6

Vidigal defende controle para tribunais de contas

O ex-ministro e candidato a senador Edison Vidigal (PSDB) propõe a criação de um conselho nos moldes do CNJ para fazer a supervisão administrativa e orçamentária dos tribunais de contas

Para o tucano, com a aplicação da Lei da Ficha Limpa, os TCs podem acabar sendo usados politicamente para prejudicar adversários.

– Há denúncias em todo o país sobre promiscuidade entre gabinetes de membros de tribunais de contas e escritórios de contabilidades e de advocacia, e que precisam ser apuradas por um conselho – afirmou.

 A idéia do ministro, que foi presidente do Superior Tribunal de Justiça, é trabalhar pela aprovação de um projeto que já tramita no Senado. 

Os tribunais de contas – da União e dos Estados – ganharam força a partir de 2006, quando as suas condenações passaram a servir de base para que a Justiça Eleitoral decretasse a inelegibilidade de eventuais candidatos.

A cada ano, os tribunais divulgam uma lista de nomes de gestores e ex-gestores com irregularidades em suas prestações de contas. Os que já tiverem sido condenados por contas irregulares, acabam sendo declarados inelegíveis pelos TRÊS e TSE.

Nestas eleições, por exemplo, vários ex-prefeitos e ex-presidetnes de Câmaras no Maranhão ficaram de fora ou tiveram que ser substituídos na disptua por causa de decisões do TCE e do TCU.

Na opinião de Edson Vidigal, pode haver manipulação na análise destas contas, o que poderia ser coibido com a criação de um conselho como o CNJ, que faz o cotnrole do Judiciário.

1

Candidato do PSOL movimenta sabatina da Mirante AM

Foi uma boa sabatina a entrevista do candidato do PSOL, Saulo Arcangeli, à Mirante AM, agora pela manhã. Bem articulado, o candidato não fugiu às perguntas, analisou a política do Maranhão e também falou de propostas.

O tom político livre da sabatina deu mais agilidade ao programa e o tornou mais dinâmico, ao contrário das entrevistas propositivas, que se tornam cansativas do ponto de vista do eleitor.

Em síntese, o pensamento de Arcangeli é o seguinte:

Os candidatos Roseana Sarney (PMDB), Flávio Dino (PCdoB) e Jackson Lago (PDT) são membros da mesma estrutura de poder que, segundo ele, empobrece o Maranhão.

Jackson Lago e Flávio Dino são expoentes da mesma frente – filhote da primeira – que reuniu ainda o ex-governador José Reinaldo Tavares (PSB) e o prefeito de São Luís, João Castelo (PSDB) e que se junta ou se separa a cada eleição, de acordo com as conveniências pessoais.   

PSOL, PCB e PSTU são partidos parceiros que, embora não estejam juntos nestas eleições, poderão discutir, juntos, formas de atuação política no estado.

O PSOL apoia os grandes projetos do Maranhão, desde que eles deixem aqui os frutos das riquezas exploradas e não levem tudo o que extraem, deixando apenas a miséria.

O entrevistado de amanhã na sabatina Mirrante AM é o candidato do PSTU, Marcos Silva…

4

Saulo Arcangeli: “Não se mudará as estruturas oligárquicas do Maranhão apenas trocando pessoas”

O candidato do PSOL ao Governo do Estado, Saulo Arcangeli, coloca os candidatos Jackson Lago (PDT) e Flávio Dino (PCdoB) no mesmo saco do que chama “estrutura oligárquica do Maranhão”.

– Não vamoss mudar esta estrutura oligárquica apenas mudando nomes. Até porque, estes que estão aí se dizendo novo, têm as mesmas práticas e já estiveram na oligarquia – disse o candidato, durante entrevista à rádio Mirante AM.

A crítica é ainda mais dura contra Flávio Dino, sobretudo pelo peso de pertencer ao PCdoB e estar coligado com o PSB, legendas com histórico na esquerda.

– O PCdoB e o PSB hoje são siglas de aluguel. O PCdoB esteve no governo Roseana, foi para o Iterma e, defensor da reforma agrária, nunca implantou a reforma agrária e ainda saiu do Iterma sob denúncias – disse.

“Quem apoia Flávio Dino?”, pergunta Arcangeli, para reponder ele próprio: “o José Reinaldo, que passou anos e anos na oligarquia e agora posa de bom mocinho”.

No primeiro bloco da entrevista, o candidato do PSOL explicou ainda que não conseguiu aliança com o PCB e PSTU por causa das divergências das eleições nacionais.

Ele espera, no entanto, que estes partidos possam se juntar de forma programática nas próximas eleições.

0

Saulo Arcangeli conversa com jornalistas da Mirante AM

O candidato do PSOL ao Governo do Estado, Saulo Arcangeli, conversa neste momento com os jornalistas  da rádio Mirante AM, no segundo dia de sabatinas da emissora.

A sabatina é coordenada e mediada pelo jornalista Roberto Fernandes, apresentador do programa Ponto Final.

Saulo vai falar sobre sua candidatura, projetos e responder a perguntas de temas livres feitas pelos jornalistas.

A entrevista vai até às 10 horas…

17

Cúpula da PM recua e tira das ruas policiais que abordaram promotor surtado

A cúpula da Polícia Militar anunciou hoje à tarde o afastamento das ruas dos policiais que abordaram o promotor Zanony Passos em uma churrascaria do Vinhais, na madrugada de sábado.

A decisão teve o aval da secretaria de Segurança, mas não deixa de ser um recuo, como se admitissem não ter convicção de nada do que aconteceu.

Sobretudo após a publicação desta foto no blog de Daniel Matos, em que Passos aparece com o rosto desfigurado. Ele alega ter sido agredido pelos PMs.

O histórico do promotor não gera expectativas de que ele esteja certo. Ele é conhecido na cidade como “promotor” de confusões em ambientes públicos e até no condomínio onde mora.

Além disso, segundo o programa Abrindo o Verbo, da Mirante AM, ele teria um tio no Estado Maior da PM.

E a própria PM diz que só em caso de resistência à prisão é que os policiais reagem. 

Após o recuo da PM fica a dúvida se a decisão tenha sido influenciada pela pressão da Cúpula do Ministério Público.

E se o comando da PM agiria da mesma forma se do outro lado estivesse um cidadão comum.

Leia aqui o blog de Daniel Matos 

35

A confusão mental de Flávio Dino…

Flávio Dino começa assim o seu atual programa no horário eleitoral:

– Estamos em Açailândia para mostrar o quanto o Maranhão é rico.

Em seguida, se contradiz:

– Esta é a Ferrovia Carajás. Por ela passa muita riqueza. Mas apenas passa, porque o que fica é a miséria.

O que é isso, companheiro? O Maranhão é rico ou miserável?

0

Jackson apóia Ficha Limpa e diz que, caso seja afastado, vai decidir com PDT e PSDB o que fazer

O candidato do PDT ao Governo do Estado, Jackson Lago, disse hoje não acreditar que tenha mesmo o seu registro de candidatura indeferido no Tribunal Superior Eleitoral. Mas deu a entender que será substituído caso issso venha a ocorrer.

– Não acredito que venham cometer mais esta violência contra mim. Mas, se porventura, isso vier a ocorrer, vou reunir o meu partido (PDT) e os partidos aliados (PSDB e PTC) para decidir o que fazer – disse o ex-governador.

O canddidato fezz questão de afirmar que apoia a Lei da Ficha Limpa. Para ele, este apopio deve ser de todo cidadão com passado limpo.

– Tenho minha vida limpa. E qualquer cidadão limpo deve apoiar a Ficha Limpa – disse ele.

Ao estabelecer como parâmetro a discussão com PDT e PSDB para decidir o futuro de ssua coligação , Jackson praticamente descarta a aliança com outros partidos da oposição no caso de afastamento a da disputa.

Até porque, a pergunta do jornalista Jorge Aragão foi a seguinte: “o senhor apoiaria outro candidato ou seria substituído”.

O ex-governador também não respondeu à pergunta de Mário Carvalho, sobre ter pensado na hipótese de ser substituído pela mulher, Clay Lago, ou pelo filho, Igor Lago – embora tenha afirmado que é importante a renovação das lideranças políticas.

A sabatina de Jackson Lago foi a primeira da série da Mirante AM com os candidatos a governador. Amanhã, o entrevistado será o candidato do PSOL, Saulo Arcangeli.

A entrevista na Mirrante Am começa sempre às 8h30…

5

Jackson Lago avaliza derrubada do Costa Rodrigues

O ex-governador Jackson Lago (PDT) responsabilizou o atual governo pela não recconstrução do Ginásio Cossta Rodrigues, demolido eem seu governo. Ele demonstrou completa sintonia com a ação do seu ex-secretário de Esporrtes, Weverton Rocha (PDT), responsável pela obra.

– O governo fez com o Costa Rodrigues o mesmo que fez com a Prefeitura de São Luís, bloqueando os recursos para que a obra não fosse feita – disse o ex-governador.

Segundo explicou o ex-governador, a empresa contratada em seu governo fez a demolição e comprou todo o material para reconstruir a obra, mas a Secretarria de Esportes impediu a continuação do trabalho.

Jackson entra agora na última fase da entreistta à Mirante AM.

4

“Meu governo não avaliou corretamente o processo no TSE”, admite Jackson

Jackson na Mirante AM

O ex-governador Jackson Lago (PDT) reconheceu hoje ter cometido o maior erro do seu governo contra ele ao não avaliar corretamente o processo que tramitava no Tribunal Superior Eleitoral.

– Não podíamos imaginar que seria possível afastar um governador eleito por mais de 1,4 milhão de eleitores – disse Jackson, durante sabatina da rádio Mirante AM.

Na verdade, o problema de Jackson foi a arrogância do seu primo, Aderson Lago (PSDB), que era chefe da Casa Civil e desdenhou do processo.

O resultado foi a cassação do seu mandato, em abril de 2009…

0

Jackson Lago sabatinado na Mirante AM

Mantendo a  tradicional pontualidade, ex-governador Jackson Lago (PDT) encontra-se agora (8h05) no estúdio da rádio Mirante AM, onde concede enrevista à equipe de jornalismo da emissora, com participação também dos profissionairs do jornal “O Estado do Maranhão” – estre eles o titular deste blog.

A entrevista, com tema livre, durará 1 hora e meia e será comandada pelo jornalista Roberto Fernandes.

A Mirante AM promove a série de entrevistas com todos os candidatos. A série começa com Jackson e se encerra no sábado, com a governadora Roseana Sarney.

Este blog acompanhará todas as entrevistas, com informações em tempo real…