3

Uma cortina de fumaça na prisão de Temer…

Sob suspeita de ser uma represália do ministro Sérgio Moro ás críticas do presidente da Câmara, Rodrigo Maia,  prisão do ex-presidente – desnecessária para o processo – pode expor as entranhas da Lava Jato

 

SE CRÍTICAS DE MAIA LEVAM MORO A AGIR AUTORITARIAMENTE o pais se encontra sitiado

Muito petista comemorou com batidas no peito a prisão do ex-presidente Michel Temer (PMDB) nesta quinta-feira, 21.

Tolos; apenas tolos.

Assim como a prisão de outro ex-presidente – o petista Lula – a prisão de Temer tem elementos claros de manipulação, abuso de poder e represálias; e põe o hoje ministro da Justiça, Sérgio Moro, no centro do furacão.

Há suspeitas claras, avaliadas até mesmo no Palácio do Planalto, e sobretudo na Câmara dos Deputados, de que a prisão de Temer – e a o ex-governador Moreira Franco – tenha sido uma represália de Moro a Maia. (Leia aqui)

Moreira Franco é sogro de Maia, que, na condição de presidente da Câmara, havia criticado duramente a postura do ministro Sérgio Moro. (Entenda aqui)

Decretada pelo juiz carioca Marcelo Bretas, aliado de Moro na Lava Jato, tecnicamente, a prisão de Temer é desnecessária do ponto de vista processual, segundo avaliam juristas.

E se assim for, Moro terá que dar explicações.

A postura de Moro na Lava Jato tem sido questionada desde a sua implantação; autoritário, impulsivo e claramente parcial em suas decisões, o juiz foi exposto à opinião pública quando decidiu deixar a toga para ser político de Bolsonaro evidenciando seu posicionamento político.

A grave suspeita que agora recai sobre o ministro pode ser definitivo para um novo momento.

Como Sérgio Moro agora no centro do furacão…

0

“Haverá disputa pela presidência da Câmara”, garante Hildo Rocha

Deputado federal maranhense diz que há pelo menos sete interessados na vaga do atual presidente Rodrigo Maia; e que a formação de um bloco entre MDB, PTB e PP mudará a correlação de forças na disputa

 

Hildo Rocha mantém articulação em torno da formação do comando da Câmara Federal

Não será tão simples como se previu à primeira vista a corrida pela reeleição do atual presidente da Câmara dos deputados, Ropdrigo Maia (DEM-RJ).

De acordo com o deputado maranhense Hildo Rocha (MDB), há pelo menos sete interessados na disputa do cargo, alguns com forte poder de mobilização.

– Há nomes como o de Fábio Ramalho (MDB), Artur Lira (PP), Marcelo Freixo (PSOL) e Jota Agacê (PSB); além de outros que podem dividir bancadas, como kim Kataguiri (DEM), Capitão Augusto (PR) e um nome que deve surgir do PT – analisa Rocha.

Segundo o deputado maranhense, a formação de um bloco entre MDB, PTB e PP deve mudar a correlação de forças na disputa pelo comando da Câmara.

– As bancadas de MDB, PTB e PP juntas já garantem 83 deputados; é maior que a do bloco PDT/PCdoB/PSB, que reúne 69 parlamentares. E ainda podemos articular o PT (56 deputados) e o PSC (8); todas estas legendas, somadas, garantem 206 parlamentares – explicou o emedebista.

Hildo Rocha explica que a divisão dos postos da Câmara é feita levando em conta a proporcionalidade das bancadas. Este detalhe, com a formação dos blocos, levará Maia a ter que negociar com outras forças.

– Um exemplo é o PT: hoje, com a regra da proporcionalidade, o partido seria o primeiro a indicar a composição da Mesa e das comissões; e ficaria com a vice-presidência e o comando da CCJ – explicou.

Como um dos articuladores da bancada do MDB, o deputado maranhense deve permanecer em Brasília durante a maior parte do mês de janeiro.

E deverá sai desta articulação com importante cacife político na Casa…

2

Inelegibilidade de Brandão foi alertada a Flávio Dino por Rodrigo Maia…

Presidente da Câmara Federal que decidiu viajar para o Panamá a fim de evitar assumir a presidência – o que o tornaria inelegível – disse ao governador, para espanto do comunista, que seu vice ganhou o impedimento ao ficar no posto depois do dia 7 de abril

 

Rodrigo Maia com Flávio Dino e aliados no Palácio dos Leões; Carlos Brandão fora da foto

Até a sexta-feira, 20, nem o vice-governador Carlos Brandão (PRB), muito menos o governador Flávio Dino (PCdoB) se davam conta da inelegibilidade do primeiro no pleito de outubro.

Dino só tomou ciência da questão ao ser alertado pelo presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Foi Maia, durante a visita ao Palácio dos Leões, quem alertou Flávio Dino sobre o impedimento de seu vice ser novamente candidato, uma vez que assumiu o seu mandato depois do dia 7 de abril, o que é vedado pela Legislação Eleitoral. (Entenda aqui)

Surpreso com a revelação, o comunista tentou argumentar, mas Maia usou seu próprio exemplo para justificar.

Na semana passada, o presidente da República, Michel Temer (MDB), viajou ao Peru. Seu substituto imediato seria Rodrigo Maia, que recusou porque, neste caso, ficaria inelegível para qualquer outro cargo, a não ser o do próprio presidente.

Segundo na linha sucessória, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), também arranjou uma viagem, para evitar a inelegibilidade.

Coube à ministra Cármen Lúcia, presidente do STF, assumir o cargo de Temer, ainda que por apenas dois dias.

Diante dos argumentos de Rodrigo Maia, Flávio Dino teve que se render aos fatos; e passou, desde então, a buscar uma saída para Brandão e encontrar um novo vice.

Ou isso, ou enfrentar um bombardeio de ações judiciais durante a campanha…

0

José Reinaldo propõe ampliação da bancada do DEM…

Ex-governador articula com a colega de bancada Luana Alves a filiação ao partido, para mostrar força à cúpula nacional e garantir o controle da legenda no Maranhão

 

Em Brasília desde o início da semana, o deputado federal José Reinaldo Tavares (sem partido) decidiu jogar pesado pelo controle do DEM no Maranhão.

De acordo com o que apurou este blog, ele atua para levar para a legenda a deputada federal Luana Alves (atualmente no PSB), para dar demonstração de forças ao comando partidário.

Com a concretização da filiação de Luana, o ex-governador chegaria à legenda com maior força que o atual presidente regional e também deputado federal Juscelino Filho.

Tavares promete também a filiação de outros deputados e de vários prefeitos, fortalecendo a legenda no estado.

A filiação do deputado federal está prevista para o dia 10 de março.

E até lá, as articulações serão intensificadas.

De lado a lado…

0

No Maranhão, Juscelino Filho recebe Rodrigo Maia…

Nesta sexta-feira, 1º, o deputado federal Juscelino Filho (DEM) participou, na Assembleia Legislativa da solenidade que concedeu a Medalha Manuel Beckman ao presidente da Câmara dos Deputados, deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ).

A proposta do deputado estadual Stênio Rezende (DEM), subscrita pelos deputados também Democratas, Antônio Pereira e Cabo Campos, foi aprovada por unanimidade em sessão plenária.

– Rodrigo Maia trabalha com seriedade. Os Democratas de todo o país têm orgulho do trabalho que ele vem fazendo pelo Brasil. É um dos políticos mais influentes do nosso país, e tem conduzido a Câmara dos Deputados com bom senso e responsabilidade. Essa homenagem é mais do que merecida – salientou o presidente estadual do DEM.

Todos os oradores foram unânimes em destacar o equilíbrio, a firmeza e a coragem com que o homenageado vem conduzindo a agenda política neste momento delicado do país.

Com informações da Assembleia Legislativa

3

Stenio Rezende entrega Medalha Manuel Beckman a Rodrigo Maia…

Stênio Rezende entrega a medalha a Maia, ao lado de Othelino Neto e observado por Juscelino Filho

O Salão Nobre da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão recebeu na noite de sexta-feira, 1, diversos políticos e autoridades de destaque estadual e nacional, para acompanhar a solenidade que concedeu a Medalha Manuel Beckman, ao presidente da Câmara dos Deputados, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ).

A proposta solicitada pelo deputado estadual, Stenio Rezende (DEM), e subscrita pelos deputados Antônio Pereira(DEM) e Cabo Campos (DEM), havia sido aprovada por unanimidade em sessão plenária.

Na oportunidade, o deputado Stenio Rezende, entregou a honraria ao presidente da Câmara e em seu discurso relembrou a trajetória política e de vida de Rodrigo Maia, ressaltando os motivos que o fizeram ser merecedor da maior honraria do Poder Legislativo Maranhense.

“Rodrigo Maia iniciou sua carreira política ainda muito jovem e desde sempre observamos a seriedade e o empenho com o qual vem trabalhando, e conseguindo manter um diálogo equilibrado com todos. Em seu quinto mandato na Câmara dos Deputados, venceu a disputa pela Presidência da Casa em primeiro turno, com uma proposta alinhada ao projeto do governo federal – de resgate do equilíbrio fiscal a partir da aprovação de reformas estruturais para o Estado brasileiro”.

Em réplica, Rodrigo Maia agradeceu a iniciativa do deputado Stenio Rezende e a presença de todos, enfatizando o carinho pessoal que possui com o Maranhão, destacando a alegria em receber a homenagem e ressaltando a importância de uma boa política e em se discutir o Pacto Federativo.

“É uma alegria imensa voltar ao Maranhão e receber uma homenagem dessa, me orgulha muito! Hoje, se engana quem acha que a solução do país não passa pela política. Uma boa política se faz da própria política. Isso passa por um ponto muito importante: uma discussão verdadeira pelo Pacto Federativo. O Brasil não aguenta mais que Brasília concentre tanto poder. Esse poder concentrado prejudica uma boa ação nos nossos municípios e no nosso Estado”, destacou Maia.

A solenidade foi conduzida pelo presidente em exercício da Casa, deputado Othelino Neto (PCdoB) – que na oportunidade também concedeu o Título de Cidadão Maranhense ao presidente nacional do PDT, Carlos Lupi – e contou com presenças do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Jr.; do secretário de Estado de Articulação Política e Comunicação, Márcio Jerry; do chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares; prefeitos, membros do parlamento estadual e federal, como os deputados Juscelino Filho(DEM), Weverton Rocha(PDT), José Reinaldo Tavares(PSB), Rubens Pereira Jr (PCdoB) e Júnior Marreca (PEN).

1

Em encontro com Rodrigo Maia, Luciano Genésio busca solução para crise nos municípios

Acompanhado do deputado federal e pré-candidato a senador Waldir Maranhão, prefeito de Pinheiro recebe garantias do presidente da Câmara para atuação em favor das cidades

 

O prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio (Avante), se reuniu na semana passada, em Brasília, com o presidente da Câmara Federal Rodrigo Maia (DEM).

O convite para o encontro, um jantar, foi feito pelo próprio Maia. Genésio esteve acompanhado do deputado federal Waldir Maranhão (Avante).

– Diante de tamanha crise que os municípios brasileiros atravessam, estamos aqui em Brasília, juntamente com o deputado e pré-candidato a senador Waldir Maranhão, para buscar o apoio e caminhos alternativos na busca de soluções – disse Luciano Genésio.

Durante a o encontro, Luciano pediu o apoio do presidente da Câmara na busca de soluções para a crise econômica que hoje afeta todos os municípios maranhenses. Maia garantiu que irá se empenhar na busca dessas soluções, não só para os municípios maranhenses, mas para todos os municípios que passam por esse momento de crise.

O prefeito Luciano considerou o encontro uma grande oportunidade para discutir caminhos alternativos que possam resultar em soluções a médio e longo prazo para esta que já é considerada a maior crise econômica e política do nosso país.

3

O Estado é Flávio Dino?!?…

Ao agir como advogado particular do governador para intimidar jornalistas, procurador-geral do Estado se impõe acima da lei e reforça o autoritarismo comunista no Maranhão

 

De postura arrogante, Maia humilha até coronéis PMs

Comandada pelo advogado Rodrigo Maia, a Procuradoria-Geral do Estado tem se transformado em uma espécie de advocacia cartorial do governador Flávio Dino (PCdoB). É a PGE, sob o comando de Maia, quem exerce as funções de advogado de Dino, usando equipamentos e pessoal público até para pedir direito de resposta a textos e matérias que façam críticas ao comunista.

Têm sido recorrentes as correspondências deste tipo, via Correios, assinadas por Maia – inclusive para O Estado – o que, na visão de advogados renomados, é, por si só, um crime de lesa estado, uma ação de improbidade caracterizada.

Se Flávio Dino tem diferenças a esclarecer com jornais, blogs ou qualquer tipo de publicação em que ele se sinta ofendido em sua honra, cabe a ele e a seus advogados pessoais as ações necessárias. Mas ao procurador-geral do estado não cabe servir como defensor pessoal de Dino – espécie de garoto de recados.

À Procuradoria-Geral do Estado cabe defender os interesses do estado como ente federativo, e não do governador como cidadão. Nem mesmo o autoritarismo de Rodrigo Maia – já caracterizado na tentativa de prender um coronel da PM que ousou abordá-lo em frente ao Tribunal de Justiça – dá a ela a autoridade de se arvorar de advogado de Flávio Dino.

Ao usar a PGE para servir aos interesses pessoais de Flávio Dino, o procurador está em pleno exercício do abuso de autoridade.

E deve ser freado o mais rapidamente possível…

Da coluna Estado Maior, de O EstadoMaranhão

0

Andrea Murad vai denunciar Rodrigo Maia por crimes contra o estado…

Deputada diz que procurador-geral do estado usa estrutura pública para servidor como advogado do governador Flávio Dino no covarde papel de intimidador da imprensa

 

A crítica de Marcos Lobo: autoritarismo

A líder da oposição na Assembleia Legislativa, deputada Andrea Murad (PMDB), considerou acintosa a atitude do procurador-geral do Estado, Rodrigo Maia Rocha, ao distribuir pedido de Direito de Resposta, prestando assistência jurídica individual, com recursos públicos, ao governador Flávio Dino.

A parlamentar vai denunciar Maia ao Ministério Público, à própria PGE e à Justiça.

– Essa nota da Procuradoria-Geral do Estado que li publicada como direito de resposta nos blogs dos jornalistas Zeca Soares, Marco D’Eça e Gilberto Leda é um acinte, um escárnio e uma desmoralização aos procuradores, que precisam reagir em defesa de sua instituição. Vou representar contra Rodrigo Maia e Flávio Dino, mas espero que o presidente da Associação dos Procuradores do Estado também reaja com força contra essa violência praticada pelo procurador-geral que quer utilizar o órgão para censurar e intimidar a imprensa assim como vem fazendo com os adversários do governador – afirmou a deputada. (Veja aqui a nota do procurador)

Para a deputada, está claro que Rodrigo Maia está transformando a procuradoria em escritório particular de Flávio Dino.

– Uma violência, uma ilegalidade, uma vergonha que precisa ser severamente punida – escreveu Andrea nas redes sociais.

O procurador do estado usou a estrutura, servidores e equipamentos públicos para fazer defesa em nome da honra pessoal do governador Flávio Dino, acusado de receber propina de um executivo da Odebrecht.

A atitude de Maia foi criticada também pelo ex-procurador do estado Marcos Coutinho Lobo, que provocou:

– O procurador decretou: “o Estado sou eu”. Eis, o Luis XIV, de verdade, do Maranhão.

Para Andrea Murad, o pedido de resposta teria que ser pessoal, de Flávio Dino, ou por intermédio de advogados particulares.

– Esse tipo de defesa não cabe à Procuradoria Geral do Estado – explicou a deputada…

0

Maranhenses fizeram campanha forte para a reeleição de Rodrigo Maia…

Juscelino Filho, José Reinaldo Tavares e André Fufuca atuaram entre os colegas maranhenses pelo apoio ao deputado democrata e devem ter lugar de destaque na gestão

 

José Reinaldo, Juscelino e Fufuca em recente encontro de articulação com os colegas da bancada maranhense

Os deputados federais José Reinaldo Tavares (PSB), Juscelino Filho (DEM) e André Fufuca estão mais fortes na Câmara Federal.

Os três deputados somaram bastante nos bastidores para a reeleição do presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Juscelino é presidente do DEM no Maranhão, Tavares fez campanha intensa por Maia  no Maranhão, ao lado também de Fufuca.

Este último foi eleito, inclusive, segundo vice-presidente da nova mesa diretora.