Duarte tem a vantagem do carisma popular;

DENTRE OS CANDIDATOS GOVERNISTAS, NETO EVANGELISTA É O ÚNICO capaz de reunir o apoio de todas as lideranças do grupo

Neto Evangelista (DEM): Tecnicamente empatado com Duarte Júnior, o deputado estadual do DEM pode ser a esperança do grupo liderado por Flávio Dino e pelo prefeito Edivaldo Júnior (PDT), já que reúne a simpatia de todas as lideranças.

Osmar Filho (PDT): o desempenho do presidente da Câmara Municipal reforça a ideia de que o partido do senador Weverton Rocha terá mesmo que buscar outras alternativas se quiser se manter no poder na capital maranhense. A tendência é que os pedetistas apoiem outras candidaturas;

A pesquisa Conceito traz também dados importantes na pesquisa espontânea.

A presença da ex-governadora Roseana Sarney (MDB) e da senadora Eliziane Gama mostram que elas mantém seu nicho eleitoral em São Luís, independentemente dos últimos resultados.

Outra constatação: os deputados Adriano Sarney (PV) e Rubens Pereira Júnior (PCdoB) terão imensa dificuldades de se viabilizar.

Mas, repita-se, ainda faltam mais de 20 meses para a eleição…

0

Hilton Gonçalo é favorito à reeleição em Santa Rita…

A pouco mais de um ano e meio do pleito, prefeito é apontado como opção por quase 70% da população do município, resultado direto de suas ações no primeiro mandato

 

Hilton Gonçalo é cotado como favorito para vencer a disputa eleitoral na cidade de Santa Rita no próximo ano. Em recente levantamento, o atual prefeito aparece com ampla vantagem em relação aos seus possíveis adversários, tanto em um cenário espontâneo, como em cenários estimulados.

De acordo com o Instituto Conceito, o médico tem quase 70% da intenção de votos na pergunta quem não apresenta os nomes dos candidatos, já quando os nomes são apresentados, Hilton chega a 80%.

A pesquisa do Instituto Conceito aponta que no cenário espontâneo, Hilton possui 69,8%; Márcio Rezende 13,6%; o ex-prefeito Tim 6,2%; Dr Gaspar 4,3%; Júnior Servbem 3,1%; Dr Joelson 1,2%; Talib, Jansen Mauro e Fredilson com 0,6%, cada um.

Já no cenário estimulado, Hilton Gonçalo tem 75,7% contra 24,3%. Em outra simulação, o atual prefeito aparece com 80,7% contra 19,3% do ex-prefeito Tim. Os números representam os votos válidos.

Hilton Gonçalo está no terceiro mandato como prefeito de Santa Rita e deve disputar a reeleição em 2020, e todos os números apontam amplo favoritismo.

1

Pesquisa eleitoral, agora, só com registro na Justiça Eleitoral…

A partir de hoje, ninguém pode divulgar números sem a autorização do TRE, o que deveria garantir a isenção dos institutos; mas tese só ocorre no campo da teoria

 

A partir de hoje, as pesquisas de intenção de votos sobre a corrida eleitoral terão de ser registradas na Justiça Eleitoral antes de sua divulgação.

A medida visaria, em tese, evitar a manipulação dos números.

Apenas em tese.

Na prática, os institutos, veículos de comunicação e pré-candidatos fingem que entregam dados reais de seus levantamentos; e os responsáveis pelo controle desses dados apenas fingem que fiscalizam.

De qualquer forma, o registro inibe – ainda que insignificantemente – os “datas” da vida e os levantamentos inexatos.

A regra vale até o fim da campanha eleitoral…

4

População já fez opção por um novo governo, diz Ricardo Murad…

Em análise da pesquisa Escutec, pré-candidato a governador aponta sinais de fracasso do governo Flávio Dino e diz que o eleitor já se posicionou pela oposição em 2018

 

Comparação das pesquisas Escutec e Vox Populi mostra cenário consolidado, com vitória da oposição

O ex-deputado e pré-candidato a governador pelo PRP, Ricardo Murad, avaliou a pesquisa Escutec divulgada na última sexta-feira, 22, fazendo a comparação dos números com o da última pesquisa Vox Populi, divulgada em novembro.

– Muito interessante é que as pesquisas Escutec e Vox Populi apontam para uma mesma direção: a opção da população por um governo de oposição, no lugar do fracassado projeto comunista – afirmou, em suas redes sociais.

A leitura de Murad – segundo a qual os candidatos de oposição, somados, têm mais votos que Flávio Dino (PCdoB) – é a mesma este blog, publicada no post “Oposição vence de Flávio Dino…”

Para Ricardo Murad, o sinal mais positivo é que todo este cenário foi construído ainda com os candidatos fora da pré-campanha, que, na visão dele, só deverá ocorrer entre janeiro e junho.

– A pesquisa confirma o crescimento da oposição – disse.

5

Oposição vence eleição contra Flávio Dino, diz pesquisa…

Números do Instituto Escutec apontam que 57,8% dos eleitores maranhenses não votam no governador comunista nas eleições de 2018, o que indica vitória de um adversário

 

Roseana é a mais cotada para enfrentar Flávio Dino em um segundo turno, revela pesquisa

A pesquisa do Instituto Escutec revelou, sexta-feira, 22, que 57,8% dos maranhenses não querem continuar com o governo comunista de Flávio Dino (PCdoB).

Este é o total de eleitores que votam em outros candidatos (53,6%) ou não votam em ninguém (4,2%.

O índice é mais de 21 pontos percentuais maior que a votação no próprio Flávio Dino (36%).

O levantamento indica que um adversário da oposição – Roseana Sarney (MDB) é a mais cotada, com 32,4% – irá disputar um segundo turno com Flávio Dino em 2018.

E vencerá a eleição…

2

Cenário de fracasso para Flávio Dino…

Pesquisas mostram decepção do eleitorado com o projeto de mudança comunista e o governador passa a fazer uso de malfeitos para se manter encastelado no Palácio dos Leões

 

Por qualquer aspecto que se analise, a pesquisa do Instituto Vox Populi sobre a corrida eleitoral maranhense – a primeira de uma empresa nacional sobre o próximo pleito – mostra o fracasso retumbante do governo Flávio Dino (PCdoB), prestes a completar o terceiro ano de mandato. Os números revelam que a população maranhense não engoliu, ou decepcionou-se, com o discurso da mudança comunista pregada em 2014.

Dino tem pouco mais de 1/3 do eleitorado maranhenses, o mesmo que a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB), fora do poder há quatro anos e só agora anunciada pré-candidata ao governo.

Talvez até por saber os números do Vox Populi – mesmo porque tem institutos trabalhando para si quase que diariamente – é que Dino começou a multiplicar por mil o nível de corrupção em seu governo. Nos últimos dias, a tônica de suas ações é marcada por cooptação de partidos e lideranças em troca de cargos, liberação de convênios milionários a prefeituras vinculadas aos partidos de sua base, além do aliciamento claro de emissoras de rádio, jornais, blogs e emissoras de TV no interior.

O Instituto Vox Populi mostra um cenário ainda mais tenebroso para Flávio Dino em São Luís.

Na capital, ele tem apenas a terceira colocação entre os candidatos a governador, perdendo para Roseana e para o deputado Eduardo Braide (PMN), que nem definiu se será candidato.

A população maranhense precisa agora ficar alerta com o nível de endividamento do governo, o gasto desordenado de recursos públicos e a compra de votos.

Por que, já está claro por suas próprias ações, que Dino vai fazer de tudo para se manter encastelado no Palácio dos Leões.

9

Flávio Dino e Roseana empatados; Braide se consolida em terceiro…

Pesquisa divulgada nesta segunda-feira mostra que a oposição tem quase o dobro dos votos do governador comunista, que fica apenas em terceiro lugar em São Luís

 

Pesquisa do Instituto Vox Populi divulgada nesta segunda-feira, 4, mostra um empate técnico entre o governador Flávio Dino (PCdoB) e a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB), faltando menos de um ano para a eleição.

Dino aparece com 37% das intenções de votos, apenas 2 pontos à frente de Roseana.

Neste cenário, o deputado estadual Eduardo Braide (PMN) aparece em terceiro lugar, com 7%, seguido de Roberto Rocha (PSDB), 5%, Maura Jorge (3%), Ricardo Murad (2%) e Eliziane Gama (1%).

São Luís

A pesquisa Vox Populi – primeiro levantamento nacional sobre a eleição no Maranhão – também mostra que o governador Flávio Dino está em desvantagem em São Luís.

Na capital, ele ocupa apenas a terceira colocação, com 24%, atrás de Roseana (27%) e Braide (25%).

Com a margem de erro de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos, significa dizer que os três empatam na capital.

A pesquisa Vox Populi, feita em todo o Maranhão, foi divulgada em entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira, 4, no Hotel Luzeiros.

0

Vox populi gera expectativa na classe política…

Primeira pesquisa nacional sobre as eleições no Maranhão será aberta em coletiva de imprensa nesta segunda-feira, o que desperta o interesse de candidatos e jornalistas

 

Nenhuma outra pesquisa realizada no Maranhão sobre a disputa pelo Governo do Estado gerou tanta expectativa quanto a da Vox Populi, marcada para a tarde desta segunda-feira, 4.

Muito da expectativa foi gerada exatamente pelo inusitado da forma como o levantamento será divulgado, com pompa e circunstância em uma coletiva de imprensa no Hotel Luzeiros.

Contratada pela empresa Jakarta Publicidade, a pesquisa Vox Populi é a primeira de âmbito nacional sobre a corrida eleitoral maranhense.

E deve movimentar o cenário neste final de ano…

1

Vox Populi vai divulgar pesquisa no Maranhão…

Empresa responsável pela contratação fará inédita coletiva para abertura de envelopes, buscando fortalecer a credibilidade do levantamento

 

Uma pesquisa do Instituto mineiro Vox Populi deve ser divulgada na próxima segunda-feira, 4.

E terá uma inédita forma de apresentação.

A empresa contratante, Jakarta Publicidade, está convidando jornalistas para uma coletiva de imprensa em que serão abertos os envelopes do levantamento.

A ideia é apresentar os números a todos os veículos, sem exclusividade, e garantir a credibilidade.

O Vox Populi é um dos mais respeitados institutos do país e esta será a primeira pesquisa com o seu carimbo sobre a corrida sucessória no Maranhão.

A coletiva ocorrerá no Hotel Luzeiros, ainda com horário a definir…

3

Difusora desmente pesquisa da própria Difusora sobre Flávio Dino…

Jornalista Diego Emir, do programa Algo Mais, foi às ruas de São Luís e constatou a insatisfação da população com o governo comunista, que só aparece bem aprovado nos números de um tal Instituto Data Ilha

 

Não durou nem duas horas a credibilidade da pesquisa Data Ilha, divulgada na manhã desta segunda-feira, 16, no programa Bom Dia Maranhão, da TV Difusora.

Os números já haviam sido questionados pela própria TV Difusora, ainda no sábado, 14, no quadro Conversa Franca, apresentado pelo jornalista Diego Emir, no programa Algo Mais. (Veja o vídeo)

CASO DE POLÍCIA. Sede do Data Ilha em São Luís; pesquisa acabou na polícia

No mês passado, o Instituto Data Ilha tentou gerar números favoráveis ao governador Flávio Dino (PCdoB), mas acabou tendo que se explicar sobre endereço e sistema de levantamento.

E recusou-se a revelar quem o contratou. (Relembre aqui)

Agora, mais um levantamento do Data Ilha é desmascarado.

Desta vez pela própria empresa que o contratou…