0

Assembleia Itinerante vai ao interior maranhense…

Othelino Neto pretende levar os debates e as discussões das comissões técnicas da Casa a todos os 2217 municípios maranhenses, em uma interação com as Câmaras Municipais de todo o estado

 

OTHELINO NETO VAI COMANDAR AS VIAGENS DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA AO INTERIOR DO ESTADO, a partir do dia 13, em Balsas

A Assembleia Legislativa vai realizar sessões plenárias e reuniões técnicas em todos os municípios maranhenses, numa espécie de Parlamento Itinerante pelo interior do estado.

A primeira dessas sessões será realizada em Balsas, em 13 de setembro.

– Nós percebemos que muita gente não conhece bem a finalidade do Poder Legislativo estadual. Então, esse programa tem por objetivo fazer com que a Assembleia chegue a todo o Maranhão, não só através dos veículos de comunicação, mas pela presença dos deputados ouvindo a população e os agentes políticos locais. Pretendemos fazer com que a Assembleia chegue a todos os 217 municípios do Maranhão – afirmou o presidente da Casa, Othelino Neto (PCdoB).

A Resolução da Mesa Diretora, já aprovada em plenário, prevê que o programa itinerante será permanente; além de Balsas, outros municípios serão visitados ainda em 2019.

E as visitas seguirão a partir de 2020…

0

Ministério Público cobra de Soliney Silva desvio de R$ 300 mil na AL…

Promotores questionam na Justiça nomeação de funcionária fantasma no gabinete do ex-deputado, no período de 2003 a 2008, em ação semelhante a que levou outros parlamentares à Justiça

 

SOLINEY SILVA, NA ÉPOCA EM QUE ERA DEPUTADO ESTADUAL, ainda no prédio antigo da Assembleia Legislativa

O Ministério Público do Maranhão acionou o ex-deputado estadual Soliney Silva cobrando a devolução de R$ 300 mil supostamente desviados da Assembleia Legislativa.

O ex-parlamentar é acusado de nomear a dona de casa Rita Filomena Santos Cruz como assessora em seu gabinete, para dividir com ela os salários pagos pela Casa.

No total, segundo o Ministério Público, foram pagos a Santos Cruz o equivalente a R$ 300.804,76.

A ação contra Soliney Silva é igual a outras ações do próprio Ministério Público contra outros parlamentares, acusados de nomear servidores fantasmas na Assembleia para ficar com parte do salário.

Tanto o MP estadual quanto o federal têm ações contra deputados que vêm desde 1999.

O próprio Soliney Silva – que elegeu-se a primeira vez em 1998 – também é citado nessas ações.

1

São Luís ganhará novo polo turístico e de lazer no Sítio Rangedor…

Prevista para ser entregue em 8 de setembro, no aniversário da cidade, a urbanização do Parque do Rangedor terá áreas de lazer, para práticas de esportes e de convivência social e familiar

 

Está em fase conclusão o projeto de urbanização da área ambiental Parque do Rangedor, envolvendo toda a margem da avenida Luis Eduardo Magalhães, entre o Cohafuma e o Calhau.

A obra faz parte da compensação ambiental pela construção da sede Assembleia Legislativa na área, e está sendo tocada em parceria com o Governo do Estado.

São Milhares de quilômetros quadrados de área urbanizada, com quadras poliesportivas, praças, centros de convivência, pistas de cooper, espaços para ginástica e quiosques.

A área dispõe de iluminação para prática de esporte e lazer também durante a noite.

E terá garantia de preservação permanente, por ser gerenciada pela própria Assembleia Legislativa.

O novo parque – previsto para inaugurar em 8 de setembro – deverá ser mais um ponto turístico da capital maranhense, possível graças a construção da avenida Luis Eduardo, ainda na década de 90, pela então governadora Roseana Sarney.

Mesmo com a área no entorno, todo o miolo do Sítio Rangedor estará preservado por lei, mantendo a flora  a fauna nativas.

O espaço estará aberto ao público já a partir da inauguração…

0

Othelino Neto ganha espaço como liderança estadual….

Presidente da Assembleia Legislativa tem ocupado cada vez ais as pautas nacionais e dos debates institucionais, construindo influência para as eleições de 2020 e se consolidando-se como nome de peso para 2022

 

O PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA EM EVENTO PARA DISCUTIR A BASE DE ALCÂNTARA: presença nos temas de importância para o Maranhão

O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB), presidente da Assembleia Legislativa, já declarou que pretende ser candidato a senador nas eleições de 2022.

E todos os seus movimentos apontam para a construção de um projeto de consolidação neste sentido – desde a reeleição antecipada, e quase unânime, para o comando da Casa até as articulações políticas para o pleito de 2020.

E é na condição de pretenso candidato majoritário que o deputado agora se movimenta também nos debates de maior peso para o Maranhão no cenário nacional.

Othelino participa ativamente do debate sobre o aluguel do Parque dos Lençóis Maranhenses e da Base de Alcântara, critica a postura do presidente Jair Bolsonaro (PSL) em relação aos nordestinos e está sempre em Brasília em busca de investimentos no Maranhão.

COM AS MULHERES NA MARCHA DAS MARGARIDAS, EM BRASÍLIA; presença constante em Brasília fortalece imagem de liderança estadual

Na mais recente ida à capital federal, participou da Marcha das Margaridas, histórico movimento feminista e rural, que reúne mulheres agricultoras de todo o país para discutir políticas de inclusão.

O presidente da Assembleia Legislativa constrói, com essa movimentação, uma imagem de líder sólido, envolvido com as questões do Maranhão e do Brasil.

E se consolida como opção de renovação no Senado Federal…

1

Com candidatos a prefeito, Assembleia e Câmara retomam atividades

Deputados estaduais e vereadores de São Luís voltarão segunda-feira aos debates e apresentação de propostas em plenário no último semestre legislativo antes do ano eleitoral de 2020

 

NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA, NETO EVANGELISTA E DUARTE JR. são dois dos pré-candidatos a prefeito de São Luís

Embora tenham encerrado o recesso parlamentar, oficialmente, nesta quinta-feira, 1º, deputados estaduais e senadores só retomam segunda-feira, 5, as atividades na Assembleia Legislativa e na Câmara Municipal.

Será o último semestre legislativo antes do início do ano eleitoral de 2020.

Tanto na Assembleia quanto na Câmara Municipal há interessados na disputa pelas prefeituras, sobretudo em São Luís.

NA CÂMARA MUNICIPAL, O PRESIDENTE OSMAR FILHO LIDERA a lista de pré-candidatos a prefeito de São Luís

Aparecem como pré-candidatos a prefeito os deputados estaduais Neto Evangelista (DEM), Duarte Júnior (PCdoB), Adriano Sarney (PV) e Wellington do Curso (PSDB).

Na Câmara Municipal, são cotados para a disputa em São Luís os vereadores Osmar Filho (PDT), Astro de Ogum (PL) e Honorato Fernandes (PT).

E todos devem intensificar os debates sobre o tema a partir de agora…

1

Comissão da Assembleia vai acionar formalmente a Eneva…

Deputado Fábio Macedo lamenta episódio ocorrido na porta da fábrica, diz que até agora buscava o diálogo e ressalta que vai aplicar as formalidades que o caso requer

 

FÁBIO MACEDO TEM ATUADO FORTEMENTE NA LUTA PELOS BENEFÍCIOS DO GÁS NATURAL, e critica a Eneva pelas suas atitudes

O presidente da Comissão de Assuntos Econômicos da Assembleia Legislativa, deputado estadual Fábio Macedo (PDT) anunciou ao blog Marco Aurélio D’Eça que vai reunir o colegiado na próxima terça-feira, 11, para discutir providências em relação à Eneva, empresa que explora o gás natural no Maranhão.

A Eneva barrou uma comissão de parlamentares que acompanhava agentes fiscais do Inmeq, nesta quinta-feira, 6, o que gerou forte repercussão.

– Até agora buscávamos o diálogo para tratar da questão do gás natural no Maranhão. A atitude da empresa foi descortês e pode até gerar sanções do Inmeq, que é um órgão fiscalizador no Maranhão. E a própria Assembleia vai agir – afirmou Macedo.

Desde que assumiu a CAE da Assembleia, Fábio Macedo encampou a luta para dar ao Maranhão os benefícios do gás natural explorado pela Eneva. Mas buscava o diálogo, até o episódio da porta da fábrica.

– Fomos convidados pelo Imec para ir até a fábrica. E, de fato, fomos barrados, numa atitude desnecessária da empresa – admitiu.

Em nota, a Eneva diz que não barrou os parlamentares e que até mandou uma gerente para conversar com a comissão, o mque é desmentido por Fábio Macedo.

A reunião da Comissão de Assuntos Econômicos ocorre sempre às 8h…

0

Com Othelino, governo ganha Assembleia 100% aliada por dois dias…

Presidente da Casa passa a ser o chefe do Executivo até o próximo sábado, com apoio de pelo menos 40 dos 41 outros deputados, o que reforça a construção de um forte cacife político

 

GOVERNADOR POR DOIS DIAS, OTHELINO NETO TEM HOJE UM DOS MAIORES CACIFES POLÍTICOS dentre as lideranças maranhenses

O presidente da Assembleia Legislativa assume hoje o Governo do Estado.

E passará dois dias no posto.

Othelino assume o lugar do vice-governador Carlos Brandão (PRB), que já estava no exercício do mandato em substituição a Flávio Dino (PCdoB).

Como presidente da Assembleia Legislativa recém-reeleito por quase aclamação, Othelino terá como governador quase 100% da Casa em seu apoio.

O oposicionista Wellington do Curso (PSDB), por exemplo, declarou oficialmente ontem que participará da posse do colega e fará parte da sua base.

⁃ Serei governista por dois dias. E não apenas apoiarei meu presidente Othelino como também levarei a ele as demandas das minhas bases – disse Wellington, da tribuna.

Outro oposicionista que soma com Othelino é Cesar Pires (PV), que faz dura oposição a Flavio Dino.

O apoio maciço a Othelino nestes dois dias de governo são simbólicos do ponto de vista político.

Mas é um belo exemplo do cacife com o qual o presidente da Assembleia deve chegar a 2022…

2

Dr. Yglésio apresenta 100 proposições em 100 dias de mandato…

Deputado destaca sua trajetória como médico e diz que esses primeiros meses como parlamentar são de intenso aprendizado

 

O deputado estadual Dr. Yglésio Moyses apresentou nada menos que 100 proposições em 100 dias de mandato na Assembleia Legislativa.

Para um parlamentar iniciante, em seu primeiro mandato, é importante a média de uma proposta por dia. E o deputado mostra-se pronto para os desafios.

– Minha única passagem pela gestão pública foram 7 meses como diretor do Socorrão 1. Depois de alguns erros e muitas injustiças que me invisibilizaram por 4 anos, voltei ao jogo. Era preciso fazer algo impactante e que fosse verdadeiro para mim – lembrou o parlamentar, em discurso.

Para marcar os 100 dias de mandato, Yglésio gravou um vídeo,  divulgado em suas redes sociais, em que faz um balanço deste período.

– A minha vontade de entrar na vida política nasceu da minha experiência enquanto médico do SUS. Podemos fazer muito na medicina pública, mas não podemos resolver todos os problemas, infelizmente. Ser deputado estadual me possibilita encarar as dificuldades com uma visão global. É desta forma que tenho pautado o meu mandato: tentando olhar os problemas do nascedouro à possível solução. Conquistar o mandato de deputado estadual era um dos meus maiores sonhos – destaca o parlamentar do PDT.

Após uma espécie de período de experiência, o deputado se prepara agora para entrar no debates políticos na Casa – tanto dos temas relacionados a São Luís quanto os do estado.

E a sucessão na capital maranhense está entre os temas dos próximos meses…

0

Mandato de Othelino no comando da Assembleia vai até 2023…

Mais de um ano e meio antes de encerrar o atual mandato, presidente se reelegeu para outro período de dois anos, que começa em fevereiro de 2021

 

OTHELINO NETO COM OS NOVOS MEMBROS DA MESA DIRETORA DA AL; no comando da Casa, mandato igual ao de governador

Está equivocada a conta feita em setores da imprensa – e até mesmo pela própria assessoria da Casa – para o mandato do deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) à frente da Assembleia Legislativa.

É errado dizer que seu novo mandato – para o qual fora eleito ontem – termina em dezembro de 2022.

Na verdade, vai até fevereiro e 2023.

Regimentalmente, os mandatos da Mesa Diretora da Assembleia começam e se encerram no mês de fevereiro.

O atual, por exemplo, acabou de começar – em 1º de fevereiro de 2019 – e vai encerrar-se em 1º de fevereiro de 2021, quando, automaticamente inicia-se o novo, até fevereiro de 2023. 

E esse detalhe significa muito.

Significa, por exemplo, que Othelino Neto participará das eleições de 2020 e de 2022 no cargo de presidente da Assembleia Legislativa, o que dá forte influência política.

Ele pode até encerrar o mandato antes, mas isso apenas e tão somente se assumir o governo em abril de 2022 – já que está na linha de sucessão.

Ou caso se eleja governador, tomando posse em 1º de janeiro de 2023.

Estas, porém, são outras histórias…

2

Movimentos anunciam Assembleia como palco de evento da “revolução de 64″…

Panfleto distribuído na internet, com  assinatura do “Endireita Maranhão”, chama para debate com o coronel Monteiro, que tenta dar uma nova visão – nos moldes do que quer o presidente Jair Bolsonaro – sobre o golpe que levou à ditadura militar

 

CORONEL MONTEIRO COM O PRESIDENTE QUER QUER TRANSFORMAR O GOLPE EM UMA FESTA; e vai usar a Assembleia Legislativa como palco

O auditório Fernando Falcão, da Assembleia Legislativa do Maranhão, está sendo anunciado como palco de um evento de exaltação à Ditadura Militar, no dia 4 de abril, nos moldes do que quer o presidente Jair Bolsonaro.

O local – um espaço pago com dinheiro público – é anunciado em panfleto dos movimentos “Resistência Cultural” e “Endireita Maranhão”, que circula na internet,  para comemoração dos “55 Anos da Revolução de 1964”.

O termo “Revolução” é a forma como os membros do governo Bolsonaro chamam o golpe militar que levou à ditadura no Brasil.

O evento terá como um dos palestrantes o coronel Monteiro,que representa no Maranhão o governo de Jair Bolsonaro (PSL).

O curioso é que os militares usam como palco de sua tentativa de negar a ditadura protagonizada por eles o auditório de uma Assembleia, exatamente o símbolo maior da resistência contra o golpe de 64.

“Festa do golpe”

O PANFLETO DA FESTINHA QUE MILITARES QUER FAZER NA CASA DO POVO; Revolução que matou milhares

Na semana passada, Bolsonaro determinou ao Ministério da Defesa que ordenasse ao quartéis “comemorar devidamente” o dia 31 de março de 1964, dia do golpe.

A festa de exaltação à ditadura gerou polêmica e o Ministério Público Federal orientou os chefes militares em todo o país a se abster de realizar tais eventos, sob pena de Improbidade Administrativa.

Mas o uso da Assembleia Legislativa em um evento de cunho notadamente revisionista do ponto de vista histórico e político é, também, uma improbidade.

Agora no poder, os militares tentam de todas as formas negar que o Brasil foi vítima de uma ditadura protagonizada por eles.

Mas usar a estrutura de um poder – que simboliza exatamente a resistência contra a opressão – é ir longe demais.

O blog Marco Aurélio D’Eça solicitou informações ao presidente da Assembleia, Othelino Neto (PCdoB) sobre os argumentos para ceder o espaço ao evento pró-ditadura.

Aguarda resposta…