4

Fechamento de bares gera efeito dominó na noite de São Luís

Segmento é ignorado nas discussões sobre retomada das atividades econômicas pós-pandemia, o que acaba prejudicando também profissionais como garçons e artistas da noite, sem perspectivas de receitas

 

Os bares continuam sem perspectiva de voltar a abrir em São Luís, o que gera uma reação em cadeia, prejudicando garçons, atendentes e artistas da noite

Editorial

Um dos segmentos mais ignorados no debate sobre a retomada econômica pós-pandemia no Maranhão é, especificamente, o de bares.

Empreendimento que depende exclusivamente de sua rede física – já que não tem característica de drive thru ou de delivery – um bar precisa também de garçons e de animação para garantir o lazer à noite.

Mas fechados – e com altos alugueis para honrar – acabam por prejudicar também os profissionais de atendimento e os artistas da noite, ambos dispensáveis no atendimento virtual.

O pior é que os bares devem ser os últimos a voltar a funcionar, já que não se enquadram em nenhum tipo de serviço essencial.

Os restaurantes podem fazer entregas em casa ou funcionar para retirada na loja; os depósitos e lojas de conveniências seguem abertos para compra de bebidas e afins, que podem ser consumidas em casa.

Mas quem vai pedir petisco e cerveja em seu bar preferido para receber em casa? 

Os bares funcionam como um atrativo físico por si só. Seu ambiente, sua luz, sua música e sua bebida é que levam as pessoas a frequentá-lo.

E essa experiência não pode ser virtual. 

Milhares de artistas que vivem exclusivamente de suas apresentações em bares estão em dificuldades financeiras desde o fechamento das atividades.

Milhares de garçons estão esperando o retorno das atividades para poder trabalhar em ambientes físicos.

Mas não há nenhuma discussão conhecida sobre a reabertura deste segmento, que movimenta milhões por ano apenas em São Luís.

São três setores interdependentes, que se juntam nesta pandemia numa espécie de abraço de afogados.

E muitos, sequer, terão condições de voltar ao final da crise…

1

Governo anula renomeação de desafeto de Regina Duarte

Após repercussão negativa de sua volta à presidência da Funarte, três meses após ser exonerado, o maestro Dante Mantovani foi, mais uma vez exonerado do cargo; a atriz que chefia a Secretaria de Cultura deve se reunir com Bolsonaro nesta quarta-feira, 6

 

Próximo a Bolsonaro, Mantovani não conseguiu, por duas vezes, comandar a Funarte, mas pode ser o pivô da queda de Regina Duarte

Não durou nem 24 horas a tentativa do presidente Jair Bolsonaro de impor, pela segunda vez, o maestro Dante Mantovani à presidência da Fundação Nacional da Arte (Funarte).

Na madrugada desta terça-feira, 5, o Diário Oficial da União trouxe a nomeação de Mantovani para o mesmo cargo que ele ocupava até a nomeação da atriz Regina Duarte para a Secretaria Nacional de Cultura.

A nomeação seria um sinal de Regina estaria sendo substituída, mas a repercussão negativa levou o governo a mais uma edição extra do D.O.U.  anulando a nomeação do maestro.

Regina Duarte – de quem Bolsonaro reclama estar ausente de Brasília – se reunirá nesta quarta-feria, 6 com o presidente, mas agora sabendo quem está de olho no cargo.

Segundo uma assessora da própria atriz, o bispo Edir Macedo já indicou um bispo a Bolsonaro.

2

Regina Duarte já se vê como ex-“ministra” de Bolsonaro…

Atriz que comanda a Secretaria de Cultura vem sendo fritada há pelo menos duas semanas, e teve que engolir nesta terça-feira, 5, a renomeação do presidente da Funarte, que ligou o Rock ao satanismo

 

Bolsonaro reclama que Regina Duarte nunca assumiu, de fato, o posto na Cultura; e pode dispensá-la do governo

A própria secretária de Cultura, Regina Duarte, já admite aos mais próximos que está sendo dispensada pelo presidente Jair Bolsonaro.

Fritada há mais de uma semana pelo próprio Bolsonaro – que reclama de sua ausência – a atriz teve que engolir a renomeação do presidente da Fundação Nacional da Arte, Dante Mantovani, demitido logo que ela assumiu a Cultura.

Nesta terça-feira, 5, a edição online da revista Crusoé trouxe, com exclusividade, uma conversa entre Regina e uma assessora, em que a atriz admite o momento ruim no governo.

– Que loucura isso, que loucura. Eu acho que ele (Bolsonaro) está me dispensando – disse a atriz. (entenda aqui)

Bolsonaro chamou a auxiliar para uma conversa na capital federal, o que deve ocorrer entre hoje e amanhã.

Ha uma pressão para que a atriz seja substituída, pouco mais de dois meses após assumir o cargo…

0

Governo vai substituir diretor do Teatro Arthur Azevedo…

Após sofrer desgaste com  produtores locais, Celso Brandão dará lugar ao ex-diretor do Casem, Waldemir Nascimento, numa mudança trabalhada desde o fim de 2019

 

Waldemir Nascimento dirige a Cacem, que forma atores no Maranhão, e dirige também a Companhia Cambalhota de Teatro

A Secretaria Estadual de Cultura deve anunciar nos próximos dias a substituição do diretor do Teatro Arthur Azevedo.

Sai o atual Celso Brandão e entra Waldemir Nascimento, que comandava o Centro de Artes Cênicas (Cacem).

Embora ainda não confirmada nos bastidores da Cultura, a mudança já foi informada aos servidores do TAA, que trabalham desde a semana passada na espera do novo diretor.

Celso Brandão começou a sofrer desgastes a partir de outubro de 2019, quando diretores de companhias e escolas de teatro denunciaram abuso de poder na definição das pautas do Teatro Arthur Azevedo.

Segundo as denúncias, ele priorizava espetáculo do sul do país, em detrimento de produções locais, inclusive algumas já premiadas nacionalmente. 

No fim daquele mês, o secretário de Cultura Anderson Lindoso chegou a se reunir com produtores locais, mas reafirmou a permanência de Brandão. (Relembre aqui) 

Agora, no entanto, a substituição será efetivada…

0

Revivendo antigos carnavais, bloco “Os Milhonários” sai nesta sexta-feira…

O Bloco mais badalado de São Luís do Maranhão, “Os Milhonários”, vem com tudo, no dia 14 de Fevereiro, na Casa Branca, localizado na Rua do Aririzal, em São Luís.

Revivendo os antigos carnavais, o Bloco mais tradicional irá receber em sua 5ª Edição as Bandas do Bicho Terra, Nobre Simplicidade, Karina Diniz, Os Milhonarios e o Bloco Os Vampiros.

Com entrada franca, em um ambiente fechado e aconchegante, os Foliões poderão usufruir do que há de melhor nesse carnaval. “Nosso Bloco vem pra resgatar os antigos carnavais. Vai ser uma festa totalmente diferente. Tenho certeza que todos que irão participar vão amar”, disse Jaques Aranha, Idealizador do Bloco.

COMO SURGIU?

Tudo começou em 2015, através do casal idealizador Jaques Aranha e Vera Diniz, com o intuito de fazer uma crítica construtiva de que a riqueza nada tinha haver com dinheiro. Mas sim, ter amigos verdadeiros. Foi assim que surgiu o mascote, no caso, O MILHO. Na época a parceria contou com o apoio de grandes aliados como Paulo Silva e Francisca Sarges.

EM TEMPO

Quem quiser participar dessa grande festa com total segurança, é só pegar seu abadá nos locais: IN9 Serviços e Acessórios Automotivo- Na avenida Jerônimo de Albuquerque e no Bar do Messias- Vinhais. Pedimos também que se possível, doe dois alimentos não perecíveis que serão doados as pessoas carentes.

SERVIÇO

O QUE? Bloco Os Milhonários

QUANDO? Dia 14 de Fevereiro, sexta-feira, a partir das 20h.

ONDE? Casa Branca- ARIRIZAL

ENTRADA: Franca (Entrega dos abadás na IN9 Serviços e Acessórios Automotivo- Na avenida Jerônimo de Albuquerque e no Bar do Messias- Vinhais.

SOLIDARIEDADE: Se no caso você puder contribuir com dois kilos de alimentos não perecíveis, fique a vontade e entregue na hora que for pegar o seu abadá.

0

Eduardo Braide garante apoio a ações do Iphan em São Luís…

Deputado federal deve contribuir com emenda que prevê a destinação de R$ 700 mil a serem investidos em apresentações de grupos folclóricos e outras ações artísticas da cultura maranhense

 

Eduardo Braide e Maurício Itapary ouvem conversa de Hildo Rocha sobre investimentos culturais por intermédio do Iphan em São Luís

O deputado federal Eduardo Braide (Podemos) esteve esta semana com o superintendente do Iphan no Maranhão, Maurício Itapary, com quem discutiu formas de aplicação de recursos em ações culturais promovidas pelo instituto.

Braide pretende destinar R$ 700 mil em emendas, juntamente com outros parlamentares, para investimentos do Iphan em apresentações artísticas, culturais e folclóricas em São Luís.

O objetivo do investimento é fortalecer a cultura maranhense.

– Posso afirmar que em breve os maranhenses serão surpreendidos com um conjunto de ações inovadoras que serão promovidas pelo Iphan, com nosso apoio – revelou Braide.

Maurício Itapary agradeceu ao apoio parlamentar e mostrou a Braide projetos e ações do instituto a serem contempladas com a emenda parlamentar.Da reunião no Iphan participou também o deputado federal Hildo Rocha (MDB).

0

Prefeito Eudes recebe Movimento Reggae e anuncia importantes apoios para o segmento

Sextou! Em plena noite da última sexta-feira (24), o prefeito Eudes Sampaio reuniu, em seu Gabinete, com os representantes do Movimento Reggae de São José de Ribamar. Essa foi a primeira vez em que um prefeito recebeu o movimento para tratar das demandas dos regueiros da cidade.

O encontro, que contou com a participação do vereador Professor Cristiano e do secretário municipal de Turismo, Cultura, Esporte e Lazer, (Semtur), Edson Calixto, foi marcado por diversos anúncios em relação ao fomento à cultura do Reggae e a participação dos regueiros nas atividades culturais do município.

O prefeito Eudes anunciou que “será a primeira vez na história que a comunidade regueira participará do Carnaval e Lava Pratos de São José de Ribamar. Vamos incluí-los nas nossas principais programações culturais.”

“Estou muito feliz com o resultado desse encontro. Senti a alegria dos representantes do Movimento Reggae ao encontrarem na prefeitura um ponto de apoio para o fomento dessa importante manifestação cultural. A gente investe na cultura para vê-la crescer. E vamos investir no reggae para vê-lo crescer mais ainda”, ressaltou o gestor.

Cleiton Carlos, do Roots Bar, se disse surpreso e feliz com o encontro. “Na verdade, eu nunca imaginei que isso fosse acontecer, que um prefeito nos receberia. Estou muito feliz com a atitude do prefeito Eudes, que, além de nos atender muito bem, mostrou-se disposto a incentivar a cultura do reggae da cidade. Agora, nós, os regueiros de São José de Ribamar, temos com quem contar”, comemorou.

00

Além de Cleiton, marcaram presença na reunião representantes do Filhos de Jah, Personalidades do Reggae, Megazion, Roots Bar, Sabor do Nordeste, Maxxy Black, E.D Roots Balneário, Tropical System, Tô Vinil e demais movimentos.

Dia Municipal do Reggae

Os amantes do reggae de São José de Ribamar contam com um dia dedicado a eles e à exaltação da cultura do reggae. O prefeito Eudes sancionou a Lei n° 1.246, de autoria do vereador Professor Cristiano, que institui o Dia Municipal do Reggae. O Dia Municipal do Reggae passa a ser celebrado anualmente no dia 17 de novembro e foi incluído no calendário oficial de datas e eventos do município.

4

Sinhozinho Malta na presidência e Viúva Porcina na Cultura, diz Lima Duarte

Ator de 89 anos ironiza o convite de Jair Bolsonaro para a atriz Regina Duarte comandar a Secretaria de Cultura, ato que tem repercutido mal na própria classe artística

 

Jair Bolsonaro quer Regina Duarte, a Viúva Porcina, de Roque Santeiro, na Secretaria de Cultura

O ator Lima Duarte, de 89 anos, ironizou nesta segunda-feira, 20, segundo o jornal Folha de S. Paulo, o convite do presidente Jair Bolsonaro para a atriz Regina Duarte assumir a Secretaria Nacional  de Cultura.

– É perfeito para o Brasil de hoje: Sinhozinho Malta na Presidência e Viúva Porcina na Cultura – debochou Duarte, para quem o Sinhozinho Malta de Bolsonaro não tem o mesmo charme do original, interpretado por ele na novela Roque Santeiro, de 1985.

– Sem o charme, mas com todo o resto [das características do personagem, um coronel da cidade fictícia de Asa Branca] frisou.

Sinhozinho Malta e Viúva Porcina, na versão da novela Roque Santeiro, de 1985, um dos maiores sucessos da Rede Globo

Regina Duarte tem sido sondada por Bolsonaro desde a demissão do nazistóide Roberto Alvim,  que usou discurso do ideólogo do sistema de Adolf Hitler, Joseph Goebbels, para anunciar uma premiação da pasta.

Mas a chamada à atriz não repercutiu bem na classe artística, onde ela é queimada desde que resolveu gravar programa eleitoral tentando criar clima de medo no país com a eleição de Lula, ainda em 2002.

De lá para cá, Regina Duarte – filha de militares – passou a ser vista com reserva pelos colegas atores e atrizes.

Ela ainda não decidiu se aceita o convite de Bolsonaro, mas já esteve no palácio do Planalto.

Tá certo ou tá errado?:!?, diria o Sinhozinho Malta…

1

STF cassa liminar e garante Jesus gay em programa da Netiflix…

Presidente da Corte Suprema, ministro Antonio Dias Toffoli, entendeu que uma sátira humorística não tem o condão de abalar os valores da fé; programa humorístico do grupo Porta dos Fundos tinha sido suspenso por censura de um desembargador

 

O ator Gregório Duvivier interpretou o Jesus do especial de Natal do Porta dos Fundos: liberdade plena de expressão

Do Conjur

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, concedeu liminar nesta quinta-feira, 9, autorizando a exibição do “Especial de Natal Porta dos Fundos: A Primeira Tentação de Cristo”.

A veiculação havia sido suspensa na terça-feira, 7, pelo desembargador Benedicto Abicair, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. 

“Não se descuida da relevância do respeito à fé cristã (assim como de todas as demais crenças religiosas ou a ausência dela). Não é de se supor, contudo, que uma sátira humorística tenha o condão de abalar valores da fé cristã, cuja existência retrocede há mais de 2 (dois) mil anos, estando insculpida na crença da maioria dos cidadãos brasileiros”, escreveu Toffoli na decisão.

Abicair, da 6ª Câmara Cível do TJ-RJ, determinou a suspensão acolhendo pedido da associação católica Centro Dom Bosco de Fé e Cultura. O desembargador afirmou que o direito à liberdade de expressão, imprensa e artística não é absoluto. 

Em resposta, a Netflix ajuizou reclamação também nesta quinta afirmando que “a decisão proferida pelo TJ-RJ tem efeito equivalente ao da bomba utilizada no atentado terrorista à sede do Porta dos Fundos: silencia por meio do medo e da intimação”. 

Ainda de acordo com o serviço de streaming, “a verdade é que a censura, quando aplicada, gera prejuízos e danos irreparáveis”. “Ela inibe. Embaraça. Silencia e esfria a produção artística.” 

De acordo com a decisão de Toffoli, o STF se debruçou longamente sobre a temática, ressaltando “a plenitude do exercício da liberdade de expressão como decorrência imanente da dignidade da pessoa humana e como meio de reafirmação/potencialização de outras liberdades constitucionais”.

O caso foi distribuído ao ministro Gilmar Mendes. No entanto, por conta do recesso da corte, Toffoli, que está de plantão, acabou julgando a reclamação.

0

Boi de Sonhos e de Axixá são homenageados com prêmio Cultural

Foi realizado no último final de semana, no centro histórico de São Luís, a entrega do Prêmio Pai Chico e Catirina. A solenidade contou com a presença de grupos folclóricos maranhenses.

O Boi de Sonhos, que é comandado pela presidente de honra, Cileninha, ganhou na categoria “Melhor Indumentária do ano de 2019”.

A votação ocorreu através das redes sociais da premiação.

“Muito Feliz por esse título que o Boi de Sonhos ganhou. Isso é o reconhecimento pelo nosso trabalho”, disse.

Já o Boi de Axixá, que é comandado por Leila Naiva, presidente do grupo, levou o Prêmio em duas categorias “Índia Destaque” e “Toada do Ano”.

“Quero agradecer cada pessoa que votou na gente. O Axixá se sente muito engrandecido por esse prêmio”, destacou.

Segundo o organizador do evento, Mathias Neto, o ato visa incentivar ainda mais os grupos folclóricos do Maranhão.

“Fizemos essa premiação com tanto amor e carinho. Tenho certeza, que cada grupo tem o seu brilho e todos estão de parabéns pelo trabalho que realizam”, disse.

FEIRINHA SÃO LUÍS

No mesmo ato, a Ferinha São Luís, também foi homenageada pela sua história com a cultura popular do Maranhão. Representando o Secretário da SEMAPA e Idealizador, Ivaldo Rodrigues, o produtor e assessor Tony Mota recebeu o prêmio destacando o compromisso da feirinha com a cultura.

“A feirinha São Luís sempre deu oportunidade aos artistas da terra. Sempre deu oportunidade à nossa cultura”, declarou.