5

Brandão se esbalda nos EUA e sua gente sofre com as enchentes no MA

Com o governador Flávio Dino de quarentena por causa da coVID-19, vice-governador deveria estar na linha de frente da assistência aos desabrigados, mas preferiu manter a tradição quatrocentona de viagem de fim do ano, “chova ou faça sol”

 

Enquanto o Maranhão sofre com as enchentes, Brandão curte a vida intensamente, como um típico quatrocentão maranhense, em férias nos Estados Unidos (Imagem: blog do Pedro Jorge)

Análise da notícia

O Maranhão vive o drama das enchentes causadas pelas intensas chuvas que assolam o interior, mas o comando do estado está acéfalo.

Enquanto o governador Flávio Dino (PSB) se recupera da coVID-19, o vice-governador Carlos Brandão (PSDB) – que deveria estar à frente das ações emergenciais – preferiu manter uma tradição típica dos quatrocentões maranhenses, de viagens de férias no fim do ano, chova ou faça sol.

Nos Estados Unidos enquanto sua gente sofre com as enchentes, inclusive em Colinas, seu próprio município, Brandão já anunciou que estará de volta apenas nesta sexta-feira, 7.

Quem fez o papel de liderança estadual nos últimos dais foi o senador Weverton Rocha (PDT), que acompanhou pessoalmente a assistência aos desabrigados, e a distribuição de roupas e alimentos em vários municípios da região tocantina.

Mas Weverton precisou encerrar sua passagem por Imperatriz, nesta quarta-feira, 5, após ter confirmado o diagnóstico de CoVID-19.

Ao lado do prefeito de Imperatriz, e sempre de máscaras, Weverton deu sua assistência aos atingidos pelas enchentes, mas encerrou sua ação por ter sido diagnosticado com CoVID-19

Com o governador fora de combate e o vice-governador se esbaldando nas férias – mesmo após críticas de agentes do próprio governo maranhense às férias do presidente Jair Bolsonaro – tem cabido aos prefeitos, secretários e parlamentares o trabalho de auxílio aos atingidos pelas enchentes.

Mas são essas pequenas diferenças que dão a certeza de que o Maranhão precisa dar um passo à frente.

E não voltar atrás na política…

2

Família Barroso, enfim, se curva aos Brandão em Colinas…

Participação do professor Samuel Barroso, irmão do secretário de Cidade Márcio Jerry, em reunião usando boné com a inscrição da candidatura do vice-governador – agora na cor vermelha – repercutiu fortemente na região do sertão, onde as duas famílias se digladiam há décadas pelo poder

 

Samuel Barroso, de verde, com o boné agra vermelho do vice-governador Carlos Brandão; aliança inusitada em Colinas

Uma imagem inusitada percorreu o Maranhão no fim de semana.

O professor Samuel Barroso – irmão do secretário de Cidades Márcio Jerry – aparece em foto, ao lado de outras lideranças da região do Sertão, usando um boné com alusão à candidatura do vice-governador Carlos Brandão (PSDB) à sucessão de Flávio Dino (PSB).

É a primeira vez que um membro da família Barroso se posiciona publicamente em favor do candidato tucano ao governo; e a imagem é ainda mais inusitada pelo fato de que as famílias Barroso e Brandão se digladiam há décadas pelo poder no município de Colinas. 

O curioso é que até a cor da marca de campanha de Brandão parece ter mudado para agradar os Barroso; tradicionalmente azul e amarelo, o tucano agora usa o vermelho nos bonés distribuídos no interior às lideranças comuno-socialistas.

A posição dos Barroso em favor de Brandão repercutiu fortemente entre os aliados de ambas as famílias em Colinas e região, não necessariamente de forma positiva.

Mas esta é uma outra história…

0

Prefeitura de Colinas vai pagar mais de R$ 1 milhão a distribuidora de gás

Em 3 anos, a empresa Gás do Sertão abocanhou cifras altíssimas na Prefeitura de Colinas, durante a gestão de Valmira Miranda.

O Blog do Neto Ferreira apurou no site do Tribunal de Contas do Estado (TCE) que a distribuidora de gás já movimentou mais de 20 contratos durante o período de 2017 e 2020.

Ainda de acordo com as informações, a empresa é de propriedade de Marcus Barbosa Brandão, Daniel Itapary Brandão Castro, Nathália Itapary Brandão Castro e Jesus Boabaid de Oliveira Itapary Neto.

A Gás do Sertão vem prestando serviços para a Prefeitura fornecendo água mineral e gás de cozinha.

Esse fornecimento tem custado aos cofres públicos de Colinas nada menos do que R$ 1.403.060 milhão, segundo consta no TCE.

Do blog de Neto Ferreira

0

Engenheiro revela que verba da gestão de Valmira Miranda foi usada irregular em Colinas

Em declaração prestada à Justiça Federal, o engenheiro Felix Bispo da Silva revelou que verba da educação foi usada em obras de terceiros durante a gestão de Valmira Miranda, em Colinas.

O documento faz parte de um processo que julga a denúncia de desvio de verbas na construção de 3 creches entre os anos de 2009 e 2012, primeiro mandato da atual prefeita.

Segundo o profissional, que representa a Construtora Sertão, as obras da unidades escolares foram abandonadas porque parte dos recursos foram desviados para outras construções públicas e de terceiros.

“Não tivemos condições de tocar as obras das creches em virtude de havermos aplicado, embora de maneira errada, parte do dinheiro oriundo das creches em outras obras públicas e de terceiros”, disse o engenheiro à Justiça Federal durante a tramitação do processo.

Félix Bispo disse ainda que chegou a procurar o então prefeito à época Antônio Carlos Oliveira e solicitou que o pagamento do serviço fosse feito, no entanto, diante da irregularidade da situação, a empresa se viu obrigada a informar à Justiça o erro cometido.

Em 2015, a Polícia Federal instaurou um inquérito policial para apurar a responsabilidade criminal da ex-prefeita Valmira Miranda por fraude na aplicação dos recursos destinados à construção de três creches/escolas nos bairros Piquete, Chapadinha e Liberdade.

A PF queria saber por que as obras estão paradas e longe de serem concluídas, já que pelo menos R$ 1.700.000,00, de um total de R$ 2.302.155,75 milhões repassados pelo FNDE/MEC, foram pagos às construtoras responsáveis e aquilo que seriam três creches para atenderem crianças carentes do município não passam de esqueletos.

1

Portinha opera na Prefeitura de Colinas movimentando milhões

Sem qualquer tipo de estrutura, a NF Construtora vem abocanhando contratos milionários na Prefeitura de Colinas, administrada por Valmira Miranda.

O blog teve acesso à localização da empresa e descobriu que a mesma funciona em uma sala comercial de apenas uma portinha, na Rua Floriano, no bairro Guanabara, em Colinas.

A NF foi criada em 2009, mas só começou a faturar alto na Prefeitura da cidade em 2017, mesmo sem qualquer estrutura física para executar os serviços contratados.

Segundo o Sistema de Acompanhamento de Contratações Públicas do Tribunal de Contas do Estado (TCE), a empresa, de propriedade de Francisco Jakson da Silva Noleto, movimentou 22 contratos de cifras altíssimas no período de 2 anos na gestão de Valmira Miranda.

Conforme os acordos contratuais assinados, a empreiteira foi contratada para executar serviços de manutenção predial em escolas e unidades de saúde, de pinturas de sinalizações de vias, fornecer materiais elétricos , reformar prédios de hospitais, entre outros.

1

Pedro Fernandes visita obra do Ifma de Colinas…

Instituto está sendo construído com recursos encaminhados por emenda parlamentar do deputado, que já tem outras ações na Comissão de Educação da Câmara Federal

 

Fernandes vistoriou o estágio das obras em Colinas

 

O deputado federal Pedro Fernandes (PTB) visitou na semana passada as obras de construção do Instituto Federal Tecnológico do Maranhão (Ifma) no município de Colinas.

A obra, realizada com recursos de emenda parlamentar do deputado está em estágio adiantado.

Ifma de Colinas via revolucionar o ensino na região

– Estive no último sábado, 21, em visita à obra. Emendas nossas foram disponibilizadas para realizar este sonho de salto de qualidade na educação da região – afirmou Fernandes.

Fernandes já articvula também outras ações na Comissão de Educação da Câmara Federal para viabilizar outras obras no Maranhão.

 

3

Auxiliar de Flávio Dino deixa cargo para concorrer na chapa de Eduardo Braide…

Responsável pela pela superintendência de articulação do governo na regional de Colinas – uma das principais bases do comunismo – Zé Renato pediu desincompatibilização um dia antes de se filiar ao PMN para disputar vaga na Câmara Federal

 

Zé Renato com Eduardo Braide, filiando-se ao PMN para concorrer a deputado federal

O deputado Eduardo Braide (PMN) conseguiu nesta sexta-feira, 6, um apoio que significa, ao mesmo tempo, um golpe na base política do governador Flávio Dino (PCdoB) no interior.

O superintendente de Articulação do Governo na Regional de Colinas, Zé Renato, pediu desincompatibilização do cargo na última quinta-feira, 5. No dia seguinte, filiou-se ao PMN, partido de Eduardo Braide.

Além de ser o fortalecimento da chapa de candidatos proporcionais de Braide – que garante permanecer no PMN – ao apoio de Zé Renato representa mais um golpe no governo em um de suas principais bases políticas.

Terra do vice-governador Carlos Brandão (PRB) e do ex-secretário de Articulação Política Márcio Jerry, Colinas e região são tidos por Flávio Dino como base intocável de seu governo.

Natural de Mirador, Zé Renato era subordinado diretamente a Márcio Jerry.

Ele vai concorrer a uma vaga na Câmara Federal, mesmo cargo pretendido por Jerry…

0

Fábio Macedo estabelece parcerias importantes para eleições de 2018…

O vice-presidente da Assembleia Legislativa, Fábio Macedo fechou mais uma parceria importante que vai somar com seu projeto político de 2018. Desta vez, o parlamentar pedetista selou compromisso com o ex-deputado estadual e grande liderança política do município de Colinas, Zé Eider; durante o encontro realizado na manhã desta quinta-feira(25).
O momento também contou com a presença do vereador Gonçalo Neto.
Fábio também fechou compromisso com o Vereador de São Luís, Marquinhos, com quem também se reuniu com o objetivo de discutir projetos e benefícios para a população de São Luís.
“Com a adesão do ex-deputado Zé Eider e o Vereador Marquinhos, que são grandes lideranças em Colinas e São Luís, fortalecemos cada vez mais nosso projeto para as eleições de 2018. É muito gratificante receber tanto apoio, isso nos dá certeza e confiança no trabalho que realizamos durante todo o mandato de deputado estadual. Com mais essas parceiras de peso, vamos continuar na luta por um Maranhão melhor para todos”, disse Macedo.
Saiba mais 
Ex-deputado estadual, Zé Eider é umas das maiores licenças políticas do município de Colinas. Já o Vereador Marquinhos,  está em seu segundo mandato na Câmara de Vereadores de São Luís e tem forte atuação na capital maranhense.
0

Mais impostos em Colinas: prefeitura aumenta taxa de iluminação em cerca de 30%…

Prefeitura que é comandada pelos grupos de Márcio Jerry e Carlos Brandão segue o exemplo do governo comunista de Flávio Dino e arrocha o bolso da população

 

O grupo que está arrochando o bolso da população de Caxias

Do blog do Badeco

A população de Colinas, cidade natal do secretário de articulação política Marcio Jerry (PCdoB), e do vice-governador Carlos Brandão (PSDB), deve sofrer mais um duro golpe no bolso. Com as mais recentes ações da prefeita Valmira Miranda (PDT) e do seu vice-prefeito, João Haroldo (PCdoB), a dupla pretende implantar uma versão regionalizada do que ficou conhecido como Mais impostos do Governo do Estado.

Prefeita e vice, que representam os grupos políticos de Brandão e Jerry, conseguiram no mês de outubro, com articulação da vereadora Régia Barroso (PCdoB), irmã de Jerry, a aprovação do aumento da taxa de iluminação pública, que deverá sofrer aumento de aproximadamente 30% nas contas de janeiro.

Agora, o grupo político da dupla Carlos Brandão e Marcio Jerry estão tentando aumentar valores de impostos e taxas, entre eles, IPTU e ISS.

Pelo projeto que está na Câmara, os Colinenses terão que pagar até taxa de coleta de lixo. Continue lendo aqui…

0

Ex-prefeito repudia atraso no pagamento de servidores de Colinas…

 Dr. Antonio Carlos diz que, mesmo após acordo com o Ministério Público, ainda durante sua gestão, a prefeita Valmira Miranda (PDT) tem ignorado servidores concursados e comissionado, no que ele entende como retaliação

 

Antonio Carlos critica gestão atual em Colinas

O ex-prefeito de Colinas, Antônio Carlos, repudia a decisão da atual gestão municipal de pagar somente esta semana o salário de dezembro aos servidores efetivos, e de não pagar os funcionários comissionados e contratados, mesmo tendo recebido a Prefeitura com recursos em caixa para quitar a folha.

Ele vê a situação como retaliação política, pois afirma que não há nenhuma justificativa administrativa ou financeira para o atraso no pagamento do funcionalismo e de fornecedores.

Segundo informou o ex-prefeito, o município de Colinas recebeu R$ 806 mil de repatriação(documento em anexo), mas esses recursos só foram liberados pelo Governo Federal após o expediente bancário do dia 30 de dezembro de 2016, o que impediu a gestão anterior de movimentar a conta da Prefeitura e pagar o salário de dezembro e os débitos com os fornecedores naquele mês.

– Mas os pagamentos ficaram empenhados, com os recursos em caixa. Nós cumprimos o nosso dever até o último mês, pois jamais deixamos de pagar os funcionários municipais e os fornecedores. O que a atual administração está fazendo é um absurdo, que está penalizando centenas de famílias – enfatizou Antônio Carlos.

Também não foi cumprido o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado em dezembro entre o prefeito Antônio Carlos, o Ministério Público, representantes dos servidores da saúde e da prefeita eleita Valmira Miranda (PDT), que garantia o pagamento desses funcionários até o dia 10 de janeiro deste ano.

– Para os funcionários da Saúde, só haveria recursos no início do mês, período em que são feitos os repasses do governo federal (MAC, PSF, agentes comunitários, etc), a grande maioria deles contratados para serviços essenciais. Por isso eles recorreram ao MP para ter assegurado o salário de dezembro. Mas nem o TAC foi respeitado após a nossa saída da Prefeitura. É uma situação inaceitável que requer providências do Ministério Público e da Justiça – concluiu o ex-prefeito.