0

Mas, afinal, por que Braide demitiu seus auxiliares na Cultura?!?

Inseguro pela simples divulgação de que havia feito um contrato com o “Instituto Juju e Cacaia” prefeito demitiu chefe de gabinete, assessor jurídico e até o próprio secretário da pasta, sem que nenhuma revelação tenha sido feita sobre irregularidades; agora, o próprio prefeito revalida o contrato com a instituição; e Marquinho Duailibe, Aulinda Lima e Jean Felipe Martins serão recontratados?

 

Marquinho Duailibe foi uma das vítimas da reação de Eduardo Braide a um contrato que nem o próprio prefeito sabia por que existia

Análise da Notícia

O prefeito Eduardo Braide (PSD) não consegue explicar sua reação ao contrato de sua gestão com o “Instituto Juju e Cacaia” para gerenciamento do carnaval 2024 em São Luís; desde a simples revelação de que o acordo existia – no valor de quase R$ 7 milhões – o prefeito entrou em parafuso e tomou diversas atitudes tresloucadas. (Relembre aqui, aqui, aqui e aqui)

Repita-se: nenhum órgão de imprensa, nenhum blog ou jornal, nenhuma instituição de controle ou de investigação apontou qualquer irregularidade no contrato, apenas fez a divulgação.

Mesmo assim, o prefeito primeiro determinou a suspensão do contrato, depois demitiu dois auxiliares da Secretaria de Cultura – a chefe de gabinete Aulinda Lima e o assessor jurídico Jean Felipe Martins; por último, exonerou o próprio secretário de Cultural Marco Duailibe, sem nenhuma explicação para as demissões.

Nesta quinta-feira, 8, o Ministério Público decidiu recomendar à prefeitura que recontratasse a “Juju e Cacaia”, após não encontrar nenhuma irregularidade em seu cadastro e nem no contrato com a prefeitura; e a imprensa noticia nesta sexta-feira, 9, que Braide aceitou sem questionar recontratar o instituto e revalidar o contrato de quase R$ 7 milhões.

Conclusão: o prefeito de São Luís expôs, de uma só vez, tanto o “Instituto Juju e Cacaia” quanto três dos mais graduados auxiliares de sua gestão; por isso, o prefeito tem obrigação de explicar à opinião pública:

Por que demitiu Marco Duailibe, Aulinda Lima e Jean Felipe Martins????

0

Paulo Victor comemora sucesso do carnaval: “que venham outras missões”…

Presidente da Câmara Municipal de São Luís elogia os aliados Yuri Arruda e Abimael Berredo, que comandam a Secretaria de Estado da Cultura, agradece ao governador Carlos Brandão e ao “valoroso exército de homens e mulheres lapidados no fogo do bem”

 

Paulo Victor e seus aliados no alto de um trio na Litorânea tomada por um “mar de gente”; sucesso do carnaval reconhecido

Foi do alto de um trio elétrico no Circuito Litorânea que o presidente da Câmara Municipal Paulo Victor (PCdoB) agradeceu o sucesso do carnaval maranhense em 2023.

Ao lado dos aliados Yuri Arrruda e Abmael Berredo, que comandaam a Secretaria de Estado da Cultura, Victor não apenas agradeceu ao governador  Carlos Brandão responsabildiade confiada a si, ams também a todos os que o auxilairam na missaõ.

– Que venham outras missões – disse ele, em suas redes sociais.

Paulo Victor viveu os cinco dias de folia em São Luís, sempre nos circuitos populares.

Foi à Beira-Mar, acompanhou Carlos Brandão na Litorânea, participou do desfile das escolas de samba e frequentou os bairros em vários blocos populares.

Sobre Brandão, disse:

– Um Líder que Deus me deu! Gratidão irmão, por toda confiança, instrução e responsabilidade. Seus liderados sabem que podem ousar com probidade e avançar com resistência.

O presidente da Câmara se consolidou neste carnaval como uma liderança emergente, cada vez mais presente no imaginário popular.

E as novas missões devem lhe ser delegadas já a partir da próxima semana…

1

Sobre o novo circuito do carnaval maranhense…

Secretaria de Cultura anuncia a criação do espaço Rio Bacanga, com  objetivo de descentralizar o período de folia momesca; mas corre o risco de “canibalizar” o Circuito Beira Mar, uma das mais bem sucedidas inciativas carnavalescas

 

O belo Circuito Beira Mar do Carnaval maranhense: sucesso de público e de crítica que precisa ser mantido para virar tradição

O secretário de Cultura Anderson Lindoso anunciou a criação de mais uma área pública para realização do Carnaval de São Luís em 2020.

O Circuito Rio Bacanga – Avenida Vitorino Freire – vai levar artistas locais e atrações nacionais, como a banda Saia Rodada e o cantor Mano Walter.

A iniciativa é louvável, mas corre o risco de canibalizar o Circuito Beira Mar, talvez a mais bem sucedida sacada para o Carnaval de São Luís desde o final dos anos 90, quando a festa maranhense tinha, inclusive, flash’s nacionais ao vivo nas grande redes de TV.

O Circuito Beira Mar reúne, ao mesmo tempo, a beleza do Centro Histórico de São Luís e uma das orlas marítimas mais bonitas do país, nos moldes do circuito Barra Ondina, em Salvador (BA).

Criado em 2018, o novo circuito levou multidões nos ano seguintes, consagrando-sse como a principal opção do Centro Histórico no carnaval de 2019.

É fundamental que mantenha programação de alto nível em 2020…

Confira aqui a programação do pré-carnaval de São Luís

2

Flávio Dino mantém Galdino na Secretaria de Cultura…

Especulação dos últimos dias, de que a pasta seria entregue ao PR ou ao DEM foi descartada pelo governador em entrevista no Palácio dos Leões

 

Assim como Felipe Camarão, na foto com os dois, Diego Galdino tem a confiança de Flávio Dino

O governador Flávio Dino (PCdoB) descartou em entrevista nesta terça-feira, 19, no Palácio dos Leões qualquer possibilidade de mudança na Secretaria de Cultura e Turismo (Sectur).

“Ele [ Diego Galdino] fica até o dia 31 de dezembro de 2018. Não sei de onde partiram essas informações”, disse o governador.

Nos últimos dias, a pasta vinha sendo alvo de partidos interessados em compor o governo comunista em troca de apoio nas eleições de 2018.

O PR e o DEM chegaram a  ser anunciados como prováveis indicadores do novo secretário.

A chancela de Flávio Dino mostra o prestígio do secretário no setor…