0

Imperatriz: prefeitura tranquiliza população sobre chuvas no feriado…

APESAR DO NÍVEL ALTO DO RIO TOCANTINS, a previsão não é de chuva para o feriadão

Na manhã desta quarta-feira, 17, o superintendente da Defesa Civil, Josiano Galvão acalmou a população acerca das chuvas para os próximos dias. Durante o feriado de páscoa, a previsão é de poucas chuvas e está descartada a possibilidade de nova enchente, principalmente nos bairros mais afetados pela chuva do último dia 04, a maior registrada nos últimos 10 anos.

A previsão de chuvas para este fim de semana está “entre 10 e no máximo 30 mm, o que pode alterar para mais ou para menos, afinal é uma previsão do tempo, e por isso pode mudar, mas nada que venha trazer prejuízos ou preocupação para a população, mais ainda aos que sofreram tanto no Parque Alvorada”, garantiu o superintendente.

Ele enfatizou para os moradores dos bairros mais afetados pelas enchentes, que as chuvas prometem ser leves, pois o período chuvoso está finalizando. Ele acrescenta que de acordo com equipe técnica do Consórcio Estreito Energia Usina Hidrelétrica Estreito, Ceste, a perspectiva é de baixar o nível do rio nos próximos dias.

O atual nível do Tocantins é de 3,74 m, com vasão de 2.880 m² por segundo.

0

Gestão Edivaldo intensifica obras para prevenir efeitos das chuvas..

Sob o alerta de risco de tempestades e alagamentos também durante o mês de abril, prefeito determina trabalho para prevenir transtornos e proporcionar mais qualidade de vida

 

HOMENS TRABALHAM EM ENCOSTAS DE MORROS EM BAIRROS com riscos de deslizes de terras

Desde as chuvas do domingo, 24 de março – que alagou praticamente todos os bairros de São Luís, destruiu encostas e provocou desabrigados – o prefeito Edivaldo Júnior (PDT) montou uma força-tarefa para prevenir novas tragédias.

E segue intenso no comando das equipes que realizam obras de contenção de encostas, desobstrução de bueiros e galerias, recuperação asfáltica e melhoria de drenagem em toda a cidade, como podem ser constatadas nas imagens que ilustram este post.

– Pessoal, a determinação é seguir trabalhando de forma intensiva para prevenir transtornos e proporcionar mais qualidade de vida e mobilidade à nossa população. A previsão é que este mês de abril seja de muita chuva em toda a região Nordeste – alertou Edivaldo, esta semana, em post nas redes sociais.

EQUIPES TAMBÉM TRABALHAM NO DESENTUPIMENTO DE GALERIAS E LIMPEZA DE BUEIROS para facilitar o escoamento das águas

Nesta semana, as equipes da prefeitura estão realizando obras de contenção de erosão na Rua Permínio Lindoso, no Sá Viana, além de manutenção asfáltica, desobstrução de galeria, limpeza de canal, capina e remoção de resíduos descartados irregularmente em diversos pontos da cidade.

– No local, na Rua Permínio lindoso, estamos realizando a contenção de encosta, feita com sacaria de solo-cimento, para evitar novos incidentes – contou o secretário de Obras, Atonio Araújo.

A RECUPERAÇÃO ASFÁLTICA DE RUAS E AVENIDAS garante também a mobilidade em dias de chuvas e após as enxurradas

Também estão sendo feitos reparos nas avenidas Jerônimo de Albuquerque, Daniel de La Touche, São Luís Rei de França, Lourenço Vieira da Silva e Miguel Vieira, no bairro São Cristóvão; e Rua da Inveja, no Centro.

Moradores de bairro como Coroado, Sacavém e São Cristovão também aguardam equipes da prefeitura, para estudos e realização de obras contra os crônicos alagamentos.

Os gestores da prefeitura também já garantiram que darão respostas imediatas a estas populações.

É aguardar e conferir…

0

Domingos Dutra decreta situação de emergência em Paço do Lumiar

O prefeito Domingos Dutra (PCdoB) decretou situação de emergência em Paço do Lumiar em decorrência dos estragos causados no município pelas fortes chuvas dos últimos dias. Com o decreto de emergência, o Município poderá fazer contratações de equipamentos, comprar bens e contratar serviços em caráter de emergência para reverter os danos causados à população, restabelecendo a normalidade. O decreto é válido por 90 dias, mas pode ser prorrogado.

Para concretizar a situação de emergência, é preciso a homologação do decreto pelo Governo do Estado, após o preenchimento de formalidades exigidas pela Defesa Civil Nacional, atos que estão em fase de finalização.

Na manhã desta quarta-feira, 3, o prefeito Domingos Dutra; o titular da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Urbanismo (Semiu), Walburg Ribeiro Neto, e o presidente da Agência Metropolitana, Lívio Corrêa, percorreram algumas vias do Conjunto Maiobão que foram bastante castigadas com as chuvas de terça-feira. O prefeito Dutra conversou com os moradores das áreas atingidas, se comprometendo a adotar medidas urgentes para garantir a mobilidade das pessoas, bem como ressarcir os danos materiais.
 
“Os serviços de contingência nessas vias já foram iniciados com o intuito de devolver a mobilidade das pessoas e veículos nessas ruas. Determinei ainda que a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes) cadastrasse as famílias que foram mais prejudicadas com as chuvas para providenciar o ressarcimento dos bens materiais que foram destruídos”, disse o prefeito.

Decreto

O decreto de situação de emergência de Paço do Lumiar já foi publicado no Diário Oficial do Município, faltando apenas a homologação por parte do Governo do Estado. A Prefeitura já realizou relatórios fotográficos das áreas atingidas, das escolas e unidades básicas de saúde danificadas. Todo esse material foi encaminhado para a Defesa Civil do Estado para a homologação da situação de emergência.

Somente nos dias 23 e 24 de março, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), choveu 236,2 milímetros, correspondentes a 51% da média de chuva normal para todo o mês de março deste ano, maior volume medido em 24 horas sobre a Ilha de São Luís em 48 anos. A previsão aponta um volume maior de chuvas para este mês de abril.

As chuvas já extrapolaram a capacidade de escoamento da rede pluvial provocando acúmulo de água nas vias públicas, bem como a deterioração de outras infraestruturas urbanas e rurais, afetando sobremaneira a mobilidade em diversas vias e estradas vicinais, abrindo crateras em várias localidades.

O conjunto Maiobão e povoados mais antigos como Mojó, Iguaíba e Pau Deitado, por exemplo, foram os mais atingidos. As chuvas também causaram prejuízos na área rural do Município, comprometendo a produtividade de diversas lavouras cultivadas.

“O decreto de situação de emergência tem o intuito de colocar em prática medidas urgentes para atender, emergencialmente, a população atingida, visando restabelecer a normalidade na vida das pessoas. Já recuperamos a Avenida 08 do Maiobão. Evitamos o colapso da Estrada do Mojó e já estamos recuperando as ruas 11, 135 e 139, que foram atingidas na terça-feira”, detalhou o prefeito Dutra.

0

Gutemberg Araújo manifesta preocupação com estragos causados pela chuva em São Luís.

Gutemberg demonstrou preocupação com a situação de atingidos pelas chuvas

 

Em reunião realizada na tarde desta quarta-feira, dia 27, na Câmara Municipal de São Luís, foram discutidos diversos assuntos relacionados ao plano emergencial desenvolvido pela Prefeitura da cidade para o enfrentamento dos estragos ocasionados pelas chuvas na capital.
O vereador Dr. Gutemberg Araújo (PRTB) demonstrou sua preocupação as pessoas atingidas pela chuva, inclusive com os moradores do bairro Matança, localizado entre os bairros Vera Cruz e Santa Cruz, e em especial com os estudantes que precisam atravessar todos os dias a ponte que fica naquela região para assistir as aulas nas escolas Sá Valle e no Cintra. Estiveram presentes, além dos vereadores, os secretários municipais Antônio Araújo (Obras e Serviços Públicos), Andréia Lauande (Assistência Social), Héryco Coqueiro (Segurança com Cidadania) e Jota Pinto (Articulação Política); além de coordenadores da Defesa Civil.
Em sua fala, o parlamentar fez uma comparação. ” O diagnóstico está feito: São Luís, como várias outras cidades, tem doenças e estamos vendo que uma dessas doenças agudizou. Quando você tem uma doença aguda, temos que pensar urgente no socorro ao doente. O cenário que assistimos é resultado de diversas  questões estruturais .
O vereador prosseguiu falando que vem estudando o assunto e tomado medidas objetivas.
“Levantamos todas as áreas de risco desta cidade, bem como todos os imóveis e prédios abandonados com risco de cair. Vamos apresentar esses dados aqui numa audiência que já solicitamos com a presença da Defesa Civil. Agora, muito mais que fazer o diagnóstico, devemos nos questionar o que devemos fazer para contribuir, pois acredito que este seja o ponto fundamental, diante de todo esse processo. Vamos levantar a presença do governo federal, estadual e municipal. O Brasil só passou a ter o Plano Nacional da Defesa Civil a partir de 2012. Esta é uma responsabilidade compartilhada entre três esferas de poder. A causa todos sabemos. Tenho conversado muito com o vereador Osmar Filho sobre esses temas que preocupam a cidade, como a ocupação desordenada, a agressão às matas ciliares, à nascente de nossos rios, o lixo acondicionado de forma irregular”, enumerou.
O vereador também reconheceu o trabalho do titular da Semosp, Antonio Araújo, por quem se disse ser sempre bem atendido. “”Algumas demandas não foram solucionadas, mas sei que foi por falta de meios”, afirmou. Reconheceu ainda o trabalho da Defesa Civil. “Tenho estudado o trabalho que este órgão desenvolve e sei que os servidores e servidoras são verdadeiros herois e heroínas. Desenvolvem uma tarefa herculea, a despeito de grandes dificuldades”
1

Após revelação do blog, cratera no Residencial Pinheiros é tapada…

Um dia depois de revelado que o buraco ameaçava uma residência na Avenida 1 – mesmo após inúmeras reclamações de moradores – obra foi realizada co concretagem do local

 

A IMAGEM NÃO DEIXA IDENTIFICAR se os trabalhadores são da prefeitura ou da Caema

O blog Marco Aurélio D’Eça publicou na terça-feira, 26, o post “Cratera ameaça casa no Residencial Pinheiros e chuvas agravam o problema…”.

Mostrava o drama de um morador que via sua residência em risco de ser engolida por um buraco gigantesco, mesmo depois de inúmeras reclamações e apelos de moradores aos órgãos públicos.

Além de publicar a matéria, o titular do blog encaminhou imagens da cratera para várias secretarias municipais, com a informação de que os moradores reclamavam de um jogo de empurra-empurra entre eles e a Caema.

O serviço foi realizado na manhã de ontem, como mostra a imagem acima, embora não seja possível identificar se os operários são da prefeitura ou da Caema.

Com esta ação, o blog Marco Aurélio D’Eça orgulha-se, mais uma vez, de poder contribuir socialmente com as comunidades de São Luís.

Mesmo lamentando que a coisa pública só ande após cobranças como esta…

0

Braide defende auxílio para moradores desabrigados pelas chuvas em São Luís

Parlamentar subiu à tribuna da Câmara Federal para dizer a ação de cada ente federativo deve amenizar as perdas dos atingidos

 

EDUARDO BRAIDE LEVOU O PROBLEMA DOS DESABRIGADOS de São Luís à Câmara Federal…

O deputado federal Eduardo Braide (PMN) subiu à tribuna da Câmara Federal, na tarde desta terça-feira, 26, para defender ajuda de toda União para auxiliar os atingidos pelas chuvas na região metropolitana de São Luís.

– É urgente que cada um faça a sua parte para amenizar as perdas dos atingidos e prevenir uma tragédia ainda maior – pregou Braide.

Braide tem atuado efetivamente no apoio às famílias de desabrigados em várias regiões de São Luís, sobretudo, nas áreas de maior risco.

…MAS ELE TAMBÉM JÁ HAVIA CONVERSADO diretamente com os atingidos pelas chuvas do último domingo

Na última segunda-feira, 25, ele foi a algumas localidades atingidas, como o Sacavém, onde acompanhou a situação dos desabrigados e conversou diretamente com representantes do Governo Federal.

O auxílio proposto por Braide deve ser de um conjunto de ações do Governo Federal, Estadual e municipal.

0

Cratera ameaça casa no Residencial Pinheiros e chuvas agravam o problema..

Buraco vem crescendo nos últimos meses, mas a Caema e a Prefeitura de São Luís não se entendem quanto a responsabilidade pela solução do problema

 

A CRATERA AVANÇA EM DIREÇÃO AO MURO DESTA RESIDÊNCIA, e praticamente isola a rua das demais do bairro

Uma cratera na Avenida 1 do Residencial Pinheiro, entre a Cohama e o Angelim, já ameaça derrubar uma residência da Rua 15.

O buraco, que surgiu no asfalto há alguns meses, foi crescendo com as chuvas e chegou ao limite do muro de uma das casas.

– Eu fui à Caema, uma equipe veio aqui, mas apenas olhou e disse que a responsabilidade é da prefeitura; Já fomos à Semosp e nada – reclamou um dos moradores da rua.

 

É POSSÍVEL VER PRÓXIMO AO BURACO UMA TAMPA DE BUEIRO DA CAEMA, que, no entanto, se exime de responsabilidades

Na tarde desta segunda-feira, 25, alertadas pelo blog Marco Aurélio D’Eça, equipes da prefeitura haviam prometido se deslocar à região.

O blog espera resposta dos moradores sobre a solução, que se repete em várias áreas de São Luís, diante do problema das chuvas…

0

Eduardo Braide leva esperança às comunidades após chuvas…

Deputado federal que lidera disputa pela Prefeitura de São Luís acompanhou problemas enfrentados pela população e acionou órgãos federais para amenizar destruição de casas e aparelhos públicos

 

NO SACAVÉM, EDUARDO BRAIDE conversa com moradores atingidos pelas chuvas em áreas de risco

O deputado federal Eduardo Braide (PMN) esteve nesta segunda-feira, 25, na região do Sacavém, uma das áreas mais atingidas pelas chuvas que assolam São Luís desde a madrugada do último domingo.

Mesmo sendo oposição à atual gestão municipal, o parlamentar pôs o mandato á disposição e já ligou para órgãos federais em busca de ajuda para a capital maranhense.

– É hora de todos darmos as mãos para a tomada de providências que amenizem a situação dos prejudicados e evite novas tragédias como a que ocorreu n Região Metropolitana – disse Braide.

O deputado informou que já acionou o Secretário Nacional de Defesa Civil, que já colocou o Governo Federal à disposição.

Líder nas pesquisas de intenção de votos na capital maranhense, Eduardo Braide fez questão de separar a situação política do momento de enfrentamento às consequências da chuva.

Mesmo assim, foi recebido com manifestações de esperança nas comunidades…

2

Após chuvas, Edivaldo monta força-tarefa para ações de emergência…

Prefeito acompanhou pessoalmente a situação em várias localidades atingidas em São Luís, cobrou ações imediatas de sua equipe e buscou também auxílio de outros órgãos

 

ACOMPANHADO DE SECRETÁRIOS, Edivaldo visitou locais de desabamento e alagamentos

O prefeito de São Luís, Edivaldo Júnior (PDT), passou todo o domingo, 24, em visita a localidades atingidas pelas fortes chuvas que caíram na madrugada causando transtornos e prejuízos.

Acompanhado de equipes da Defesa Civil e da limpeza urbana, Edivaldo reuniu áreas com desabamentos e alagamentos.

– Chove muito em São Luís desde ontem à noite [sábado]. Foram mais de 160 milímetros de chuvas nas últimas 12 horas. e muito superior ás chuvas de anos anteriores. Já determinei o levantamento de todas as necessidades que precisam ser atendidas – ressaltou o prefeito.

As chuvas destruíram casarões, derrubaram árvores e causaram diversos alagamentos em São Luís.

DURANTE REUNIÃO COM AUXILIARES, o prefeito determinou atendimento emergencial às pessoas atingidas

À tarde, reuniu o secretariado para avaliar as ações e definir estratégias para enfrentar o período de chuva, que deve durar até junho.

– Já determinei a retirada das famílias de áreas de ricos para abrigo  a agilidade no pagamento do aluguel social. Aumento de efetivo dos agentes de trânsito. Vamos continuar visitando as áreas e prestando toda a assistência às famílias – disse Edivaldo, em vídeo divulgado em suas redes sociais.

0

Alagados por chuvas de novembro, moradores do Altos do Calhau temem por novas enchentes…

Todas as casas da Rua Duque Bacelar, no condomínio que fica ao lado do Athenas Park, foram inundadas; quase dois meses depois, nenhuma providência foi tomada pelas autoridades

 

A marca de lama em um dos quartos revela até que altura a água subiu nas chuvas de 30 de novembro

Os moradores da quadra 11, da Rua Duque Bacelar, no Recanto dos Nobres, condomínio do Altos do Calhau, vivem há dois meses em um espécie de “vigília da angústia”, esperando pelas chuvas.

No dia 30 de novembro, no primeiro sinal de que o período chuvoso de 2019 será intenso e rigoroso, as casas desses moradores foram todas inundadas por uma espécie de mistura de água e esgoto.

Eles resolveram mandar fotos e vídeos ao blog Marco Aurélio D’Eça depois de um post, que denunciava um esgoto jorrando há quase três meses na região do Parque Athenas. (Relembre aqui)

Foi justamente este esgoto que invadiu as casas dos moradores da região.

– Para melhor entendimento, pelos bairros Recanto dos Nobres-Altos do Calhau (Rua Duque Bacelar), Parque Atenas, Vila Conceição e Quintas do Calhau, passa uma galeria que, corriqueiramente, está sendo fechada, tampada, obstruída por construções irregulares e pela falta de limpeza e manutenção. Tais construções não obedecem o plano de drenagem devido – explica o morador Vitor Augusto, morador da área.

Ele conta que, há 10 anos, quando chegou à área, a vala era aberta, mas a construção das demais casas, e, principalmente, “a construção irregular de centro comercial a vala foi completamente fechada”.

O drama dos moradores do Recanto dos Nobres se repete entre os bairros e conjuntos habitacionais da região do Cohajap, Parque Shalon, Altos do Calhau, Barramar, Quintas do Calhau e as vilas Conceição e Portelinha.

– Vale salientar que já fomos à Prefeitura (SEMOSP e Blitz Urbana) registrar a denúncia e solicitar as devidas providências, mas, infelizmente, nada foi feito até o presente momento – denuncia Vitor Augusto.

Todas as casas tiveram quase 1 metro de alagamento durante as chuvas do início e do fim de 2018; e nenhum serviço foi feito

E o drama de esperar, torcendo para que as chuvas demorem o máximo, vai angustiando os moradores em plena época de festas de fim de ano.

Em tempo: o esgoto denunciado neste blog, continua jorrando imundície, diante da omissão da Caema…