0

Roberto Rocha discute construção de ponte entre Pindaré e Monçao…

Senador reuniu-se com o prefeito Henrique Salgado, em seu escritório de representação, em São Luís, para tratar do assunto, que deve ser motivo de projetos de sua autoria

 

Na última sexta- feira, 02, o prefeito de Pindaré Mirim, Henrique Salgado (PC do B), se reuniu com o senador Roberto Rocha (PSDB) para apresentar as demandas do seu município. Ele foi acompanhado do assessor da MaxPlan Consultorias e projetos, e do seu Filho, Henrique. O encontro aconteceu no escritório de representação do senador, em São Luís. 

Entre os pleitos que o prefeito entregou ao senador, estão a construção do Mercado Central Governador Luiz Rocha. O nome é em homenagem ao ex-governador do Maranhão e pai de Roberto Rocha.

Na oportunidade, eles também conversaram sobre o projeto de construção da ponte que liga Pindaré-Mirim ao município de Monção. 

A obra está orçada em cerca de R$ 14 milhões, tem 131 metros de extensão, e será feita por meio da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). A ponte vai interligar a Baixada Maranhense ao Vale do Pindaré. Segundo o prefeito, o projeto já está em fase de conclusão e a obra será entregue a daqui a aproximadamente 20 dias.

O senador Roberto Rocha enfatizou a importância dos recursos que ele destina para os municípios maranhenses.

“Pindaré-Mirim, assim como todos os outros municípios do nosso estado, merecem todo o nosso cuidado. Não vamos medir esforços para mandar recursos e ajudar a melhorar a vida das pessoas”, disse Roberto Rocha.

0

A estranha estratégia de Roberto Rocha…

Isolado, sem grupo político e sem partidos interessados em alianças com o PSDB, senador tucano aposta suas fichas na imposição dos diretórios nacionais para ter a coligação que espera na disputa pelo governo

 

Roberto Rocha entende que basta ter a legenda para garantir a campanha

De férias do debate político desde dezembro – mesmo diante da frenética articulação dos adversários – o senador Roberto Rocha (PSDB) adota uma estranha estratégia para se viabilizar nas eleições de outubro.

Mas, segundo seus aliados mais próximos, ele tem uma estratégia já montada.

O tucano aposta suas fichas no cenário nacional para fazer valer a imposição dos diretórios centrais nos partidos locais, garantindo uma coligação no estado.

É por esta via que espera ter em seu palanque o PSB e o PPS, por exemplo.

Do ponto de vista do tempo na propaganda eleitoral, Rocha pode até se dar bem, caso o cenário se desenhe do jeito que ele espera – garantindo a eleição do filho para a Câmara Federal, por exemplo.

Mas será um fracasso do ponto de vista eleitoral porque, mesmo garantindo o tempo partidário, o senador dificilmente terá as lideranças e a militância dessas legendas em sua campanha.

Tanto o PSB quanto o PPS maranhenses estão entranhados, de corpo e alma, no governo Flávio Dino; e nenhuma de suas lideranças cogita – ainda que remotamente – coligar-se a outro partido que não o PCdoB.

Se estiver mesmo contando apenas com essas legendas, Rocha manterá seu isolamento político característico.

E dificilmente deixará a casa do dígito único nas pesquisas eleitorais…

0

Municípios beneficiados por royalties vão homenagear Roberto Rocha…

Senador é autor da emenda que deve garantir a 23 municípios maranhenses algo em torno de R$ 46 milhões em 2018, oriundos das atividades vinculadas à mineração

 

Os prefeitos beneficiados com Roberto Rocha, Michel Temer e os senadores Lobão e João Alberto

Será realizada nesta sexta-feira, 5, às 9h, na sede do Conselho Intermunicipal Multimodal (CIM), uma reunião com a participação dos prefeitos dos municípios beneficiados com a emenda do senador do senador Roberto Rocha que garantiu aumento, para 15% , da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM).

A emenda beneficia diretamente municípios escoadores da produção de minério de ferro, ou afetados por operações de embarque e desembarque. também serão beneficiadas cidades onde se localizam pilhas de estéril, barragem de rejeitos e instalações de beneficiamento.

Somente no Maranhão, 23 municípios que são cortados pela Estrada de Ferro Carajás serão beneficiados ao longo de 670 km de extensão da ferrovia.

Ao todo, a previsão é de que seja injetado aproximadamente R$ 46 milhões, que serão repartidos através do critério da população versus a malha ferroviária que atravessa os limites dos municípios.

Durante a reunião o senador Roberto Rocha será homenageado por sua atuação parlamentar, que garantiu essa compensação financeira aos municípios.

0

Balsas terá projeto completo de saneamento e urbanização…

Senador Roberto Rocha participa nesta quinta-feira de assinatura do contrato para obras que tornarão o município o primeiro do Maranhão com 100% de água tratada e todas as ruas pavimentadas e com drenagem

 

Rocha com representantes da comissão que trata de investimentos em Balsas

O senador Roberto Rocha estará em Balsas nesta quinta-feira, dia 4, para a solenidade de assinatura do contrato que vai celebrar a execução do Projeto de Saneamento Básico para o município.

A obra está orçada em R$ 4.018.156,85 e contempla tratamento completo de água e esgoto, assim como o asfalto com drenagem.

O contrato será assinado entre a empresa ganhadora da licitação e a Codevasf.

Balsas será a primeira cidade maranhense com 100% de água e esgoto tratados e ruas pavimentadas com drenagem.

A solenidade será realizada no Hotel Premier, no horário de 12:30.

Durante o evento, o senador vai anunciar vários outros investimentos importantes para o município, entre os quais, recursos no valor de R$ 5 milhões para asfaltamento de vias urbanas.

0

Geraldo Alckimin fortalece projeto de Roberto Rocha…

Governador de São Paulo terá o comando do PSDB e a prerrogativa de ser o candidato da legenda a presidente da República, o que dará ao senador maranhense palanque de peso para o Governo do Estado

 

Roberto Rocha com Alckimin e os líderes tucanos nacionais….

O senador Roberto Rocha saiu da convenção do PSDB no último sábado, 9, convicto da consolidação de sua candidatura ao governo do Maranhão.

A confirmação do governador de São Paulo Geraldo Alckimin ao comando do partido – e a consequente candidatura presidencial – deu a garantia a Roberto de um palanque forte no estado.

O senador maranhense com parte da delegação maranhense em São Paulo

Uma das primeiras consequências foi a já anunciada saída do vice-governador Carlos Brandão, que queria o PSDB atrelado ao governo comunista de Flávio Dino. (Releia aqui)

Vencida esta etapa e com o palanque garantido, Rocha parte agora para outra etapa: viabilizar a aliança com o PSB.

Mas esta é uma outra história…

3

“Não há vermelho nas cores do PSDB”, afirma Doria…

Roberto Rocha observa discurso de João Doria no escritório do senador: não ao PCdoB

“O senador Roberto Rocha pode estar certo, que da mesma forma que eu estou aqui hoje, como prefeito da cidade de São Paulo, eu voltarei tantas e tantas vezes forem necessárias para apoiar este homem no seu objetivo de ser governador do Maranhão”, disse o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), durante seu discurso no escritório do senador Roberto Rocha (PSDB), em São Luís.

As palavras do prefeito foram recebidas com efusivos aplausos da plateia, composta em sua maioria por prefeitos, empresários, vereadores, além de correligionários do PSDB municipal e estadual, que fizeram questão de prestigiar a recepção que o senador maranhense organizou ao prefeito da maior cidade do Brasil, na tarde desta quinta-feira, 30.

Além de defender a pré-candidatura de Roberto Rocha ao governo do Maranhão, em seu pronunciamento, Doria afirmou ainda que o PSDB não deve fazer alianças com partidos de esquerda.

“A cor vermelha não é a alma, nem a cor do PSDB, pois nós defendemos uma política liberal, que vai gerar empregos. Nós não queremos dependentes. Quem gosta de dependentes é o PT, o PC do B e PDT, partidos que querem escravos, que querem ter o direito de dizer a cada uma dessas pessoas em quem deve ou quem não devem votar”, afirmou.  

0

Consolidação tucana…

Presença do prefeito João Doria em São Luís, combinada com a confirmação de que o governador Geraldo Alckimin será o candidato do partido a presidência confirma que o senador Roberto Rocha terá o palanque tucano no Maranhão

 

Geraldo Alckminin e João Doria fortalecem o projeto tucano de Roberto Rocha

O movimento de lideranças do PSDB nacional dará o tom, nos próximos dias, do projeto de poder que os tucanos querem para o Maranhão. Primeiro, o prefeito de São Paulo, João Doria Jr. – provável candidato da legenda ao governo daquele estado – chega hoje a São Luís, em uma agenda que inclui encontro com líderes empresariais e encontros pessoais com a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) e com o senador Roberto Rocha (PSDB).

Não há, na agenda, nenhuma definição de encontro com o governador Flávio Dino (PCdoB), de quem Doria já deixou claro nutrir certa antipatia. Talvez até por isso o vice-governador Carlos Brandão esteja absolutamente escanteado da visita do prefeito de São Paulo.

Os tucanos devem receber também em São Luís – se não em 2017 certamente no início de 2018 – o governador de São Paulo, Geraldo Alckimin, o candidato da legenda a presidente da República. Agora fortalecido com a garantia de que presidirá a legenda, Alckimin vem com a clara posição de que quer um palanque forte no Maranhão, distante do projeto do PCdoB maranhense.

Os movimentos do ano pré-eleitoral de 2017 são absolutamente diferentes dos de 2013, quando Brandão ainda tinha força no ninho e encaminhava o esdrúxulo projeto de aliança com o PCdoB, que resultou na ignonímia política de ver no mesmo palanque o senador Aécio Neves e o governador Flávio Dino.

E deu no que deu…

Da coluna Estado Maior, de O EstadoMaranhão

1

O silêncio de Joesley Batista sobre Flávio Dino…

Ao ser mais uma  vez questionado pelo senador Roberto Rocha a respeito das doações da JBS ao PCdoB, empresário prefere nada falar da relação com o governo comunista do Maranhão

 

O senador Roberto Rocha (PSDB) tentou esta semana, mais uma vez, arrancar alguma explicação do grupo JBS – envolvido nos esquemas de corrupção, lavagem de dinheiro e pagamento de propina desbaratados pela operação Lava Jato – sobre suas relações com o PCdoB e com o governo comunista do Maranhão.

E mais uma vez encontrou o silêncio de Joesley Batista.

Em contundente discurso, Rocha apontou estranhezas no fato de um grupo capitalista, “sem nenhum açougue no Maranhão”, resolver fazer doação ao PCdoB, que só o governo do Maranhão.

– Vou me manter em silêncio – encerrou Joesley, hoje preso em Brasília.

E o mistério sobre a relação PCdoB/JBS continua…

Veja o vídeo acima

2

Emenda de Roberto Rocha beneficia também a Zona Rural de São Luís…

Equipamentos adquiridos com recursos provenientes de emendas parlamentares do senador maranhense garantem a atividade de trabalhadores  na capital maranhense

 

A prefeitura de São Luís recebeu essa semana modernas máquinas pesadas e equipamentos de última geração que beneficiam produtores e trabalhadores agrícolas da capital.

São tratores, retroescavadeiras, semeadoras, caminhões, pulverizadores e outros veículos novos, viabilizados por meio de emenda individual do senador Roberto Rocha (PSDB-MA).

Elas podem ser utilizadas, principalmente, para auxiliar e fortalecer a agricultura familiar e pequenos produtores.

– Foi com grande esforço pessoal e do meu corpo técnico que conseguimos viabilizar esse equipamento para os produtores rurais de São Luís. Considero isso uma obrigação minha. Não é nenhum favor à cidade ou ao seu prefeito. Espero que façam ótimo proveito, em benefício de nossa população – disse Roberto Rocha.

Os recursos na ordem de R$ 877,5 mil são do Orçamento Geral da União 2015 e foram indicados em 1º de julho de 2015 pelo congressista maranhense à então ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, senadora Kátia Abreu.

1

Emenda de Roberto Rocha garante 15% de royalties a 23 municípios maranhenses…

Senador fez incluir em Medida Provisória texto que beneficia cidades sob a influência de ferrovias ou que são afetadas por áreas de embarque, desembarque e armazenamento de cargas

 

Roberto Rocha em discurso sobre o tema, na TV Senado

Uma emenda do senador Roberto Rocha à Medida Provisória 789/2017 deve garantir aos municípios um incremento de receita oriunda da exploração e transporte de minérios e de atividades relacionadas a cargas e descargas em portos.

A proposta beneficia 23 municípios maranhenses, que hoje fazem parte da principal rota de escoamento diária da produção mineral de ferro, com 670 km de extensão.

Também serão beneficiadas cidades afetadas por operações de embarque e desembarque, ou ainda, se localizem em  pilhas de estéril, barragem de rejeitos e instalações de beneficiamento de minérios.

De acordo com a emenda de Rocha, a alíquota de compensação financeira será reajustada de 10% para 15%.

– São mais de 20 municípios maranhenses por onde passa a estrada de ferro de Carajás. Evidentemente que essa mudança vem prestigiá-los, na medida em que acolhe a proposta de destinar 15% do CFEM para atender os interesses deles. Ou seja, uma porcentagem maior do que imaginávamos – destacou Roberto Rocha.

A emenda do senador é uma forma de fazer justiça aos municípios que também sofrem de alguma forma com o impacto ambiental causado pela exploração dos minérios que saem, por exemplo, do Pará, atravessam o Maranhão e são embarcados no Porto de Itaqui, em São Luís.

Serão beneficiados, principalmente, os estados do Maranhão, Pará e Minas Gerais.

A MP 789/2017 segue para sanção presidencial…