1

Articulador, Roberto Rocha consegue reunir adversários históricos em Caxias…

Senador esteve no município na última quinta-feira e conseguiu um feito histórico: posar ao lado do ex-prefeito Paulo Marinho e o atual presidente vereador Catulé adversários políticos – e até inimigos – por 30 anos

 

Roberto Rocha entre Catulé e Paulo Marinho: registro histórico da cena política maranhense

O senador Roberto Rocha (PSB) conseguiu o que poderia ser classificado como impossível em sua passagem por Caixas.

Ele reuniu na mesma mesa, e numa foto exclusiva, registrada pelo jornalista Ludwig Almeida, o ex-prefeito Paulo Marinho e o atual presidente da Câmara Municipal de Caxias, vereador Catulé.

– A imagem acima, antes quase impossível de ser registrada é de dois ex-adversários políticos, mas, para ser bem sincero eles foram na verdade arqui-inimigos por quase 30 anos. Prova de que a política também serve para unir, e esse fato foi importante para apear os Coutinho do poder após 12 anos no comando da prefeitura de Caxias – disse Almeida, em seu blog, que publicou a imagem acima.

O saldo político da visita de Rocha a Caxias pode ser simbolizado por este registro, de forte repercussão em todos os grupos que disputam o poder no Maranhão…

23

DEM é o 13 na coligação com o PT…

Democratas, petistas e até peemedebistas em um gesto histórico na política maranhense

A confirmação da aliança entre o DEM e o PT em São Luís é um fato histórico e inédito no Brasil.

Os dois partidos são adversários no plano nacional e nunca estiveram junto em nenhuma eleição Brasil a fora.

Vão estar no mesmo palanque, na mesma coligação e com o mesmo objetivo na capital maranhense: eleger prefeito o vice-governador Washington Luiz.

Graças ao poder de articulação e ao prestígio da governadora Roseana Sarney (PMDB).

Graças também ao esforço dos dirigentes locais do DEM – senador  Clóvis Fecury e o secretário Ricardo Guterres.

Foi a Roseana que o presidente nacional da legenda, senador Agripino Maia (RN), comunicoiu a decisão do DEM de estar com o PT em São Luís, o que não ocorrerá em nenhuma outra capital brasileira.

Curiosamente o DEM é o partido número 13 a declarar apoio a candidatura de Washington Luiz a prefeito.

Nada mais simbólico…

 

8

Castelo tem maioria no PDT, no PSB e no PPS…

Gente de todas as legendas na posse de José Reinaldo

Se depender da maioria dos membros de PDT, PSB e PPS, a aliança entre os partidos de oposição e o prefeito João Castelo (PSDB) será consolidada já no primeiro turno das eleições municipais.

Dos partidos que compõem “o consórcio” de candidatos criado pelo ex-deputado Flávio Dino (PCdoB), apenas PP e PTC parecem não ter quadros em “namoro” com o prefeito.

As imagens da posse de José Reinaldo Tavares (PSB) na secretária de governo da administração castelista – todas feitas por Felipe Klamt, fotográfo-mor do “consórcio” dinista – mostram bem a força que Castelo tem nestas legendas.

No PPS, apenas a própria deputada Eliziane Gama defende a candidatura própria e o alinhamento ao consórcio. No PDT, só Julião Amin e Weverton Rocha não demonstram simpatia por Castelo. E no PSB, apenas Roberto Rocha insiste em ser candidato.

Sem força política, Eliziane e Roberto tendem a sucumbir à pressão partidária. Os Edivaldo Holanda – pai e filho – são seduzidos dia e noite pela possibilidade de novo mandato na Asembleia e a vaga de vice na chapa de Castelo.

Sobra Tadeu Palácio, do PP.

Ontem, quando citado o nome do ex-prefeito, Castelo respondeu, irônico:

– E ele poderá ser candidato?!?

10

Agora todos também querem…

Bia: julgamentos no atacado garantiram seu afastamento

A decisão judicial sobre a prefeita de Paço do Lumiar, Bia Venâncio (PDT), provocou uma correria de políticos ao gabinete do corregedor-geral de Justiça, desembargador Antonio Guerreiro Júnior.

Foi por meio do programa “Pauta Zero”, da CGE, que as duas ações contra Bia foram julgadas de uma só vez, assim mesmo, no atacado.

Na visão política de deputados, prefeitos, ex-prefeitos e vereadores, seria uma oportunidade para espezinhar contra adversários no interior – leva-se o “Pauta Zero”, tira-se do poder quem esteja enrolado com a Justiça, e tudo fica bonitinho para as eleições de 2012.

O “Pauta Zero”  será levado agora para Carolina.

Guerrreiro Júnior garante que não haverá influências políticas no programa, que visa dar celeridade às decisões judiciais e desafogar as comarcas, abarrotadas de processo.

Para ficar bem claro o desinteresse político, aguarda-se a celeridade, agora, também para os demais processos envolvendo políticos de Paço do Lumiar.

O que garantiria pesos iguais para situações iguais…

8

Alinhado ao PDT, Edivaldo Holanda adota estilo “Paz e Amor”…

Holanda estará mais comedido nos discursos...

O deputado Edivaldo Holanda (PTC) não é mais o mesmo.

Ele assumiu hoje mandato na Assembléia Legislativa, na vaga da pedetista Graça Paz, e já se alinhou ao projeto do PDT.

– Soube da postura do PDT na Assembléia e apoio plenamente. Tanto que já comuniquei à Casa que estarei no bloco com os pedetistas – afirmou.

O PDT tem adotado postura independente na Assembléia; nem oposição nem governo, mas votando de acordo com a situação.

– Não serei oposição apenas por ser oposição. Não terei nenhum constrangimento em votar a favor de um projeto do governo se entender que este projeto tenha importância para a população – disse, embora garanta que o PTC é um partido de oposição.

O estilo “Paz e Amor” de Holanda tem uma razão de ser.

– Fui líder do governo e da oposição no último mandato. Mas a situação agora é outra. Chego à Casa como reserva. O debate neste nível é diferente. Prefiro, agora, ficar aqui atrás, observando, com poucas participações na tribuna – explicou.

Para os observadores da cena política, a postura de Edivaldo Holanda está mais clara do que nunca.

É só aguardar para ver…

1

Até Edivaldo Holanda pode ser beneficiado com a aproximação entre Roseana e Sebastião Madeira

Os encontros entre Roseana e Madeira já acontecem há anos

O ainda deputado Edivaldo Holanda (PTC) pode ser um dos beneficiados com a aproximação política entre a governadora Roseana Sarney (PMDB) e o prefeito de imperatriz, Sebastião Madeira (PSDB).

Durante o encontro de ontem entre os dois gestores, foi ventilado a possibildiade de madeira chamar o deptuado eleito Carlinhos Amorim (PDT) para ao seu secretariado. isso abriria vaga para Holanda na Assembléia Legislativa.

O encontro de Roseana e Madeira foi o principal fato político deste início de ano no Maranhão. A aliança entre eles, muito mais do que institucional, é política (Leia análise no blog de Matias Marinho).

A aproximação entre os dois políticos terá repercussão natural nas eleições municipais e, sobretudo, na scuessão da própria Roseana, em 2014.

Por isso a grande repercussão do fato…