3

Marlon Botão propõe a criação da Secretaria Municipal das Mulheres

A violência contra as mulheres ainda é uma chaga que assola o nosso país. No Maranhão, de acordo com dados do Monitor da Violência, a taxa de feminicídios supera a média nacional, e o abismo salarial ainda é uma realidade. Para combater essas e outras violências, além de incentivar a geração de emprego e renda, o vereador Marlon Botão (PSB) apresentou requerimento, na Câmara Municipal de São Luís, propondo a criação da Secretaria Municipal das Mulheres.

O requerimento Nº 411/2021, de autoria do vereador, tem o objetivo de fomentar as políticas públicas voltadas para as mulheres em São Luís, visando a proteção, equidade de direitos, e a geração de emprego e renda.

“Friso que a nossa proposta é para a criação da Secretaria Municipal das Mulheres, no plural, pois reconheço a nossa diversidade: a mulher negra, a mulher quilombola, a mulher do campo, a mulher trans etc. E nós queremos que todas sejam assistidas pela secretaria e tenham seus direitos garantidos”, disse o vereador Marlon Botão.

Na proposta do vereador, a Secretaria Municipal das Mulheres de São Luís terá papel estratégico para coordenar as ações políticas relativas à condição de vida da mulher e ao combate aos mecanismos de subordinação e exclusão que sustentam a sociedade discriminatória, visando buscar a promoção da cidadania feminina e da igualdade entre os gêneros. Além disso, a Secretaria Municipal das Mulheres de São Luís, seguindo o exemplo do município de Teresina, promoverá meios para o desenvolvimento de atividades profissionais, com qualificação teórica e capacitação para o trabalho – garantindo independência financeira para todas as mulheres.

“É nosso dever garantir os direitos e a dignidade das mulheres. É sabido que muitas vivem submissas, em relacionamentos violentos, por causa da dependência financeira. Com a Secretaria Municipal das Mulheres em São Luís nós levaremos acolhimento a essas mulheres e mostraremos que existe saída, que elas não precisam se submeter a nenhum tipo de violência. Políticas públicas voltadas para a geração de emprego e renda, para o fomento do empreendedorismo feminino, serão prioridade da Secretaria”, afirmou Marlon Botão.

Luta histórica

Marlon Botão destacou, ainda, as lutas históricas que as mulheres travaram ao longo dos anos.

“As mulheres brasileiras tiveram que ir à luta para conquistar direitos básicos, como o de frequentar instituições de ensino superior, o de trabalhar e ter seus próprios depósitos bancários; o direito ao voto, e mais recentemente o direito ao nome social e à equidade salarial. Nada disso foi dado às mulheres. Elas tiveram que lutar para conquistar. O que queremos com a criação da Secretaria Municipal das Mulheres é garantir um mecanismo institucional para fortalecer ainda mais todas essas legítimas lutas”, pontuou Marlon Botão.

Inspiração dos pais

O vereador Marlon Botão também falou sobre o importante papel que seus pais exerceram e exercem na sua luta por justiça social.

“Se hoje eu sou o vereador mais jovem da história de São Luís, e levanto a bandeira da justiça social trazendo propostas como essa, é porque fui moldado para essa luta desde muito cedo dentro de casa, vendo o exemplo de meu pai Marlon Botão, de quem herdei o nome, e o de minha mãe Luana Carla”, disse o vereador. “Meu pai tem toda uma vida de envolvimento em causas sociais, em luta por igualdade e oportunidades para os que mais precisam. Minha mãe, dona Luana, também é referência de toda uma vida de ativismo social, de lutas pelas causas feministas, pelos direitos das mulheres, dos mais pobres, e que é também uma margarida”.

Mandato popular

Em seu pronunciamento, Marlon Botão ressaltou que o seu mandato é mais uma trincheira de resistência para os movimentos sociais.

“Nosso mandato é democrático e popular, e está alinhado com todas as lutas contra as desigualdades sociais. Somos, na Câmara Municipal de São Luís, mais uma trincheira neste combate por justiça social na nossa cidade”, disse o vereador. “Estamos do lado dos que querem equidade de gênero, dos que lutam pelos direitos dos trabalhadores e das trabalhadoras, pelos direitos da pessoa LGBT+; lutamos juntos daqueles que querem uma São Luís mais sustentável e justa, com oportunidades para todos”, disse Marlon Botão.

Proposta aprovada

De autoria do vereador Marlon Botão (PSB), o requerimento Nº 411/2021, que solicita a criação da Secretaria Municipal das Mulheres, foi aprovado na Câmara Municipal de São Luís e será encaminhado ao prefeito Eduardo Braide (Podemos).

Segundo o vereador, mais uma vitória na luta contra as desigualdades na cidade de São Luís.

“Fico muito satisfeito com a aprovação do nosso requerimento, e confio que a gestão do prefeito Eduardo Braide, que tem se mostrado atenta a todas essas questões, o analisará com muita seriedade, presenteando a nossa capital com mais esse instrumento de proteção e incentivo às mulheres ludovicenses”, finalizou Marlon Botão.

Da assessoria

0

Requerimento de Marlon Botão garante melhorias no Maracanã

O vereador Marlon Botão (PSB), que com 20 anos é o mais jovem parlamentar na Câmara de São Luís, garantiu melhorias ao bairro do Maracanã por meio de requerimento aprovado em sessão na terça-feira (9).

O requerimento apresentado pelo vereador levará recapeamento asfáltico para a Avenida Principal do Maracanã, Estrada da Vitória e também para a rua Menino Jesus-Alegria – resolvendo nessas localidades o problema histórico da falta de infraestrutura.

“Estamos colocando em prática o compromisso que firmamos com a população de São Luís, da nossa Zona Rural, durante a campanha: que é o de trabalhar pelo certo, pelo bem estar dos ludovicenses”, disse o vereador Marlon Botão. “Fico muito satisfeito que esta Casa Legislativa tenha entendido a relevância deste meu requerimento e o tenha aprovado. Sabemos como a população do Maracanã ansiava por essas melhorias”.

A ação dá continuidade às articulações que o vereador tem feito desde o início do seu mandato para melhorar as condições de diversos bairros de São Luís. “Nós já tínhamos conseguido trazer um grande serviço de limpeza para essas localidades, resolvendo o problema de alagamentos, garantindo condições mais dignas de tráfego para os moradores. E essa será a postura do nosso mandato: lutar sempre por melhorias para a nossa população”, pontuou.

O requerimento do vereador Marlon Botão será encaminhado ao prefeito Eduardo Braide e ao secretário de Obras e Serviços Públicos, David Col Debella, que definirão quando as obras de recapeamento asfáltico serão iniciadas.
‘Vamos trabalhar pelo povo’.

O vereador Marlon Botão também afirmou que outros requerimentos e Projetos de Lei estão sendo elaborados para atender e beneficiar toda a população de São Luís.

“Aproveito a oportunidade para pedir à população que acompanhe o meu trabalho aqui na Câmara, pelas redes sociais, e fique por dentro de todas as nossas ações pelo desenvolvimento sustentável da nossa cidade e da nossa gente”, disse o vereador. Nas próximas semanas vamos apresentar outros requerimentos e projetos de lei que beneficiarão outras localidades”, finalizou Marlon Botão.

8

Procurador quer punição a secretários autores de vandalismo…

José Cláudio Pavão Santana criticou a postura do titular da Sedel, Márcio Jardim, e o da cultura municipal, Marlon Botão, que agrediram manifestantes, ajudaram a destruir um boneco inflável e afrontaram a polícia militar, no último sábado

 

Jardim faz gesto provocativo a militantes tucanos

Jardim faz gesto provocativo a militantes tucanos

O procurador do estado José Cláudio Pavão Santana cobrou do governador Flávio Dino (PCdoB) e do prefeito Edivaldo Júnior (PDT), nesta segunda-feira, 7, uma posição dura em relação aos secretários Márcio Jardim e Marlon Botão.

Os auxiliares do governo e da prefeitura, respectivamente, participaram ativamente dos atos de vandalismo na Praça Maria Aragão, no último sábado, quando petistas partiram para agredir manifestantes que protestavam contra o governo Dilma Rousseff, contra o PT e contra Lula.

– Aguardamos um posicionamento da Prefeitura de São Luís e do Governo do Maranhão quanto à participação de secretários na ação antidemocrática do sábado – escreveu Pavão, no Twitter.

Márcio Jardim é secretário de Esportes do governo Flávio Dino e foi o mais afoito durante os atos.

Botão também esteve na Mª Aragão

Botão também esteve na Mª Aragão

Ele ajudou a rasgar o boneco Pixuleco, usado em todo o país para representar o ex-presidente Lula, entrou em confronto com manifestantes, inclusive com gestos obscenos e afrontou diretamente policiais militares.

Há relatos não confirmados de que Jardim teria sido um dos petistas que invadiram uma delegacia para resgatar um dos petistas presos.

Marlon Botão é secretário municipal de Cultura, e também participou dos atos, batendo boca com militantes anti-Lula, mas agindo de forma mais comedida.