3

Gutemberg Araújo quer providências de autoridades contra agressões a médico…

gutembergEm razão das agressões praticadas contra o médico neurocirurgião Benedito Sabbak Thomé Junior, no último dia 29 de junho, por parte de policiais militares e guardas da Secretaria Municipal de trânsito, o médico gastroenterologista e vereador Gutemberg Araújo (PSDB) cerra fileiras com entidades médicas e se engaja na luta em busca de providências por parte das autoridades responsáveis para punições aos autores dos atos de covardia contra o profissional da medicina.

Explica Dr. Gutemberg que o seu colega, no dia em que sofreu atos de covardia, estava de plantão de sobreaviso no Hospital Carlos Macieira e se dirigia à Academia de Polícia Civil para ministrar uma aula curso Operações especiais.

“No entanto, quando se encontrava na Avenida Beira Mar, próximo ao terminal da Integração, foi impedido de prosseguir caminho pois a via estava tomada pelos fiéis da procissão de São Pedro”, continua Gutemberg Araújo para completar: “ao avistar um veículo da SMTT procurou ajuda, identificando-se o serviço que iria realizar e acabou sendo protagonista de atos de violência”.

Dr. Gutemberg afirma estar “buscando respostas e providências para que os autores dessas agressões não fiquem na impunidade e não venham a ocorrer casos dessa natureza e semelhantes”.

Ele faz esse destaque para informar que diante do que estava acontecendo com o trânsito todo paralisado e diante do pedido de ajuda do dr. Benedito Sabbak,“um dos guardas da SMTT disse que estava sendo desacatado, para chamar três policiais militares próximos que chegaram sem ouvir qualquer explicação, algemaram o médico, colocaram no camburão e o levaram para o plantão central do Parque do Bom Menino, deixando-o incomunicável”.

A revolta de Gutemberg Araújo se mostra mais evidente ao constatar que “as pessoas que deveriam zelar pela nossa segurança, cometem estes tipos de atos arbitrários e truculentos”.

Em sua manifestação, Gutemberg Araújo reconhece que “uma correção tardia da arbitrariedade” só aconteceu após a chegada do delegado de plantão, “que, como enfatiza a nota do nosso Sindicato dos Médicos, de forma civilizada e coerente tomou os depoimentos dos presentes e o liberou (dr. Benedito Sabbak)após o registro da ocorrência”.

Com o intuito de que situações lamentáveis como essa não voltem a acontecer “é que estamos lutando para que esse tipo de mal seja reparado e, caso haja necessidade, sejam aplicadas punições para esse tipo de profissional, visando que não seja colocada em dúvida a atuação do nosso sistema de segurança”.

“Estou certo que ações dessa natureza não emanaram do secretário de Segurança, Jefferson Portela, e do secretário de Transportes, Canindé Barros”.

Por tudo isso, “espero dessas autoridades uma manifestação sobre o corrido, para que a sociedade continue a manter a credibilidade no serviço que lhe é prestado”.

1

A homenagem de Juscelino Filho aos médicos…

Na tarde desta quarta-feira (21), o deputado federal Juscelino Filho (PRP-MA) se pronunciou em homenagem aos médicos, durante a sessão solene em comemoração ao Dia do Médico, no plenário da Câmara dos Deputados.

Neste ano, o destaque da sessão foi dado à PEC 454/2009, que institui a carreira de estado para o médico no Sistema Único de Saúde (SUS).

jusceÉ um tema de grande interesse para a sociedade civil e sociedade médica também, ao inserir na legislação, mecanismos que estabelecem vínculo do médico com o Estado, ingresso por concurso público e novos regimes. Vejo o projeto como uma forma eficiente de incentivar a fixação dos médicos em áreas distantes, de estimular a permanência dos profissionais na rede pública. É claro que o Estado precisa garantir condições para o desenvolvimento da atividade médica com estabilidade e aposentadoria, salário digno. Nossa profissão tem que ser valorizada. Vamos fazer a mobilização necessária para a aprovação deste importante projeto”, afirma Juscelino. Continue lendo aqui…

 

1

Câmara discute melhorias para a classe médica…

Audiência Pública foi proposta pelo vereador Gutemberg Araújo e reuniu representantes do setor em São Luís

 

Dr. Gutemberg, em discurso na audi^ncia

Dr. Gutemberg, em discurso na audi^ncia

A Câmara Municipal de São Luís realizou na última terça-feira, dia 15, uma Audiência Pública proposta pelo vereador Dr. Gutemberg Araújo  (PSDB-MA), com o tema “Planos de Cargos e Salários e piso FENAM para a Classe Médica”.

Para quem não sabe, a FENAM é a Federação Nacional dos Médicos (FENAM), que reúne 53 sindicatos médicos pelo país, e tem como algumas das principais bandeiras de luta a adoção de um piso nacional e a criação de uma carreira de Estado, a exemplo do que ocorre no judiciário, como medida para fixação dos profissionais no interior e diminuição das distorções. 

Em sua fala, bastante aplaudida pela plateia, o vereador Dr. Gutemberg Araújo afirmou ser inaceitável uma carreira tão importante como a carreira médica, composta de 400 mil profissionais, que não tenha uma carreira profissional que contemple piso salarial, mobilidade, ascensão social e estímulo à qualificação, permitindo não apenas dedicação exclusiva como também aperfeiçoamento continuado, gerando benefícios à população.

“A lei que que regulamenta o salário mínimo dos médicos é de 1961 e desde os anos 90, diversas diretorias da FENAM têm procurado a atualização do texto de lei no Congresso Nacional, e por isso trouxemos a discussão para o nível local, para abrir um canal de diálogo com o Executivo, para que construamos com civilidade e responsabilidade a materialização dos nossos anseios”, destacou.

O vereador lembrou ainda outras leis de sua autoria em favor da classe dos profissionais da saúde, a exemplo da lei que regulamentou as 30h da enfermagem no município, sendo São Luís  a sexta capital a obter o benefício; a iniciativa na redução de 60% de ISS da saúde, e que já só espera a regulamentação por parte do Executivo. O vereador também avisou que iria entrar em tramitação um projeto de lei de sua autoria criando em São Luís o Setembro Verde, mês dedicado à reflexão e ações que objetivem o despertar pela doação de órgãos. 

Presentes diversas autoridades ligadas à área da saúde – como o Secretário Estadual, Marcos Pacheco e a Secretária Municipal, Helena Duailibe – a audiência reuniu ainda médicos e acadêmicos de medicina, num auditório lotado.

7

Médico morto no Turu já vinha reclamando de roubos em sua casa…

Há pelo menos duas semanas, o médico Aderson Costa Veloso vinha reclamando de roubos de seus pertences em sua casa, no Jardim Eldorado, no Turu.

Ele demosntrava tristeza nos últimos dias, por conta do roubo de jóias. Teria sido subtraído em um cordão de ouro avaliado em R$ 10 mil, algumas pulseiras e o anel de formatura, presente de sua mãe.

Aos colegas – No Hospital Aquiles Lisboa e no Pronto Socorro do Anil – sempre dizia saber quem o estava roubando, mas demonstrava uma certa preocupação com a situação.

Aderson Veloso foi encontrado morto hoje pela manhã, em sua casa, com sinais de estrangulamento e espancamento. Além de aparelhos eletro-eletrônicos, os assassinos levaram dois carros do médico. Um deles já foi localizado.

A polícia suspeita de crime passional…