0

Braide defende auxílio para moradores desabrigados pelas chuvas em São Luís

Parlamentar subiu à tribuna da Câmara Federal para dizer a ação de cada ente federativo deve amenizar as perdas dos atingidos

 

EDUARDO BRAIDE LEVOU O PROBLEMA DOS DESABRIGADOS de São Luís à Câmara Federal…

O deputado federal Eduardo Braide (PMN) subiu à tribuna da Câmara Federal, na tarde desta terça-feira, 26, para defender ajuda de toda União para auxiliar os atingidos pelas chuvas na região metropolitana de São Luís.

– É urgente que cada um faça a sua parte para amenizar as perdas dos atingidos e prevenir uma tragédia ainda maior – pregou Braide.

Braide tem atuado efetivamente no apoio às famílias de desabrigados em várias regiões de São Luís, sobretudo, nas áreas de maior risco.

…MAS ELE TAMBÉM JÁ HAVIA CONVERSADO diretamente com os atingidos pelas chuvas do último domingo

Na última segunda-feira, 25, ele foi a algumas localidades atingidas, como o Sacavém, onde acompanhou a situação dos desabrigados e conversou diretamente com representantes do Governo Federal.

O auxílio proposto por Braide deve ser de um conjunto de ações do Governo Federal, Estadual e municipal.

2

Gil Cutrim apresenta Emenda à Reforma da Previdência e defende aposentadoria para trabalhadores rurais

Em sua estreia na Câmara Federal, Parlamentar maranhense presidiu os trabalhos da Casa e deu posse a novo deputado

 

O deputado federal Gil Cutrim (PDT) protocolou no Senado Emenda Complementar de sua autoria que altera dispositivos da Reforma da Previdência e garante ao trabalhador rural o direito à aposentadoria.

O objetivo do pedetista é suprimir os artigos 38-A e 38-B da lei 8.231/91, ambos contidos na Medida Provisória 871/19, elaborada pelo Governo Federal e que está tramitando no Congresso.

O texto original da MP que visa inibir fraudes no INSS, na avaliação do parlamentar, cria dificuldades nas garantias de aposentadorias do trabalhador rural.

Gil Cutrim explicou que, de acordo com as regras vigentes, é exigido do trabalhador do campo, no processo de aposentadoria, uma declaração fundamentada do Sindicato que o representa ou representava.

A intenção do atual governo, através da Reforma da Previdência, é tornar obrigatório que o referido documento seja substituído por uma autodeclaração do trabalhador que, por conseguinte, deverá ser homologada por uma entidade de assistência técnica e extensão rural.

“O que estamos constatando é uma perseguição ao trabalhador mais pobre. Perseguição, esta, que começou no governo passado e está se perpetuando no atual. Por falta de recursos, a presença dessas entidades no campo vem caindo a cada ano e certamente isso impactará diretamente na aposentadoria de quem mais precisa. É o Estado criando barreiras para os mais necessitados e não impondo uma fiscalização rigorosa aos grandes empresários”, afirmou.

“As alterações na legislação vigente são profundas e, neste caso, retiram do Sindicato dos Trabalhadores Rurais a sua competência para emitir declaração para comprovação da atividade por meio de uma declaração fundamentada da entidade representativa. Da forma apresentada, o governo direciona o regime da previdência para um aspecto meramente financeiro e não social”, completou.

No próximo dia 19, a bancada do PDT na Câmara e Senado irá se reunir com o presidente nacional do partido, Carlos Lupi, e com o ex-candidato à Presidência da República, Ciro Gomes.

Na oportunidade, os parlamentares discutirão a reforma proposta pela gestão Jair Bolsonaro.

Presidência

Gil Cutrim, nesta última quinta-feira (07), presidiu os trabalhos da Mesa Diretora da Câmara.

Na ocasião, o parlamentar maranhense deu posse ao deputado Eneias Reis (PSL-MG).

6

Votos sub judice podem mudar bancadas na Câmara e na Assembleia…

Pelo menos 57 mil votos foram contados em separado pela Justiça Eleitoral por que os candidatos estavam com problemas em seus registros; se estes votos forem validados pelo TSE, dois deputados estaduais e um deputado federal podem perder a vaga

 

Um total de 57.428 votos dados a deputado federal e estadual no Maranhão podem alterar a formação das bancadas partidárias na Câmara Federal e na Assembleia Legislativa.

Estes votos foram dados a candidatos que tiveram problemas em seus registros – e, portanto, não entraram na contagem oficial – mas podem ser validados em recursos no Tribunal Superior Eleitoral.

O atual deputado estadual Hemetério Weba (PP), por exemplo, obteve 32.328 votos contados em separado. Se eles forem validados no TSE, sua coligação confirmará a reeleição do deputado Edivaldo Holanda (PTC), tirando a vaga do pastor Cavalcante (Pros).

Outro caso envolve o PT e o PDT.

Sayd Zaidan, candidato pelo PT, teve 1.780 votos anulados. Se eles forem validos em recurso, garante a vaga ao também petista Luiz Henrique Souza; quem sai, neste caso, é Ricardo Rios, reeleito pelo PDT.

Na Câmara Federal, a mudança pode ocorrer se o TSE considerar válidos os 23.320 votos de Ricardo Murad (PRP). Neste caso, no cálculo dos quocientes eleitorais, quem ganhará a vaga será Volmer Araújo (PV), que assumirá no lugar de Juscelino Filho (DEM).

Todos estes casos devem ser julgados no TSE antes mesmo da diplomação, prevista para dezembro.

A posse dos eleitos na Câmara e na Assembleia acontece em 1º de fevereiro…

0

“Serei oposição a este governo”, disse Edilázio Júnior..

Deputado federal eleito reconheceu a vitória maiúscula de Flávio Dino, mas disse entender que os que o elegeram o querem na fiscalização do comunista lá em Brasília

 

Edilázio foi eleito deputado federal me terá postura de oposição ao governo Flávio Dino

O deputado estadual Edilázio Júnior (PSD), eleito para a Câmara Federal com mais de 106 mil votos no último domingo, afirmou que se manterá na oposição ao governador Flávio Dino (PCdoB) em Brasília, a partir de 2019, quando inicia mandato no Congresso Nacional.

O posicionamento do parlamentar ocorreu em sessão plenária na Assembleia Legislativa.

“Tenho que destacar a vitória maiúscula do governador Flávio Dino, mas os votos que tive sei que são daqueles que não concordam com o Governo que aí está. E assim manterei a minha postura e minha postura ideológica lá em Brasília. Serei oposição a esse Governo que aí está, fiscalizando e cobrando pelas melhorias do povo maranhense. Essa será a nossa postura a partir do dia 1º de fevereiro, lá em Brasília, trabalhando em prol do nosso Estado”, disse.

Além de assegurar um trabalho em busca de desenvolvimento para o povo do Maranhão, Edilázio aproveitou para agradecer a expressiva votação no pleito de domingo.

“Quero também agradecer aos mais de 106 mil maranhenses que acreditaram nessa nossa empreitada rumo à Câmara Federal e, graças a Deus, exitosa. E trabalharei muito para honrar todos esses que saíram de casa no 7 de outubro para votar no Deputado Edilázio para a Câmara Federal”, disse.

Edilázio também agradeceu aos colegas que firmaram parceria para a eleição em todas as regiões do estado. 

“Tenho que fazer um agradecimento especial, senhor presidente, aos meus colegas de Parlamento que muito me ajudaram para que eu tivesse êxito. Dentre os quais quero citar o Deputado Antônio Pereira, Deputado César Pires, Deputado Adriano Sarney, o Presidente desta Casa, Othelino Neto, Deputado Arnaldo Melo, todos foram essenciais para essa nossa grande vitória, essa nossa conquista”, completou.

Edilázio exerce o seu segundo mandato na Assembleia Legislativa, e cumprirá, a partir de fevereiro de 2019, o primeiro mandato na Câmara Federal.

0

Eliziane Gama participa de evento da Juventude na Câmara Federal…

Coordenadora da comissão especial de luta contra as drogas discute com os demais atores sociais o problema da violência no Brasil

 

 

Eliziane entre os representantes da Secretaria Nacional de Juventude: debate sobre violência

A Câmara Federal realiza, desde o início da manhã desta quarta-feira, 15,  evento da Secretaria Nacional de Juventude.

A programação conta com a presença da deputada federal Eliziane Gama (PPS), que coordena a comissão especial da Casa para o combate ao uso de drogas.

O encontro discutirá o mapa da violência no Brasil em 2016

Eliziane deve apresentar relatório das ações realizadas pela comissão em v´rios municípios maranhenses.

Durante o evento será apresentado o “Mapa da Violência no Brasil em 2016″…

1

“Rodrigo foi a melhor escolha”, diz Juscelino, sobre eleição na Câmara…

Coordenador da bancada maranhense na Câmara Feder4al foi um dos principais articuladores da campanha do democrata; e festejou a vitória do correligionário

 

Juscelino Filho (no círculo) comemorando a vitória ao lado de Rodrigo Maia

O deputado federal Juscelino Filho (DEM) comemorou a eleição do colega Rodrigo Maia (DEM-RJ) para o comando da Câmara Federal, na tarde desta quarta-feira, 2. 

– Rodrigo foi a melhor escolha – na opinião do deputado Juscelino Filho (DEM-MA), que acompanhou de perto toda a campanha.

– Ele é um parlamentar experiente, de conteúdo e que conhece bem os temas em discussão no parlamento. Tem espírito público, condições de diálogo com a sociedade e mais possibilidades para assumir novos compromissos com o Brasil, que tragam também benefícios para o Maranhão – enfatizou Juscelino Filho.

1

Imagem do dia: homenagem aos contabilistas…

hildo

A Câmara dos Deputados realizou nesta segunda-feira,25, Sessão Solene em homenagem ao Dia dos Contabilistas. A solenidade foi realizada por iniciativa dos deputados Hildo Rocha (PMDB/MA) e Izalci Lucas Ferreira (PSDB/DF). Além da presença dos autores do requerimento, o evento teve a participação do Presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Distrito Federal – CRC/DF, Adriano de Andrade Marrocos; do Vice-Presidente de Política Institucional do Conselho Federal de Contabilidade – CFC, Joaquim de Alencar Bezerra Filho; do Vice-Presidente DA Associação nacional dos Contabilistas do Poder Executivo Federal – ANACONTA, Fredson Ferreira Gomes; do Diretor de Tecnologia do SESCON/DF, Crisomário Pereira Marra; e do Presidente do Sindicato dos Contabilistas de Brasília – SINDICONTA/DF, Marcello José Moreira

1

Juscelino Filho: “vitória da redução da maioridade é do povo brasileiro”…

Juscelino, assumindo o voto "Sim" pela idade penal de 16 anos

Juscelino, assumindo o voto “Sim” pela idade penal de 16 anos

O deputado Juscelino Rezende (PRP) disse que a decisão da Câmara Federal, de reduzir a maioridade penal, de 18 para 16 anos, em caso de crimes hediondos – é uma vitória da sociedade brasileira.

Segundo o parlamentar maranhense, a decisão mostra que a Câmara está em sintonia com a opinião pública.

– A vitória da redução da maioridade penal é do povo brasileiro. Estamos em sintonia com a população. A ponderação que levou ao aperfeiçoamento da proposta original, que foi apresentada por uma emenda aglutinativa, será aplicada somente para crimes hediondos e essa sempre foi a minha opinião, sempre foi o que defendi. Me sinto à vontade, consciente e com o sentimento de dever cumprido por ter contribuído com o meu voto SIM para que os 308 votos necessários para a aprovação fossem alcançados. Todo o tempo defendi o cumprimento da pena em estabelecimento separado, com foco na reabilitação, educação formal e profissionalização do infrator. Quero também renovar o meu compromisso de manter meu mandato em defesa da vida em primeiro lugar – afirmou Juscelino Filho.

De acordo com pesquisa do Instituto DataFolha, 87% da população brasileira apoiam a redução da maioridade penal…