1

Flávio Dino controla formação de blocos na AL…

wDo blog de Gilberto Léda

Não passa de mero discurso a história verbalizada na terça-feira (2), por Marcelo Tavares (PSB), dando conta de que o governo não interferirá nas articulação rumo à antecipação da eleição para a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa.

Disse o socialista: “essa é uma matéria exclusivamente do Poder Legislativo, não terá nenhuma interferência nossa”.

Balela.

Tanto que, um dia depois de dizer isso, o próprio Tavares já estava na AL negociando a recomposição do Blocão, justamente de olho na formação da maioria para garantir as melhores condições para a reeleição de Humberto Coutinho (PDT) e de Othelino Neto (PCdoB).

Mas não é só isso…

Além de Marcelo Tavares, o próprio governador Flávio Dino (PCdoB) tem interferido, sim, no processo.

Normalmente por telefone ele tem conversado com aliados – e com alguns nem tão aliados assim.

Prova de que o Palácio dos Leões está, cada vez mais, dentro do Palácio Manuel Beckman.

2

Fábio Macedo confirma que PDT vai buscar liderança de bloco na Assembleia…

Líder da bancada de cinco deputados afirmou hoje que esta é uma das condições para compor o chamado blocão, o maior da Assembleia; para a articulação, os pedetistas esperam o apoio do PCdoB

 

macedo começou a articulação pela formação de bloco na Assembleia

Macedo começou a articulação pela formação de bloco na Assembleia

O líder do PDT na Assembleia Legislativa, deputado Fábio Macedo, confirmou hoje a articulação da bancada do partido para indicar o novo líder do chamado Blocão, o maior da Assembleia.

– Nós nem pretendíamos compor o bloco, mas fomos chamados pelos colegas do PCdoB; então decidimos que era preciso indicarmos o líder – disse Macedo.

Com cinco parlamentares, o PDT tem uma das maiores bancadas da Assembleia, com condições de formar bloco próprio na Casa.

Mas os pedetistas trabalham ainda a hipótese de contar com o apoio do próprio PCdoB para a tomada da liderança.

Os comunistas formam bancada de quatro parlamentares. Somados ao PDT, formariam um bloco com nove deputados, passando a ser um dos maiores da Assembleia.

– O fato é que as articulações começaram agora; mas o PDT tem posição definida na Casa – completou Fábio Macedo.