0

Prefeito Edivaldo Júnior anuncia programação cultural para férias…

O ponto de partida do programa Férias Culturais é neste domingo, dia 7, conforme divulgado nas redes sociais do prefeito Edivaldo, enfatizando o compromisso de revitalizar, dinamizar e reocupar os espaços públicos do Centro Histórico de São Luís. Depois do São João, que registrou um excelente público, realizado em parceria com o Governo do Estado, agora chegou a vez de um dos períodos de maior movimentação de cidadãos ludovicenses e turistas: as férias de julho.

“Com o programa Férias Culturais desenvolvemos uma série de ações positivas na área central da nossa cidade com objetivo de mostrar a cultura ludovicense por meio do teatro, música, dança e poesia. Com a ação trazemos famílias inteiras e também turistas para interagir com a gente e desfrutar desse momento no Centro Histórico”, destacou Edivaldo Junior.

As atividades vão começar pela Feirinha São Luis, já neste domingo (7), quando será realizada uma programação especial, totalmente em sintonia com o Férias Culturais, que vai oferecer, até o dia 31, gratuitamente em vários locais do Centro Histórico uma rica e diversificada gama de atividades, que incluem apresentações de Blues, Jazz, programação infantil nas praças Pedro II e Complexo Deodoro, além dos já tradicionais Sarau Histórico, Passeio Serenata, Roteiro Reggae e o Conheça São Luís.

O cronograma de atividades está sendo divulgado no site oficial e redes sociais de Edivaldo Junior e da Prefeitura de São Luís. Por exemplo, o primeiro Sarau Histórico será na quarta-feira (dia 10), a partir das 19h, no Complexo Deodoro, um evento que mescla literatura, teatro, música e história e que ao longo das últimas edições atraiu centenas de pessoas.

Há também o Passeio Serenata, marcado para os dias 17 e 31 deste mês, com saída sempre às 19h da Praça Benedito Leite, mesmo local onde é realizada, aos domingos pela manhã, a Feirinha São Luís, mais uma iniciativa da gestão do prefeito Edivaldo para promover a dinamização do Centro Histórico, impulsionar o turismo e estimular a economia no município.

Não podemos esquecer o programa Conheça São Luís, que será realizado nos dias 11, 18 e 25 de julho, também com saída da Praça Benedito Leite, às 16h. Trata-se de um passeio cultural pela cidade, um convite à contemplação dos detalhes da arquitetura, história e expressões culturais da cidade patrimônio da humanidade.

O sucesso do Roteiro Reggae repete-se nesta edição do Férias Culturais, marcado para o dia 16, também com saída às 19h da Praça Benedito Leite. Trata-se de um passeio guiado por um grupo formado por DJ’s, dançarinos e admiradores do movimento Reggae na capital.

No Programa Férias Culturais ainda sobra espaço para apresentações do Grupo de Choro Regional Tira-teima, no dia 12, às 18h, na Praça da Mãe d’Água; e do Bom Tom Jazz & Blues, no Complexo Deodoro, às 19h do dia 13.

Vale lembrar que o Museu da Gastronomia Maranhense, na Rua da Estrela, inaugurado recentemente, é mais um espaço criado na gestão Edivaldo onde o visitante poderá conhecer um pouco mais da história da culinária e dos elementos que compõem a cozinha de raiz da gastronomia local.

3

São João do Maranhão recupera prestígio nacional…

Embora ainda sem o apelo turístico necessário à atração de público de outros estados e países, festas juninas no estado ganha destaque na imprensa e passa a ser considerado um dos mais ricos do Brasil

 

A CARACTERIZAÇÃO DA DECORAÇÃO, TANTO NO CENTRO HISTÓRICO COMO A DOS ARRAIAIS, GANHOU ATENÇÃO DO PÚBLICO, como se deu com o Arraial do Ipem, que montou uma réplica do Centro Histórico

O São João do Maranhão teve neste 2019 uma espécie de virada para recuperação do seu carisma nacional, que durou até o final dos anos 90.

Hoje, as festas juninas do estado voltaram a ser consideradas uma das mais ricas culturalmente do país, com destaque em diversos telejornais, reportagens de revistas e jornais e abordagem em programas de variedades na TV.

É claro que o São João do Maranhão ainda não se firmou como destino turístico nesta época do ano no país; mas o fato de chamar a atenção da mídia nacional mostra que os organizadores do evento estão no caminho certo.

Assim como por toda a década de 90, o sucesso do São João 2019 se dá por um conjunto de fatores, que inclui investimentos na recuperação do Centro Histórico, aposta na caracterização de São Luís, com decoração farta e de qualidade, e aposta nas expressões folclóricas que são únicas do Maranhão nesta época do ano, como Bumba-Meu-Boi, Cacuriá, e Tambor de Crioula, sobretudo.

NA PRAÇA MARIA ARAGÃO, OS SHOWS POPULARES LEVARAM MILHARES DE PESSOAS, formando belas imagens que ganharam o país

A festa junina maranhense ainda durará até o próximo domingo, com o Tributo a São Marçal, no João Paulo.

Até lá, as várias expressões culturais maranhenses estarão em destaques na imprensa nacional chamando atenção para o público que viaja nesta época do ano.

E que, em 2020, a cultura possa ser conjugada ao turismo para o São João do Maranhão como o melhor e mais rico do Brasil.

1

“São João A Gente Faz” reuniu mais de 30 grupos folclóricos em Imperatriz…

Caravana Junina também participou de programação na Avenida Beira Rio e em outras várias regiões da cidade

 

Comunidade da Vila Lobão recebeu no sábado, 22, a quinta e última etapa do São João A Gente Faz. Comandada pela Jardineira da Roça, Caravana Junina percorreu cinco comunidades em diferentes regiões da cidade e contou com a participação de grupos folclóricos, quadrilhas e artistas locais. 

Programação idealizada pela Fundação Cultural iniciou no Parque Alvorada. De uma ponta a outra da cidade, passou pelos bairros Sebastião Régis, Conjunto Vitória, Santa Inês e Vila Lobão. A cada parada, Caravana celebrava espetáculos a céu aberto com a comunidade. Mas no Santa Inês houve um tema especial, prestar homenagem à mestra Dona Francisca do Lindô, uma das maiores folcloristas de Imperatriz falecida em 2017. Com olhos marejados, seu filho caçula, José Regivaldo Pereira da Silva, falou da simbologia do momento.

“Comecei a dançar aos cinco anos de idade, hoje meu filho Samuel tem cinco anos e já dança também, sinal que a cultura vai além de gerações. Por tudo que minha mãe lutou para manter viva a tradição, tornei-me folclorista também. Em 2017 quando ela faleceu, ficamos muito tristes, mas o pessoal da Fundação Cultural não deixou que o grupo acabasse e nos convenceu a dançar pra não deixar a tradição morrer. Hoje o grupo tem 30 integrantes, maioria da família, filhos, netos, bisnetos”, contou ao agradecer pela homenagem póstuma concedida à sua mãe:
“Muito importante lembrar o prêmio, ficamos muito satisfeitos pela iniciativa. Ficamos felizes porque o nome dela vai continuar sendo lembrado e muitos outros grupos terão incentivo financeiro para continuar levando cores e ritmo às pessoas”.

Além da realização da Caravana Junina, a Prefeitura também apoiou o Concurso Regional de Quadrilhas, promovido pela Federação de Quadrilhas Juninas do Maranhão no último dia 16, e a Vila Junina, organizada pela TVi neste domingo, 23, ambos na Avenida Beira Rio.

“Quero agradecer a toda a população que prestigiou essa linda festa. Também à equipe da Fundação Cultural, comandada pelo Buzuca, pela brilhante ideia dessa caravana que tem levado os festejos juninos aos bairros mais distantes do Centro, pois antes a festa era concentrada apenas na Beira Rio que também é um lugar bom, mas é distante de alguns bairros, por isso acatamos a proposta por democratizar o acesso às manifestações culturais”, enfatizou o prefeito Assis Ramos durante arraiá da Vila Lobão.

Custeado pelo Fundo Municipal de Cultura, proposta da FCI é ampliar o projeto no próximo ano.

“Esse projeto era um desejo nosso desde o ano passado, mas pelos desafios financeiros só foi possível agora graças à gestão municipal com a efetivação do Fundo Municipal de Cultura. Depois desses dez dias de intenso trabalho em prol da cultura dos festejos juninos, nossa equipe já fará avaliação dos resultados e começar o trabalho de organização das próximas edições, assim como dos demais eventos previstos para esse ano. A determinação do prefeito Assis é garantir acesso da comunidade às tradições culturais que constroem nossa história e manter vivas manifestações artísticas de nosso município”.

0

Dr. Gutemberg lança livro sobre os “Desafios na Gestão do SUS”…

Médico cirurgião, professor universitário e vereador de São Luís, Dr. Gutemberg Araújo, reuniu amigos, famílias e gestores públicos do Estado do Maranhão para o lançamento do seu terceiro livro com o tema: ‘Os Desafios na Gestão do Sistema Único de Saúde – SUS’. O evento foi realizado na última segunda-feira (17), na Associação Maranhense dos Escritores Independentes – AMEI, no São Luís Shopping.

O livro é um estudo sobre a saúde pública do país, abordando as dificuldades e propondo alternativas para a gestão do SUS. Ele é fruto da conclusão de um MBA em Administração em Saúde feito pelo médico e escritor, na Fundação Getúlio Vargas (FGV-RJ). A apresentação do livro foi feita pela Professora Dra. Tânia Furtado da FGV – RJ. 

“Esse livro é um trabalho qualitativo, realizado por meio de entrevistas feitas com gestores estaduais e municipais. Você também tem uma noção completa do sistema de saúde de São Luís: as facilidades, dificuldades e possíveis soluções para o sistema. É um livro que não tem intenção de ser terminal. Espero que desta obra, possam nascer outros estudos para beneficiar a saúde pública do Maranhão”, explica.

Entre os gestores públicos presentes marcaram presença: o Prefeito Edivaldo Holanda; o secretário estadual de saúde, Carlos Lula; o secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, o secretário municipal de planejamento José Cursino Raposo;  o presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho, acompanhado do seu pai, o juiz Dr. Osmar Gomes; o vereador Sá Marques, o ex- deputado Jota Pinto. 

O presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho, destacou a entrega do médico e vereador Dr. Gutemberg a saúde pública de São Luís. “Sinto muito orgulho em presidir uma casa que tem uma pessoa como o Dr. Gutemberg, um amigo que sempre lutou pela melhoria da saúde pública e buscou encontrar soluções para essa área. Admiro seu trabalho e sua dedicação”, destaca Osmar Filho.

O secretário estadual de Saúde, Carlos Lula, afirmou que o livro engradece a saúde pública do país. “Dr. Gutemberg, além de ser vereador, é um médico com muita experiência. É um grande cirurgião que faz parte da rede pública de saúde do Maranhão. As reflexões do Dr. Gutemberg servem para engrandecer o Estado do Maranhão e a saúde pública do Brasil. Os conhecimentos que ele traz nesse livro serão utilizados por todos, inclusive por mim, que vou levar esses ensinamentos para o cotidiano da nossa saúde”, disse o secretário Carlos Lula.

Para o secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, falar sobre o livro é fazer dois recortes. “O primeiro é da vivência, experiência e entrega do Dr. Gutemberg a saúde pública, seja como profissional médico e como ex-secretário de saúde. Tudo que ele produz de conhecimento ajuda a todos nós e os próximos gestores. E o outro recorte é o mundo do SUS, repleto de boas práticas e problemáticas que merecem ser discutidas, como o Dr. Gutemberg fez nesse livro”, afirma o secretário Lula Fylho.

Dr. Gutemberg Araújo é Mestre em Cirurgia do Aparelho Digestivo pela Universidade Federal Fluminense, Doutor em Cirurgia pela UNIFESP, Professor da UFMA, Membro da Academia Maranhense de Medicina e Membro da Sociedade Brasileira de Médicos Escritores.

0

Médico lança livro sobre os Desafios na Gestão da Saúde Pública no SUS

Com o tema os “Desafios na Gestão da Saúde Pública no Sistema Único de Saúde – SUS”, o médico Dr. Gutemberg Araújo lança seu terceiro livro, nesta segunda-feira (17), às 19h, na Associação Maranhense dos Escritores Independentes – AMEI, no São Luís Shopping.

Médico, professor da Universidade Federal do Maranhão e  Membro da Sociedade Brasileira de Médicos Escritores, Dr.  Gutemberg explica que o livro é fruto da realização de um MBA em Administração em Saúde na FGV-RJ.

“O livro faz um relato da saúde no país e seus reflexos nos Estados e Municípios, abordando sobretudo a questão de recursos e de gestão. É um trabalho qualitativo, realizado por meio de entrevistas feitas com gestores estaduais e municipais, abordando os problemas, autonomia, relação entre os poderes, as estratégias, dificuldades e possibilidades de melhorias do sistema”, afirma.

A saúde pública é pauta constante na vida do Dr. Gutemberg. Além de médico e professor da UFMA, ele é vereador de São Luís no quarto mandato, tendo 62 leis aprovadas na Câmara Municipal.

“Minha missão é servir ao povo seja como médico ou político A temática deste livro procura detectar as dificuldades, possibilidades e desafios que existem neste setor. Não é um livro terminal, pelo contrário, abre grandes possibilidades para novos estudos para ajudar a melhorar o cenário da saúde pública no país”, destaca Gutemberg.

Dr. Gutemberg Araújo é Mestre em Cirurgia do Aparelho Digestivo pela Universidade Federal Fluminense, Doutor em Cirurgia pela UNIFESP e  Membro da Academia Maranhense de Medicina.

0

Aprovado projeto que elege São Luís como a capital nacional do Bumba Meu Boi

A cidade de São Luís (Ma) pode ser reconhecida como a capital nacional do Bumba Meu Boi. É o que determina o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 3/2018, aprovado na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE), nesta terça-feira (21). A proposta segue com pedido de urgência para análise em Plenário, e se lá for aprovada, vai à sanção presidencial.

Desde o século XVIII a festa do Bumba Meu Boi, ou boi-bumbá, é comemorada em São Luís, especialmente nos meses de junho e julho, em homenagem ao auto de São João. É uma dança do folclore que gira em torno da ressurreição de um boi e envolve personagens humanos e animais fantásticos. Possui ligações com tradições indígenas, africanas e europeias, e também com elementos de celebrações religiosas católicas.

Mas os festejos acontecem durante todo o ano, com participação dos mais de 100 mil grupos de Bumba Meu Boi que se expressam por meio de música, coreografias, vestimentas e instrumentos. Trata-se de uma expressão da cultura, da fé, da devoção e das relações socioeconômicas que remontam aos tempos coloniais da região, lembrou o autor da proposição, deputado Hildo Rocha (MDB-MA).

O relator na CE, senador Roberto Rocha (PSDB-MA), lembrou que os primeiros registros da celebração do boi-bumbá remontam a Pernambuco, e que a manifestação cultural em torno da figura do boi é tradição em diversos estados brasileiros. Mas a festa tornou-se mais popular no Maranhão, tanto que em 2012, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) outorgou ao Bumba Meu Boi maranhense o título de Patrimônio Cultural do Brasil.

– Pelo amplo significado cultural do desenvolvimento dessa importante tradição no interior do Nordeste brasileiro, manifestada em sua plenitude e inteireza na capital maranhense, somos favoráveis à concessão do título de Capital Nacional do Bumba Meu Boi à cidade de São Luís – defendeu o relator na CE, senador Roberto Rocha (PSDB-MA).

2

Vídeo mostra bela decoração do Centro Histórico para o São João…

Secretaria de Cultura do Estado montou toda a ornamentação das ruas Portugal e Djalma Dutra, durante a madrugada, o que surpreendeu turistas e moradores

 

Um vídeo da Secretaria Estadual de Cultura divulgado nesta segunda-feira, 27, chamou a atenção nas redes sociais e aplicativo de troca de mensagens.

Produzido pela empresa “Sobre o Tatame”, o filme mostra a decoração das ruas Portugal e Djalma Dutra, no Centro Histórico de São Luís, para as festas de São João.

A produção, toda feita durante a madrugada, mostra bandeirinhas de festa junina montadas de forma a cobrir as duas ruas com imagens relativas ao São João.

Uma bela produção da equipe do secretário Diego Galdino, que está sendo levada também para outros estados.

O São João do Maranhão é um dos mais ricos do Brasil…

0

Leonardo Sá dialoga com secretário de Cultura para ações em Pinheiro

O deputado estadual Dr Leonardo Sá (PR), esteve reunido nesta quarta-feira (8), com o secretário de Cultura, Diego Galdino. Na oportunidade, os dois trataram do desenvolvimento de ações culturais na cidade de Pinheiro, assim como a recuperação do Farol da Educação em diversas cidades da Baixada Maranhense.

Dr Leonardo Sá diz que é necessário fomentar o desenvolvimento de ações que promovam cidadania e uma dessas formas é incentivas a cultura, através da música, do teatro, das artes, da dança etc.

“Sabemos que a nossa Baixada é carente de ações culturais, por isso tenho certeza que através do Governo, podemos desenvolver grandes atividades, incentivando os nossos grupos locais e claro a nossa cultura popular”, argumentou Dr Leonardo Sá.

Diego Galdino foi muito receptivo as propostas do deputado estadual Dr Leonardo Sá e afirmou que irá propor um calendário de ações para a cidade de Pinheiro.

Na oportunidade, o secretário de Cultura ainda abriu a oportunidade para que Faróis da Educação de cidades baixadeiras sejam recuperadas. Dr Leonardo Sá ficou de apresentar requerimentos de indicação para realização das obras.

Ao fim do encontro ficou acertado, que o Dr Leonardo Sá estará em permanente contato com a Secretaria de Cultura para viabilização de ações na cidade de Pinheiro.

0

Projeto de Pedro Lucas garante incentivo à leitura no país…

Líder do PTB na Câmara, o deputado federal Pedro Lucas Fernandes apresentou, nesta terça-feira (9), o projeto de lei que altera a Lei nº 12.244/2010 que dispõe sobre a universalização das bibliotecas nas instituições de ensino no país.

O objetivo do PL nº2131/2019 é o de incentivar a presença de títulos de autores locais nas bibliotecas escolares.

De acordo com o deputado, é necessário conseguir maneiras de democratizar o livro à população brasileira, que reside em um país de dimensões continentais e com diferentes realidade socioeconômicas.

O projeto apresentado surge como uma ferramenta de contemplar e incluir no acervo de cada biblioteca escolar as obras dos autores nascidos ou residentes na região, Estado ou município em que se encontra a instituição de ensino.

“Leitura e escrita caminham juntas. Estamos certos de que, ao estimular a escrita literária, os sistemas de ensino oferecerão ferramenta eficiente também para a formação de leitores e para desenvolver o interesse pela literatura entre crianças e jovens”, afirmou Pedro Lucas.

O parlamentar destacou, ainda, que seu projeto possui relevância educacional e cultural.

“Queremos contribuir para o fortalecimento da identidade cultural da comunidade escolar e promover a diversidade bibliográfica em todo o país. Nosso projeto, além de motivar os leitores que terão a oportunidade de conhecer a literatura produzida na localidade em que vivem, será importante na formação de novos escritores”, disse o líder do PTB na Câmara.

O projeto de lei já foi protocolado e será distribuído às comissões temáticas da Câmara dos Deputados para iniciar a tramitação.

1

O grande desafio de Diego Galdino…

Jovem secretário do governo Flávio Dino deve assumir a Caema, empresa líder em ineficiência nos serviços públicos e campeã de reclamações de consumidores

 

Diego Galdino como titular do Turismo; a missão agora é bem mais árida

Destaque da equipe do governador Flávio Dino (PCdoB) no primeiro mandato, o secretário de Cultura e Turismo Diego Galdino deve assumir um dos maiores desafios de sua precoce carreira na vida pública.

Ele deve assumir a Companhia de Águas e Esgotos do Maranhão (Caema), com a missão de tirar a empresa da lista das piores do serviço público no Maranhão.

Como titular do turismo e da cultura, Galdino deixa um legado importante, com o fortalecimento do Carnaval e o aumento na atração de turistas. (Entenda aqui e aqui)

Agora, terá que transformar uma empresa campeã de reclamações em campeã de eficiência em gestão, coisa que muitos especialistas na área não conseguiram.

Para isso, tem a confiança do próprio Flávio Dino…