1

Eduardo Braide tem autonomia para decretar lockdown…

Embora seu secretário de Saúde tenha sugerido ao governador Flávio Dino a doação de bloqueio total das atividades no maranhão, o prefeito de São Luís pode, se quiser, assumir, ele próprio, esta iniciativa

 

Se entende a necessidade, Joel Nunes poderia propor ao próprio prefeito Braide – e não a Flávio Dino – a adoção de medidas mais rígidas na capital maranhense

Repercutiu fortemente nesta terça-feira, 16, a sugestão do secretário municipal de Saúde, Joel Nunes, para que o governador Flávio Dino (PCdoB) adote medidas mais rígidas de combate à CoVID-19 no Maranhão, incluindo o lockdown.

Ao blog do Gilberto Léda, Nunes negou que tenha falado de lockdown, e disse apenas que essas medidas têm sido postas sempre nas conversas entre os gestores de saúde no estado.

De qualquer forma, o secretário municipal poderia propor essas medidas mais duras ao próprio prefeito Eduardo Braide (Podemos), que tem autonomia para decidir dentro da circunscrição de São Luís.

O blog Marco Aurélio D’Eça analisou – também nesta terça-feira, 16 – a postura de Braide diante da pandemia; e o considerou extremamente efetivo na condução das medidas na capital maranhense.

Braide pode, portanto, se o seu auxiliar da área entende assim, tomar medidas mais rígidas em São Luís, sem a dependência do governo.

Basta ter a coragem necessária para isso…

2

Com apoio da Câmara, Braide mostra-se efetivo no combate à CoVID-19…

Prefeito de São Luís alia oferta contínua de leitos com aplicação sistemática de vacinas –  apesar da escassez de oferta de doses – e agora, com emenda de vereadores, garantirá maior quantidade de imunizantes, alcançando maior número de cidadãos

 

Braide tem buscado a oferta constante de leitos para tratamento da CoVID-19, mesmo com o aumento progressivo do número de casos em São Luís

Em meio à crise pela escassez de vacinas contra a CoVID-19 – e a notória má-vontade do governo Jair Bolsonaro – o prefeito Eduardo Braide (Podemos) tem sido extremamente efetivo no combate à pandemia.

Ele consegue aliar oferta contínua de leitos para tratamento de infectados pelo coronavírus – só ontem foram 10 novos leitos – às campanhas de vacinação em massa, mesmo com a falta contínua do imunizante.

Para se ter ideia da efetividade do prefeito de São Luís, a capital maranhense já está vacinando idosos com idade entre 75 e 79 anos; e já está agendando a vacinação dos que têm idade entre 70 e 74 anos.

O prefeito acompanha pessoalmente as campanhas de vacinação, que podem aumentar progressivamente com a ajuda dos vereadores

Para garantir essa ação contínua, Braide conta também com o apoio de vereadores, sob a liderança do presidente da Câmara, Osmar Filho (PDT).

Por intermédio da Câmara, receberá recursos de emendas coletivas para comprar vacinas diretas de fabricantes.

A contribuição dos vereadores garantirá a aceleração da campanha de vacinação, o que pode reduzir o prazo estimado para imunização de todos os ludovicenses.

Uma notícia e tanto para uma cidade que sofre com o aumento da pandemia…

1

Osmar Filho e Eduardo Braide em importantes papéis na crise…

Com apoio do presidente da Câmara Municipal, prefeito de São Luís consegue viabilizar ações que põem a capital maranhense na vanguarda do tratamento contra a CoVID-19; e ambos ocupam espaços importantes como lideranças estaduais

 

O entrosamento entre Osmar e Braide tem repercutido em São Luís e no interior; e deve influenciar o processo eleitoral de 2022

A semana que passou trouxe para o protagonismo contra a COVID-19 dois personagens que, a princípio, nem estariam juntos – sobretudo na linha de frente contra a CoVID-19 – se os seus caminhos eleitorais não tivessem se cruzado em 2020.

À frente da Câmara Municipal, o vereador Osmar Filho (PDT) tem assumido um papel de liderança no apoio às ações pretendidas pelo prefeito Eduardo Braide (Podemos).

Além de viabilizar a aprovação, em regime de urgência e por unanimidade, do projeto que libera a compra de vacina pela prefeitura diretamente dos fabricantes – mesmo com a rotina da Câmara alterada pelas restrições da CoVID-19 – Osmar Filho já articulou também emenda coletiva para garantir a compra dos imunizantes.

– A vacina é a nossa gota de esperança, e foi sobre ela que conversei na manhã de hoje [ontem] com o prefeito Eduardo Braide. Discutimos as novas estratégias, plano municipal de imunização e demais temas relativos a nossa capital. Vivemos dias adversos, mas tenhamos fé que dias melhores estão por vir – comentou Osmar Filho, em suas redes sociais. 

Curiosamente, Braide e Osmar Filho estavam em lados opostos nas eleições de 2020; mas o resultado do primeiro turno acabou por botar o presidente da Câmara ao lado do prefeito eleito.

E o resultado tem sido satisfatório política e administrativamente para São Luís.

O governador Flávio Dino tem tomado à frente natural das diretrizes contra a CoVID-19; mas precisa sobretudo de ações nos municípios, o que em São Luís encontra respaldo no prefeito e no presidente da Câmara.

Braide e Osmar são hoje referências importantes no combate à pandemia de coronavírus, com influência direta nas ações das demais prefeituras de estado.

E se tornam líderes com influencia no jogo sucessório de 2022.

Mas esta é uma outra história…

1

Eduardo Braide quer comprar vacinas para São Luís diretamente dos fabricantes

Prefeito anunciou esta e outras medidas para conter o avanço da CoVID-19 durante reunião com o governador Flávio Dino e prefeitos da Região Metropolitana, da qual deveria sair medidas para o combate à pandemia

 

Flávio Dino reuniu prefeitos e representantes de outros poderes para decidir o que fazer diante do avanço da CoVId-19; mas apenas Eduardo Briade apresentou medidas concretas

Embora frustada no que diz respeito às decisões efetivas para o combate ao avanço da CoVID-19 no Maranhão, a reunião convocada pelo governador trouxe, ao menos, uma notícia de peso contra o coronavírus e suas variantes.

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), anunciou durante o encontro que está articulando com a Frente Nacional de Prefeitos para comprar vacinas diretamente dos fabricantes.

– Participamos hoje da reunião da Frente Nacional de Prefeitos, e São Luís integrará o grupo de cidades que pretende comprar vacinas diretamente dos fabricantes – afirmou Braide.

Na mesa com Dino, o secretário de Saúde Carlos Lula defende fechamento de atividades não-essenciais e toque de recolher das 20h às 5h da manhã

O prefeito de São Luís também ressaltou durante a reunião as medidas já tomadas por sua gestão no combate à pandemia.

Segundo ele, a prefeitura criou o Plano Municipal de Enfrentamento à Pandemia, do qual surgiram diversas ações efetivas contra a CoVID-19.

– Criamos o Plano Municipal de Enfrentamento à doença, com uma campanha de vacinação eficaz, ampliando o número de leitos exclusivos, aumentando a frota de ônibus nos horários de pico, bem como higienizando terminais e coletivos sistematicamente – afirmou o prefeito.

Durante a reunião, Eduardo Braide e o seu secretário de Saúde, Joel Nunes, apresentaram novas medidas efetivas contra a doença.

– O Município de São Luís está voltado a contribuir com medidas que evitem aglomerações. E, solicitamos ainda na reunião, que os comerciantes precisam ser ouvidos antes de qualquer medida mais restritiva. Além disso, nos colocamos à disposição para ações conjuntas com outras cidades da Grande Ilha e com o Estado. É preciso manter a responsabilidade e o cuidado com a vida humana. Só assim vamos vencer a pandemia – concluiu o prefeito.

A reunião teve também a presença de outras autoridades e prefeitos da região da Grande São Luís…

5

Braide impõe novo modelo de recuperação de ruas com ações à noite

Trabalho das equipes de tapa-buracos durante período com menos fluxo de trânsito valoriza o trabalhador com benefícios adicionais e respeita o cidadão, evitando transtornos em horários de grande pico

 

As equipes estão trabalhando de forma mais eficiente com as ações à noite, com menos transtornos no trânsito

Uma ação do prefeito Eduardo Braide (Podemos) nas ruas e avenidas de São Luís quebra um paradigma criado há anos nas gestões da capital maranhense.

A recuperação asfáltica de ruas e avenidas, as operações tapa-buraco e a correção de pistas estão sendo feitas agora no período noturno, onde o fluxo de carros é bem menor, evitando transtornos á população.

O próprio Braide tratou disso em suas redes sociais.

– As nossas equipes estão trabalhando nas principais avenidas da cidade no período da notie para não atrapalhar o trânsito – disse o prefeito, no Instagram. 

Por muitos anos, os prefeitos decidiam fazer as ações de recuperação asfáltica durante o dai, o que atrapava o trânsito e ainda prejudicava o rendimento do próprio trabalho, feito ás pressas.

A decisão de Braide pelo trabalho noturno é a quebra de um paradigma.

Que pode resultar em menos esforço e maiores resultados….

0

Cobrança de empresários por aumento de passagem é primeiro desafio de Braide

Prefeito será testado pela pressão dos donos de ônibus, que sofrem as consequências do aumento do diesel e querem reajuste de até 30 centavos nas tarifas do transporte coletivo na capital maranhense

 

Com constantes aumentos de combustíveis, empresários querem novo preço para passagem no transporte público de São Luís

A pressão dos empresários de transporte coletivo por um aumento de até 30 centavos nas passagens de ônibus de São Luís será o primeiro teste público para o prefeito Eduardo Braide (Podemos).

Para requerer o aumento, o Sindicato das Empresas de Transportes (SET) alega os constantes aumentos de combustíveis, que elevaram em ais de 30% o preço do óleo diesel em São Luís.

Por outro lado, Braide enfrenta situação de pandemia e de queda no nível de emprego e redução na circulação de renda na capital maranhense, o que tornaria impraticável para o trabalhador arcar com custo das tarifas no transporte.

O resultado é o jogo de empurra que se vê a cada ano, em todas s gestões de São Luís.

Caberá agora a Eduardo Braide quebrar este paradigma…

3

Entregue há menos de dois meses, obra da prefeitura se desmancha no Anel Viário

Reforma de todo o circuito que compreende o Anel Viário foi inaugurado em dezembro – mesmo ainda inacabado – e não aguentou as primeiras chuvas, transformando em um verdadeiro caos o trânsito na área

 

Os buracos tomaram conta do asfalto de péssima qualidade colocado às pressas para dar tempo da inauguração

A reforma da rampa Campos Melo, incluindo todo o complexo do circuito de carnaval do Anel Viário foi entregue em dezembro, ainda inacabado, pelo então prefeito Edivaldo Júnior (PDT).

Dois meses depois, a construtora Ducol vai ter que refazer todo o serviço, levado como areia pelas chuvas de janeiro e fevereiro, menos de dois meses depois de inaugurado.

Fruto do pacote de obras de Edivaldo Júnior na reta final do seu mandato, a obra consta de recuperação de toda as rampas de transporte coletivo, construção de uma praça com área de skate e reforma de todos os quiosques, com novo traçado de avenidas.

Os quiosques nunca foram entregues e agora estão comprometidos com a qualidade da obra, levada pelas chuvas de janeiro e fevereiro

Mas nem tudo foi entregue a tempo.

E o que foi liberado ficou destruído com as chuvas de janeiro e fevereiro, como mostram as imagens que ilustram este post, feitas no início da tarde desta sexta-feria, 19.

Verdadeiras crateras tomam conta da avenida, impedindo o fluxo normal de trânsito em meios às chuvas desta semana

Os problemas apresentados na obra transformaram em caos o trânsito na área, com buracos e longos engarrafamentos.

Operários da Ducol estão na área tentando corrigir os problemas, em meio às chuvas que caem em São Luís desde a última segunda-feira, 15.

Imagens: Denis Guterres

1

De como as escolas de samba inviabilizaram “ajuda carnavalesca” em São Luís

Projetos das secretarias municipais de Cultura e de Comunicação previam auxílios que variavam entre R$ 3,5 mil e R$ 8,5 mil para artistas e agremiações culturais, mas edital foi abortado por que a liga exigiu R$ 600 mil por escola

 

As escolas de samba de São Luís exigiram R$ 60 mil por agremiação como auxílio emergencial da Prefeitura de São Luís

Logo nas primeiras semanas  da gestão Eduardo Braide (Podemos), a Prefeitura de São Luís publicou Edital que estipulava regras para uma espécie de auxílio carnavalesco a artistas e agremiações culturais na capital maranhense.

Seria uma espécie de compensação pela não realização do carnaval 2021.

De acordo com o documento, a ajuda carnavalesca variava de R$ 3,5 mil a R$ 8,5 mil, dependendo da estrutura da agremiação.

Cada agraciado teria que gravar um vídeo de 20 minutos com sua apresentação – do próprio celular – a serem encaminhados também para divulgação em emissoras de TV aberta.

Proposta do secretário de Comunicação Joaquim Haickel, o edital seria tocado pelo secretário de Cultura, Marcos Duailibe.

Mas foi inviabilizado por uma ação da liga das Escolas de Samba, que não aceitou o valor de R$ 8,5 mil por escola. Queriam R$ 60 mil por agremiação.

Duailibe chegou a se reunir com as escolas, mas elas não abriram mão do valor exigido.

Resultado: o edital foi sustado pela Prefeitura de São Luís e todos os demais artistas ficaram sem a verba emergencial que abrandaria as perdas com a suspensão do carnaval.

Mas que houve a manifestação da prefeitura ninguém pode negar…

0

Eduardo Braide entrega unidades exclusivas para Covid-19

Prefeito disponibilizou o Hospital da Mulher, na área Itaqui-Bacanga, e o Centro de Saúde Carlos Macieira, na avenida dos Africanos, para atendimento a pacientes vítimas do coronavírus

 

O Hospital da Mulher será referência no atendimento a pacientes de CoVID-19 na rede municipal de saúde

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide, entregou nesta segunda-feira, 15, duas unidades exclusivas para atendimento de pacientes Covid: o Centro de Saúde Carlos Macieira e o Hospital da Mulher.

Às 15h foi aberto o Centro de Saúde Carlos Macieira, localizado na Avenida dos Africanos.

Às 16h, o Hospital da Mulher, localizado na Avenida dos Portugueses, também foi aberto para oferecer os serviços exclusivos para a Covid.

As unidades integram as ações do Plano Municipal de Enfrentamento à Covid, com a oferta de leitos e serviços exclusivos para o tratamento de pacientes com a doença, anunciado pelo prefeito na semana passada.

0

João Batista Matos é anunciado vice-líder do governo Braide na Câmara

Vereador do Patriotas foi indicado pelo bloco “Todos Por São Luís”, que tem por líder o vereador Aldir Júnior – atendendo a pedidos do próprio prefeito – e vai auxiliar o colega Marcial Lima no comando da bancada governista na Casa

 

Batista Matos recebeu o convite pessoal do prefeito Eduardo Braide como um novo desafio em sua carreira política

O vereador João Batista Matos (Patriotas) foi anunciado na manhã desta segunda-feira, 15, vice-líder do governo Eduardo Braide (Podemos) na Câmara Municipal.

Após convite do próprio Braide, Batista teve o nome anunciado pelo vereador Chico Carvalho (PSL), do bloco “Todos por São Luís”; e vai auxiliar o colega Marcial lima (Podemos) no comando da bancada governista.

O novo vice-líder do governo municipal na Câmara é uma indicação também do bloco “Todos Por São Luís”, que tem Aldir Júnior como líder

Embora eleito por uma coligação diferente da de Eduardo Braide, Batista Matos atuou desde o início dos trabalhos na Câmara para dar sustentação ao governo municipal.

Tanto que articulou o apoio à reeleição por unanimidade do presidente Osmar Filho (PDT).

Na semana passada, batista Matos também teve participação importante, tanto no esclarecimento da questão dos leitos municipais para CoViD-19 quanto para fortalecimento d abancada aliada ao prefeito na Câmara.