0

PDT prepara supersexta para Fábio Câmara e candidatos do interior…

Convenção do partido na Assembleia Legislativa vai se transformar em uma festa com a presença do senador  Weverton Rocha e do ministro da Previdência Social Carlos Lupi – que vem representando o presidente Lula – e marcará o início da corrida  pedetista rumo à Prefeitura de São Luís

 

Os pedetistas farão grande festa na convenção do partido com a presença de todos os candidatos a prefeito; Fábio Câmara lidera chapa em São Luís

O senador Weverton Rocha e o ministro da Previdência Social Carlos Lupi vão receber em convenção estadual do PDT, nesta sexta-feira, 10, na  Assembleia Legislativa, o pré-candidato a prefeito de São Luís, Fábio Câmara, sua chapa de candidatos a vereador – encabeçada pelo presidente municipal Ra9imundo Penha – e os demais candidatos  partido no interior maranhense.

  • a convenção marcará a recondução de Weverton Rocha ao comando estadual do PDT;
  • o ministro Carlos Lupi representará também o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), apoiado pelo PDT.

Nós temos em São Luís uma chapa completa de candidatos a vereador e vamos disputar com força a prefeitura de São Luís com Fábio Câmara; esse grupo será recebido pelo senador Weverton e pelo ministro Lupi, que comandam o partido, no Maranhão e no Brasil, respectivamente”,  explicou Raimundo Penha.

 

O PDT terá candidatos próprios em pelo menos 40 municípios maranhenses, além de compor coligações poderosas em diversas outras cidades; em São Luís, o partido trabalha como a terceira via na disputa pela Prefeitura de São Luís, evitando a polarização entre as máquinas da prefeitura e do Governo do Estado.

A convenção do PDT está marcada para as 15 horas, na Assembleia Legislativa…

0

Em meio a comunistas, Othelino filia-se ao Solidariedade sob gritos de “liderança estadual”…

Na presença dos deputados federais Marília Arrais e Paulinho da Força, ao lado da irmã Flávia Alves, da senadora Ana Paula Lobato, de prefeitos e lideranças de vários municípios, deputado estadual exalta o governo Flávio Dino, faz duras críticas ao governo Carlos Brandão e aponta caminhos políticos  partir das eleições municipais de outubro

 

Othelino acompanha discurso da pedetista Ana Paula, ao lado das lideranças do Solidariedade

O deputado estadual Othelino Neto transformou em um forte ato político sua filiação ao Solidariedade, durante o evento “Lidera+” organizado pelo partido no Rio Poty Hotel.

Saudado pelo presidente nacional da legenda, deputado federal Paulinho da Força, como “nova liderança estadual do Maranhão”, o ex-presidente da Assembleia não apenas mostrou força política como se apresentou como contraponto ao governador Carlos Brandão (PSB).

Do ato participaram diversos prefeitos do PCdoB, ex-partido do deputado, que ele exaltou como tendo os seus mesmos valores, “valores estes perdidos por Brandão”.

Os meus valores são os mesmos valores do PCdoB: fazer com que todos os maranhenses sejam respeitados! Eu gostei de Flávio Dino no STF por que temos um grande maranhense no Supremo. Mas ele faz muita falta! Aquilo que ele plantou, aquilo que ele semeou não está sendo bem cuidado por aquele que o sucedeu; eu poderia estar confortavelmente fazendo vista grossa para o que está acontecendo, mas não foi pra isso que os 85 mil maranhenses me elegeram”, bateu forte, referindo-se a Brandão.

 

Especificamente sobre Brandão, Othelino Neto, fez três ponderações diretas:

  • Não elegemos um governador para saber que as pessoas estão morrendo por falta de saúde”.

  • Não elegemos um governador para saber que as pessoas não têm como trafegar no interior”;

  • Não elegemos um governador para que poucos formassem fortuna.”

Sempre agradecendo ao PCdoB, ele reforçou a relação com os comunistas e citou cada um dos prefeitos do partido presentes no ato do Solidariedade:

  • Paula Azevedo, de Paço do Lumiar;
  • Toca Serra, de Pedro do Rosário;
  • Carlinhos Barros, de Vargem Grande.

Além deles, também estiveram no ato os prefeitos de Paulino Neves, Raimundo Lídio (SDD), e o de São Vicente Férrer, Adriano Freitas, lideranças políticas e pré-candidatos de vários municípios.

Ele citou nominalmente o ex-deputado José Eider, de Colinas, deixando claro que estará em campanha na terra do governador.

É claro que eu estarei em campanha na terra do governador, por que não? Inclusive recebi um vídeo de um pai de lá, que reclama há dois anos a cirurgia do filho, sinal de que a saúde está mesmo desformada. Não faço mais parte do governo por que não concordamos com o que estão fazendo com o Maranhão”, disse o parlamentar.

No discurso de saudação, Paulinho da Força, que preside nacionalmente o Solidariedade, lembrou o legado do governo Flávio Dino e apontou Othelino como seu herdeiro, “a nova liderança política do Maranhão”.

O evento marcou também a confirmação da candidatura da suplente de deputada federal Flávia Alves a prefeita de São Luís.

Mas esta é uma outra história…

0

PDT reúne pré-candidatos para preparar convenção do dia 10…

Presidente municipal do partido confirmou a presença do ministro da Previdência Social, Carlos Lupi, que vem acompanhado do senador Weverton Rocha; evento, que acontece na  Assembleia Legislativa marcará também lançamento da candidatura de Fábio Câmara a prefeito de São Luís

 

Os pré-candidatos e membros do diretório discutiram formas de realizar a convenção estadual no dia 10 de maio

O diretório municipal do PDT reuniu esta emana os pré-candidatos do partido em São Luís para discutir a convenção estadual, marcada para o dia 10 de maio; o presidente do diretório de São Luís, vereador  Raimundo Penha, recebeu o pré-candidato a  prefeito Fábio Câmara e os pré-candidatos a vereador na capital maranhense.

Penha confirmou a presença na convenção do ministro da Previdência Social, Carlos Lupi, que vem representando o presiden4e lula (PT).

  • além de Lupi, a convenção terá o senador Weverton Rocha, que deve ser reconduzido ao comando estadual;
  • o evento servirá também para apresentar o ex-vereador  Fábio Câmara como candidato a prefeito de São Luís;

O encontro do PDT reunirá diretório de todo o estado e mostrará a força do partido par as eleições municipais.

O parido espera manter a média de prefeituras das últimas eleições…

0

Othelino Neto pede desfiliação do PCdoB…

Em Comunicado Oficial publicado pelo deputado federal Márcio Jerry, direção estadual do partido diz que “avaliações diferentes do cenário estadual e municipal em São Luís conduziram ao desfecho”; comunistas afirmam que seguirão na base do presidente Lula e no apoio ao governo Carlos Brandão, mas continuarão dialogando com o deputado

 

O comunicado do PCdoB deixa claro sua relação com o governo Carlos Brandão, após pedido de saída de Othelino Neto

O deputado federal Márcio Jerry, presidente estadual do PCdoB, publicou nesta segunda-feira, 29, em suas redes sociais, Comunicado Oficial sobre o pedido de desfiliação do deputado estadual Othelino Neto.

– Avaliações diferentes do cenário estadual e municipal em São Luís conduziram ao desfecho”, afirmou Jerry.

 

Márcio Jerry garante que manterá o diálogo com Othelino Neto, mesmo após sua desfiliação do PCdoB

No comunicado, o PCdoB reafirmou sua posição política:

  • de atuação na base do presidente Lula (PT);
  • de apoio ao governo liderado por Carlos Brandão e Felipe Camarão (PT).

Na semana passada, a esposa de Othelino, senadora Ana Paula Lobato, filiou-se ao PDT, comandado pelo senador Weverton Rocha, num dos principais gestos políticos dos últimos anos no Maranhão.

Othelino ainda não disse a que partido se filiará…

0

Maranhão recebe projeto do União Brasil para lideranças femininas…

Plataforma EAD do Defesa Lilás visa qualificar e mobilizar mulheres de todo o país para a formação política – com 12 cursos específicos e material de apoio – e será lançada em 20 de abril, no Hotel Luzeiros, em São Luís

 

O Maranhão vai receber no dia 20 de abril o evento de lançamento da plataforma EAD do Defesa Lilás, projeto desenvolvido pelo União Brasil que tem o objetivo de desenvolver lideranças femininas na política por meio da qualificação e da mobilização. O Defesa Lilás, que já passou pelo estado no ano passado, volta neste ano para lançar a sua primeira plataforma online de formação política.

Durante o evento, que acontecerá no Hotel Luzeiros, em São Luís, o partido vai apresentar o EAD Defesa Lilás, que contará com 12 cursos e material de apoio completo, com e-book, videoaulas, podcast, mapa mental, infográfico, quiz e muito mais.

As qualificações irão abordar temas que abrangem assuntos como o combate à violência contra a mulher, comunicação, redes sociais, oratória, legislação eleitoral e planejamento de campanha.

Da assessoria

0

Com chapa completa, PDT mantém tradição de disputar prefeitura há 36 anos…

Articulada pelo candidato a prefeito Fábio Câmara e montada pelo presidente municipal Raimundo Penha, chapa do partido apresentará 32 candidatos a vereador – com perspectiva de eleger entre dois e três representantes à Câmara Municipal – chegando à sua décima disputa ininterrupta pelo comando da capital maranhense

 

Raimundo Penha e Fábio Câmara montaram a chapa do PDT, que vai disputar pela 10ª vez seguida as eleições de São Luís com chapa completa

O PDT manterá nestas eleições municipais uma tradição que se iniciou 1988, com a candidatura vitoriosa do ex-prefeito Jackson Lago, que teve três mandatos em São Luís.

Desde então, são 36 anos que o partido disputa – e vence, de uma forma ou de outra – as eleições municipais, seja com candidato próprio, seja na coligação de candidato de outro partido, como mostrou este blog Marco Aurélio d’Eça ainda em 2022 no post “O protagonismo do PDT nas eleições de São Luís…”.

Nas eleições de 2024, o PDT tem como candidato a prefeito o ex-vereador Fábio Câmara, que será um dos representantes do campo lulista em São Luís, mas o único exclusivamente na base do presidente petista, uma vez que o outro candidato da base lulista, Duarte Jr. (PSB), tem em sua base representantes também do bolsonarismo.

A chapa de candidatos a vereador terá 32 nomes, exatamente o máximo exigido pela Justiça Eleitoral.

Liderados pelo vereador Raimundo Penha, que concorre à reeleição, o PDT tem amplas chances de fazer entre dois e três vereadores, com nomes de forte densidade nas comunidades, incluindo o próprio Penha e o suplente Charles dos Carrinhos.

Sem nunca ter deixado de concorrer a uma eleição na capital maranhense, como protagonista ou coadjuvante de um dos vencedores, o PDT parte para sua décima eleição seguida presente em chapas majoritárias, único partido a ter este registro no Maranhão.

É uma história partidária relevante…

0

Novo terá candidatos em três dos quatro municípios da Ilha

Além de Wellington do Curso em São Luís, partido vai apresentar aos eleitores o empresário Francisco Neto em Paço do Lumiar e o ativista político Guilherme Mulato em São José de Ribamar; apenas em Raposa a legenda ainda não definiu candidatura

 

Os três candidatos já definidos pelo Novo na Grande São Luís; eles se filiarão em ato conjunto na Assembleia Legislativa

O Partido Novo vai apresentar amanhã, em coletiva de imprensa, os candidatos que representarão a legenda nas eleições de outubro, na região da Grande São Luís.

  • Wellington do Cursos concorre à Prefeitura de São Luís;
  • Guilherme Mulato é o candidato em São José de Ribamar;
  • Francisco Neto disputa o comando de Paço do Lumiar.

O partido Novo quer envolver toda a região de São Luís com campanhas conjuntas, apresentando seus nomes a todos os eleitores da região metropolitana.

Em Raposa, o partido ainda não decidiu se terá candidato próprio ou apoiará algum dos nomes já postos à disputa.

A coletiva de imprensa do Novo ocorre ás 15 horas desta sexta-feira, 22, no Hotel Abbeville, no São Francisco, em São Luís…

0

PSDB ainda sem chapa para disputar em São Luís…

Partido que já foi a maior agremiação do país tenta montar uma nominata de vereadores para disputar as eleições de outubro na capital maranhense, após chegar a surgir como abrigo de um candidato a prefeito

 

O PSDB com o presidente nacional Marconi Perillo: militância do interior e falta de candidatos em São Luís

O PSDB de São Luís chega à reta final da janela partidária e do fim do prazo para filiação de quem pretende disputar as eleições municipais sem perspectiva de ter ao menos candidatos a vereador.

Em 2023, o partido comandado pelo chefe da Casa Civil Sebastião Madeira chegou a ter um pré-candidato a prefeito, o presidente da Câmara Municipal Paulo Victor, que acabou desistindo da disputa e se transferindo para o PSB; faltando cerca de 15 dias para o fim do prazo de filiação, o partido não tem pré-candidatos a vereador.

A expectativa dos tucanos era receber o vereador Chico Carvalho e toda a sua chapa de candidatos do Solidariedade, mas o vereador impôs como condição a saída do colega Ribeiro Neto do Cidadania, que é federalizado com os tucanos.

A sorte do PSDB pode mudar, porém, com a ameaça da cúpula brandonista do MDB – liderada pelo irmão do governador Carlos Brandão (PSB), o executivo da Assembleia Marcus Brandão – de deixar em massa o partido, que acabou decidindo-se pela aliança com o prefeito Eduardo Braide (PSD).

Além de Marcus Brandão e dos filhos Orleans e Mariana, o PSDB pode receber os vereadores Antonio Garcês e Edson Gaguinho.

Mas esta é uma outra história…

0

Partido Novo terá R$ 32 milhões para as eleições municipais…

Direção nacional da legenda – que tem em São Luís o candidato a prefeito Wellington do Curso – decidiu mudar suas regras e aceitar o dinheiro do Fundão Eleitoral, mas diz que usará o critério da meritocracia para liberar os recursos públicos aos seus candidatos a prefeito em todo o país

 

Lahésio e Wellington terão recursos disponíveis do Novo para as eleições de 2024 e também para a sucessão estadual de 2026

 

O Partido Novo, que anunciou a candidatura do deputado estadual Wellington do Curso à Prefeitura de São Luís, terá direito a R$ 32 milhões do Fundo Eleitoral para usar nas eleições municipais de outubro em todo o país.

Até o início do ano, o estatuto do Novo proibia usar dinheiro público em suas campanhas, mas a Executiva Nacional decidiu mudar as regras para permitir o uso dos recursos, tanto os do Fundo Eleitoral quanto os do Fundo Partidário.

De acordo com o presidente nacional, Eduardo Ribeiro, o dinheiro será distribuído aos candidatos pelo critério da meritocracia.

– Diferente do outros partidos, colocamos critérios objetivos e claros para usar o Fundo, em que um dos pontos vai ser o da meritocracia. Isso tira a discricionariedade do diretório nacional de alocar recursos onde bem entender – afirmou.

Além do dinheiro do Fundo Eleitoral, o Partido Novo tem em seus cofres nada menos que R$ 106 milhões do Fundo Partidário disponíveis; e já decidiu que vai usar este dinheiro de uma só vez na campanha eleitoral de 2026, para formar uma forte bancada no Congresso Nacional e superar a cláusula de barreira.

No Maranhão, há a expectativa de que, se não vencer as eleições, Wellington do Curso dispute uma vaga na Câmara Federal, tendo como aliado o ex-candidato a governador Dr. Lahésio Bonfim, que pode concorrer ao Senado.

Mas esta é uma outra história…

0

Hilton Gonçalo e Fábio Macedo fazem reunião de alinhamento político

Líderes do Mobiliza e do Podemos, respectivamente, discutiram a formação de alianças para as eleições municipais de outubro, além de discutir a possibilidade de posse do Dr. Gonçalo na Câmara Federal

Os líderes políticos Hilton Gonçalo (Mobiliza) e Fábio Macedo (Podemos), estiveram reunidos no domingo, 17, para discutir alianças dos seus respectivos partidos nas eleições municipais e na oportunidade foi discutido uma possível licença para que o Dr Gonçalo assuma o mandato de deputado federal.

A ideia é que Dr. Gonçalo (Podemos), que obteve quase 60 mil votos em 2022, assuma o mandato de deputado federal por um período de 121 dias.

Participaram do encontro o deputado estadual Ariston; a prefeita de Bacabeira, Fernanda Gonçalo; o presidente do Sebra, Celso Gonçalo; a secretária de Ciência e Tecnologia, Natassia Weba; o secretário de Administração de São José de Ribamar, Natercio Santos e o pré-candidato a vereador de São Luís, Fábio Macedo Filho.

Da Assessoria