0

Corpo de Bombeiros já alerta para perigos das chuvas…

Comando-Geral da corporação no Maranhão já traçou as diretrizes para atuação contra os riscos causados pelas precipitações em todo o Maranhão, principalmente nas áreas sujeitas a inundações, deslizamentos e desabamentos; nível de chuva desde os primeiros dias de janeiro preocupa Defesa Civil

 

Bombeiros vistoriam condomínio no Turu que teve parte da estrutura destruída pelas chuvas; alerta é a para todo o Maranhão

O Corpo de Bombeiro Militar do Maranhão iniciou desde os primeiros dias de 2024 uma série de vistorias em prédios, condomínios e áreas sujeitas a deslizamentos na Grande São Luís e em vários municípios do interior; o CBMMA alerta para os riscos com o período de chuvas, que promete ser intenso.

– Nos primeiros dias de 2024 o volume de chuvas chegou a 65 milímetros em 24 horas, o que é alto – alertou o comandante dos Bombeiros, coronel Célio Roberto Araújo.

Na virada do ano, um muro de contenção de um condomínio, localizado na avenida General Artur Carvalho, no Turu, desabou; área foi isolada, o colapso da estrutura danificou três casas de bombas das cisternas do condomínio. Não houve feridos.

No balanço de 2023, o Corpo de Bombeiros registrou situação de emergência em 80 municípios maranhenses por causa das chuvas intensas; além de monitorar as áreas os Bombeiros deram capacitação técnica a guardas municipais par atuação durante as chuvas.

– A Defesa Civil Estadual permanece com o trabalho de monitoramento de desastres e suporte aos municípios – afirmou o coronel Célio Roberto.

0

Bombeiros maranhenses atuam em missão no Rio Grande do Sul…

Os majores Fernando Fernandes e Cláudio Rodrigues – que são especialistas em Proteção e Defesa Civil e integram o Grupo de Apoio a Desastres (GADE), órgão do Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional – fazem parte de equipe interestadual que auxilia nas ações contra os temporais que atingem o estado

 

Os bombeiros maranhenses em ação nas cidades do Rio Grande do Sul assoladas por ciclones e tempestades

Dois oficiais do Corpo de Bombeiros do Maranhão estão atuando no Rio Grande do Sul, no combate aos efeitos das enchentes que assolam aquele estado.

Os majores Fernando Fernandes e Cláudio Rodrigues são especialistas e Proteção e Defesa Civil, e integram um grupo do Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional para apoio em desastres.

– O Governo do Maranhão empenha-se em garantir apoio nesse momento de necessidade no Rio Grande do Sul, o compromisso e ação eficiente dos bombeiros maranhenses com a ajuda humanitária – pontuou o coronel Célio Roberto Araújo, comandnafe do Corpod e Bombeiros do Maranhão.

Pelo menos 104 municípios gaúchos foram atingidos pelas enchentes e inundações das últimas semanas

O Rio Grande do Sul vive um dos piores momentos de sua história, assolado por enchentes, tempestades e ventanias que atingiram 104 municípios gaúchos. Até o momento, foram 48 óbitos, nove desaparecimentos, 3.130 pessoas resgatadas, 943 feridos e quase 25 mil pessoas desabrigadas ou desalojadas.

No Maranhão, o coronel Célio Roberto coordena a ação dos oficiais, que fazem levantamento de danos e prejuízos, além de captar recursos para as populações dos municípios atingidos.

Os majores Fernando Fernandes e Cláudio Rodrigues com põem equipe com militares também de Alagoas, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

0

Bombeiros recebem mais 8,5 mil cestas básicas para entrega a desabrigados…

Em evento da Campanha “S.O.S Enchentes – Empresa Solidária”, na última terça-feira, 23, comandante da corporação, coronel Célio Roberto Araújo – que representou o governador  Carlos Brandão – falou das estratégias de auxílio às vítimas de enchentes, que já distribuíram 42 mil cestas básicas e 47 mil colchões em todas as regiões do Maranhão

 

Empresários encaminharam ao comandante dos Bombeiros a doação de mais 8,5 mil cestas básicas aos desabrigados

O Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão recebeu na última terça-feira, 23, mais um lote de 8,5 mil cestas básicas doadas pela campanha “SOS Enchentes-Empresa Solidária”, organizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Maranhão (Fecomércio-MA).

Representando o próprio governador Carlos Brandão (PSB) no evento, o comandante do CBMMA, coronel Célio Roberto Araújo, fez um balanço das ações em favor dos desabrigados até o momento.

– Ao todo, já são 42 mil cestas básicas, 47 mil litros de água mineral e outros itens de material de limpeza – explicou o oficial bombeiro.

O encontro marcou a 4ª entrega de donativos à campanha solidária. Entidades empresariais que representam os segmentos do Comércio, Indústria, Agricultura e Turismo, em parceria com dezenas de empresas maranhenses, renovaram o apoio para minimizar os impactos causados às populações atingidas pelas enchentes.

– Nesta 4ª fase de doações, serão entregues ao Governo do Maranhão mais 8,5 mil cestas básicas e dezenas de colchões – disse o comandante do CBMMA. 

A Mobilização S.O.S Enchentes é formada, além do Sistema Fecomércio, Sesc/Senac, pelo Corpo de Bombeiros, Federações da Indústria (Fiema), da Agricultura e Pecuária (Faema), da Câmara de Dirigentes Lojistas (FCDL), das Associações do Comércio e Indústria de Imperatriz (ACII), Comercial do Maranhão (ACM), de Jovens Empresários (AJE), de Supermercados (Amasp), de Criadores (Acem) e Centro das Indústrias do Maranhão (Ciema).

0

Corpo de Bombeiros já entregou quase 400 mil donativos aos atingidos pelas chuvas

Institutição que atua na prevenção das enchentes e no auxílio aos desabrigados distribui cestas básicas, água mineral e colchões em diversos municípios que sofrem com a chie de rios e com áreas de alagamento no pérfíodo chuvoso em todo o Maranhão

 

Militar distribui água e alimentos a famílias atingidas pór cheias de rios no interior maranhense

O Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão já entregou exatos 398.050 itens em donativos em todas as regisões do maranhão aos atingidos pelas chuvas no estado.

As ações chegaram a 73  municípios.

Foram beneficiadas nada menos que 8.663 famílias desabrigadas ou desalojadas por conta das fortes chuvas que atingiram o Maranhão nas últimas semanas.

– Essa parceria do Governo do Maranhão e classe empresarial, idealizada pelo governador Carlos Brandão, se materializa e se fortalece com essa expressiva doação de cestas, colchões e kits de higiene aos maranhenses que sofem com este período chuvoso. Significa também um importante gesto de solidariedade e nos faz lembrar do lema que evidencia a participação de todos em ações de acolhimento: Defesa Civil somos todos nós – frisou Célio Roberto.

Militar dos Bomberios chega às regiões mais difícies do Maranhão neste período de chuvas

No total, já foram distribuídas com apoio de militares do Corpo de Bombeiros 291 mil refeições, 39,3 mil cestas básicas, 64 mil litros de água mineral, em galões de 20 litros e 3,7 mil colchões, chegando a um quantitativo de 398,05 mil itens em donativos.

São distribuídas também referições diárias pela rede de Restaurante Popular…

0

Brandão inclui Bacabal em decreto de emergência das chuvas

Pedido foi feito por deputados que atuam na região, entre eles o emedebista Roberto Costa; cidade tem mais de 1.200 pessoas desabrigadas

 

O deputado estadual Roberto Costa (MDB) agradeceu o Governo do Maranhão pela inclusão de Bacabal no novo decreto de situação de emergência por causa das enchentes no estado.

Neste fim de semana, o parlamentar uniu forças com o prefeito Edvan Brandão, com o deputado Davi Brandão, vereadores e a comunidade para ajudar no deslocamento de centenas de famílias das áreas alagadas, como o bairro da Trizidela.

“Junto com o deputado Davi, nós solicitamos que o governador decretasse o estado de emergência também para Bacabal, para que facilitasse o envio de ajudas, colchonetes, cestas, estrutura, para ajudar o trabalho que o prefeito já tem feito. Brandão atendeu o nosso pedido e vamos reforçar essa luta para minimizar o sofrimento da população”, disse Roberto Costa.

Mais de 1200 pessoas foram retiradas de áreas atingidas. São 11 abrigos recebendo os moradores, segundo dados da Prefeitura de Bacabal. Outros problemas como falta de energia e corte no abastecimento de água ocorreram por causa da cheia do Rio Mearim neste fim de semana, mas foram resolvidos após reunião com a superintendência da Equatorial e o diretor do SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto).

“O abastecimento de água para o Centro de Bacabal foi prejudicado por causa da suspensão da energia para o SAAE, devido à enchente. Postes de média tensão estão debaixo d’água e vinham colocando em risco a segurança dos moradores. Mas os técnicos da Equatorial conseguiram dar uma alternativa, a energia voltou a ser ligada e o abastecimento da água estará normalizado até a noite de domingo”, explicou Roberto Costa.

Participaram da reunião o superintendente da Equatorial, Guilherme Medina, o diretor-geral do SAAE, Almir Jr, o presidente da Câmara de Vereadores, Melquíades, e representantes da Prefeitura de Bacabal. Ainda no domingo, os deputados visitaram moradores do Bairro Santos Dumont, outro ponto de alagamento em Bacabal.

2

Roseana na luta em favor das vítimas das enchentes

Nomeada coordenadora de uma comissão externa da Câmara Federal para enfrentamento dos efeitos das chuvas, deputada federal maranhense já esteve com o ministro Alexandre Padilha e espera por ajuda federal aos municípios atingidos

Roseana entra na linha de frente da luta em favor das vítimas da chuva no Maranhão

A deputada federal Roseana Sarney (MDB) esteve esta semana com o ministro de Relações Institucionais Alexandre Padilha em busca de ajuda para os municípios atingidos pelas chuvas no Maranhão.

Roseana já vinha atuando em favor das vítimas das enchentes, mas sua missão ganhou ares oficiais após ela ser nomeada coordenadora de uma comissão externa da Câmara Federal para enfrentamento doa efeitos das chuvas.

– Tenho me mantido como porta-voz desta triste situação que aflige mais de 35 mil famílias maranhenses – disse a deputada.

Como ex-governadora do Maranhão, Roseana conhece a dificuldade dos municípios nos períodos chuvosos.

Como coordenadora da comissão, ela tem, portanto, cacife para saber onde buscar ajuda.

E esperar pelos resultados…

1

Lula visitará áreas de enchentes no Maranhão

Presidente deve percorrer neste domingo, 9, a região de Pedreiras, Bacabal, Pindaré e Arari onde as chuvas têm deixado desalojados e desabrigados

 

Lula deve percorrer de helicóptero as áreas inundadas no Maranhão

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deve visitar neste domingo, 9, as áreas inundadas no Maranhão por causa das chuvas.

Lula deve percorrer de helicóptero os municípios de Pedreiras, Bacabal, Pindaré e Arari, os mais atingidos.

As chuvas que assolam o Maranhão nestes meses de março e abril têm destruído áreas inteiras, com várias famílias desalojadas ou desabrigadas.

Durante a estada no Maranhão, Lula deve anunciar ajuda do Governo Federal.

0

Brandão acompanha Bombeiros em visita a atingidos pela cheia do rio Pindaré

Ao lado do comandante da Corporação, coronel Célio Roberto Araújo, governador percorreu áreas da cidade de Monção e recebeu informações sobre desabrigados em São Luís Gonzaga,  Pindaré, Trizidela do Vale Pedreiras e Bacabal

Brandão é recebido em Monção por militares das forças de segurança que monitoram a situação do rio Pindaré

O governador Carlos Brandão (PSB) percorreu de barco nesta quarta-feira, 29, o rio Pindaré, na região da cidade de Monção.

Acompanhado do comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Célio Roberto Araújo, Brandão viu as áreas inundadas e recebeu informações sobre vítimas das cheias.

Em Monção, até o momento, há 160 famílias atingidas. São 60 desabrigadas e 100 desalojadas – explicou o coronel Célio Roberto.

Ao lado do coronel Célio Roberto, Brandão percorre, de barco, o rio Pindaré

Brandão tem cronograma de visitas também a outros municípios atingidos pelas enchentes.

Ele deve visitar Pedreiras, Trizidela do Vale, São Luís Gonzaga, Pindaré e Bacabal.

0

Governo Brandão intensifica ações contra efeitos da chuva

Acompanhado dos titulares da Secretaria de Infraestrutura e do comando do Corpo de Bombeiros, governador visitou pontos críticos na região da Grande São Luís, anunciou medidas em municípios do interior e garantiu a presença efetiva do Comitê de Combate às enchentes

 

Aparício Bandeira conversa com Carlos Brandão e Célio Roberto em ponto de alagamento na Grande São Luís

O governador  Carlos Brandão realizou no último domingo, 19, uma vistoria in loco nos trabalhos que o Comitê Gestor de Combate às Enchentes realiza em pontos críticos na Grande São Luís.

Acompanhado do secretário e Infraestrutura Aparício Bandeira, do comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Célio Roberto Araújo, do presidente da Caema, Marco Aurélio, Brandão viu os efeitos dos serviços realizados pelo comitê.

– Desobstrução de galerias e riachos, tanto na na região metropolitana quanto no interior, está dando efeito – garantiu o coronel Célio Roberto, testemunho confirmado por um dos moradores na região do Anil.

Além do Anil, Brandão e os seus auxiliares visitaram as regiões da Maioba, Renascença, Maiobinha. O governador garantiu que as ações serão realizadas também no interior do estado.

– São 20 municípios que a gente decretou estado de emergência. Todos estão sendo assistidos com cesta básica, medicamentos; famílias são retiradas das áreas de riscos e garantem colchoes e outros itens básicos – afirmou.

Foram visitados vários pontos de alagamento em São Luís durante o domingo

De acordo com Aparício Bandeira, o trabalho se desenvolve também nas rodovias, tanto as estaduais quanto as municipais.

– A determinação do governador é que a gente atue rapidamente na recuperação das rodovias – disse Bandeira.

O trabalho da Caema no comitê é garantir a qualidade da água servida aos maranhenses, mesmo nas áreas de enchentes e alagamentos.

O comitê está de prontidão desde o início das chuvas.

E deve permanecer até o fim do período chuvoso…

0

Bombeiros vão liderar comitê de assistência a vítimas das chuvas

Comissão criada pelo governador Carlos Brandão vai atuar na prevenção e na assistência às populações mais vulneráveis ao período chuvoso, que se apresenta acima da faixa da normalidade neste período no Maranhão

 

Com treinamento adequado para atuação nos momentos de enchentes e alagamentos, Bombeiros vão coordenar ações de assistência ás vítimas das chuvas

O governador  Carlos Brandão (PSB) anunciou na tarde desta quarta-feira, 25, a criação do Comitê Gestor de Prevenção e Assistência às Populações Vítimas das Chuvas (CPAV) para promover medidas de prevenção e reparação de danos causados pelas chuvas.

Sob a liderança do Corpo de Bombeiros, que já tem realizado treinamento intensivo para atuação nas enchentes em todo o estado, o comitê dará assistências às populações mais vulneráveis durante o período.

– Os indicativos de chuva estão acima da faixa da normalidade e, com isso, tomaremos medidas de contingência para a Região Metropolitana de São Luís e também para interior do estado – informou o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Célio Roberto Araújo.

O comitê terá participação dos órgãos de segurança e ambientais do governo Carlos Brandão, que assinou o decreto de criação

O governador Carlos Brandão firmou o compromisso com as pessoas afetadas pelas chuvas ao assinar o decreto CPAV.

– Não podemos desamparar quem mais necessita de ajuda nesse período chuvoso. O decreto vai reparar os estragos das chuvas e socorrer quem mora em zona de risco – declarou.

Além dos Bomverios, o comitê terá participação da Caema, que agirá na desobstrução das redes de água e esgoto…