2

Derrotado, Mário Macieira reclama de vazamento e deixa WhatsApp…

Presidente da OAB-MA reclama que suas falas estavam sendo vazadas para blogueiros e deixa grupo de advogados, após vitória de Thiago Diaz na seccional da Ordem

 

O desabafo e a saída de Macieira: vazamento

O desabafo e a saída de Macieira: vazamento

O presidente da OAB-MA, advogado Mário Macieira, protagonizou histórias polêmicas no final de semana, após sua candidata, Valéria Lauande, ter sido derrotada pelo oposicionista Thiago Diaz, na sucessão da instituição.

Por último, desabafou em um dos grupos de advogados que ele participava no WhatsApp, acusando os colegas de vazarem suas falas para blogueiros.

– Tudo que falo ou escrevo nos grupos é vazado para o blogueiros. Estou saindo de todos. Abraços. Quem quiser falar comigo sabe meu número – revoltou-se Macieira, saindo do grupo logo em seguida. (veja print ao lado)

Ele reclamava, sobretudo, do vazamento de sua fala de sexta-feira, quando, em meio a palavrões, acusou o seu grupo de ter cruzado os braços na campanha de Valéria Lauande.

O áudio virou meme e viralizou na internet, o que irritou o presidente da OAB-MA.

E ele demonstra que ainda não aborveu a derrota…

9

Derrota na OAB é luz amarela no grupo de Flávio Dino…

Thiago Diaz torna-se o presidente mais jovem da Ordem dos Advogados, ao derrotar a forte estrutura dos ex-sócios do governador, numa virada surpreendente

 

Charles com Thiago: união da coragem com o desprendimento

Charles com Thiago: união da coragem com o desprendimento

Não é segredo para ninguém que os advogados Mário Macieira, Guilherme Zagalo e Antonio Nunes foram sócios do governador Flávio Dino durante toda a vida jurídica do comunista.

E também não é segredo que eles comandam a seccional da OAB no Maranhão há anos – e têm projeto de poder claramente definido em torno do governador.

Por isso, a vitória do jovem advogado Thiago Diaz na disputa de hoje na Ordem, representa uma derrota do grupo do governador.

A primeira derrota com Dino no poder. A primeira derrota em apenas 11 meses de poder.

Com a vitória, Thiago Diaz torna-se, aos 32 anos, o mais jovem presidente de OAB no país.

Além da evidente antipatia aos aliados de Flávio Dino, alguns fatores também contribuíram para a derrota da candidata de Mário Maceira.

Um deles é a força dos jovens advogados – aqueles com menos de 5 anos de carteira – que se entusiasmaram com a perspectiva de ter um dos seus no comando da Ordem;

O segundo ponto é a sede de mudança que se estabeleceu entre os advogados, já cansados do grupo que domina há anos a entidade.

Outro ponto que pesou contra Valéria Lauande foi a presença na chapa de Ulísses de Sousa Martins, acusado na operação Navalha e que representava um peso negativo para simpatizantes da chapa.

E, por último,  ajudou Thiago Diaz, e muito – o desprendimento do advogado Charles Dias, que soube abrir mão da candidatura em prol de uma vitória contra o stablishment.

Flávio Dino se imiscuiu claramente na eleição da Ufma, e venceu. Agora, perdeu a eleição da OAB.

Ano que vem tem eleições municipais.

A luza amarela precisa se acender no grupo do governador…

1

Renovar para Mudar apresenta propostas ao presidente do TRT/MA…

Thiago Diaz e os membros do TRT-MA

Thiago Diaz e os membros do TRT-MA

A agenda de campanha do RENOVAR para Mudar continua com uma programação intensa. Visitas a órgãos do Judiciário, panfletagem nos Fóruns, encontros com advogados em todo o Maranhão são algumas das ações realizadas até aqui. Além de apresentar as propostas, o líder do grupo e candidato à presidência da OAB/MA, Thiago Diaz, tem dialogado com profissionais do direito em busca de melhorias para a categoria.

Foi assim com a visita ao presidente do Tribunal Regional do Trabalho no Maranhão, desembargador Luiz Cosmo da Silva Júnior. A comitiva do RENOVAR para Mudar entregou ao presidente do TRT/MA as propostas da chapa para a OAB-MA. O candidato Thiago Diaz posicionou-se sobre o funcionamento das Varas Trabalhistas, chamando a atenção para a pontualidade no horário das audiências.

– Isso seria uma economia de tempo enorme para o profissional que mediante o grande volume de trabalho, muita das vezes acumula várias audiência no dia – disse.

O presidente do TRT/16 disse que, atualmente, a Justiça do Trabalho no Maranhão dispõe de uma estrutura de trabalho que tem garantido melhores condições de desempenho da magistratura trabalhista. Informou que 100% dos processos são iniciados no modo eletrônico na Justiça do Trabalho no Maranhão depois da implantação do Processo Judicial Eletrônico (PJe) em todas as instâncias trabalhistas.

O desembargador Luiz Cosmo falou ainda que o TRT-MA está em processo de expansão com a previsão de criação de mais três Varas e de cargos para juiz do trabalho.

Adiantou que o projeto “tem plenas possibilidades de ser aprovado pelo Congresso Nacional”, uma vez que as demandas trabalhistas no Maranhão exigem a instalação de novas Varas do Trabalho. Fez referência também ao anteprojeto que prevê a criação de outras 12 Varas do Trabalho e que tramita no Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT).

Encontros com conteúdo

Assim como acontece durante toda a campanha do RENOVAR para Mudar, o diálogo tem prevalecido. Uma das metas do grupo é abrir e estreitar frente de diálogos institucionais em busca de melhorias para a categoria com o poder Judiciário, Legislativo, Executivo e com a própria classe.

– É devolver à OAB/MA a sua verdadeira função institucional, entre elas a valorização e o respeito do advogado por meios de projetos que o beneficiem – afirmou Thiago.

Na próxima semana, na agenda do RENOVAR para Mudar estão programados diálogos com advogados do interior maranhense; Bacabal, Pedreiras e Santa Inês. Na capital maranhense, no próximo dia 05/11, quinta-feira, os jovens profissionais se encontrarão na Confraria da Jovem Advocacia, às 18h30min na Kathedral (antiga Pink Elephant na Ponta D´Areia).

1

A dança das Cadeiras na OAB/MA…

thiagoA campanha eleitoral na OAB/MA tem movimentado e muito o cenário da advocacia maranhense. A fase pré-eleitoral já entrou para a história como uma das mais concorridas de todas, além de registrar, pela primeira vez, a união da oposição para concorrer de igual para igual com o grupo apoiado pela atual gestão da Ordem.

Com sobrenomes iguais, mas sem nenhum parentesco, Thiago e Charles, aliaram-se deixando de lado qualquer projeto pessoal em prol de um projeto maior intitulado Renovar para Mudar que tem como foco maior; recolocar a OAB/MA em prol do advogado com fins de servir o interesse desse profissional.

Esta semana, a etapa pré-eleitoral entra em uma nova fase; o registro das chapas que concorrerão às eleições da OAB/MA. Na verdade desde a sexta-feira, o grupo da situação oficializou os candidatos, que têm como líder a advogada Valéria Lauande. O lançamento do Renovar para Mudar acontece na próxima semana. Essa fase traz vários questionamentos e uma análise que remete a uma brincadeira de criança; a dança das cadeiras na OAB/MA.
Para o advogado Thiago Diaz, líder do Renovar, a alternância de poder é salutar para qualquer democracia.

– Mas não é o que acontece há décadas na Ordem! Percebe-se um grupo de empresários que se apossou da OAB/MA há anos e a cada eleição faz um rodízio nos principais cargos da Ordem. A própria candidata já foi por duas vezes vice-presidente, hoje é Conselheira Federal e agora é candidata à presidência. E assim são com os outros que a apoiam; ora um é conselheiro federal, ora outro é vice-presidente, ora outro é conselheiro e utilizam para garantir que a história se repita a máquina administrativa, mantida com o valor altíssimo da anuidade que pagamos – enfatizou.

thiago2

Recentemente o Renovar para Mudar protocolou documento junto a OAB/MA solicitando Eleições Limpas. De acordo com o advogado Thiago Diaz, “nesses últimos meses, a OAB/MA vivencia um fato no mínimo peculiar; a presidência ocupada de maneira indireta pela então candidata Valéria Lauande. Isso mesmo, pois, os atos e ações da candidata se confundem com a própria representatividade da instituição. Além disso, toda a pasta publicitária da Ordem está a serviço de sua campanha, fazendo com que muitos acreditem, inclusive, ser ela a presidente”, enfatizou Thiago.

– É sabido que nos últimos anos nas eleições na Ordem impera o abuso de poder econômico e político, o estímulo a inimizades, na busca do poder pelo poder, principalmente pela atual gestão em querer permanecer na Presidência, Diretoria, Conselhos e todos os outros cargos – complementou o advogado Thiago Diaz.

O RENOVAR para Mudar defende uma OAB/MA independente e a serviço dos advogados maranhenses e não envolvida em projeto político partidário, o qual defende apenas os interesses do grupo de empresários da advocacia que a dirige e que em nada coincide com os interesses da advocacia maranhense.

É consenso de “que há muito tempo a nossa seccional não tem atendido os reclames da classe, nos abandonando a própria sorte e deixando de cumprir, assim, a sua função institucional. Os advogados despertaram e estão conscientes que podem mudar esse triste cenário. É hora de mudar, de renovar”, finalizou Thiago.

0

OAB-MA: Açailândia e Imperatriz com o Renovar para Mudar…

As chapas reunidas no Renovar Para Mudar"

As chapas reunidas no Renovar Para Mudar”

Se a situação dos advogados maranhenses não é nada boa na capital, multiplique isso por dez. O resultado é a triste realidade vivenciada por centenas de profissionais que advogam no interior do Estado.

O cenário é crítico, porém a conscientização e o apoio manifestados principalmente pelos advogados de Açailândia e Imperatriz no “Renovar para Mudar” contribui para mudar essa situação.

Recentemente a liderança do Renovar para Mudar, movimento em defesa dos direitos dos advogados e forte candidato a ganhar as próximas eleições da OAB/MA, representada por Thiago Diaz e Charles Dias estiveram no Sul do Maranhão e receberam total apoio dos profissionais de lá.

– A inoperância da OAB/MA é ainda mais gritante fora de São Luís. Os problemas permeiam desde a inexistência da defesa das prerrogativas, da ausência de transparência na Ordem e da falta de interesse dos atuais dirigentes acerca das dificuldades pelas quais passam os advogados militantes. Sabemos também que há muito tempo a nossa seccional não tem atendido os reclames da classe – ressaltou Thiago Diaz, líder do movimento Renovar para Mudar.

– A função institucional da OAB/MA há muito não é cumprida! E o pior é que promessas antigas das eleições de 2009 retornam agora com a candidata apoiada pela atual gestão – enfatizou Thiago Diaz.

Ele está falando especificamente da implantação do Protocolo Integrado, que possibilitaria a comprovação do ingresso de ações por outros meios que não necessariamente o documento físico na comarca.

Ou ainda:
· Atualização anual e permanente da Tabela de Honorários Advocatícios
· Fornecimento de Internet rápida e gratuita em prédios públicos do judiciário ;
· Centro de Inclusão Digital na Justiça do Trabalho;
· Criação do Alvará Eletrônico entre tantas oras promessas não cumpridas.

Outro fato que demonstra o descaso com os profissionais que atuam no interior a total falta de estrutura das subsecções do interior. Esse ano, em Pinheiro, a subseção foi despejada por falta de pagamento, outro desrespeito com o profissional.

– A alternância de poder é salutar para qualquer democracia. O empresariado que se apossou na OAB/MA há anos pratica a dança das cadeiras; ora um é presidente; ora é conselheiro federal, ora é vice-presidente e a cada eleição, com o uso da máquina administrativa mantida com o valor altíssimo da anuidade que pagamos, a história se repete. Precisamos mudar essa história – finalizou Thiago Diaz.

Da Ascom de campanha
0

Charles Dias debate dilemas da profissão com jovens advogados…

Profissionais que atuam no interior relatam ao candidato da oposição o total abandono por parte da gestão atual da OAB maranhense

Charles Dias com m aliados e jovens advogados de todo o Maranhão

Charles Dias com m aliados e jovens advogados de todo o Maranhão

O candidato da oposição à presidência da seccional maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil promoveu, na noite da última quarta-feira, 23, o Encontro de Jovens Advogados, organizado também pelo movimento Ordem e Mudança.

Centenas de jovens advogados, que demonstraram apoio à causa do movimento, marcaram presença no Espaço Gaia.

Os recém-formaos advogados mostraram toda a dificuldade que é advogar, sobretudo no interior do estado.ades em advogar no interior do estado.

– Comarcas gigantescas acabam fortalecendo os magistrados. Há uma distância da OAB/MA conosco, que militamos no interior – revelou o advogado Caiã Fonseca.

Para Plácido Arrais, outro jovem advogado, de Pedreiras, não existe suporte suporte da gestão atual na OBA para os advogados no interior.

– No tempo que estou na OAB, não houve nenhum tipo de benefício para o advogado. A mudança é importante – pregou.

Charles Dias pontuou alguns dos problemas enfrentados atualmente.

– O que se faz é uma dança de cadeiras e não alternância de poder. A nossa seccional se filiou a um projeto de poder de um pequeno grupo de empresários da advocacia – disse.

O advogado continua a campanha para a presidência da Ordem maranhense, e traz propostas de melhoria e mudança para a entidade.

11

Cinco disputam vaga de desembargador pela OAB…

Samir Murad desponta como favorito

Os advogados Samir Murad, Sérgio Muniz, Ricardo Duailibe, Magno Moraes e Daniel Leite – provavelmente nesta ordem – disputam mais fortemente o cargo de desembargador do Tribunal de Justiça na vaga a ser preenchida pela seccional maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil.

O projeto que cria a 5ª Câmara Cível do TJ – condição para preenchimento da vaga – deve ser votado hoje pela Assembléia Legislativa.

Daniel Leite e Sérgio Muniz também no páreo

Além da vaga da OAB-MA, outras duas vagas, ambas para juízes, serão criadas no Tribunal de Justiça, elevando para 27 o número de desembargadores no Maranhão.

No caso da OAB, caberá ao seus membros escolher seis advogados entre os que se candidatarem.

A lista sêxtupla é encaminhada ao Tribunal de Justiça, que escolhe três.

Estes três são levados à governadora, que poderá nomear qualquer um deles.

4

Novos municípios: Assembléia ganha com decisão encaminhada pelo TJ…

Assembléia deve manter processo de criação de municípios

Apesar do resultado preliminar de 6 a 2 a favor da seccional maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil, a Assembléia Legislativa é, em tese, a vencedora da pendenga sobre a criação de novos municípios no Maranhão.

Dos argumentos apresentadas pela OAB para suspender o processo emancipacionista, o desembargador-relator José Bernardo Rodrigues acatou apenas uma: a que questiona o período aberto  pela Casa para recebimento dos requerimentos de emancipação.

No entendimento da Assembléia, no entanto, este ponto do julgamento já perdeu o objeto, uma vez que este período já passou, desde o dia 11 de junho.

Como a peça em julgamento pede Liminar justamente  para suspender este período  de  recebimento – que já passou – o julgamento seria inócuo.

Em outras palavras, ainda que alcance o número de votos, a decisão não teria efeito prático.

Mas há outros obstáculos às pretensões da Ordem dos Advogados.

Para a continuação da votação do processo no TJ, é necessário que 16 desembargadores estejam presentes – sendo que oito devem estar entre os que não votaram na primeira assentada.

Para sair vitoriosa a OAB precisa de mais sete votos…

3

Assembléia aguarda ação da OAB sobre municípios…

O presidente da Assembléia Legislativa, deputado Arnaldo Melo (PMDB), disse que vai aguardar o conteúdo da ação da OAB-MA contra a criação de novos municípios para, só então, posicionar-se em relação aot ema.

– É um direito da OAB questionar. Mas estamos seguros do processo que estamos fazendo. É só aguardar a notificação da Justiça para apresentar nossas contra-razões – disse Melo.

Para o deputado José Carlos Nunes (PT), há duas possibilidades de ação da OAB: questionar o proejto em si ou questionar a aprovação do projeto.

– De qualquer forma, a Assembléia não vai parar sua movimentação. Os processos continuam sendo protolocados e vamos cumprir os prazos – disse.

Até agora à tarde, não havia informação sobre o tipo de ação da Ordem.

Que deve ser protocolada na próxima quarta-feira…