0

“O recado forte é o do atraso”, diz Márcio Jerry, sobre ato pró-Bolsonaro…

Deputado federal manifestou-se na tribuna da Câmara dos Deputados e disse que a parada do último domingo, 25, na Avenida Paulista, mostrou apenas que o Brasil precisa ficar atento por que “os golpistas continuam vivos” e as forças democráticas precisam sempre estar prontas para enfrentá-los

 

Márcio Jerry contestou membros da direita que apontaram recado democrático do ato pró-Bolsonaro em São Paulo: “o único recado é o do atraso”

O coordenador da bancada maranhense no Congresso Nacional, deputado federal Márcio Jerry (PCdoB), fez discurso na tribuna da Assembleia Legislativa do Maranhão, nesta segunda-feira, 26, para alertar o Brasil dos riscos que o país ainda corre com a presença de golpistas.

Para ele, o único recado do ato pró-Bolsonaro, no último domingo, 25, na Avenida Paulista, é o do atraso.

– A manifestação de ontem [domingo] foi um forte recado de que as forças do atraso, os golpistas, continuam vivos e precisamos enfrentá-los – declarou Jerry, durante sessão de homenagem ao PT.

O ato pró-Bolsonaro reuniu centenas de milhares de pessoas em São Paulo, numa demonstração de força política do ex-presidente e dos grupos que gravitam em torno de seus projetos.

0

Sessão solene proposta por Zé Inácio homenageia os 44 Anos do PT no Maranhão

Nesta segunda-feira, 26, a Assembleia Legislativa do Maranhão foi palco de uma emocionante sessão solene em homenagem aos 44 anos do Partido dos Trabalhadores (PT) no estado. A sessão foi presidida pela presidente da casa, deputada Iracema Vale, e a solicitação para a realização da sessão partiu do deputado Zé Inácio, que fez questão de resgatar a história do partido, suas conquistas, desafios e o momento político atual.

Em seu discurso, o deputado destacou a importância de fortalecer o partido visando as eleições futuras, enfatizando a necessidade de eleger representantes do campo político para reforçar a legenda.

“Esse é o momento de fortalecemos o partido para eleições futuras. É importante eleger vereadores, vereadoras, prefeitos e prefeitas, vice-prefeitos e vice-prefeitas do nosso campo político para fortalecer o nosso partido”, destacou o parlamentar.

Zé Inácio também compartilhou sua trajetória política, evidenciando sua filiação ao PT desde 1990, sendo o partido único em sua caminhada política.

Durante a cerimônia, foram homenageados o presidente atual do PT, Francimar Melo, e os ex-presidentes Washington Oliveira, Domingos Dutra, Augusto Lobato, Raimundo Monteiro e Francisco Gonçalves. A presença de militantes, lideranças estaduais e parlamentares estaduais e federais do Maranhão enriqueceu ainda mais o evento.

A sessão solene representou um momento de celebração e reconhecimento da trajetória do PT no Maranhão, reafirmando o compromisso do partido com a luta pelos direitos dos trabalhadores e a construção de uma sociedade mais justa e igualitária.

Da asssessoria

0

A brilhante estratégia de Washington Oliveira….

Ao perceber o vácuo de poder se desenhando à sua frente, conselheiro do Tribunal de Contas negocia com o governador Carlos Brandão a antecipação de sua aposentadoria e – se assumir mesmo a Secretaria de Representação em Brasília – passa a ser o petista mais próximo do presidente Lula, com influência direta nos destinos do PT no Maranhão

 

Washington articulou com Brandão a antecipação de sua aposentadoria; não perdeu nada, ajudou o governador e ainda deve ganhar poder dentro do PT maranhense

Análise da Notícia

Sob qualquer aspecto que se analise, o agora conselheiro aposentado do Tribunal de  Contas do Estado Washington Oliveira fez o gesto mais estratégico da política maranhense nos últimos anos; ao antecipar sua saída do TCE-MA para facilitar a vida do indicado do governador Carlos Brandão (PSB) – advogado Flávio Costa – Oliveira subiu automaticamente de prateleira no jogo de poder.

Com o gesto – confirmado oficialmente nesta terça-feira, 27, em comunicado oficial do TCE-MA à Assembleia Legislativa – Washington Oliveira deve assumir a Secretaria de Representação em Brasília; A Rebras é estratégica para ele, que pretende usá-la para influenciar diretamente a política maranhense.

Como secretário da Representação do Governo Brandão em Brasília, o conselheiro aposentado cria as condições para se manter próximo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e influenciar diretamente o PT maranhense; além disso, pode se tornar o principal  interlocutor de Brandão com o Governo Federal, posto que o governador maranhense tem dificuldades.

Entre os chamados históricos do PT maranhense – os que estão há dezenas de anos se engalfinhando por um naco de espaços nos segundos e terceiros escalões de todos os governos ao longo destes 40 anos – nenhum tem a articulação de Washington Oliveira; mesmo no TCE, o ex-conselheiro controlou habilmente os destinos do partido, mantendo o controle da legenda nesses 10 anos teoricamente afastado.

Não há dúvidas de que Washington ainda é o petista-raiz do Maranhão mais próximo de Lula; Dividirá esse posto com o cristão-novo Felipe Camarão, vice-governador do estado.

E a representação em Brasília – com a credencial de já ter sido deputado federal – dará a ele ainda mais espaços no governo Lula, o que será bom para Brandão  e excelente para si próprio em seu projeto dentro do partido.

O PT acostumou-se no Maranhão a gerar guerrinhas internas entre os grupos apenas para dividir os nacos que sobravam de espaços em governos, fosse ele qual fosse; foi assim com José Reinaldo (DEM), com Jackson Lago (PDT), com Roseana Sarney (MDB), com Flávio Dino (PCdoB) e agora com Brandão.

A jogada de Washington Oliveira eleva essa postura para outro patamar.

E fará girar novamente em torno dele os destinos do partido…

0

Família Brandão quer vice de Duarte para o MDB, mas articulação envolve interesses…

Passa pelos interesses imediatos e de longo prazo do PT, partido do presidente Lula e do vice-governador Felipe Camarão, a cessão da vaga para a dirigente emedebista Mariana Brandão, que passou a ganhar espaço na propaganda eleitoral do partido; ela é filha do presidente regional da legenda Marcus Brandão, irmão do governador Carlos Brandão

 

Mariana Brandão passou a ser o rosto do MDB em São Luís e é o nome do partido para compor a chapa encabeçada por Duarte Júnior

Análise da Notícia

Desde que o vice-presidente do MDB no Maranhão, deputado estadual Roberto Costa, declarou a este blog Marco Aurélio d’Eça ter a dentista Mariana Brandão como opção de vice na aliança com o deputado federal Duarte Júnior (PSB) – espécie de contraponto aos interesses do presidente municipal do partido, Cléber Verde – ela passou a ganhar espaço dentro da legenda.

Neste início de semana, Mariana ganhou espaço na TV ao estrelar a propaganda partidária do MDB, assunto tratado em grande parte da blogosfera política.

Segundo apurou este blog Marco Aurélio d’Eça, o MDB e a família do governador Carlos Brandão (PSB) trabalham mesmo para ter Mariana na chapa de Duarte, mas precisam vencer alguns obstáculos políticos, entre eles os interesses do PT, partido do presidente Lula e do vice-governador Felipe Camarão.

Uma das ações que já começaram a ser postas em prática é o recrutamento de setores do próprio PT para convencer os demais integrantes da sigla a ceder a vaga, cuja cotada seria a suplente de vereadora Cricielle Muniz.

A equação passa também pela garantia da candidatura de Felipe Camarão em 2026 – também com um vice emedebista – e pelo conselheiro estadual do TCE, Washington Oliveira, que estaria prestes a antecipar sua aposentadoria no Tribunal de Contas do Estado para assumir vaga na Secretaria de Representação do Governo do Maranhão em Brasília.

A indicação da sobrinha do governador Carlos Brandão na chapa agrada o próprio candidato Duarte Júnior, que entende no gesto uma garantia de que o Palácio dos Leões estará, de fato, empenhado em sua campanha; Mariana é filha de Marcus Brandão, irmão do governador e homem-forte do governo e do MDB.

Mas a retirada do PT da chapa abre espaço para outro movimento.

Filiado à Federação Brasil-Esperança, formada também por PCdoB e PV, o PT ficaria livre para apostar na candidatura do ex-prefeito Edivaldo Júnior, ainda sem partido; a candidatura de Edivaldo é defendida pelo deputado federal Márcio Jerry (PCdoB), hoje no comando da FBE, como forma de garantir o segundo turno em São Luís.

A movimentação política tentando impedir a reeleição do prefeito Eduardo Braide (PSD) em primeiro turno – o que o transformaria em forte nome para 2026 – mostra-se, portanto, em plena articulação.

E será um teste de fogo para a capacidade de articulação do governador…

0

Washington Oliveira já indicou até adjunto da secretaria maranhense em Brasília…

Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado – que tem aposentadoria marcada para o fim de 2024 – pode antecipar sua saída em troca do comando da pasta, sem titular desde a saída de Othelino Neto; em troca, o governador Carlos Brandão ganha prerrogativas para escolher mais um membro do TCE, ampliando sua influência no órgão nos próximos anos

 

Bem articulado politicamente, Washington Oliveira tem um forte trunfo para negociar com o governador Carlos Brandão

O advogado cearense José Evaldo Ribeiro Filho assume nesta sexta-feira, 16, o posto de secretário-adjunto da Representação do Governo do Maranhão em Brasília (Rebras); a indicação de Evaldo é do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE) Washington Oliveira.

A oito meses de se deixar o TCE, Oliveira vem usando a aposentadoria para alcançar poder político no governo Carlos Brandão (PSB); ele admite antecipar sua saída em troca de uma secretaria no governo Brandão, que pode ser exatamente a Rebras, sem titular desde a saída do deputado estadual Othelino Neto, em dezembro.

Segundo apurou o blog Marco Aurélio d’Eça, Washington Oliveira quer o comando da secretaria de Brasília para servir de ponte do governo Brandão com o governo Lula (PT), cuja interlocução ficou ainda mais precária após indicação do senador  Flávio Dino para o Supremo Tribunal Federal; Washington é muito próximo de Lula e tem forte influência no PT maranhense.

Em troca, o conselheiro abriria mais uma vaga no TCE para indicação de Brandão, que, assim, ampliaria sua influência no tribunal nos próximos anos.

A escolha do conselheiro do TCE passa pela Assembleia Legislativa, onde já se movimentam pelo menos quatro deputados estaduais pela provável vaga aberta por Washington Oliveira: Andreia Rezende (PSB), Zé Inácio (PT), o próprio Othelino Neto (PCdoB) e Glalbert Cutrim (PDT).

Ainda segundo apurou este blog Marco Aurélio d’Eça, o nome de Cutrim ganhou força após eleição do desembargador José Ribamar Froz Sobrinho para o comando do Tribunal de Justiça; a indicação do deputado ao TCE-MA abre uma nova chance para a indicação do advogado Flávio Costa à vaga da OAB no próprio TJ-MA.

Mas esta é uma outra história…

0

Felipe Camarão mantém defesa por candidatura única na base do governo

Vice-governador defende que o deputado federal Duarte Júnior seja o único candidato no grupo liderado pelo governador Carlos Brandão para enfrentar o prefeito de São Luís Eduardo Braide

 

Duarte Júnior tem o apoio e o esforço do vice-governador Felipe Camarão para unificar a base governisa em torno de sua candidatura

O vice-governador Felipe Camarão (PT) voltou a defender a candidatura única do deputado federal Duarte Júnior (PSB) na base do governo Carlos Brandão (PSB); para Camarão, a unidade de todos os aliados do Palácio dos Leões fortalecerá a disputa contra o prefeito Eduardo Braide (PSD).

O vice-governador entende que é fundamental para o estado a união de3 Governo Federal, Governo Estadual e Prefeitura de São Luís nos próximos anos.

– Esse é o caminho que a gente quer seguir em São Luís, acreditando sempre em uma vitória eleitoral, para que a gente possa trabalhar juntos: Governo Federal, Governo do Estado e Prefeitura – afirma o petista, de acordo com o blog de Mário Carvalho.

Além de Duarte Júnior, são pré-candidatos na base governista os deputados estaduais Neto Evangelista (União Brasil) e Yglésio Moyses (ainda no PSB), que aidna tentam se viabilizar.

Evangelista já dá sinais de que deve deixar a disputa, uma vez que seu partido compõe a base do governo; Yglésio, por sua vez, ainda tenta liberação do PSB para buscar novo partido e concorrer a prefeitura, mesmo fora da base brandonista.

Principal liderança do PT no Maranhão, Felipe Camarão pretende conversar com o deputado federal Márcio Jerry, líder da federação Brasil-Esperança – formada por PT, PCdoB e PV – na tentativa de convencê-lo a fechar questão em torno de Duarte Júnior; Márcio Jerry ainda trabalha pela candidatura do ex-prefeito Edivaldo Júnior (sem partido)

No entendimento do vice-governador, uma coligação com 14 partidos embalando a candidatura de Duarte Júnior fará frente significativamente contra o prefeito Eduardo Braide.

0

Câmara reinicia trabalhos com novos vereadores…

Com articulação política do vice-governador Felipe Camarão, as suplentes professora Eva e Creusamar de Pinho assumirão temporariamente os mandados de Marlon Botão e do Coletivo Nós

 

Creusamar de Pinho é uma das aliadas de Felipe Camarão que assumirão mandato na Câmara Municipal

A Câmara Municipal de São Luís reabre os trabalhos nesta segunda-feira, 5, com novidades em plenário.

Duas suplentes – Professora Eva (PSB) e Creusamar do Pinho (PT) – passarão uma temporada de quatro meses no mandato.

Aliadas políticas do vice-governador Felipe Camarão (PT), elas vão substituir, respectivamente, os vereadores Marlon Botão (PSB) e Coletivo Nós.

As duas vereadoras estreiam no mandato no último ano da atual legislatura.

Elas também concorrerão à reeleição em outubro… 

 

 

0

Chapa de Zé Inácio e Lobato apresenta mudanças na Executiva do PT-MA

Zé Inácio e Augusto Lobato vêm trabalhando para assumir o comando do PT no Maranhão

A Chapa Estadual “Unidade Petista – Por Lula Livre”, dos petistas Zé Inácio e Lobato, que concorreu ao último PED do partido no Maranhão, apresentou documento com substituições de membros da Executiva Estadual do PT.

Os representantes da chapa, Zé Inácio e Ricardo Ferro, realizaram a substituição do Secretário de Formação, Ricardo Costa, e da Secretária de Assuntos Institucionais, Rose Frazão, pelos petistas Rafael Barros Almeida e Amélia de Sousa, respectivamente.

A mudança evidencia a disputa interna do PT no Maranhão.

Com a equiparação das vagas em 50% para cada grupo, o deputado Zé Inácio e o atual vice-presidente do PT, Augusto Lobato, retomam a sua força política no âmbito da executiva estadual.

Somado a isso, as substituições alteram fortemente o cenário político interno do PT, diminuindo a força da corrente política ligada a Henrique Souza, atual secretário de trabalho do Maranhão, que traiu os seus companheiros partidários e de chapa, Zé Inácio e Lobato. Dessa forma, a sua força diminui com a saída de dois representantes de sua corrente da instância estadual.

A corrente de Henrique, apesar de minoritária no PT, barganhou a Secretaria de Trabalho através de negociações feitas diretamente com o presidente do PT, Francimar Melo, em troca de apoio e dos votos dos membros da executiva estadual.

Paralelo às substituições, o PT Nacional deve se debruçar sobre o pedido de divisão de mandato requerido por Augusto Lobato, que pretende assumir a presidência do PT [ocupada hoje por Francimar] na prorrogação do mandato garantida às instâncias estaduais do partido.

É aguardar os próximos capítulos…

0

Tradicional “bloco do Miguelito” reúne pedetistas e petistas em debate político em pleno carnaval

Organizado pelo jornalista Miguel Pinheiro, membro histórico do PDT, bloquinho reuniu nomes como os ex-secretários Márcio Jardim e Professor Chocolate numa conversa sobre a verdadeira essência da folia carnavalesca, que o pré-candidato a prefeito Fábio Câmara pretende resgatar em São Luís

 

Atual secretário de Educação de Maricá, no Rio de Janeiro, o petista Márcio Jardim faz o L de Lula com o candidato pedetista a prefeito, Fábio Câmara

Em meio ao pré-carnaval “enlatado” organizado tanto pelo Governo do Estado quanto pela Prefeitura de São Luís, o blog do Miguelito, tradicional “banda” de rua organizado pelo jornalista Miguel Pinheiro, reafirmou-se neste sábado, 20, como point de jornalistas, intelectuais e políticos, sobretudo ícones da esquerda maranhense.

O evento aconteceu no Crioulas Gastrobar e reuniu público de todos os segmentos sociais.

Câmara entre os petistas César Soares e Professor Chocolate, e os pedetistas Júlio França e Vânia Frazão

Enquanto as marchinhas agitavam os foliões, um debate entre petistas e pedetistas do quilate dos professores Márcio Jardim e Raimundo Chocolate, o também petista César Soares, além do candidato do PDT a prefeito, Fábio Câmara, tratou do resgate da folia nas comunidades mais distantes de São Luís.

Precisamos influenciar e investir nos blocos de bairros, bandas pré-carnavalescas e festas populares nas periferias mais afastada, que ficam restritas a ter quer vir ao Centro Histórico ou á praia para poder se divertir neste período de festas – destacou Fábio Câmara; os petistas Márcio Jardim e Professor Chocolate reagiram positivamente à proposta do candidato pedetista.

O organizador do blog Miguel Pinheiro ao centro, com parentes, colegas jornalistas e amigos da política

O bloquinho do Miguelito reúne sobretudo colegas jornalistas do apresentador, membros do seu partido políticos e gente disposta a um bom papo em meio à folia, com tranquilidade, segurança e alegria.

Na edição do próximo domingo, 28, o Bloco do Miguelito faz cortejo pelo Centro Histórico com concentração na Feirinha São Luís…

0

Zé Inácio celebra Lei de Bolsa de Permanência no Ensino Médio criada por Lula

Em um passo significativo para fortalecer a educação no Brasil, o presidente Lula sancionou uma lei que estabelece uma bolsa de permanência para alunos do Ensino Médio. Essa iniciativa visa apoiar financeiramente estudantes de baixa renda, matriculados regularmente, com a intenção de reduzir a evasão escolar e incentivar a conclusão do ensino médio.

O deputado Zé Inácio, atuante na defesa da educação e inclusão social, destacou a importância dessa medida em suas redes sociais. Em sua publicação no Instagram, ele parabenizou o presidente Lula pela sanção da lei, descrevendo-a como “mais um passo vital para a educação”.

A bolsa de permanência consiste em um repasse mensal para auxiliar nas despesas diárias dos estudantes. Aqueles que atenderem aos critérios estabelecidos receberão um valor adicional ao final do terceiro ano. A média mínima de frequência exigida é de 80% das aulas.

Zé Inácio ressaltou a relevância não apenas do suporte financeiro aos estudantes de baixa renda, mas também do estímulo à conclusão do ensino médio. Ele expressou sua satisfação por contribuir para a construção de um futuro mais promissor.

O próximo passo será a adesão dos estados ao programa, identificação dos alunos elegíveis, emissão de CPF para quem ainda não possui, e o início dos pagamentos através da Caixa Econômica Federal ainda em 2024. Um ato conjunto dos ministros da Educação e da Fazenda definirá detalhes como valores, formas de pagamento e critérios operacionais.

Essa medida, aplaudida por Zé Inácio, reflete o compromisso do governo com a educação e o investimento no potencial dos jovens brasileiros.

Da assessoria