0

Ministro Juscelino Filho assina acordo com o BB para ampliar Computadores para Inclusão

A parceria que vai beneficiar jovens e adultos em situação de vulnerabilidade econômica em todo o país foi assinada com a presidente do banco, Tarciana Medeiros, em cerimônia no Ministério das Comunicações

 

O ministro das Comunicações, Juscelino Filho, e a presidente do Banco do Brasil, Tarciana Medeiros, assinaram um acordo nesta terça-feira (4) para ampliação do programa Computadores para a Inclusão. O banco irá doar equipamentos para que sejam utilizados para aumentar a capacitação de jovens e adultos em situação de vulnerabilidade econômica em todo o país.

A iniciativa viabiliza a doação de computadores para o recondicionamento e distribuição de equipamento para pontos de inclusão digital. Durante a cerimônia, o ministro destacou a importância da doação para a conectividade dos brasileiros.

“Essa parceria com o Banco do Brasil é fundamental para milhares de brasileiros que vão ter acesso a esses equipamentos e ao mundo digital”, ressaltou. O ministro Juscelino também reforçou que a ampliação do programa é muito especial porque vai na direção do que o presidente Lula determinou desde o início do Governo.

“Atuar para levar a inclusão digital, porque entendemos que quando levamos inclusão digital também levamos a inclusão social. O programa, além de ter o recondicionamento de máquinas por meio dos Centros de Recondicionamento de Computadores, está presente em 23 estados da Federação e a nossa meta é fazer com que os Centros estejam em todos os estados do país até o fim do ano”, afirmou. Juscelino.

A presidente do Banco do Brasil enfatizou que a doação é de fundamental importância para a sustentabilidade e inclusão digital. “O exemplo de contribuição conjunta e de atuação fará diferença na vida de muitos jovens que buscam profissionalização em um mercado com tanto potencial como o da tecnologia”, disse.

“Quando a gente vê programas como o CRC, que é possível entregar os equipamentos e fazer um descarte adequado dos resíduos e entregar equipamentos que serão recondicionados para inclusão digital e social, isso tangibiliza o que é ser um banco mais sustentável do mundo. Temos unidades em todos os estados da federação e com certeza todas as unidades terão parcerias com os Centros”, completou a presidente do BB.

Computadores para Inclusão

Por meio do programa, equipamentos de instituições e empresas públicas que não estão mais em condições de uso, por estarem obsoletos ou com alguma avaria, são encaminhados para Centros de Recondicionamento de Computadores (CRCs) para serem preparados para novo uso por estudantes – majoritariamente jovens em situação de vulnerabilidade social – durante as aulas de formação profissional.

O Computadores para Inclusão já doou 40 mil equipamentos para 2,6 mil Pontos de Inclusão Digital em 805 municípios em todo o Brasil. Mais de 150 cursos foram oferecidos, capacitando mais de 36,4 mil alunos para a era digital. A meta para 2025 é doar pelo menos 50 mil computadores.

Da Assessoria

0

Brandão comemora resultado do Enem que mostrou fracasso do Maranhão…

Operadores das redes sociais do governador, que está de férias, decidiram comentar o resultado das provas do exame – que não trouxe nenhum maranhense entre os alunos com nota máxima – elogiando a região Nordeste, o que seria até louvável; mas resolve afirmar que “o investimento na educação continuará sendo prioridade” do seu governo; como assim?

 

A postagem de Brandão no Instagram, comemorando um Enem de terceiros, que mostrou apenas fracasso do Maranhão

O governador Carlos Brandão (PSB) perdeu a oportunidade de ficar calado nesta quarta-feira, 16, diante do resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem); de férias, ele decidiu ir às redes sociais – provavelmente por intermédio dos seus operadores de mídia – para comemorar o fracasso do Maranhão, que não apresentou nenhum estudante na lista das notas máximas.

– Orgulho para o Brasil. Mais de 40% dos estudantes que atingiram a nota máxima na redação do Enem são do Nordeste, resultado do esforço e dedicação dos nossos estudantes, que são inspiração para o país – disse o governador, certamente em postagem feita por sua equipe de mídias digitais de sua Secretaria de Comunicação. Poderia fiar só nisso, mas decidiram inventar:

– No Maranhão, investir em Educação continuará sendo prioridade! – afirmou a postagem; como assim?!? Se é prioridade onde estão os resultados no Enem?

Este blog Marco Aurélio d’Eça já mostrou em diversos posts que o setor de Comunicação do governo Brandão tenta atuar na era digital com gente, instrumentos e conceitos da era analógica. (Releia aqui, aqui e aqui)

Mas além de analógico, o pessoal parece tentar fazer de tudo para agradar o rei, indo além do necessário.

E quem faz além do necessário, faz o desnecessário.

É simples assim…