0

Debates recomeçam nesta terça-feira…

Faltando seis dias para o segundo turno, Eduardo Braide e Duarte júnior vão se enfrentar ao longo da semana em programas a serem exibidos, respectivamente, pela TV Guará, TV Band e TV Mirante

 

Eduardo Braide e Duarte Júnior estarão frente à frente em debates sucessivos ao longo da semana

Os candidatos Eduardo Braide (Podemos) e Duarte Júnior (Republicanos) terão três de confrontos olho-no-olho nesta semana que antecede o segundo turno das eleições de São Luís.

Nesta terça-feira, 24, eles vão participar do debate na TV Guará, marcado para as 21 horas.

No dia seguinte, também às 21h, os dois voltam a se enfrentar na TV Band.

E o encerramento da temporada de debates se dará na sexta-feria, 27, com o debate da TV Mirante,

Os programas podem influenciar diretamente no resultado do pleito, que tende a se acirrar ao longo da semana.

Todos os programas serão transmitidos ao vivo para todo o estado…

2

Fórmula de debates parece cansada; é preciso buscar alternativas

Programas envolvendo candidatos – com regras amarradas e participação em massa – se transformam em meras repetições do que ocorre na propaganda eleitoral, tornando-se enfadonhos e pouco influentes no processo eleitoral

 

O aspecto dos próprios candidatos nesta imagem mostra o cansaço da fórmula adotada para realização de debates eleitorais

Opinião

O debate da TV Difusora, exibido nesta quinta-feira, 12, frustrou as expectativas e não trouxe nenhuma novidade capaz de influenciar diretamente a votação do próximo domingo, 15.

Confirmou um conceito do blog Marco Aurélio D’Eça: o de que as emissoras vão precisar pensar em algo que substitua este tipo de programa e as tais entrevistas com candidatos – estas ainda mais insuportáveis.

A fórmula é ultrapassada, cansativa, chata.

Com regras muito amarradas e pouca oportunidade de confronto direto entre os que mais importam ao eleitor, os debates viraram apenas mais um apêndice de tudo o que se diz na propaganda.

Este tipo de evento de campanha é coisa do passado; é preciso criar algo novo para substituí-lo.

Nestas eleições, duas emissoras, a própria Difusora e a Band-MA, buscaram uma alternativa – com apenas dois candidatos se enfrentando por vez – que, se aperfeiçoada, pode se transformar numa alternativa aos modorrentos e cansativos debates.

Ao longo da história, os debates viraram a culminância da campanha eleitoral, momento em que sempre tinha algo novo capaz de influenciar o resultado do pleito.

Mas com a fórmula que se usa ainda hoje – superpovoado e cheio de “amarras pseudodemocráticas” – perdeu o sentido, a força e o impacto eleitoral.

Em outras palavras:  cansou!!!

3

Debate da Difusora deve expor ausências de Braide e Duarte

Atualmente líder nas pesquisas, candidato do Podemos cobrava presença nos programas em 2016; seu adversário do Republicanos foi contaminado pela coVID-19 e queria participar de casa, o que não foi aceito pelos demais participantes

 

Neto Evangelista participou sozinho de pinga fogo, hoje, na TV Difusora; seu adversário, Eduardo Braide, se ausentou, ao contrário da postura de 2016 quando insistia para participar

Os candidatos Eduardo Braide (Podemos) e Duarte Júnior (Republicanos) enfrentam acentuado desgaste nesta reta final da campanha, que deve se acentuar nesta quinta-feria, 12, com a ausência do debate da TV Difusora.

O desgaste de Braide, que deve ser explorado pela emissora, se dá pelo fato de que, em 2016 – quando ocupava as derradeiras posições nas pesquisas – ele chegou a apelar por participação em debates; e criticou duramente a ausência do adversário Edivaldo Júnior (PDT).

Hoje, o candidato justifica que tem sido hostilizado pela TV Difusora.

Duarte Júnior tenta participar de c asa do debate da Difusora, o que não está sendo aceito pelos demais participantes

Duarte Júnior, por sua vez, envolveu-se numa intensa polêmica ao revelar que estava se ausentando da campanha por causa de infecção por coVID-19, enquanto a mesma Difusora revelou que esta infecção se deu desde o dia 5 de novembro.

Ao contrário de Braide, Duarte ainda tentou participar, por videoconferência, o que não foi aceito pelos demais participantes.

Os dois candidatos, que disputam com Neto Evangelista (DEM) vaga no segundo turno das eleições, apresentam visível desgaste, que vem se refletindo nas pesquisas.

E a ausência do debate de hoje pode se refletir ainda mais nas pesquisas a serem divulgadas antes do primeiro turno…

0

Com eleição acirrada, debate da Difusora pode definir vagas no 2º turno

Programa da TV Difusora ganhou ainda mais importância após cancelamento do debate da TV Mirante; e – assim como ocorreu em 2016 – deve influenciar diretamente o resultado do primeiro turno em São Luís

 

Todos os candidatos foram convidados para o debate da Difusora FM, que será transmitido ao vivo pela TV Difusora, como último do primeiro turno

Ganha cada vez mais importância o debate da TV Difusora, marcado para a próxima quinta-feira, 12 – o último antes do primeiro turno das eleições em São Luís.

Em 2016, o último programa deste tipo, exibido pela TV Mirante três dias antes do pleito, desbancou então favoritos e resultou na ida do então azarão Eduardo Braide (Podemos) ao segundo turno.

Em 2020, sob orientação da Globo, a Mirante desistiu do debate no primeiro turno, o que levou a TV Difusora a encampar o programa já marcado na rádio Difusora FM, levando-o para o mesmo dia e horário do que seria realizado na Mirante.

A campanha de mídia e propaganda – além do acirramento da disputa pelas vagas no segundo turno – gera uma forte expectativa em torno do programa, que pode influenciar diretamente a decisão do eleitor.

Placas de outdoor com anúncio do debate da Difusora foram vandalizadas no fim de semana, numa tentativa de esconder o programa da população

O debate da Difusora ganhou tanta repercussão que outdoors de propaganda foram vandalizados no fim de semana, como que para impedir que o eleitor tomasse conhecimento do programa.

E ganha feições ainda mais dramáticas quando se sabe das relações dos candidatos Eduardo Braide (Podemos) e Duarte Júnior (Republicanos) com a emissora.

Mas esta é uma outra história…

2

Braide falta ao debate da Band e Neto vê desrespeito ao eleitor…

Candidato do Podemos – que, em 2016, defendia a presença em todos os debates – justificou à direção da emissora a necessidade de readequação da agenda; adversário do DEM disse que há perguntas necessitando respostas

 

A bancada de Eduardo Braide na Band ficou vazia com a sua ausência do debate com o adversário Neto Evangelista

O candidato do Podemos a prefeito de São Luís, Eduardo Braide, não compareceu ao embate com o adversário Neto Evangelista (DEM), marcado para a TV Band, na tarde desta segunda-feira, 9.

No horário marcado e acertado com a assessoria dos candidatos, Braide encaminhou apenas uma nota, justificando a necessidade de readequação da agenda.

– É um desrespeito não apenas à emissora, mas ao eleitor de São Luís; logo ele, que sempre defendeu a presença em todos os debates; agora esnoba o eleitor porque não quer dar explicações à população – lamentou Neto Evangelista.

Em 2016, Eduardo Braide defendia  e cobrava a presença dos candidatos em todos os debates.

Devido à sua ausência, Neto Evangelista foi sabatinado na Band, respondendo a perguntas dos jornalistas da emissora e da população.

A ausência de Braide do debate da Band leva a especulações de que ele poderá faltar, também, ao debate da TV Difusora, na próxima quinta-feria, 12.

Mas esta é uma outra história…

0

Braide e Neto se encaram diretamente na reta final

Última semana antes do primeiro turno será marcada por confrontos diretos entre os dois candidatos na TV – o que pode representar uma antecipação do segundo turno – e pelo debate da TV Difusora, que marca o fim da campanha

 

Além do debate da TV Difusora, Neto e Braide têm agenda juntos na TV Band e na própria Difusora, em confrontos diretos que antecipam o segundo turno

Os candidatos Eduardo Braide (Podemos) e Neto Evangelista (DEM) vão protagonizar nesta semana uma polarização que pode ser uma antecipação do segundo turno das eleições em São Luís.

A partir de hoje, eles estarão em confronto direto na televisão, o que culminará com o debate da TV Difusora, na próxima quinta-feira, 12.

Já nesta segunda-feira, 9, está marcado para a TV Band, a partir das 13 hora, um embate direto entre Braide e Neto, sorteados para serem os primeiros a participar de programa na emissora.

Na quinta-feria, novo confronto direto, desta feita no programa Bom DFia Maranhão, da TV Difusora, a partir das 7h.

Os dois programas marcarão uma polarização direta entre Braide e Neto, que pode antecipar o que se dará no segundo turno, caso ambos passem no primeiro turno.

O debate da Difusora substituirá a expectativas que se formou em torno do debate da TV Mirante, cancelado por causa da pandemia.

O programa pode influenciar diretamente o resultado do pleito…

0

Debate da Difusora via substituir o da Mirante…

Emissora de TV decidiu transmitir ao vivo o debate promovido pelo programa Ponto e Vírgula, da rádio Difusora FM, no mesmo dia em que a afiliada da Rede Globo iria realizar seu programa, cancelado por causa da pandemia

 

A TV Difusora vai ocupar o espaço deixado pela TV Mirante, que decidiu cancelar o seu debate, última oportunidade para o eleitor se decidir quanto ao futuro prefeito de São Luís

Se esperava o último debate para definir-se quanto ao candidato mais preparado para administrar São Luís – e se frustrou com a decisão da TV Mirante de cancelar o seu – o eleitor de São Luís não ficará sem programa.

A TV Difusora decidiu transmitir ao vivo, no mesmo dia 12 em que o programa da Mirante estava previsto, o debate organizado pelo programa Ponto e Vírgula, da rádio Difusora FM.

Assim como o da Mirante, o debate da Difusora pode ter poder para mudar a realidade do cenário das eleições e influência para decidir os protagonistas do segundo turno.

O debate da Difusora, último antes do primeiro turno, será transmitido às 21h da quinta-feria, 12.

´Momento para que o eleitor sabia quem é quem entre os candidatos…

5

Neto empareda Braide e Duarte; e força resposta dos adversários

Desde o debate da TV Difusora, no qual o candidato do DEM cobrou do adversário do Podemos explicações sobre a sua passagem pela Caema – e do republicano explicações sobre o auxilio municipal – os dois usam programa eleitoral para se explicar ao eleitor

 

De Duarte, Neto cobrou como fazer para garantir auxílio municipal com orçamento apertado da prefeitura

Quem assistiu ao debate da TV Difusora, no último sábado, 31, viu duas fortes performances do candidato democrata Neto Evangelista contra seus dois principais adversários Duarte Júnior (Podemos) Eduardo Braide (Podemos)

Do primeiro, Neto cobrou explicações sobre como pretende implantar o auxílio municipal diante de um orçamento da prefeitura totalmente comprometido; De Braide, cobrou elenco de obras relevantes no período em que o líder nas pesquisas passou pela Caema.

A performance do candidato do DEM mereceu até destaque na propaganda eleitoral gratuita.

Durante o debate, Duarte e Braide apenas usaram argumentos políticos para rebater Braide, mas demonstram ter acusado o golpe.

Tanto que passaram os últimos dias a explicar, em seus programas e nas entrevistas e sabatinas de emissoras de rádio e TV,

Duarte tem usado opinião de populares para defender seu projeto; e diz que vai acabar com privilégios para garantir recursos do Auxílio Municipal.

 

A questão envolvendo a Caema tem sido recorrente nos embates envolvendo o candidato Eduardo Braide

Braide, por sua vez, diz que foi presidente da Caema há 15 anos e que, em sua época, as praias não tinham poluição; e que realizou concurso na companhia.

Mas as respostas dos dois adversa´rios mostram que, de fato, o emparedamento de Neto incomodou.

E talvez por isso o crescimento na pesquisa DataM.

Simples assim…

3

Jeisael lamenta ausência de Braide de debate na Difusora FM

Segundo o candidato da Rede Sustentabilidade, “seria uma ótima oportunidade para manifestar algumas discordâncias”; emissora de rádio vai ouvir outras duplas de candidatos ao longo da semana

 

Jeisael entre os apresentadores da rádio Difusora FM; ausência de Braide não impediu realização do programa

O candidato a prefeito de São Luís pela Rede Sustentabilidade, Jeisael Marx, compareceu sozinho, nesta segunda-feira, 2, ao embate agendado com candidato Eduardo Braide (Podemos) no programa Ponto e Vírgula, da Rádio Difusora FM.

O espaço foi aberto para o confronto de ideias enter dois candidatos por vez, com definição por sorteio das duplas a se enfrentar.

De acordo com o sorteio, nesta segunda seria a vez de Jeisael e Braide, porém, o candidato do Podemos não compareceu para o confronto com Jeisael Marx.

– Seria uma ótima oportunidade para manifestar algumas discordâncias em relação a algumas ideias dele (Eduardo Braide) e que ele pudesse até mesmo esclarecer – pontuou Jeisael.

Com ausência de Eduardo Braide, o comunicador Jeisael acabou sendo sabatinado durante o tempo reservado, e falou sobre suas propostas sobre diversas áreas. Conversando, inclusive, sobre suas ideias para a área da saúde.

– Quero aqui manifestar a minha gratidão ao sistema Difusora por mais uma vez estar abrindo espaço tão importante para que a gente possa conversar com o eleitor.

2

Neto e Duarte começam a se confrontar em debates…

No programa do Imirante/O Estado, os dois principais candidatos do governo Flávio Dino trocaram acusações e provocações, o que dá mostras de como será a campanha dos dois a partir de agora em, busca da sonhada vaga no segundo turno

 

Neto e Duarte protagonizaram momentos de embate aberto, o que mostra o confronto deles em busca de vaga no segundo turno

Foi muito quente o debate promovido nesta terça-feira, 20 pelo jornal O EstadoMaranhão em parceria com o Imirante.com.

Os candidatos começaram a trocar acusações e apresentar mais denúncias uns contra os outros, o que não vem ocorrendo no horário eleitoral gratuito no rádio e na TV.

E os candidatos Duarte Júnior e Neto Evangelista foram os protagonistas dos principais embates, embora outros tenham ocorrido o tempo inteiro no programa comandado pelo jornalista Clóvis Cabalau.

Neto acusou Duarte de antecipar verbas de gabinete na Assembleia Legislativa; Duarte replicou, voltando a falar dos supostos 18 salários recebidos por Neto na Assembleia; e ainda provocou, lembrando da postura do adversário durante a pandemia.

O deputado Eduardo Braide (Podemos) também foi bastante atacado por Bira do Pindaré (PSB), por Rubens Júnior (PCdoB) e por Neto e Duarte.

Diante do confronto aberto entre os candidatos, destaque positivo para Dr. Yglésio (Pros), que chegou a chamar atenção dos demais candidatos pelo desrespeito de ataques em resposta a terceiros.

O debate O Estado/Imirante mostrou claramente como se darão os outros programas do gênero, com Braide sendo confrontado em suas controvérsias por todos os candidatos; e Duarte Júnior e Neto Evangelista tentando polarizar a atenção do eleitor.

É aguardar os debates da Difusora e da TV Mirante…