0

Comunitários recebem doação da live de Mara Pavanelly…

Após polêmica com a lotação no espaço onde foi realizado o evento, ação mostra resultados práticos e entrega toneladas de alimentos distribuídos às famílias carentes do bairro da Alemanha

 

Os produtores da live de Mara Pavanelly participaram da entrega de alimentos a moradores do bairro da Alemanha

Os produtores da live de Mara Pavanelly, realizada quinta-feira, 30, entregaram nesta segunda-eira, 3, a moradores d bairro da Alemanha, cestas básicas de alimentos e máscaras de proteção individual.

Os produtos oram arrecadados durante a live da cantora, realizada em uma das áreas do Valparaíso Acqua Park.

O evento gerou muita polêmica em São Luís devido à superlotação do local, que acabou transformando a live em show presencial; diante disto, autoridades do estado anunciaram que iriam multar os produtores e o local do evento.

O Ministério Público também pretende investigar a live.

Diante da polêmica, a produtora Assessoria Avançada e a KM Produções divulgaram a entrega dos alimentos, resultantes da realização do evento.

A escolha da comunidade foi da própria cantora…

1

Farsa das live’s solidárias na mira do Ministério Público…

Pseudos-empresários têm usado a proibição de eventos com música ao vivo para comprar “shows” de artistas e faturar alto com a venda de patrocínios, manipulando o próprio espectador do evento a fazer doações no lugar deles; Ministério Público suspeita de lavagem de dinheiro

 

Uma das lives produzidas esta semana gerou aglomeração e tumulto, o que chamou atenção do Ministério Público; fortes suspeitas de lavagem de dinheiro

A pandemia de coronavírus trouxe um novo momento para a classe artística brasileira, que se viu sem espaço de trabalho e teve que se reinventar para, ao menos, se manter vivo na memória do público.

Mas as lives, que surgiram de forma despretensiosa, acabaram virando um milionário negócio, não para os artistas mais para pseudo-empresários caça-níquel, resultando em tumultos como o que ocorreu recentemente em um parque da cidade.

O Ministério Público desconfia que a prática possa esconder, inclusive, a prática de lavagem de dinheiro.

O esquema funciona assim: o suposto empresário compra as lives dos artistas, pagando antecipado, e promete a ele toda a estrutura para o evento – desde o som, passando por equipamento de transmissão e filmagem.

A partir daí, o empresário passa a vender o show a patrocinadores de todos os tipos – de empresas a políticos; de prefeitos a candidatos, muitos dos quais utilizam-se da oportunidade para lavagem de dinheiro.

Em troca, o artista se compromete a criar o QR-Code e pedir doações aos espectadores, o que daria o ar de “solidário” à live.

Vários artistas foram procurados pro empresários com esta proposta, o que gerou uma rede de lives solidárias que de solidária só apresentaram o nome.

Mas os tumultos gerados nestes eventos chamaram a atenção do Ministério Público.

Que decidiu investigar o assunto…

1

Governo impõe medidas e fecha bares da Lagoa e da Península…

Após constatar aglomerações, shows ao vivo e outras irregularidades reveladas pelo blog Marco Aurélio D’Eça, fiscais do Procon e da Vigilância Sanitária interditou algumas casas, notificou outras e decidiu retornar no próximo fim de semana

 

Tida como área de luxo, a Península da Ponta D’Areia recebe bares requintados, que desrespeitam as regras para funcionamento

Fiscais da Vigilância Sanitária e do Procon decidiram interditar o Tapera Bar Temático, na região da Lagoa da Jansen, por descumprimento das regras impostas para funcionamento da Casa.

O governo também notificou os restaurantes BurgerNight, Ada Coley, Itália in Távola e Bistrô Quintalão, na Península da Ponta D’Areia.

O blog Marco Aurélio D’Eça vem mostrando, desde a semana passada, que restaurantes e bares da região considerada mais nobre de São Luís vêm desrespeitando sistematicamente as regras de reabertura deste setor da economia.

Na sexta-feira,17, revelou que bares da Península estavam realizando shows ao vivo, no post “Bares da Península desrespeitam Leis, promovem shows e aglomerações…”

Fiscais do Procom-MA e da Vigilância Sanitária estiveram também em bares e restaurantes da Lagoa da Jansen no fim de semana

Já na segunda-feira, 20, este blog publicou relatório da circulação que fez nas noites de sexta e sábado, e na tarde de domingo, tanto na Lagoa da Jansen e da Península quanto na avenida Litorânea.

A Vigilância Sanitária e o Procon já anunciaram que voltarão aos locais no próximo final de semana…

4

Governo pode liberar apenas “voz e violão” em bares

Proposta da Secretaria de Indústria e Comércio já esta sob avaliação das pastas de Saúde e da Casa Civil do Governo do Estado e faz parte da liberação gradual das atividades noturnas em São Luís

 

O estilo Voz e violão está em estudo do governo para liberação em bares e restaurantes

A proposta da Secretaria de Indústria e Comércio para liberação de musica ao vivo em bares e restaurantes contempla apenas o estilo “voz e violão”.

No entendimento do secretário de Indústria e Comércio, Simplício Araújo, esta modalidade de música ao vivo garante maior atrativo aos estabelecimentos sem risco de maiores aglomerações, como ocorre com bandas completas.

– A proposta ainda tem que passar pela Casa Civil e pela Saúde – explicou Simplício.

Os bares e restaurantes voltaram a funcionar desde o dia 27 de junho, mas sem música ao vivo; estabelecimentos que tentaram burlar as regras chegaram a ser multados pelo governo.

A ideia de liberar a música ao vivo de forma gradual visa exatamente conter o avanço da coVID-19.

Ainda não há previsão de quando o estilo voz e violão poderá ser utilizado…

0

Mano Borges e PP Júnior comandam live em prol de artistas…

Evento “Você é tudo e Muito Mais” será transmitido pelos canais dos artistas no Instagram e no Youtube a partir de um palco virtual montado na casa de PP; arrecadação será doada a artistas que enfrentam dificuldades por causa da pandemia

 

PP Júnior e Mano Borges vão levar o melhor do pop-rock, MPM, MPB, Axé e Sertanejo em homenagem aos artistas maranhenses

Os cantores PP Júnior e Mano Borges decidiram liderar uma causa nobre em prol da classe artística maranhense, que enfrenta serias dificuldades financeiras por causa da pandemia de coronavírus.

Eles vão protagonizar nesta quinta-feira, 9, a live solidária “Você é Tudo e Muito Mais!”, a partir de um palco montado na casa de PP e transmitida nos canais YouTube/PP Júnior e Instagram @ppjunioroficial, a partir das 20h.

Para conectar todos numa atmosfera alto astral e singular, o evento irá unir a música popular brasileira, com a maranhense e, claro, pop rock, axé music e sertanejo, que, entre um bate-papo e outro, pretende se esticar por muitas horas, quando simultaneamente serão arrecadados recursos, alimentos e cestas básicas para músicos, roades e técnicos, que atuam no palco e nos bastidores da arte musical em São Luís.

 

Lembrando que na trajetória da carreira dos dois cantores, sempre houve muita interação e parceria. Pepê Júnior produziu vários CDs e DVDs de Mano Borges e, agora, juntos vão mostrar na live toda essa história que, com certeza, muito vai emocionar e orgulhar os seus seguidores inscritos nos canal.

Para contribuir, basta acessar o QR Code no momento da transmissão ou depositar numa conta aberta no Banco do Brasil: agência 5605-7, conta 21313-6, em nome de Ana Raísa Pereira Moura, CPF: 019366123-30.

1

Vereador contesta proibição de artistas em bares…

Raimundo Penha argumenta que, se o estabelecimento já está com a capacidade máxima definida no próprio decreto de abertura, a presença de música ao vivo não fará nenhuma diferença para efeito de aglomeração

 

Os bares reabriram, mas sem a presença de artistas nos palcos, que ficam vazios desde o último sábado, 27

O vereador Raimundo Penha (PDT) contestou nesta terça-feira, 30, a regra do Governo do Estado que proibiu a realização de música ao vivo nos bares e restaurantes de São Luís.

Estes estabelecimentos ganharam permissão para voltar a funcionar a partir do último sábado, 27, mas com a proibição de shows e a apresentações artísticas.

– Queria entender o sentido de não ter música ao vivo em bares. Se estes já tem uma capacidade definida, ao m,eu ver, a presença dos artistas não vai alterar em nada – ponderou o parlamentar de São Luís.

O vereador Raimundo Penha contestou em suas redes sociais a proibição dos shows aos vivo nos bares

Na avaliação de Penha, ao contrário de prejudicar, a presença de artistas é uma forma de ajudar no reforço às normas de prevenção e proteção nos próprios estabelecimentos.

O vereador anunciou que vai apresentar requerimento à Prefeitura de São Luís pedindo a liberação imediata dos shows ao vivo nos bares e restaurantes.

2

Artistas criticam proibição de voltar aos bares…

Portaria do Governo do Estado estabeleceu restrições para funcionamento dos estabelecimentos noturnos, a partir deste sábado, 27, entre elas a realização de eventos artísticos de qualquer espécie que possam gerar aglomeração de público; mas não há nenhuma política publica de auxílio a este setor da economia

 

Os palcos dos bares e casas de shows podem até continuar iluminados, mas com os banquinhos vazios para os artistas

Ansiosos com a volta do funcionamento da noite de São Luís, os artistas que cantam em bares e casas noturnas frustraram-se com a Portaria do Governo do Estado, que proibiu a realização de shows e eventos com potencial de gerar aglomeração.

O bares, restaurantes e afins poderão reabrir a partir deste sábado, 27, mas com fortes restrições, que vão da redução do horário de funcionamento à proibição de contratar artistas e atrações culturais.

A proibição de cantores e artistas nos bares foi determinada pela Vigilância Sanitária Estadual, e está prevista no artigo 1.44, da Portaria 042/2020:

– Ficam proibidas atrações musicais, culturais e de qualquer tipo que promovam aglomeração ou movimentação, até nova deliberação dos órgãos sanitários. (Veja a íntegra aqui)

Nestes últimos 90 dias sem shows, alguns artistas tiveram até que voltar para sua família a fim de garantir sua sobrevivência; é o caso de Caio Montteiro, ativo interprete da noite na capital maranhense.

– Estou com minha família em Santarém (PA). Com a quarentena, ficamos sem trabalho; a solução foi voltar para a minha terra – disse Montteiro, que já se preparava para retornar à capital maranhense.

Uma das saídas para sobreviver na pandemia foi a realização de lives; mas esta atividade também dependia da boa vontade de apoiadores e patrocinadores, que nem sempre estavam dispostos a participar.

– As lives não deixam de ter um custo; e precisamos da boa vontade de contribuintes, que nem sempre mostram-se abertos a isso – lamentou Brendo Costa, especializado em reggae, que também ansiava pela volta dos shows em bares.

A Portaria 042/2020 do Governo do Estado não estabeleceu como se dará a fiscalização dos bares e casas noturnas de São Luís…

0

Bares não poderão ter música ao vivo na reabertura das atividades

Secretário de Saúde Carlos Lula disse que os estabelecimentos noturnos em São Luís, previstos para reabrir sábado, 27, não terão permissão para promover “atrações culturais que gerem aglomeração”, o que inviabiliza a participação de artistas; há veto também para selfie-service e praças de shoppings

 

Os shows musicais, principais atrações de barzinhos e pub’s não poderão ser usadas nesta retomada das atividades

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Eduardo Lula, e o chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares, confirmaram ao blog Marco Aurélio D’Eça, nesta quinta-feira, 25, que bares e restaurantes serão reabertos com fortes restrições de funcionamento, a partir do sábado, 27.

Dentre as principais restrições, estão proibidas atrações culturais que gerem aglomeração, como shows e música ao vivo.

– Tem muita restrição. Vai voltar, mas já não vai voltar como era. Tem distância entre as mesas; a capacidade máxima só vai ser metade; e não vai ser permitida atração cultural que promova aglomeração – afirmou Lula.

Apesar de proposto pelas entidades classistas, shows, musica ao vivo, selfie-service e praças de alimentação em shoppings foram vetadas pela Vigilância Sanitária, segundo Marcelo Tavares.

Alguns bares e PUBs têm nas atrações culturais o seu principal ponto forte; a restrição deixa em situação ainda difícil a classe artística, que sobrevive de eventos em bares e casas noturnas e que já vem sofrendo dificuldades por causa da quarentena. 

Este assunto já foi, inclusive, tratado no blog Marco Aurélio D’Eça, no post “Fechamento de bares gera efeito dominó na noite de São Luís…” 

A mesas de bares e restaurantes terão que ter distanciamento maior entre elas, reduzindo a lotação pela metade

O risco de aglomeração na promoção de eventos como estes, no entanto, é um risco para um debote de coVID-19 na capital maranhense.

Tanto Carlos Lula quanto o chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares, confirmaram também que  continuarão proibidas as atividades de selfie-service e as praças de alimentação de shoppings centers.

Lula deu, inclusive, um recado a todo o setor empresarial:

– Se voltarem a aumentar os casos, a gente vai ser obrigado a fechar.

0

“Somos todos Alcione”, prega Ivaldo em resposta a racista…

Vereador manifestou solidariedade à cantora maranhense após ela ter sido destratada pelo presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, alvo de denúncia por ataques sistemáticos aos próprios negros

 

Ivaldo com Alcione: ícone da cultura maranhense destratada por auxiliar de Bolsonaro que ataca negros sistematicamente

O vereador Ivaldo Rodrigues (PDT) lançou nesta quinta-feira, 4, a campanha “Somos Todos Alcione”, uma espécie de campanha solidária em defesa da cantora maranhense, destratada pelo presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo.

– Toda minha solidariedade a Alcione Nazaré! Repúdio total ao senhor Sérgio Camargo que destratou a nossa Marrom que é símbolo da nossa cultura e da música popular brasileira! Somos todos Alcione! – escreveu Ivaldo Rodrigues em seu Twitter.

Camargo tem sido alvo de críticas e denúncias do movimento negro por desqualificar a própria raça à rente de uma fundação que deveria preservar a memória do negro no Brasil.

Alcione foi uma das críticas da postura de Camargo, que respondeu grosseiramente, desqualificando sua música e a atacando pessoalmente.  

Amigo pessoal de Alcione, Ivaldo Rodrigues é um dos maiores incentivadores da cultura maranhense.

O movimento #Somos todos Alcione pode ser acessado nas redes sociais do parlamentar…

0

Maioba, Ribamar, Santa Fé, Maracanã e Meu Tamarineiro em live…

Grupos de bumba-meu-boi participarão da segunda edição do projeto “Festança Junina”, com transmissão ao vivo pelo Facebook, Instagram e Youtube, na próxima sexta-feria, a partir das 20h30

 

Diante desse período de pandemia as pessoas estão tendo a oportunidade de assistir os shows dentro de suas casas. Pensando nisso, a produção da Festança Junina entendeu que o público maranhense merece uma segunda edição especial do evento.

Por isso, na próxima sexta-feira (05), a partir das 20h30, a Festança Junina fará a transmissão ao vivo Instagram, Facebook e o canal do YouTube da festa.

O evento será totalmente digital e reunirá os cantadores consagrados dos grupos de peso do Maranhão. No palco as conhecidas vozes de ouro dominarão a programação, entre eles; Marcos (Boi da Maioba), Chagas (Boi de Ribamar), Ribinha de Maracanã (Boi de Maracanã), Zé Olhinho (Boi de Santa Fé) e Régis (Boi Meu Tamarineiro).

A Festança é comandanda pelo produtor cultural Mário Jorge, que segundo ele, a expectativa para essa segunda festa é a das melhores.

“A nossa primeira live foi um sucesso.Estamos ansiosos por mais essa edição”, disse Jorge.

A programação conta com a parceria da TVN, Feijão de Corda, Marcial Lima e o projeto Mesa Cheia.

A apresentação será comandada pelo jornalista e apresentador, Davi Max.

SERVIÇO

O quê? Live Festança Junina

Onde? Instagram, Facebook e no YouTube da Festança.

Horário: A partir das 20h30