2

MDB vai encomendar pesquisa com nome de Roseana em São Luís…

Partido quer medir o impacto que a presença da ex-governadora causa nos cenários da sucessão do prefeito Edivaldo Júnior, sobretudo nas avaliações de possível segundo turno

 

Roseana tem forte presença na capital maranhense e é nome forte de opção para as eleições de 2020

Decidido a ter Roseana Sarney como candidata a prefeita de São Luís, o MDB vai encomendar pesquisas de intenção de votos incluindo o nome da ex-governadora.

Em alguns cenários espontâneos já divulgados, Roseana aparece sempre como uma das opções de segundo turno, ao lado do deputado federal Eduardo Braide.

– Nós temos a certeza de que Roseana é presença garantida em um segundo turno; precisamos medir o impacto do seu nome nos cenários mais aproximados daquele que será, de fato, vivido em 2020 – explicou o deputado estadual Roberto Costa, presidente do MDB e principal entusiasta da candidatura de Roseana.

Historicamente vinculada a São Luís – sobretudo com obras estruturantes e investimentos nos setores de cultura e do Turismo – Roseana sempre mostrou interesse em vir a ser prefeita da capital maranhense.

Afastada da política desde 2014, no entanto, ela demonstra pouco interesse em voltar a disputar eleições, embora os mais próximos relatem sempre perceber nela uma espécie de entusiasmo ao falar da possibilidade de governar a cidade.

– No MDB Roseana é praticamente unanimidade; Tenho certeza que ela não se furtará a este desafio do partido – pregou Roberto.

Com o lançamento de Roseana, o MDB espera formar aliança com PV, PSD e mesmo o PSDB, partidos que estão fora do arco de influência do governo Flávio Dino (PCdoB).

– Não há dúvida de que Roseana muda completamente o cenário da sucessão em São Luís; a pesquisa vai mostrar exatamente isso – concluiu Roberto.

2

Bolsonaro já perdeu 1/4 de seu eleitorado, diz pesquisa DataFolha..

Levantamento do início do mês mostra que o presidente vem perdendo apoio sistematicamente, sobretudo pelo estilo agressivo com que conduz o debate político nacional

 

O ESTILO BÉLICO, A IGNORÂNCIA E O DESPREPARO DE BOLSONARO AFASTAM SEUS ELEITORES menos orgânicos ou manipuláveis

Um dos principais dados da última pesquisa do Instituto DataFolha, publicada no início deste mês, passou despercebida pela maioria da população, mas é fundamental para se entender o momento político brasileiro.

De acordo com o levantamento, mais de 1/4 dos eleitores que votaram no presidente Jair Bolsonaro (PSL) declaram que não repetiriam o voto se a eleição fosse hoje.

O índice mostra que, além de perder a eleição se o pleito fosse hoje, Bolsonaro vem perdendo parte da massa que o elegeu, sobretudo pelo estilo grosseiro e agressivo com o qual conduz o governo.

O mais curioso é que, ainda segundo o DataFolha, nada menos que 10% dos eleitores que desistiram de Bolsonaro estariam dispostos a votar no candidato do PT, Fernando Haddad.

Leitura óbvia dos números: é pouco provável que Bolsonaro consiga manter sua base de eleitores à medida que o governo for avançando no descrédito.

É aguardar e conferir…

1

Eudes Sampaio imprime marca própria em Ribamar…

Presente nas ruas e no atendimento às comunidades, em seis meses de mandato, prefeito vai construindo um canal de diálogo com a população

 

As fotos que ilustram este post retratam muito bem a imagem que o prefeito Eudes Sampaio está construindo em São José de Ribamar. Próximo de completar seis meses de gestão, Sampaio já imprime uma forma de governar com base no diálogo permanente com as comunidades e na presença constante nas ruas.

Quando não está recebendo representantes de comunidades em seu gabinete, está vistoriando obras e conversando com populares. Bairros com muitos problemas de infraestrutura como Nova Terra, Turiuba ou regiões das Vilas e Parque Vitória, por exemplo, são visitados semanalmente pelo prefeito.

À comunidade, ele costuma falar abertamente sobre o que está sendo feito, o que pode ser feito e até o que não pode, de forma bem transparente e paciente.

Quem participa da conversa sai do encontro com o prefeito consciente da realidade e confiante de que tudo que pode ser feito, está ou será feito por Sampaio.

Na conhecida Praça da Tesoura (na Sede), os comentários são uníssonos: o baixinho vai dar muito mais trabalho para a oposição como não imaginavam os incautos.

Mas essa é uma outra história…

0

Sou deputado, só me arrume um partido…

Do blog do Minard

 

É esta a situação que encontra-se três deputados estaduais que não abrem mão de serem candidatos a Prefeito no ano que vem.

Comecemos com Duarte Junior, deputado de primeiro mandato que conseguiu em menos de um mês a mais alta rejeição por parte dos seus colegas de parlamento. Brigou com todos que podia, chutou o pau da barraca, gritou que agora tinha deputado naquela casa e ainda teve alguns pitis em plenário com discursos raivosos e até diretos.

Por tudo isso e muito mais Duarte está na biqueira do PC do B aguardando que seu colega de partido Rubens Junior não consiga emplacar no gosto popular e sair da faixa de apenas 1% nas pesquisas. Mas para desespero de Duarte ha quem diga que mesmo se Rubens não sair dessa margem o partido irá preferir juntar com o PDT e apoiar o presidente da Câmara de São Luis Osmar Filho pois não confiam na personalidade de Duarte. Ou seja, nem as migalhas querem entregar ao novato briguento.

Wellington do Curso que escapou fedendo nas eleições também nutri o sonho de ser prefeito da capital mas até agora não conseguiu arrancar uma palavra do presidente e dono do PSDB(PARTIDO DE WELLINGTON) garantindo o partido para que possa sonhar no Palácio da Prefeitura. O caso de Du Curso é bem parecida com a de Duarte em relação ao partido. Só eles acham que serão candidatos já os caciques porem possuem outros planos.

E pra fechar temos aqui o também novato porem um pouquinho mais inteligente que os outros dois, o deputado Yglésio Moisés que já sabe que seu partido tem outro candidato fechado e restando a ele somente contar com a piedade e a compreensão dos caciques do PDT para não poder ir até a justiça e salvar seu mandato. Continue lendo aqui…

0

PT nacional mantém Comissão Eleitoral sob comando de opositores a Honorato

A Câmara de Recursos do Diretório Nacional do PT decidiu pela validação da Comissão de Organização Eleitoral (COE) do município de São Luís, que permanecerá sob o comando do grupo de oposição ao vereador Honorato Fernandes, tendo como coordenador o petista Gugu, Secretário de Juventude do PT-MA.

O recurso interposto por Cricielle Muniz, membro da executiva estadual do PT-MA e ligada ao vereador Honorato, pretendia anular a constituição da COE – São Luís, referendada no dia 06 de agosto pela Executiva Municipal do partido e legitimada posteriormente pela Executiva Estadual.

Porém, por decisão da maioria dos membros da Câmara Nacional de Recursos o pedido foi rejeitado por 5 votos a 3, garantindo a oficialização da COE).

Além da anulação da COE o grupo liderado pelo vereador Honorato visava alterar os locais de votação do Processo de Eleições Diretas do PT – São Luís (PED), que acontece neste domingo (08), mas após a legitimação, os locais oficiais de votação permanecem sendo:

Centro de Ensino Liceu Maranhense: Endereço – Parque Urbano Santos. S/N. Centro.

Centro de Ensino Estado do Rio Grande do Norte: Endereço – Rua P. S/N. Bairro Radional.

Unidade de Ensino Básico Antônio Vieira: Endereço – Rua Cônego Ribamar Carvalho. S/N. Bairro Jardim São Cristóvão.

Veja abaixo decisão da Executiva negando recurso sobre PED:

1

Mais de 8 mil estão aptos a votar nas eleições internas do PT em São Luís

Filiados participam no próximo domingo (8) das eleições que devem escolher dirigentes do partido; veja os locais de votação

 

PETISTAS VÃO ÀS URNAS DOMINGO PARA ESCOLHER OS COMANDANTES DO PROCESSO ELEITORAL DE 2020, quando serão escolhidos prefeito e vereadores de São Luís

Os petistas devem conhecer na próxima semana os novos dirigentes do partido que serão responsáveis pelas articulações da legenda para as eleições de 2020. O PED (Processo de Eleição Direta) do PT realizado neste domingo (8) é considerado o maior processo de eleição de um partido no país.

De acordo com dados da Secretaria Nacional de Organização do partido, mais de 4,2 milhões de filiados estão aptos a escolher os novos dirigentes da sigla. No Maranhão, um total de quase 50 mil filiados podem comparecer as urnas.

Na capital maranhense, segundo os dados disponibilizados no site oficial do partido, mais de 8 mil filiados deverão se dirigir aos quatro locais de votação onde as urnas eletrônicas serão instaladas.

Na eleição do Ped em 2017, pouco mais de 20% dos 5 mil filiados foram votar. Este ano, houve um crescimento de 3 mil filiados e a expectativa é que haja aumento significado no percentual de votantes.

Confira abaixo abaixo os locais de votação, definidos de acordo com a zona de votação de cada eleitor filiado:

Os filiados que votam na zona 89:

AMU- Associação de Moradores da Unidade 201, na Cidade Operária.

Filiados que votam na 3-10-88 zona:

Colégio Cintra

Filiados que votam 90-91 zona:

Teatro Itapecuruaiba Grita, na rua Mônaco, no Anjo da Guarda.

Filiados que votam na 1-2-76 zona:

No Centro de Ensino Bernardo Coelho Almeida, na Rua Rio Branco, no centro.

3

Eudes Sampaio já nada de braçadas em São José de Ribamar…

Sucessor de Luis Fernando Silva, prefeito assumiu protagonismo da gestão ribamarense e implantou estilo austero na aplicação dos recursos, com forte presença nos bairros, o que agrada ao cidadão

 

Próximo de completar quatro meses no comando da terceira maior cidade do Maranhão, o novo prefeito de São José de Ribamar, Eudes Sampaio, vem surpreendendo positivamente. Ele assumiu a prefeitura após a renúncia de Luis Fernando Silva.

Discreto na atuação política quando desempenhava o papel de vice de Luis Fernando, Eudes Sampaio vem fazendo exatamente o contrário e em quatro meses de gestão: tem assumido definitivamente o protagonismo da gestão e da política ribamarense.

Já conhecedor das dificuldades financeiras e administrativas do município, Sampaio tem enfrentando a questão de peito aberto, seja buscando ajuda em Brasília ou no Governo do Estado.

A garantia da implantação dos retornos na Estrada de Ribamar – uma reclamação diária da população da região dos bairros e vilas que margeiam a via – e o pagamento antecipado dos salários dos servidores nos últimos meses, desde que assumiu, são pontos positivos de sua atuação administrativa que demonstram sua preocupação também com questões pontuais, mas que revelam sua identificação com pautas que agradam o dia a dia do ribamarense.

No campo político, a adesão de cinco vereadores logo nos primeiros dias de gestão, a articulação com lideranças locais de correntes antagônicas e a presença em praticamente todos os eventos culturais e sociais da cidade estão reverberando na aceitação popular.

Quem viu Eudes circular em todos os arraiais da cidade no São João, participar da Procissão Marítima de São Pedro (há décadas um prefeito ribamarense não participava dessa manifestação religiosa e cultural) ou quem o viu bater matraca na Avenida no torrente sol do domingo de Lava-Bois, percebeu a forma carinhosa como a população tem recebido o sucessor político de Luis Fernando.

Que, pelo jeito, se for candidato a reeleição, vai nadar de braçadas em 2020.

Mas essa é uma outra história…

3

Flávio Dino autoinserido nas pesquisas sobre 2022…

Ao antecipar sua condição de pré-candidato a presidente, governador comunista se antecipa ao debate e passa a ser o primeiro nome de oposição ao governo que acaba de começar

 

Dino quer ocupar espaços nacionais a partir de agora, para chegar como opção consolidada em 2022

Ainda não teve a repercussão que, provavelmente, era esperada pelo próprio. E a precocidade do ato também foi vista como prematura por aliados e adversários.

Mas o lançamento de seu nome para a sucessão do presidente Jair Bolsonaro (PSL) garantiu um espaço de fala ao governador Flávio Dino (PCdoB).

A partir de agora, ele passa a ser o primeiro nome da oposição a Bolsonaro apresentado como seu possível adversário em 2022.

Isso garante, entre outras coisas, a inclusão do seu nome em qualquer pesquisa de intenção de votos sobre as eleições presidenciais – ainda que elas surjam só em 2020, ou 2021, tanto faz.

O maranhense vai precisar, agora, desprender-se do engessamento ideológico que o PCdoB lhe dá – ainda que seja o PCdoB o único responsável, neste momento, por promover sua pré-candidatura a ponto de incluí-la nas pesquisas.

Com o PCdoB, ele tem também atrelado ao seu nome apoios a ditadores como Nicolas Maduro, da Venezuela, e a corrupção que marcou as esquerdas nos últimos anos.

Outro partido, portanto, deve ser um segundo passo no projeto dinista de poder nacional em 2022.

Mas esta é uma outra história…

0

Prefeitos destacam conquistas da FAMEM e declaram voto em Cleomar Tema

“Voto no presidente Tema pela sua recondução ao cargo de presidente da FAMEM pelas conquistas que a entidade viabilizou para o municipalismo sob o comando dele. É um dirigente bastante empenhado no seu trabalho, um homem do diálogo e que agora acaba de abrir um importante canal de diálogo junto ao Governo Federal. Já esteve com o ministro chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, general Santos Cruz e com a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, viabilizando recursos para os nossos municípios”.

Estas foram as declarações do prefeito de Santa Luzia do Paruá, Plácido Holanda. Ao engrossar o bloco de apoio ao presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM), Cleomar Tema, na disputa por ,mais um mandato à frente da entidade, cujo pleito acontecerá no próximo dia 30. Ele fez a afirmação na manhã desta quarta-feira (16), na sede da instituição, onde outros colegas seguiram a mesma linha.

Djalma Melo, prefeito de Arari, também manifestou seu apoio a Cleomar Tema, seguindo o mesmo raciocínio de Plácido Holanda. Afirmou que Cleomar Tema é o melhor para a Federação, uma vez que já mostrou serviço, cujos resultados estão transparentes, como a nova sede, a Escola de Gestão Municipal e outros avanços.

O prefeito de Mirador, Roni, foi outro que anunciou apoio a Cleomar Tema, acrescentando que as ações por ele desenvolvidas têm repercussão em todo o Estado. “Ele é muito organizado, muito trabalhador e um político de larga visão. Conta com meu voto e não tenho dúvidas de que será reeleito mais uma vez.

A exemplo de Cleomar Tema, o prefeito de Parnarama, Raimundo Silveira está no quinto mandato. Esteve na FAMEM para confirmar seu apoio ao colega, enfatizando que a entidade abre espaços e tem muitas conquistas sob a direção de Tema. “Ele é preparado, já mostrou sua capacidade e, por isso, voto com ele”, assinalou.

0

“Não existe esse acordo. Sou candidato a presidente”, diz Hildo Rocha sobre MDB…

Deputado federal desmente boato de que estaria sendo costurado um acordo entre ele e o colega de bancada João Marcelo Sousa para as eleições do diretório estadual, em fevereiro

 

A princípio, Hildo disputaria a presidência do MDB com o deputado estadual Roberto Costa; não existe acordo com João Marcelo

Diante da falsa informação de que estaria sendo costurado um acordo para a eleição do diretório estadual do MDB do Maranhão, o deputado federal Hildo Rocha reagiu com firmeza e indignação.

“Não existe acordo. Sou candidato à presidência do diretório regional do MDB maranhense. As informações divulgadas por alguns blogs é fantasiosa”, afirmou o parlamentar.

A reação do deputado decorre da publicação de suposto acordão por meio do qual o deputado João Marcelo assumiria o comando da legenda e Hildo Rocha seria o vice-presidente.

“Essa possibilidade nunca chegou a ser cogitada. Quando estivemos reunidos para tratar sobre a eleição, o deputado João Marcelo foi taxativo ao dizer que não pretende concorrer porque, no seu entendimento, caso ele sucedesse o seu pai, o Senador João Alberto, ficaria parecendo continuidade da atual gestão. João Marcelo chegou a afirmar que o MDB não é capitania hereditária. Portanto, a informação é fantasiosa, totalmente mentirosa”, informou Hildo Rocha.