0

“O PDT já alcançou um objetivo: garantir o 2º Turno”, diz Raimundo Penha…

Presidente municipal do partido em São Luís destaca que a candidatura do ex-vereador Fábio Câmara tem o objetivo de tirar os adversários da zona de conforto e das redes sociais ampliando o debate sobre a cidade; o vereador acredita que a chapa de candidatos pedetistas à Câmara também fará a diferença na campanha eleitoral

 

Ao lado de Fábio Câmara, Raimundo Penha atuou para viabilizar a chapa do PDT e atua diretamente pela reeleição à Câmara Municipal

O vereador  Raimundo Penha, presidente municipal do PDT em São Luís, mostra-se satisfeito com o desempenho do partido na montagem de sua chapa para a disputa eleitoral de outubro e diz não ter dúvidas de que a legenda fará a diferença na campanha; em sua avaliação o PDT já cumpriu um primeiro papel na pré-campanha: ajudar a garantir o segundo turno na disputa pela prefeitura.

– Desde o início de sua candidatura, Fábio Câmara teve consciência de um importante papel: garantir o segundo turno em São Luís, quando se terá oportunidade de discutir mais profundamente os problemas da cidade. A candidatura do PDT tem também esse papel, tirar os adversários da zona de conforto e da campanha de internet e fazê-los discutir a cidade real, das ruas e das comunidades – ressaltou o vereador.

Com forte articulação de Penha e de Câmara, o PDT conseguiu montar sua nominata e se apresentará ao eleitor de São Luís com chapa completa de candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador.

– O Fábio comigo na linha de frente e o senador Weverton Rocha na retaguarda; temos uma chapa pronta para a disputa, com nomes importantes nas comunidades. Cito por exemplo o Zé Carlos da Enfermagem, forte liderança na categoria; o Charles dos Carrinhos, que já assumiu mandato na Câmara e o professor Carlinhos, líder na Cidade Operária e Região – ressaltou Raimundo Penha, ele próprio um dos principais nomes do PDT na disputa pela reeleição.

Novidade no PDT, o Coletivo Diversidade reúne representantes de todas as raças, idades, orientações sexuais e credos

Um dos destaques da campanha por vagas na Câmara Municipal é o Coletivo Diversidade, que apresentará uma opção diferenciada ao eleitor ludovicense, mantendo a tradição pedetista de abraçar as minorias e estimular as diferenças.

Vencida a etapa da formação das chapas, o partido segue agora para organização da campanha e os primeiros passos para participação na propaganda eleitoral e nos debates.

Etapa em que a população terá maior conhecimento das propostas de Fábio Câmara e dos  vereadores pedetistas.

0

Edivaldo anuncia desistência oficial da disputa em São Luís…

Ex-prefeito diz em suas redes sociais que vais e dedicar ás questões familiares pessoais e se preparar para disputar novamente um cargo eletivo nas eleições de 2026

 

Edivaldo anunciou desistência da disputa após figurar entre os três principais candidatos em São Luís

O ex-prefeito de São Luís Edivaldo Júnior (sem partido) anunciou oficialmente nesta quarta-feira, 10, a desistência de concorrer às eleições de outubro; ele vai se dedicar nos próximos anos ás questões familiares e pessoais.

– Meu nome é citado com frequência na imprensa como um dos pré-candidatos a prefeito de São Luís; agradeço a lembrança e confiança de cada um, mas,. por motivos pessoais, decidi não disputar cargo nestas eleições –disse o ex-prefeito.

Edivaldo chegou a figurar com até 16% nas pesquisas de intenção de votos até o ano passado; desde dezembro, no entanto, sumiu do debate eleitoral e não viabilizou partido para concorrer.

A saída de Edivaldo da disputa deve influenciar diretamente os próximos levantamentos na capital maranhense…

0

Família Bolsonaro vai mesmo apoiar Yglésio em São Luís…

Espécie de porta-voz do ex-presidente, o senador Flávio Bolsonaro declarou em vídeo – além de criticar o posicionamento do PL maranhense – que o agora candidato do PRTB representa o pensamento da família no Maranhão; ele pediu apoio dos eleitores bolsonaristas ao deputado

 

Yglésio com Flávio Bolsonaro; candidato do PRTB quer reunir em torno de si a família do ex-presidente e os eleitores da direita bolsonarista e conservadora

O pré-candidato do PRTB a prefeito, deputado estadual Yglésio Moyses, vai mesmo ter o apoio da família do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) à sua candidatura em São Luís.

A primeira manifestação do clã bolsonarista foi feita nesta terça-feira, 9, pelo senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ), que funciona como uma espécie de porta-voz político do ex-presidente; Em Brasília dede segunda-feira, 8, Yglésio reuniu-se com o Bolsonaro zero1, que gravou vídeo pedindo apoio à sua candidatura.

– O Yglésio representa, sim, o nosso pensamento em São Luís – disse o senador carioca; o pré-candidato do PRTB deve divulgar o vídeo ao lado de Flávio em suas redes sociais ao longo desta quarta-feira, 10.

Além de pedir apoio dos bolsonaristas ludovicenes à candidatura de Yglésio, Flávio Bolsonaro também criticou o posicionamento do PL maranhense, que deve figurar na coligação do deputado federal Duarte Jr. (PSB).

– Lamento que o PL do Maranhão tenha tomado um posicionamento equivocado – disse o filho de Bolsonaro.

Ao longo da campanha, Yglésio deve receber manifestações de apoio de outros membros da família Bolsonaro, incluindo a ex-primeira-dama Michele e o próprio ex-presidente, que podem, inclusive, vir a São Luís.

Com esses apoios, Yglésio espera alcançar os 25% dos votos bolsonaristas da capital.

E somá-los aos da direita conservadora…

0

Com chapa completa, PDT mantém tradição de disputar prefeitura há 36 anos…

Articulada pelo candidato a prefeito Fábio Câmara e montada pelo presidente municipal Raimundo Penha, chapa do partido apresentará 32 candidatos a vereador – com perspectiva de eleger entre dois e três representantes à Câmara Municipal – chegando à sua décima disputa ininterrupta pelo comando da capital maranhense

 

Raimundo Penha e Fábio Câmara montaram a chapa do PDT, que vai disputar pela 10ª vez seguida as eleições de São Luís com chapa completa

O PDT manterá nestas eleições municipais uma tradição que se iniciou 1988, com a candidatura vitoriosa do ex-prefeito Jackson Lago, que teve três mandatos em São Luís.

Desde então, são 36 anos que o partido disputa – e vence, de uma forma ou de outra – as eleições municipais, seja com candidato próprio, seja na coligação de candidato de outro partido, como mostrou este blog Marco Aurélio d’Eça ainda em 2022 no post “O protagonismo do PDT nas eleições de São Luís…”.

Nas eleições de 2024, o PDT tem como candidato a prefeito o ex-vereador Fábio Câmara, que será um dos representantes do campo lulista em São Luís, mas o único exclusivamente na base do presidente petista, uma vez que o outro candidato da base lulista, Duarte Jr. (PSB), tem em sua base representantes também do bolsonarismo.

A chapa de candidatos a vereador terá 32 nomes, exatamente o máximo exigido pela Justiça Eleitoral.

Liderados pelo vereador Raimundo Penha, que concorre à reeleição, o PDT tem amplas chances de fazer entre dois e três vereadores, com nomes de forte densidade nas comunidades, incluindo o próprio Penha e o suplente Charles dos Carrinhos.

Sem nunca ter deixado de concorrer a uma eleição na capital maranhense, como protagonista ou coadjuvante de um dos vencedores, o PDT parte para sua décima eleição seguida presente em chapas majoritárias, único partido a ter este registro no Maranhão.

É uma história partidária relevante…

0

Fábio Macedo fecha apoio do Podemos a Duarte Jr…

Deputado federal que preside o partido no Maranhão declarou apoio ao colega de bancada na disputa pela Prefeitura de São Luís, em encontro chancelado pelo vice-governador Felipe Camarão

 

Fábio Macedo com Duarte Jr., Felipe Camarão e Fábio Filho: apoio pela coerência de grupo

O deputado federal Fábio Macedo anunciou nesta segunda-feira, 8, o apoio do seu partido, o Podemos, à candidatura do colega de bancada Duarte Jr. (PSB) a prefeito de São Luís.

– Nosso apoio à Duarte é de longa data e acreditamos que sua candidatura, coordenada pelo vice-governador Felipe Camarão, representa o melhor para São Luís. Seguiremos fortes, Juntos Podemos! – anunciou Macedo em suas redes sociais.

No encontro, com a presença do próprio Felipe Camarão (PT) e do pré-candidato a vereador Fábio Filho, o deputado federal disse que sua decisão de apoiar Duarte se pautou na coerência política de sua carreira.

 – Nossa atuação política sempre foi pautada na coerência, caminhando ao lado do nosso grupo político, formado pelo ministro Flávio Dino e consolidado pelo Governador Carlos Brandão. Por esses motivos, o Podemos Maranhão, na minha figura de presidente estadual e acompanhado pelo presidente municipal da nossa legenda, o pré-candidato a vereador Fábio Filho e toda nossa estrutura política, declaramos apoio à Duarte Júnior como pré-candidato a prefeitura de São Luís – declarou Fábio Macedo.

O Podemos tem nominata completa de candidatos à Câmara Municipal…

0

Álvaro Pires quer compromisso de candidatos a prefeito com Tarifa Zero no transporte

Relator da CPI que investigou, levantou e apurou problemas e vícios na licitação do transporte coletivo de São Luís, vereador prevê um sistema 100% financiado pelo poder público, garantindo aos usuários gratuidade total na capital maranhense, o que já ocorre em diversas outras cidades brasileiras

 

Álvaro Pires discute o transporte coletivo de São Luís durante o seu mandato e quer compromisso dos prefeituráveis

O vereador  Álvaro Pires (PSB) propôs nesta segunda-feira, 8, um desafio aos pré-candidatos a prefeito de São Luís: que todos assumam o compromisso pela implantação da tarifa zero no transporte público da capital maranhense a partir da próxima gestão.

– Se conseguimos fazer este teste durante a eleição, para o cidadão ir votar, devemos ter a obrigação de garantir um subsídio nacional (SUS do transporte público), para que os trabalhadores, desempregados, idosos e estudantes tenham o acesso gratuito ao transporte público”, defendeu Pires, que foi relator da CPI que investigou e diagnosticou o sistema de transporte na capital maranhense.

  • Em todo o país, 67 municípios estudam transporte gratuito em seus sistemas públicos;
  • quatro capitais  – São Paulo (SP), Cuiabá (MT), Fortaleza (CE) e Palmas (TO) – estudam também esta possibilidade;
  • Em São Luís, várias categorias de usuários têm gratuidade, mas em ocasiões específicas, governo  e prefeitura implantam tarifa zero.

A ideia da Tarifa Zero no Transporte Coletivo prevê o uso do transporte público sem cobrança de tarifa do usuário final, ou seja, o sistema é financiado pelo orçamento do município, com fontes de recursos variadas, a partir do desenho adotado pela gestão municipal.

Álvaro Pires afirma que o primeiro teste da Tarifa Zero em São Luís já ocorreu nas eleições de 2022 e agora, nas eleições de 2024, quer sugerir mais uma vez para facilitar o acesso dos eleitores às urnas.

– Esta bandeira nós vamos levantar até o fim, e garantir que o próximo gestor da Capital assine este compromisso com a população”, afirmou o parlamentar.

Os estudos da área de mobilidade urbana que servem de parâmetro para Álvaro Pires são do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec).

Esta produção intelectual é protegida pela Lei de Copyright

0

Fábio Câmara com Lula em São Luís; Duarte quer abraçar a todos…

Enquanto o candidato do PSB tenta vender a mesma ideia do senador  Weverton Rocha em 2022 – a de que se dá com todos os líderes nacionais, tanto o atual presidente quanto o ex, Jair Bolsonaro – o candidato do PDT se posiciona diretamente na base do petista, que influencia cerca de 35% dos eleitores na capital maranhense

 

De vermelho, Câmara assume o lulismo em São Luís, como representante do PDT; de azul, Duarte Jr. ainda quer estar com o atual presidente e com Bolsonaro

A arriscada estratégia do deputado federal Duarte Júnior (PSB), de se apresentar ao eleitor de São Luís como amigo tanto do presidente Lula (PT) quanto do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) tem deixado o candidato do PDT, ex-vereador Fábio Câmara, livre para conquistar o eleitorado lulista.

Câmara já assumiu o posicionamento pró-Lula em suas reuniões; o pré-candidato pedetista é o único dentre os nomes já postos à disputa que se declara lulista.

De acordo com pesquisas do ano passado – quando ainda não era exigido o registro na Justiça Eleitoral – o presidente do PT influencia diretamente 35% do eleitorado de São Luís.

O posicionamento bolsonarista de Duarte Júnior – apesar dos alertas do seu marqueteiro Manoel Canabarro, e da tentativa do vice-governador Felipe Camarão (PT) de descolá-lo do PL – deixa-o vulnerável a outros pré-candidatos, como o prefeito Eduardo Braide (PSD), que consegue passar sem relacionar-se diretamente com nenhuma liderança nacional.

Mas o eleitor de Bolsononaro – cerca de 25% do eleitorado, segundo as mesmas pesquisas do ano passado – tem outra opção na disputa, o deputado estadual Wellington do Curso, que concorrerá pelo Partido Novo, assumidamente de direita.

Além de Wellington também deve entrar na disputa o deputado estadual Dr. Yglésio, este sim, vinculado diretamente a Bolsonaro.

Nos alertas que faz ao insistente Duarte Júnior, o marqueteiro cita o senador Weverton Rocha (PDT) como exemplo de fracasso da estratégia que o socialista quer usar: em 2022, Weverton concorreu ao governo tentando agradar tanto os eleitores de Lula quanto os de Bolsonaro e até os de Ciro Gomes.

Resultado: o senador pedetista amargou o terceiro lugar…

0

Braide assegura chapa de vereadores do MDB em São Luís…

Com prazo até à zero hora deste sábado, 6, para conseguir montar a chapa de candidatos pelo partido do aliado Cléber Verde – que venceu a disputa com a família do governador  Carlos Brnadão, mas perdeu a nominata que já havia sido montada pela antiga direção emedebista – prefeito foi a campo e já posou com os aliados

 

Braide com os novos emedebistas de São Luís; chapa pronta para a disputa pela Câmara Municipal

O jornalista Isaias Rocha publicou em seu blog, nesta sexta-feira, 5, o que seria a chapa com a qual o MDB vai disputar as eleições à Câmara de São Luís; nela, aparece o prefeito Eduardo Braide (PSD), avalista da adesão do partido à sua candidatura.

Braide precisa ter todos os 32 nomes de candidatos – respeitando a proporção de mulheres – até zero hora deste sábado, 6, embora, na prática, esse prazo ainda dure outros cinco dias, até que as listas cheguem à Justiça Eleitoral.

A imagem publicada por Isaias mostra com um grupo de 32 pessoas, entre elas alguns já conhecidas como candidatos.

  • o farmacêutico Assan Kaid é uma das apostas da sigla;
  • também forma fileira ao lado de Braide o jornalista Ciro Nolasco.

Na foto, o próprio Cleber Verde aparece ao lados dos candidatáveis, numa reviravolta que deve garantir chapa a um dos principais paridos da coligação do prefeito.

0

Em época de campanha, até para-raio vale para atacar adversários…

Decisão técnica da Federação Maranhense de Futebol determinou a realização do jogo entre Sampaio e Imperatriz de portões fechados no Estádio Nhozinho Santos, por falta do equipamento de proteção nas tempestades, o que levou aliados do governo Brandão a apontar culpa de Braide na decisão

 

No entendimento científico dos técnicos da FMF, os raios que possam atingir o Nhoz9nho Santos só chegarão ás arquibancadas, não ao campo de jogo

Em São Luís, os raios que podem atingir torcedores nas arquibancadas em eventual tempestade no Estádio Nhozinho Santos não atingem – sabe-se lá por que – quem estiver no campo jogando futebol. 

Pelo menos é esta a conclusão que se tira do laudo técnico da Federação maranhense de Futebol, que proibiu a presença da torcida, mas manteve o jogo entre o Sampaio Correa e o Imperatriz pelo Campeonato Maranhense.

– Se a preocupação é com os raios, nesse caso, todos estão em risco, não só o torcedor. Estarão em campo dois times, além dos suplentes, arbitragem e demais profissionais que trabalharão no jogo – questionou o presidente do Sampaio Corrêa, Sérgio Frota.

A mídia alinhada ao Palácio dos Leões tem usado o episódio para cutucar o prefeito Eduardo Braide (PSD) como culpado, por que, segundo a versão, a ausência de para-raios – ou de para-raios sem funcionamento adequado – é responsabilidade do prefeito.

O curioso é que esse mesmo estádio serviu para outros jogos até semana passada, sem qualquer decisão referente à qualidade dos equipamentos de segurança.

E campanha eleitoral só está começando…

0

Yglésio tem até sexta-feira para definir futuro partidário…

Ainda em batalha judicial com o PSB, que pretende tomar seu mandato caso ele deixe a legenda, deputado estadual que é pré-candidato a prefeito de São Luís mantém contatos com outras agremiações em busca de espaço político para entrar na sucessão municipal

 

Yglésio precisa deixar o PSB para ser candidato, mas sabe a intensa batalha que travará contra o partido na Justiça Eleitoral

O deputado estadual Dr. Yglésio Moyses (ainda no PSB) vai ter que ter habilidade política fora do comum nestes próximos cinco dias;

  • Até a sexta-feira, 5, ele precisa informar à Justiça Eleitoral que está desfiliado do PSB;
  • Nesta mesma sexta-feira, 5, ele precisa estar filiado a outra legenda, se quiser ser candidato a prefeito;
  • e ainda precisa esperar o julgamento no TRE-MA, em 14 de abril – já depois do prazo de filiação – para saber se poderia ou não deixar sua atual agremiação.

Toda essa movimentação Yglésio fará de forma isolada, sem apoio de nenhuma liderança estadual ou federal e sem amparo político para se movimentar, apenas pelo sonho de concorrer à Prefeitura de São Luís.

Se confirmar sua saída do PSB e se filiar a um outro partido até sexta-feira, 5, ainda vai precisar esperar o que a Justiça Eleitoral decidir sobre seu mandato no julgamento do dia 14; qualquer que seja o resultado da sessão, tanto ele quanto o PSB ainda podem recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral.

Só não poderá mais voltar atrás de uma nova filiação e garantir, mesmo assim, candidatura nas eleições de outubro.

É simples assim…