0

Rodovia Urbano Santos-Barreirinhas será decisiva para a “Rota das Emoções”, diz Fábio Braga

Ponte de Paulino Neves é apenas o primeiro passo para fortalecer o turismo no litoral maranhense

O deputado Fábio Braga (SD) destacou, em discurso na Assembleia Legislativa, a inauguração da ponte em Paulino Neves, que é parte integrante do tão importante roteiro turístico ‘Rota das Emoções’, que interliga o Maranhão, o Piauí e o Ceará.

– Outro passo decisivo está sendo dado com a interligação do povoado Sangue à cidade de Santo Amaro, deixando conectada a região do Munim aos Lençóis Maranhenses e deste à cidade de Paulino Neves, através da ponte agora entregue à população – disse.

Na avaliação de Fábio Braga, no entanto, há ainda um entrave para que se concretize a rota no trecho entre Urbano Santos a Barreirinhas.

– São pouco mais de 80 km ainda não asfaltados, o que desestimula viagens e dificulta o acesso para quem vem da região de Itapecuru, dos Cocais, do Baixo Parnaíba e até mesmo de São Luís em direção aquele setor – lamentou.

Fábio Braga discursou na Assembleia sobre a Rota das Emoções

O deputado relembrou a necessidade da interligação de outros dois importantes pontos: São Bernardo, no Maranhão, a Luzilândia,  no Piauí. Nesse trecho, a ponte entre os dois estados já foi feita pela Codevasf. Fábio Braga ressaltou que pediu ao governador do Piauí, Werllington Dias (PT), o trecho entre o Brejo e o município de Matias Olímpio, no Piauí.

– Uma ligação que vai melhorar, e muito, a questão comercial, a questão turística, a geração de emprego e de renda, facilitar um sem número de negócios e de serviços que são feitos hoje de maneira arriscada, de maneira ainda muito atrasada, implicando no encarecimento de bens e de serviços na construção de pequenas obras no estado e principalmente nessa região do Baixo Parnaíba, do Itapecuru e também da Região do Munim – finalizou o parlamentar.

0

Senado cria Frente da Rota das Emoções, proposta por Roberto Rocha…

Rocha tem frente aprovada no Senado

Rocha tem frente aprovada no Senado

O Senado Federal aprovou nesta quinta-feira,19, a criação de uma Frente Parlamentar da Rota das Emoções, proposta pelo senador Roberto Rocha (PSB-MA).

O PRS 35/2015, de autoria do senador maranhense, cria uma Frente que atuará em defesa do fortalecimento da região, que interliga os Lençóis Maranhenses (MA) ao Parque Nacional de Jericoacara (CE), passando pelo Delta do Parnaíba (PI), área de grande potencial econômico para o turismo de prática de esportes náuticos, ecoturismo, turismo de aventura e diversas modalidades de esporte ao ar livre.

Participam da frente os três senadores de cada estado da Rota das Emoções – Maranhão, Piauí e Ceará.

– Esperamos estimular o aproveitamento racional e sustentável da rota, contribuindo para o desenvolvimento econômico e social da região – afirmou Roberto Rocha.

A integração do roteiro turístico é resultado do Projeto da Rede de Cooperação Técnica para a Roteirização – 1ª edição, implementado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e Ministério do Turismo.

Desde 2005, lideranças locais, empreendedores e entidades trabalham em conjunto para o desenvolvimento integrado da região.

O mapa da Rota das Emoções: valorização do litoral maranhense

O mapa da Rota das Emoções: valorização do litoral maranhense

Em 2009, a Rota das Emoções chegou a receber o troféu Roteiros do Brasil, categoria Melhor Roteiro Turístico do país, concedido pelo Ministério do Turismo. Mas ainda há muito a ser feito para que ela alcance toda sua potencialidade no mercado nacional e internacional.

A criação da Frente Parlamentar no Senado tem como objetivo contribuir para a ampliação desse alcance, por meio do aprimoramento da legislação federal e de ações institucionais dos senadores junto a todos os interlocutores que possam contribuir com o crescimento social e econômico da região.

2

Hildo Rocha critica pacto de Flávio Dino para a “Rota das Emoções”…

Parlamentar diz que a forma como o governador fechou acordo com Ceará e Piauí será prejudicial ao turismo e à economia do Maranhão

 

Hildo Rocha: "estão vendendo ilusões"

Hildo Rocha: “estão vendendo ilusões”

Em entrevista à Rádio Verdes Mares, de São José de Ribamar, na última quarta-feira, 27, o deputado federal Hildo Rocha (PMDB) afirmou que o governador Flávio Dino (PCdoB) erro ao aceitar que a formatação da Rota das Emoções tenha como porta de entrada o estado do Ceará.

A forma como o acordo foi pactuado não é boa para o Maranhão. O correto seria eleger Barreirinhas como a porta de entrada para a Rota; ou então São Luís. A maior parte do Delta das Américas está no Maranhão. Apenas 10% pertence ao Piauí. Além disso, o modelo exclui a capital do nosso estado em benefício do Ceará. Eles estão vendendo ilusão para os maranhenses. As nossas belezas naturais que Deus nos deu vão servir para beneficiar o Ceará” , argumentou o parlamentar.

O acordo firmado terça-feira (26), entre os governadores Flávio Dino (Maranhão), Camilo Santana (Ceará) e Wellington Dias (Piauí), marca o reinício das ações que tem como objetivo desenvolver o turismo em 14 cidades da Rota das Emoções: Ilha Grande, Parnaíba, Luís Correia e Cajueiro da Praia, no Piauí; Barreirinhas, Paulino Neves, Araioses, Tutóia e Santo Amaro no Maranhão; e Barroquinha, Camocim, Chaval, Cruz e Jijoca de Jericoacoara, no Ceará.

– Podemos observar que eles excluíram todos os municípios do Munim: Morros, Icatu, Presidente Juscelino e Axixá. Humberto de Campos que fazem parte do parque dos lençóis – observou Hildo Rocha.

Segundo o deputado, a capital maranhense também não poderia ter sido excluída do roteiro. Ele advertiu que o governo deve apressar a conclusão do terminal de passageiros do aeroporto de Barreirinhas que foi iniciado pela Roseana Sarney.

– Do jeito que está idealizado, a tendência é que os turistas passem mais tempo nos municípios do Ceará e do Piauí. Atualmente o turista que viaja de avião para os lençóis maranhenses, desce em São Luís, hospeda-se aqui e em seguida viaja para lá, passando de dois a três dias hospedados em uma das cidades daquela região. Da forma acordada pelo Flávio Dino, a cadeia produtiva do turismo maranhense tem pouco a ganhar porque os visitantes irão se hospedar, consumir e demandar serviços em maior escala nos Estados vizinhos que integram a Rota. Os hotéis, as empresas de transporte, os restaurantes, os prestadores de serviços instalados no Maranhão serão prejudicados – alertou Rocha.

10

Gastão Vieira quer priorizar Rota das Emoções…

Gastão quer investir nos Lençóis Nordestinos

O ministro do Turismo, Gastão Vieira, reunirá os 12 prefeitos dos municípios que compreendem a Rota das Emoções entre Ceará, Piauí e Maranhão.

– A prioridade será dada para levar recursos que estruturem um dos melhores roteiros turísticos do Nordeste. Buscamos consolidar o roteiro junto às agências internacionais de turismo e precisamos investir mais em infraestrutura, serviços e qualificação – ressaltou Vieira, ao anunciar, ontem, no Ceará, liberação de R$ 12 milhões para obras de Infra-estrutura.

Do evento no Ceará, comandado pelo governador Cid Gomes (PSB), participou também o secretário de Turismo do Maranhão, Jura Filho.

O objetivo do ministro do Turismo é consolidar a Rota das Emoções como uma das principais opções de turismo no Nordeste, o que beneficiará uma população de 330 mil habitantes.

Segundo ele, o esforço ajudará no incremento da renda na região.

Hoje na casa dos R$ 75,00…