0

Igarapé Grande vai participar dos Jem’s…

Prefeito Erlânio Xavier assinou termo de adesão que permite ao município atuar nos jogos pela primeira vez, em diversas modalidades individuais e coletivas

 

O prefeito de Igarapé Grande, Erlanio Xavier, assinou nesta segunda-feira, 19, o termo de adesão aos Jogos Escolares Maranhenses 2021. O gestor estava acompanhado do secretário de Esportes, Wagno Sousa.

O município aderiu as modalidades individuais e coletivas, de futsal, atletismo e xadrez masculino e feminino.

Os campeões municipais participarão da etapa regional e os vencedores participarão da etapa estadual, que acontecerá em São Luís. O evento é uma organização da Secretaria de Estado de Esportes e Lazer, do Governo do Estado.

“Parabéns ao prefeito Erlanio Xavier por hoje assinar a adesão do município aos jogos escolares maranhenses. O gestor sempre investindo no esporte e na juventude.”

Desejamos que todos possam competir e trazer medalhas para nossa cidade e nosso estado”, disse o secretário de Esportes, Wagno Sousa.

0

Famem prega vacinação “de domingo a domingo” nos municípios…

Após reunião da entidade com o governador Flávio Dino, presidente Erlânio Xavier pregou que o enfrentamento à CoVID-19 requer imunização em massa, sem paralisações em feriados ou fins de semana

 

Erlânio reuniu os diretores da Famem, remotamente, para conversa com o governador Flávio Dino sobre as ações contra a CoVID-19…

O presidente da Federação dos Municípios (Famem), prefeito Erlânio Xavier (PDT), pregou nesta terça-feira, 13, a intensificação da vacinação nos municípios maranhenses.

“É muito importante, prefeitas e prefeitas, quanto mais rápido nós vacinarmos, mais vacina o nosso estado vai receber. Então, nos cabe chamar nossos secretários e equipes, e vacinar de domingo a domingo. Enquanto tiver vacina no estoque, não tem que ter feriado, não tem que ter dia de domingo, porque quanto mais nós vacinarmos, mais estamos imunizando a nossa população”, ressaltou o presidente da entidade municipalista.

Erlânio reuniu a diretoria da Famem em encontro com o governador Flávio Dino nesta segunda-feira, 12, com quem discutiu o apoio governamental ás ações municipalistas.

“Contratamos já vacinadores e digitadores para acelerar o processo de imunização dos municípios e as equipes estão sob o comando das gestões municipais. Nosso objetivo é sempre ajudar”, afirmou o governador.

Estiveram presentes o presidente Erlanio Furtado Luna Xavier (Igarapé Grande); o 1º Vice-Presidente: João Luciano Silva Soares (Pinheiro); o 2º Vice-Presidente: José Carlos de Oliveira Barros (Vargem Grande); o Secretário Geral: João Igor Vieira Carvalho (São Bernardo); o 1º Secretário: Aluísio Carneiro Filho (Esperantinópolis); o Tesoureiro Fernando Portela Teles Pessoa (Tuntum); o 2º Tesoureiro: Alexandre Magno Pereira Gomes (São João dos Patos); o Diretor de Educação, Vanderly de Sousa do Nascimento Monteles (Anapurus); o Diretor de Saúde, Erik Augusto Costa e Silva (Balsas); o Diretor Jurídico, Amílcar Gonçalves Rocha (Barreirinhas); o Diretor de Representação de Brasília, Washington Luís de Oliveira (Bacuri); o 1º Conselheiro Fiscal, Deibson Pereira Freitas (Trizidela do Vale); o 2º Conselheiro Fiscal, Ubirajara Rayol Soares (Graça Aranha); o 1º Suplente Fiscal, Antonio Coelho Rodrigues (Sítio Novo) e o 2º Suplente Fiscal, Francisco Flávio Lima Furtado (Duque Bacelar).

1

Consórcio liderado pela Famem garante mais que vacina aos municípios

Além de acesso à compra do imunizante, grupo de prefeituras poderá conseguir produtos e serviços com mais agilidade e menos custos, além de garantia de maior volume de recursos federais e até internacionais

 

Erlânio Xavier conduz a articulação de prefeitos para cesso ás vacinas contra a COVID-19 e mostra influência municipalista

O consórcio criado pela Famem com objetivo de reunir municípios na compra de vacinas contra a CoVID-19 já tem 11 associados e deve comprar os primeiros imunizantes áinda em abril.

Mas o consórcio, formado com base na Lei nº. 11.107/2005, vai além do acesso à vacina.

Associado a um grupo de municípios, as prefeituras podem ter facilidade noa cesso a bens e serviços públicos, além de garantir maior volume de recursos federais e até internacionais.

– Quanto mais consorciados, maior a efetividade e poder de negociar em melhores condições a aquisição de produtos e serviços, ganhando agilidade no atendimento das demandas públicas – explica o presidente da entidade municipalista, prefeito Erlânio Xavier (PDT). 

A agilidade na realização de serviços e obras por intermédio de consórcios, se dá, por exemplo, por adesão às atas de obras públicas – como asfaltamento – sem a necessidade de realização de licitação própria.

– O consórcio é um importante meio de concretização do federalismo cooperativo e instrumento de implementação de políticas públicas mais eficientes, trazendo para o âmago municipal e regional as discussões de temas inerentes aos interesses intermunicipais – conclui Xavier, um dos mais influentes líderes municipalistas da atualidade.

1

Weverton e comitiva visitam Balsas e parlamentar destina R$ 1 milhão para saúde

O senador Weverton e o presidente da Famem, Erlanio Xavier, acompanhados de lideranças estaduais, visitaram nesta quinta-feira (25), o município de Balsas, um dos mais afetados pela pandemia da Covid-19 e que necessita de auxílio urgente.

Para garantir o apoio necessário, o senador Weverton anunciou, durante a visita, a destinação de 1 milhão de reais de emendas parlamentares para a saúde do município.

Erlanio destacou que a prioridade é garantir o atendimento adequado a quem contrair a doença, além de intensificar a vacinação e as medidas preventivas.

“Agradeço a parceria e o empenho de todos na luta contra a pandemia”, disse o presidente da Famem, Erlanio Xavier.

Estiveram presentes o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), deputado estadual Glalbert Cutrim (PDT), o secretário de Desenvolvimento Social, Márcio Honaiser (PDT), além do prefeito do município, Dr. Erik, a prefeita de Feira Nova, Luiza Coutinho, a prefeita de Nova Colinas, Josa, o prefeito de Riachão, Ruggero, o prefeito de São Raimundo das Mangabeiras, Accioly Cardoso, e vereadores do município de Balsas.

2

Presidente da Famem destaca compra de vacina Sputnik por governadores

Erlânio Xavier diz que, no momento em que o Brasil passa por uma crise sem precedentes na pandemia de coronavírus, decisão dos governadores é uma forma de firmar um pacto pela vida

 

O presidente da Famem, Erlanio Xavier, comentou nesta sexta-feira, 12, a iniciativa do Consórcio   Nordeste em providenciar a compra de doses de vacina russa Sputnik V.

“O Brasil está passando por uma crise sem precedentes em termos de ameaça a vida. A decisão dos governadores em firmar este pacto pela vida neste momento em que a pandemia da Covid-19 ceifa mais de 2 mil mortes por dia é uma iniciativa sem precedentes na história deste país sacudido por um tragédia”, disse o prefeito de Igarapé Grande.

Numa negociação fechada no ano passado os governadores obtiveram desconto na compra do imunizante, ficando a unidade pelo valor de US$ 9,95.

O memorando sobre intenção de compra foi enviado em outubro do ano passado, quando aparentemente a pandemia estava em contenção.

De acordo com o porta voz do Consórcio Nordeste, o governador Wellington Dias (PI), a antecipação nas negociações além de baixar o valor da compra, foi acertada a compra de 39 milhões de vacinas.

A negociação fechada pelo Ministério da Saúde obteve 10 milhões de doses da vacina.

A Spunik ainda não foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em caráter emergencial.

0

Famem orienta prefeitos a adotar medidas restrititivas…

Entidade municipalista vê iminente risco de colapso no setor de Saúde com o aparecimento de novas variantes do coronavírus e pede suspensão de festas, shows e eventos, além da limitação de funcionamento do comércio

 

A Famem editou nesta quarta-feira, 3, documento recomendando aos prefeitos e prefeitas do Estado que adotem medidas restritivas para conter a evolução da pandemia no novo coronavírus no estado. Segundo consideração do documento, com o aparecimento de novas variantes virais, devido às incertezas que elas trazem, há eminente risco de colapso das redes de saúde pública e privada.

“Os municípios devem adotar no período de 5 a 14 de março medidas como a suspensão absoluta de festas, shows e eventos, limitar o horário de funcionamento do comércio entre 9 e 21 horas; suspender as atividades presenciais de universidades e escolas públicas e privadas, bem como os serviços das repartições públicas, e fiscalizar com rigor o cumprimento das medidas”, ressalta a recomendação da Famem.

Em pronunciamento pela manhã desta quarta-feira, 3, o governador Flávio Dino condicionou a distribuição do doses do novo lote de vacinas da Coronavac ao índice de vacinação contra Covid-19 imprimido pelos municípios no estado do Maranhão.

Segundo Flávio Dino, ainda durante o anúncio de novas medidas restritivas, para conter o avanço da pandemia no estado, municípios que ainda não aplicaram 60% das doses recebidas não irão receber imunizantes até atingir a meta. O Estado do Maranhão recebeu mais um lote de vacinas da Coronavac. Desta vez foram 62 mil doses recebidas.

Segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde o Maranhão já recebeu 359. 249 doses, sendo 139.050 coronavac e 98 imunizantes da Astrazeneca.

O percentual de cobertura no Maranhão hoje é de 61, 48%.

De acordo com o Plano Estadual de Vacinação compete à gestão municipal a coordenação e a execução das ações de vacinação elencadas pelo Plano Nacional de Imunização, incluindo a vacinação de rotina, as estratégias especiais (como campanhas e vacinações de bloqueio) e a notificação e investigação de eventos adversos e óbitos temporalmente associados à vacinação.

A recomendação da Famem conclui alertando os gestores Municipais a tomarem todas as medidas cabíveis para diminuir o impacto na saúde pública maranhense e salvaguardar a vidas dos munícipes, em observância as determinações contidas nos Decretos do Governo do Estado, bem como as peculiaridades do município e respectiva região.

È também de responsabilidade dos municípios a gestão do sistema de informação do PNI.

0

Famem reforça integração institucional com ações diretas nos municípios

Parceria da entidade com empresa de energia e Secretaria de Desenvolvimento Social beneficiou quase 1 milhão de famílias com tarifa social; novas ações devem incluir alianças com a Assembleia Legislativa, Câmara de São Luís e bancada federal

 

Representantes da Sedes, Equatorial e Famem em ação integrada que beneficiou quase 1 milhão de famílias em todo o estado

As ações municipalistas da Federação dos Municípios do maranhão (Famem) tem chegado diretamente ao cidadão maranhense, com benefícios sociais de peso no estado.

Uma parceria da entidade coma empresa de energia Equatorial e a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes)

 já beneficiou 928.000 famílias maranhenses com a tarifa social na conta de energia elétrica. Uma nova etapa do programa deve ampliar este benefício para milhares de outras famílias no interior maranhense.

– Foi muito importante essa parceria. A Equatorial, SEDES e a Famem não mediram esforços para garantir um grande número de beneficiários. Agora, em 2021, nós temos o desafio de sair da segunda colocação e alcançar a primeira posição no ranking e levar mais benefícios aos municípios maranhenses – avaliou o secretário executivo da Famem, Marcelo Freitas, que representa o presidente Erlânio Xaiver na agenda do convênio.

Entidade que representa os municípios maranhenses, a Famem, na gestão de Erlânio Xavier, busca integrar o Maranhão inteiro com ações diretas de benefício da população, seja como executora da ação ou mesmo como parceira de outras instituições.

Uma das próximas metas da federação é a articulação municipalista que deve envolver a Assembleia Legislativa e a Câmara Municipal numa ação que envolva todo o estado com projetos de desenvolvimento.

A articulação de Erlânio Xavier envolve também o presidente da Câmara, Osmar Filho, o da Assembleia, Othelino Neto, e os membros da bancada maranhense

Os presidentes da Assembleia, deputado Othelino neto (PCdoB), e da Câmara Municipal vereador Osmar Filho (PDT), já mantém agenda com Erlânio Xavier em vários setores.

Caberá a Othelino liderar os deputados estaduais com projetos e emendas; Osmar Filho – que já trabalha no municipalismo desde o início da gestão –  é o responsável por integrar todas as câmaras municipais por intermédio de uma entidade comum.

Além de Assembleia e Câmara, a Famem busca parcerias com a bancada federal, responsável pela alocação de recursos diretamente na base.

Com este trabalho conjunto, Famem, Assembleia, Câmara Municipal, Governo do Estado, prefeituras e as bandas federal e estadual atuarão de forma mais integrada no desenvolvimento do estado.

– É um trabalho que beneficia diretamente o Maranhão e o cidadão maranhense – define Erlânio Xavier…

1

Osmar Filho reabre Câmara em busca de integração entre poderes

Presidente do Legislativo de São Luís encabeça movimento que visa integrar ações conjuntas entre Assembleia Legislativa, Federação dos Municípios e câmaras do interior, num processo de unificação dos objetivos político-comunitários

 

Ao lado do prefeito Eduardo Braide, Osmar Filho esteve ontem na posse do presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto

O presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Osmar Filho (PDT) coordena hoje a reabertura dos trabalhos da Casa com um objetivo evidenciado desde ontem, quando esteve na posse da nova Mesa Diretora da Assembleia Legislativa.

Osmar Filho é defensor da integração das ações dos poderes legislativos e das prefeituras, via câmaras, Assembleias e Federação dos Municípios.

– Integrar essas ações é dar mais oportunidades de melhorias diretamente à população em todo o estado, de forma unificada – prega o parlamentar.

 

Com os deputados Neto Evangelista e Glalbert Cutrim, Osmar Filho esteve com o presidente da Famem, Erlânio Xavier

Reeleito por unanimidade para comandar a Câmara, o vereador pedetista tem se mostrado entusiasta desta ideia de envolver todos os poderes em um único objetivo comum no Maranhão inteiro.

Essa ideia será posta em prática a partir das 9h desta terça-feira, 2, quando os 31 novos vereadores de São Luís iniciam os trabalhos na Câmara Municipal.

E deve ganhar corpo nas próximas ações do presidente da Casa…

2

Convênios usados na eleição da Famem desgasta Brandão com Flávio Dino

Ao assumir o governo em plena campanha eleitoral da entidade municipalista – em que lançou candidato de última hora para tentar derrotar o PDT – vice-governador declarou-se de caneta cheia e chegou a promoter até R$ 5 milhões por município, que agora o governador terá que pagar

 

Brandão firmou os convênios, perdeu a eleição na Famem e agora Flávio Dino vai ter que se resolver com os prefeitos

O governador Flávio Dino (PCdoB) vai ter uma dor de cabeça não criada por ele nestes meses que restam de seu mandato no Maranhão.

Comandando o estado exatamente no período em que a Federação dos Municípios reelegeu o presidente Erlânio Xavier (PDT), o vice-governador Carlos Brandão (PRB) usou a “caneta cheia” deixada por Dino, como ele mesmo afirmou, para negociar apoios ao seu candidato Fábio Gentil (PRB) em troca de convênios e liberação de verbas.

Em alguns casos, os acordos eleitorais chegaram a R$ 5 milhões por município.

Agora, é Flávio Dino quem vai ter de tratar com esses prefeitos para liberação desses recursos.

Brandão, como se sabe – mesmo de caneta cheia – perdeu a eleição, a terceira para o senador Weverton Rocha (PDT) em menos de três meses, mas os prefeitos cooptados agora querem os recursos prometidos.

Mais um processo de desgaste para o vice-governador.

Que não consegue se firmar como liderança estadual…

9

Brandão é derrotado de novo e perde força para 2022

Mesmo no cargo de governador – “com a caneta cheia”, como ele mesmo disse – vice-governador mostrou que não consegue articular os prefeitos maranhenses e perdeu a eleição da Famem para o grupo do senador Weverton Rocha

 

Erlânio venceu na Famem, fortalecendo ainda mais o grupo liderado pelo senador Weverton Rocha no Maranhão

Sentado no cargo de governador em exercício e com a “caneta cheia” liberada por Flávio Dino, o vice-governador Carlos Brandão (PRB) viu seu candidato, Fábio Gentil (PRB), perder a eleição da Federação dos Municípios do Maranhão (Famem) nesta quarta-feira, 14.

O atual presidente, Erlânio Xavier (PDT),  ligado ao grupo do senador Weverton Rocha (PDT) venceu bem.

É a terceira derrota seguida de Brandão para Weverton, que praticamente se consolidou como a principal força eleitoral para a sucessão do governador Flávio Dino (PCdoB).

Ele já havia sido derrotado no segundo turno das eleições de São Luís, quando o senador apoiou a candidatura de Eduardo Braide (Podemos) e na Câmara Municipal, na qual sequer conseguiu montar chapa contra o presidente Osmar Filho (PDT).

Brandão sai da cadeira de governador em exercício – Flávio Dino reassume nesta sexta-feira, 15 – enfraquecido como candidato em 2022 e tem somente mais uma chance para tentar provar que pode ser viável, quando assumir definitivamente o governo, em abril de 2022.

Mas até lá, Weverton continuará solto, construindo a sua candidatura com a força de seu mandato senatorial e do seu grupo, cada vez mais empoderado…