0

Brandão cada vez mais próximo de Lula…

Governador do Maranhão consolida a aproximação com o presidente da República e já tem até agenda prevista para o Maranhão; com canal próprio em Brasília, socialista pode trabalhar pessoalmente as articulações para as eleições de 2026, sem a necessidade de interlocutores entre ele e o líder petista

 

O olhar de Lula a Brandão, exibido nesta imagem, mostra um presidente bem mais afeto ao governador maranhense

Análise da notícia

O governador  Carlos Brandão (PSB) teve nesta quarta-feira, 22, sua segunda reunião pessoal com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em menos de um mês; Brandão praticamente consolidou sua relação com Lula sem a necessidade de interlocutores comuns, como ele próprio admitiu na postagem do instagram.

Estamos cada vez mais estreitando os laços entre nosso governo e o governo do Brasil. Uma forte parceria! Temos um líder que olha com atenção e sensibilidade para o nosso estado”, declarou o governador, para ilustrar foto reproduzida neste blog Marco Aurélio d’Eça, uma imagem significativa da aproximação entre os dois.

 

Desde que assumiu o governo do Maranhão, ainda em substituição ao agora ministro do STF Flávio Dino, Brandão sempre necessitou do próprio Dino para suas conversas com Lula, que não o conhecia diretamente.

Nesta nova articulação ele trabalha dois objetivos prioritários:

  • neutralizar a influência do senador Weverton Rocha (PDT) no governo Lula para as eleições 2026;
  • mostrar ao presidente sua lealdade, inclusive para garantir a sucessão com o vice, Felipe Camarão (PT). 

Essas duas prioridades têm ficado cada vez mais claras nas conversas entre os dois, em Brasília;

Alinhamos também sua vinda ao Maranhão para entregar obras e ainda falamos sobre o cenário político partidário do Brasil”, revelou Brandão.

 

Os efeitos dessas conversas sobre “o cenário político-partidário do Brasil”, devem ficar mais claras quando da vinda de Lula ao Maranhão.

É aguardar e conferir…

0

De como Brandão tenta criar canal de articulação própria com Lula…

Governador sabe que há lideranças no Maranhão bem mais próximas do presidente, como o senador Weverton Rocha, o deputado federal Márcio Jerry e o vice-governador Felipe Camarão; mas agora, sem o muro imposto pelo hoje ministro do STF Flávio Dino, iniciou um processo próprio para criar as condições de ser o interlocutor direto do petista com vistas à montagem da sucessão de 2026

 

Só nesta semana Brandão teve o seu primeiro encontro a sós com Lula; agora, quer criar as condições para ser a referência lulista no Maranhão

Análise da Notícia

Observadores políticos mais experientes viram no movimento midiático dos principais aliados do governador Carlos Brandão (PSB) – deputada Iracema Vale (PSB) à frente – uma clara tentativa de demarcar posição política do governador na relação com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Assunto que sempre coube à comunicação do próprio governo, o recente encontro entre Brandão e Lula, em Brasília, ganhou eco por intermédio da presidente da Assembleia, deputados estaduais e comentaristas políticos mais alinhados ao Palácio do Leões, como já havia destacado este blog Marco Aurélio d’Eça, no post “Iracema destaca primeiro encontro a sós de Brandão com Lula em Brasília…”.

Mas o que esta nova movimentação significa?

  • significa que Brandão já começou sua articulação com vistas à própria sucessão e quer ser, ele próprio – deixando ou não o governo em abril de 2026 – o principal interlocutor de Lula no estado;
  • significa também que o governador quer romper os muros que o separam do presidente para ter poder de influência na montagem da chapa que irá disputar as eleições gerais em 2026;
  • significa, mais ainda, que ele não pretende se afastar da base lulista, como pregam seus aliados – o que, na prática, seria suicídio político numa disputa ainda polarizada no país.

Sem histórico de ligação política com Lula e historicamente antagônico ao PT, Brandão sempre dependeu do agora ministro do Supremo Tribunal Federal Flávio Dino para chegar até o presidente; estes muros impostos por Dino foram mostrados por este blog Marco Aurélio d’Eça, sobretudo no o post “A guerra entre Flávio Dino e Sarney por Brandão em Brasília”.

O ministro da Justiça Flávio Dino (PSB) tem tentado desde o início do mandato construir um muro na relação entre o presidente Lula (PT) e o governador maranhense Carlos Brandão (PSB); Dino quer vender à classe política e à imprensa a ideia de que só ele é o caminho para Lula em Brasília. Mas Brandão tem buscado outro caminhos (…) é Sarney e seus aliados – e não Dino – quem tem aberto portas para o governador na capital federal – afirmou no post, de 14 de julho de 2023.

Com a aposentadoria política de Dino, todos no Maranhão igualaram-se em nível de influência, segundo o senador Weverton Rocha (PDT) pontuou, no post “‘Todo mundo no mesmo patamar’, disse Weverton sobre saída de Dino da política”.

Mas nessa relação de igualdade, Brandão ainda está em desvantagem na interlocução com Lula:

  • o próprio Weverton Rocha (PDT), por exemplo, tem relação histórica com o presidente e com o PT e uma espécie de dívida de gratidão de Lula, sobretudo pelo que houve nas eleições de 2022;
  • o deputado federal Márcio Jerry (PCdoB) é uma espécie de lugar-tenente de Flávio Dino e tem forte influência política nos partidos e relação histórica com os segmentos de esquerda em Brasília;
  • o vice-governador Felipe Camarão (PT) é naturalmente o candidato de Lula e dos dinistas à sucessão de Brandão, seja qual for a decisão do governador, de sair ou ficar no comando do governo.

Carlos Brandão acerta em buscar interlocução própria com Lula.

E acerta mais ainda em mostrar midiaticamente ao eleitor maranhense – via outros canais, uma vez que sua comunicação não raciocina pela lógica da formação de opinião – que é o principal líder no estado. 

É claro que outros personagens – como os citados neste post – irão se movimentar no contraponto a Brandão até 2026, na tentativa de mitigar os efeitos de sua articulação política.

Mas, assim como apostam em uma espécie de prazo de validade do governador, que diminui a cada dia, sabem que precisam aguardar a decisão dele antes de tomar as suas próprias.

Esses freios e contrapesos estarão sendo usados dia após dia até abril de 2026…

0

Zé Inácio destaca reunião entre Lula e Brandão em Brasília e ações do governo federal no MA

Durante pronunciamento realizado nesta quinta-feira (9) na Assembleia Legislativa do maranhão, o deputado estadual Zé Inácio subiu à tribuna para destacar a importante parceria entre o governo do presidente Lula e o governo do Maranhão, liderado pelo governador Carlos Brandão.

Em seu discurso, ele enfatizou a reunião recente entre o governador e o presidente, que aconteceu em Brasília e serviu para discutir ações de desenvolvimento, tanto para o estado do Maranhão quanto para o Brasil como um todo.

Zé Inácio ressaltou que a relação entre os dois líderes não é apenas uma questão protocolar, mas sim uma amizade entre dois aliados políticos comprometidos em trabalhar pelo progresso do Maranhão e do país. Ele elogiou a postura do governador Brandão, que aproveitou a ocasião para agradecer o apoio e as ações desenvolvidas pelo governo federal no Maranhão.

O deputado também destacou os avanços e benefícios resultantes dessa parceria, como a visita de diversos ministros ao estado para trazer melhorias para a população, bem como as entregas recentes de casas populares em Chapadinha e a conclusão de obras importantes, como a BR-226.

“Agradecer as 868 casas que foram recentemente entregues em Chapadinha, agradecer a entrega da BR-226 entre Caxias e Timon, agradecer a vinda recente do Ministro dos Transportes, que realizou visita in loco nas BRs que foram danificadas pelas fortes chuvas aqui no Maranhão, bem como a recuperação da BR no trecho Santa Inês/Santa Luzia, Bom Jesus da Selva/Buriticupu, dentre tantas outras ações”, destacou.

Zé Inácio ressaltou os resultados positivos da gestão atual, como a redução do desemprego no país, o controle da inflação e o crescimento econômico, que levam o Brasil a retomar seu lugar entre as maiores economias do mundo. O deputado finalizou sua fala destacando o investimento previsto para o Maranhão com o novo PAC, atingindo cerca de 93% da população maranhense, e totalizando R$ 94 bilhões, e agradeceu ao governador Carlos Brandão por sua dedicação em garantir benefícios ao estado.

Além disso, o Governador Carlos Brandão esteve com o Ministro dos Transportes Renan Filho, onde o governo do Presidente Lula se comprometeu em federalizar as rodovias a MA-014, de Vitoria do Meari a Pinheiro, a MA-106, de Pinheiro até Santa Helena e de Santa Helena até Governador Nunes Freire, e a MA-006 de Tasso Fragoso a Alto Parnaíba.

Zé Inácio enalteceu a sólida aliança entre o governo federal e o governo estadual, ressaltando os impactos positivos dessa parceria para o desenvolvimento do Maranhão e o progresso do Brasil, algo bem diferente do que foi observado nos quatro anos do governo Bolsonaro.

Da Assessoria

0

Iracema destaca primeiro encontro a sós de Brandão com Lula em Brasília

Presidente da Assembleia Legislativa vê reunião – que tratou de investimentos no estado, obras federais e também dos cenários políticos no Brasil e no Maranhão – como fortalecimento da parceria entre os dois líderes; É a primeira vez que o governador maranhense é recebido sozinho pelo petista desde a posse dos dois, em janeiro de 2023

 

Brandão esteve a sós com Lula pela primeira vez desde a sua posse; encontro marca o início de uma interlocução própria do governador com o presidente

A presidente da Assembleia Legislativa, deputada Iracema Vale (PSB) destacou nesta quarta-feira, 8, a reunião entre o governador Carlos Brandão (PSB) e o presidente Luzi Inácio Lula da Silva (PT), em Brasília.

Foi a primeira reunião pessoal de Brandão com Lula desde a posse dos dois governantes.

Momento marcado pela cordialidade e diálogo produtivo, onde o governador abordou questões fundamentais para o desenvolvimento do estado, destacando projetos de infraestrutura viária, habitação e investimentos federais”, afirmou Iracema.

Desde o início do mandato, o governador maranhense sempre dependeu da interlocução do agora ministro do Supremo Tribunal Federal Flávio Dino para sua relação com Lula; o encontro pessoal desta quarta-feira, 8, é um marco na relação dos dois líderes, por isso o destaque dado por Iracema, principal aliada política do governador no Maranhão.

Durante o encontro, Brandão pediu a Lula que conheça pessoalmente as obras federais em execução no estado; são elas:

  • Conclusão da BR-226 em Timon, já entregue pelo ministro Renan Filho;
  • Projetos do Novo PAC Seleções na infraestrutura e abastecimento d’água;
  • 868 moradias no município de Chapadinha no programa Minha Casa, Minha Vida;

O presidente recebeu com muita sensibilidade nossas demandas de melhorias das condições das BRs no Maranhão, para garantir mais segurança na mobilidade dos cidadãos. Não tenho dúvidas de que nossa forte parceria com o Governo Federal vai continuar garantindo o atendimento das necessidades do nosso estado”, afirmou o governador.

 

No encontro Brandão falou também sobre as eleições municipais e os cenários para 2026, reforçando a importância da unidade na base lulista

Brandão e Lula, ainda segundo Iracema Vale, conversaram também sobre as eleições municipais e os cenários para as eleições de 2026; o governador reforçou a importância da unidade da base lulista em todos os municípios.

A expectativa é que o encontro garanta ao governador a abertura de uma interlocução própria com Lula, independentemente dos demais aliados lulistas maranhenses, como o senador  Weverton Rocha, o deputado federal Márcio Jerry (PCdoB) e o vice-governador Felipe Camarão (PT).

Mas esta é uma outra história…

Com informações da Agência Assembleia

0

PDT prepara supersexta para Fábio Câmara e candidatos do interior…

Convenção do partido na Assembleia Legislativa vai se transformar em uma festa com a presença do senador  Weverton Rocha e do ministro da Previdência Social Carlos Lupi – que vem representando o presidente Lula – e marcará o início da corrida  pedetista rumo à Prefeitura de São Luís

 

Os pedetistas farão grande festa na convenção do partido com a presença de todos os candidatos a prefeito; Fábio Câmara lidera chapa em São Luís

O senador Weverton Rocha e o ministro da Previdência Social Carlos Lupi vão receber em convenção estadual do PDT, nesta sexta-feira, 10, na  Assembleia Legislativa, o pré-candidato a prefeito de São Luís, Fábio Câmara, sua chapa de candidatos a vereador – encabeçada pelo presidente municipal Ra9imundo Penha – e os demais candidatos  partido no interior maranhense.

  • a convenção marcará a recondução de Weverton Rocha ao comando estadual do PDT;
  • o ministro Carlos Lupi representará também o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), apoiado pelo PDT.

Nós temos em São Luís uma chapa completa de candidatos a vereador e vamos disputar com força a prefeitura de São Luís com Fábio Câmara; esse grupo será recebido pelo senador Weverton e pelo ministro Lupi, que comandam o partido, no Maranhão e no Brasil, respectivamente”,  explicou Raimundo Penha.

 

O PDT terá candidatos próprios em pelo menos 40 municípios maranhenses, além de compor coligações poderosas em diversas outras cidades; em São Luís, o partido trabalha como a terceira via na disputa pela Prefeitura de São Luís, evitando a polarização entre as máquinas da prefeitura e do Governo do Estado.

A convenção do PDT está marcada para as 15 horas, na Assembleia Legislativa…

0

Lula destaca quadro de maranhense presenteado por Fufuca

Ministro dos Esportes encomendou ao artista plástico e professor de artes Valdemar Barros reprodução de imagem do presidente comemorando a vitória em 2022, obra que recebeu menções nas redes sociais do Palácio do Planalto

 

André Fufuca com a obra de Valdemar Barros entregue a Lula e registrada nas redes sociais pelo fotógrafo oficial Ricardo Stuckert

O quadro acima, entregue pelo ministro dos Esportes André Fufuca (PP) ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), é do artista plástico maranhense Valdemar Barros; encomendada pelo próprio Fufuca, a obra está no Palácio dos Planalto e já recebeu menções nas redes sociais do presidente e da primeira-dama Janja da Silva.

Professor de artes com atuação no extinto Centro de Criatividade Odylo Costa Filho, Valdemar Barros mantém duas galerias no São Luís Shopping, onde produz e comercializa suas obras.

Pedi a imagem do presidente em triunfo por que confio na qualidade técnica do Valdemar”, disse Fufuca.

Valdemar Barros é muito popular na classe política.

Tem entre seus clientes, além do ministro André Fufuca, o também ministro Juscelino Filho (União Brasil), o chefe da Casa Civil Sebastião Madeira, o ex-prefeito de São Luís Edivaldo Júnior (sem partido), e seu pai, o ex-deputado Edivaldo Holanda, entre outros.

Me dedico à criação e ao ensino da arte como forma de qualidade de vida; e ter entre meus clientes essas pessoas ilustres só fortalece meu trabalho”, disse o artista, que hoje dá aulas em sua casa, na Rua da Cerâmica, no João Paulo.

O vascaíno Valdemar Barros entre os também vascaínos Edivaldo Holanda, pai e filho, apreciadores de sua arte

Ele tem sido forte ativista pela reconstrução do Odylo Costa Filho, fechado no governo Flávio Dino (PCdoB) e desmontado no governo Carlos Brnadão (PSB).

Um espaço desses precisa ser preservado; um ambiente que respira arte em todas s formas e expõe a cultura maranhense”, prega.

A galeria Valdemar Barros funciona de segunda a sábado, no horário de funcionamento do São Luís Shopping…

0

Candidatos da direita se dividem; Fábio Câmara segue com Lula pela esquerda

Único candidato em São Luís com campanha exclusivamente na base do presidente petista, ex-vereador do PDT segue discutindo com os segmentos sociais mais progressistas, debatendo pautas de peso político significativo, como a valorização da mulher, do trabalhador, a preservação do meio ambiente, a afirmação do negro, dos povos originários; e prepara convenção com o ministro da Previdência Social, Carlos Lupi

 

Lahésio chamou de gados e burros os eleitores que votam na direita representada por Josimar Maranhãozinho e Detinha, o que ofendeu também Felipe Arnon

Analise da Notícia 

A mídia de São Luís trouxe nesta terça-feira, 23, mais uma briga pública entre lideranças da direita maranhense, que se engalfinham pelo legado do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e tentam se apoderar do voto conservador em São Luís, estimado em 25% do eleitorado.

A troca de “gentilezas” se deu agora entre o ex-candidato a governador Lahésio Bonfim (Novo) e o casal de deputados federais Josimar Maranhãozinho e Detinha (ambos do PL), mas envolveu também o “Pátria Livre” Felipe Arnon; e tudo ainda por conta da passagem meteórica – e sem maior repercussão política – da ex-primeira-dama Michele Bolsonaro pela capital maranhense, no último sábado, 20. (Leia aqui e aqui)

Este blog Marco Aurélio d’Eça já mostrou que pelo menos quatro candidatos em São Luís são vinculados ao bolsonarismo, de uma forma ou de outra, embora o ex-presidente dê de ombros a todos eles:

Fábio Câmara segue agenda de contatos nas comunidades e prepara convenção do PDT, como único candidato exclusivamente na base do presidente Lula (PT)

A guerra fratricida entre os bolsonaristas é vista à distância pelo pedetista Fábio Câmara, único entre os candidatos em São Luís com campanha exclusivamente na base do governo Lula (PT); desde o surgimento do seu nome, ainda em setembro de 2023, Câmara se move pela esquerda, com ênfase nas bandeiras de Lula.

Com apoio do PDT, Fábio Câmara vem discutindo pautas progressistas como a valorização da mulher, do negro, a inclusão de grupos LGBTQIA+, questões ambientais, juventude e, sobretudo, a pauta do trabalhador. (Releia aqui, aqui, aqui, aqui e aqui)

A ênfase na valorização do trabalhador será a pauta de Fábio Câmara no dia 10 de maio, na convenção estadual do PDT, quando ele será apresentado como candidato a prefeito ao lado do senador Weverton Rocha e do ministro da Previdência Social, Carlos Lupi, este representando o presidente Lula.

E assim deve ser a rotina ao longo da campanha, com os bolsonaristas se engalfinhando pelo naco dos 25% de eleitores conservadores e de direita.

E Fábio Câmara, no seu ritmo, desde sempre, pela esquerda, com o PDT e com Lula.

Em busca dos 35% de eleitores lulistas na capital maranhense…

0

Partidos de Lula e de Bolsonaro unidos contra Sérgio Moro…

PT e PL anunciaram recurso ao Supremo Tribunal Federal no processo que pede a cassação do senador paranaense – responsável pela prisão do atual presidente e ex-ministro do ex-presidente – o que atende a interesses de ministros desafetos do ex-juiz

 

Sérgio Moro se vê enroscado entre ações do PL, de Bolsonaro e do PT, de Lula, que querem seu mandato no TSE

O PT, do atual presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e o PT, do ex-presidente Jair Bolsonaro, anunciaram que vão recorrer ao Supremo Tribunal Federal da decisão do TRE-PR que livrou o atual senador Sérgio Moro (Podemos) da cassação do mandato por abuso de poder econômico nas eleições de 2022.

Ex-juiz federal, Moro foi o responsável pela condenação e prisão de Lula em 2018, o que tirou o petista da eleição vencida por Bolsonaro; depois, o ex-magistrado assumiu o Ministério da Justiça, mas se afastou do governo cerca de um ano depois.

O PT e o PL estão juntos na ação contra Moro desde o resultado das eleições de 2022, quando ele se elegeu senador pelo Paraná; a posição do PT tem o aval de Lula, mas o PL age contra vontade de Bolsonaro.

No TSE, Moro tem mais chances de perder o mandato, já que tem desafetos entre os ministros dos tribunais superiores.

Alguns deles, inclusive, com atuação na Justiça Eleitoral…

0

Felipe Camarão novamente no comando do governo…

Vice-governador amanhece novamente como chefe do Executivo Estadual, em substituição ao governador Carlos Brandão, que acompanha o presidente Luiz Inácio Lula da Silva em viagem oficial à Colômbia

 

Felipe Camarão vai estar novamente à frente do Governo do Estado, enquanto Brandão viaja à Colômbia com o presidente Lula

O vice-governador  Felipe Camarão (PT) está novamente à frente do governo do Maranhão, a partir desta terça-feira, 16, até a próxima quinta-feira, 18; ele substitui o governador Carlos Brandão (PSB), que estará novamente em viagem internacional.

O próprio Brandão anunciou a viagem nas redes sociais.

– De 16 a 18 de abril, irei representar o Maranhão na comitiva do presidente Lula em Bogotá, na Colômbia. Será uma oportunidade para tratar de comércio e investimentos visando o desenvolvimento sustentável, além de participarmos do Fórum Empresarial Brasil-Colômbia”, escreveu o socialista.

Como secretário de Educação, Felipe Camarão passou a segunda-feira, 15, em visitas a escolas dos municípios de Icatu, Primeira Cruz e Santo Amaro do Maranhão.

Ainda não há divulgação de agenda do secretário no exercício do governo…

0

MCMV Rural e Entidades: mais de 10 mil moradias no Maranhão

O anúncio de mais de 112 mil moradias em todo o país foi feito hoje pelo presidente Lula. Ministro Juscelino Filho destaca que o estado foi bem contemplado na seleção

 

O presidente Lula anunciou hoje, em evento no Palácio do Planalto, a seleção de mais de 112 mil moradias pelo Minha Casa, Minha Vida nas modalidades Rural e Entidades. Serão atendidas mais de 440 mil pessoas em áreas rurais e urbanas, de comunidades tradicionais como quilombolas e povos indígenas, além de famílias organizadas por movimentos de luta por moradia.

O ministro das Comunicações, Juscelino Filho, participou do anúncio e celebrou a notícia.

“É o maior programa habitacional da nossa história e um dos maiores do mundo garantindo a tão sonhada casa própria para quem mais precisa. Isso só é possível porque o presidente Lula e o Minha Casa, Minha Vida voltaram. E o nosso querido estado do Maranhão está sendo bem atendido, com mais de 10 mil unidades habitacionais”, afirmou Juscelino Filho.

O presidente Lula enalteceu a parceria com os diversos atores envolvidos no programa.

“Vocês estão fazendo a primeira colheita do primeiro grande lançamento do Minha Casa Minha Vida, porque a primeira fase foi reconstruir casa que estava abandonada. Nós tínhamos 87 mil casas para recuperar. Queremos trabalhar em parceria harmônica com prefeitos, governadores, deputados e com movimento social. O que a gente quer se importar é com a qualidade da casa, o espaço do aconchego familiar”, disse.

Os investimentos previstos são de R$ 11,6 bilhões. No MCMV Rural, foram selecionadas mais de 75 mil moradias, em 1.274 municípios. Já no MCMV Entidades, são 37 mil unidades, distribuídas entre 269 cidades em 22 estados brasileiros. A prioridade é para grupos mais vulneráveis, como mulheres chefes de família e moradores de locais de risco. O total de moradias anunciadas nesta quarta-feira supera em mais de 140% a meta inicialmente proposta.

O ministro das Cidades, Jader Filho, ressaltou uma das principais características da seleção.

“Nos critérios sociais adotados, estamos reforçando o compromisso deste governo com a igualdade e a justiça social. Assim foram priorizadas aquelas moradias que beneficiam diretamente as famílias que são lideradas por mulheres, as comunidades tradicionais e áreas afetadas por doenças endêmicas”, explicou.

Novo MCMV

Desde sua criação, em 2009, o Minha Casa, Minha Vida já entregou cerca de 7,7 milhões de unidades habitacionais em todo Brasil. Na Faixa 1, já foram mais de 1,6 milhão de moradias entregues. O programa foi retomado pelo governo federal no dia 14 de fevereiro de 2023 e aprovado pelo Congresso Nacional em 13 de junho, com melhores taxas e condições.

O maior programa de habitação do Brasil tem como meta contratar 2 milhões de novas unidades até 2026.