18

João Castelo e o PSB…

Castelo articula base

O prefeito João Castelo (PSDB) tem dois aliados no PSB maranhense: o deputado federal Ribamar Alves e o presidente da legenda, José Antonio Almeida.

Pragmático, Alves defende a permanência das posições do PSB na prefeitura, embora saiba da dificuldade em manter a vice-prefeitura na próxima campanha.

Almeida, por sua vez, é o advogado de Castelo nos processos eleitorais que envolvem o prefeito – num dos poucos pontos de divergência enre eles e o grupo do ex-governador José Reinaldo Tavares.

Os dois líderes socialistas têm um apoio inusitado nesta aliança com o PSDB: o ex-deputado federal Flávio Dino (PCdoB).

O comunista mostra cada vez mais complacência com a reeleição de Castelo, já que seus olhos sevoltam para as eleições de 2014.

Assim, Castelo vai montando sua base partidária para disputar novo mandato…

5

Mais uma vez a história de Flávio Dino no PSB…

Marcelo Tavares: mais uma versão para o caso Flávio Dino/PSB

O ex-deputado federal Flávio Dino (PCdoB), jantou com o governador de Pernanbuco, Eduardo Campos (PSB), em Recife (PE), na terça-feira, 19 de abril.

Dois dias antes da quinta-feira santa, para ser mais exato.

Presentes no jantar, o ex-minsitro Roberto Amaral (PSB), o prefeito de Olinda (PE), Renildo Calheiros (PCdoB), o vice-prefeito de Recife, Milton Coelho – maranhense de Codó –  e os socialistas maranhenses José Reinaldo Tavares, Marcelo Tavares e Antonio Almeida.

A história  é contada pelo deputado Marcelo Tavares e confirma versão já divulgada neste blog sobre o episódio.

– Nós discutimos a aproximação entre o PCdoB e o PSB para fechar o projeto entre os dois partidos – disse Tavares, que afirmou:

– A filiação de Flávio Dino ao PSB foi uma possibilidade ventilada[em tom de brincadeira], mas não fomos ao Recife para tratar disso.

Marcelo Tavares explica que os convites a Dino são feitos em clima de descontração, sem nenhum tom oficial.

Tanto que, da mesma forma que o PSB, o PDT também chegou a brincar com a possibilidade de o comunista mudar de partido.

Quando vinha de Brasília para o enterro de Jackson Lago, o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, brincou com ele, dizendo: “Flávio, vem logo para o PDT!”.

Mesmo assim, setores da imprensa insistem em dar tom de seriedade ao episódio.

Os mesmos que tratam assuntos sérios em tom de “molecagem”…

4

PSB: Ribamar Alves X Marcelo Tavares…

Alves lidera o próprio grupo pelo comando do PSB

O deputado federal Ribamar Alves vai disputar com o deputado estadual Marcelo Tavares o comando do PSB maranhense. A eleição da Executiva Estadual acontece até o final deste ano.

Alves é candidato de si mesmo- reúne parte da militância história e alguns membros dissidentes da atual gestão. Mas é o preferido da cúpula nacional, que prefere um deputado federal no comando da legenda.

Tavares é o candidato do grupo que detém o poder atual

Marcelo Tavares é o candidato do grupo do ex-govenador José Reinaldo Tavares, representado pelo atual presidente do PSB, José Antonio Almeida.

Da vitória de cada um depende os rumos socialistas nas eleições de 2012 e de 2014.

Alves é defensor do alinhamento ao governo Roseana Sarney (PMDB), inclusive com a perspectiva de aliança nas eleições de 2014, tendo participação socialista na chapa majoritária.

Marcelo quer manter o PSB alinhado ao projeto do ex-deputado Flávio Dino (PCdoB), mas é contra a candidatura deste nas eleições de 2012.

Também mira 2014 como a oportunidade da oposição.

Apesar da aparente calmaria no cenário político, tanto Tavares quanto Alves estão em plena campanha…

8

A história de Flávio Dino no PSB…

Flávio Dino nem cogita transferência para o PSB...

Um encontro casual entre o ex-deputado federal Flávio Dino (PCdoB) e o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), levou alguns blogs maranhenses, inadvertidamente, a especular sobre uma possível ida do maranhense para o seio socialista.

Este blog conversou com membros do PCdoB e do PSB – inclusive lideranças nacionais – e revela aqui todo o roteiro da história que levou às espculações.

Há cerca de duas semanas, Flávio Dino encontrou-se, em Brasília (DF), com o prefeito de Olinda (PE), Renildo Calheiros, um dos membros do seu partido.

Quando conversavam, Calheiros recebeu ligação do governador Eduardo Campos. No meio da conversa, informado sobre a presença de Dino, Campos disse:

– Quero muito conversar com Flávio.

Os dois marcaram para a semana seguinte, quando o comunista foi a Recife (PE). Candidatíssimo a presidente em 2014, Eduardo Campos pediu que Flávio tomasse conta da aliança entre o PT, PSB e PCdoB no Maranhão. E justificou:

– Aqui em Pernanbuco, por exemplo, já está tudo definido: o PT está no Recife, o PCdoB em Olinda e o PSB comanda o estado.

No meio da conversa, de forma casual, o governador brincou: “Tu deverias vir logo era para o PSB”. O ex-deputado maranhense riu, mas disse que precisava permanecer no PCdoB.

Aliados de Dino e de Campos, presentes ao encontro, trataram de espalhar a conversa como fato consumado.

História que acabou engolida pelos blogs maranhenses…

10

Helena Duailibe pode ingressar no PHS…

Helena: definindo o novo partido

A vice-prefeita de São Luís, Helena Duailibe, vai mesmo deixar o PSB.

Seu destino inicial era o PMDB, mas há possibilidades de ela se transferir para o PHS.

Inclusive com a perspectiva de encarar a disputa eleitoral de 2012, como candidata a prefeita pelo partido.

Helena está afastada das discussões n0 PSB desde que a direção regional do partido decidiu intervir e impor uma nova Executiva para a comissão provisória de São Luís.

Ela foi rechaçada na legenda após declarações de apoio à governadora Roseana Sarney.

Agora, em nova legenda, pode entrar na briga pela prefeitura no ano que vem.

1

Helena Duailibe a caminho do PMDB…

Helena Duailibe seguirá para o PMDB

É pura tolice a manifestação dos controladores do PSB maranhense contra a permanência da vice-prefeita de São Luís, Helena Duailibe. A própria Helena já manifestou interesse em deixar a legenda, por não se adequar à sua mudança programática.

Na semana passada, a vice-prefeita já havia havia declarado ao titular deste blog, em conversa na Assembléia Legislativa, que seu caminho natural é o PMDB.

– O PSB tem adotado postura hostil em relação a mim. Não dá pra continuar, Estou analisando as opções, mas é provável que o caminho seja mesmo o PMDB – disse ela.

Há dois motivos para a entrada no PMDB: primeiro, a presença do seu marido, deputado estadual Afonso Manoel; segundo, o PMDB é o partido da governadora Roseana Sarney, de quem Helena uailibe é aliada.

A saída do PSB ocorrerá, portanto, independente da posturados seus atuais controladores…

2

PSB muda de comando em São Luís

(18) – o ex-candidato a deputado federal Maurício Almeida foi aprovado hoje presidente da comissão provisória municipal de São Luís do Partido Socialista Brasileiro (PSB).

Não houve eleição. O nome de Almeida foi aprovado pela Executiva Estadual do PSB, presidida pelo seu pai, o ex-deputado José Antonio Almeida.

Junto com Maurício Almeida foram aprovados para a comissão provisória o advogado Roberto Feitosa (vice-presidente) e o quilombola Jucélio de Jesus Franco o secretário-geral.

O comando provisório do PSB em São Luís era exercício pela vice-prefeita Helena Duailibe, cujo mandato expirou há alguns meses.

A comissão terá como meta organizar o Congresso Municipal que escolherá o comando do diretório municipal de São Luís, em data ainda a ser definida pela Exercutiva Nacional do PSB.

6

Socialistas trocam farpas sobre falência do PSB maranhense

Marcelo acusa Ribamar Alves...

Nenhuma das lideranças socialistas assume a responsabilidade pela falência do Diretório Regional do PSB no Maranhão, situação revelada em primeira mão no blog do professor Caio Hostílio.

Segundo o líder da oposição da Assembléia, Marcelo Tavares, a crise financeira porque passa o partido, foi gerada na gestão do deputado federal Ribamar Alves.

– Ele teve as contas rejeitadas na Justiça Eleitoral, o que levou à perda do Fundo Partidário. A situação só não está pior por que a gente está se cotizando para manter despesas básicas – revelou Tavares.

Alves, por sua vez, diz que tudo começou em 2002, na primeira gestão do atual presidente, José Antonio Almeida.

...que rebate, acusando José Antonio Almeida

– Na campanha de 2002, a direção nacional mandou um dinheiro para a campanha de Zé Carlos Sabóia. Este dinheiro não podia vir e levou à rejeição das contas no TRE. Ele (José Antonio) recorreu, mas perdeu em todas. Desde então a situação está assim. Quando eu era presidente, o Arraes [Miguel Arraes, então presidente nacional] mandou R$ 50 mil para despesas e isso gerou nova rejeição de contas por que não podíamos receber – rebateu o deputado federal.

De acordo com Caio Hostílio o PSB tem um rombo de mais de R$ 90 mil. O aluguel da casa – que pertence à mãe de Marcelo Tavares – está atrasado há quase um ano,  sem falar em obrigações trabalhistas, com INSS e FGTS.

Tavares confirma que a casa pertence à sua mãe e diz que, exatamente por isso, é que não houve despejo.

– Já estamos pensando até em doar a casa ao partido – brincou o parlamentar.

O blog tentou, mas não conseguiu,  contato também com o presidente José Antonio Almeida…

17

PSB pode se alinhar ao governo Roseana…

Alves é hoje o principal interlocutor do PSB, único com mandato federal

Uma articulação intensa de bastidores pode levar o PSB maranhense à base de apoio da governadora Roseana Sarney (PMDB). A aliança, que pode representar, inclusive, a participação dos socialistas no governo, tem a simpatia do deputado federal Ribamar Alves e até de deputados estaduais, como Luciano Leitoa e Cleide Coutinho.

Ao garantir a reeleição em outubro passado, Alves passou a ser o principal interlocutor do PSB na direção nacional da legenda, desbancando o grupo liderado pelo ex-governador José Reinaldo Tavares.

O parlamentar é a referência, inclusive, nas conversas com a Prefeitura de São Luís, onde o PSB tem a vice-prefeita, Helena Duailibe – outra simpatizante da aliança com o governo Roseana.

Isolado, o grupo reinaldista tenta se manter forte com o governador de Pernanbuco, Eduardo Campos, mas já não tem o que ofercer.

Interessa ao PSB membros no Congresso Nacional – senadores e deputados federais.

E entre os socialistas do Maranhão apenas Ribamar Alves tem este cacife.

O caminho dos reinaldistas, portanto, deve ser a porta de saída…

5

Helena Duailibe: “rancor e raiva” influenciam tentativa de golpe no PSB

A vice-prefeita de São Luís, Helena Duailibe, reagiu indignada  à informação de que o grupo ligado ao ex-governador José Reinaldo Tavares estaria tentando afastá-la do comando do PSB municipal.

– Esse pessoal precisa deixar de fazer política com rancor e raiva – declarou a vice-prefeita, segundo o blog de Matias Marinho.

Hoje pela manhã, em conversa com jornalistas, o deputado Marcelo Tavares, presidente da Assembléia Legislativa, informou que o mandato de Helena no diretório de São Luís havia cadudaco e que o grupo da qual faz parte teria “ampla maioria” para comandar o diretório.

De acordo com Helena Duailibe, seu mandato só termina em abril do ano que vem.

Para ela, a movimentação do grupo reinaldista é motivada por ciúme do deputado Ribamar Alves, hoje o principal nome da legenda em âmbito nacional.