1

Pesquisa aponta os favoritos pra vereador em São Luís

Por Antonio Martins

Pesquisa realizada pelo Instituto Interpreta, em parceria com a TV Guará, entre os dias 19 a 21 de outubro, em nove áreas da capital  de São Luís, aponta os candidatos a vereador preferidos pelo eleitorado. Entretanto, esses nomes não podem ser considerados aqueles que vão efetivamente ocupar as 31 vagas na Câmara Municipal de São Luís. Isso porque a Justiça Eleitoral tem uma fórmula para calcular quantas cadeiras cada partido terá direito.

A conta envolve, além do número de votos de cada candidato, a totalidade da votação de cada legenda, de forma a garantir a proporcionalidade e a participação de segmentos minoritários da sociedade. Além disso, ainda não é possível saber quantos candidatos vão disputar o pleito na capital, o que determina uma disputa de nomes por vaga. No entanto, a eleição proporcional é praticamente um vestibular de curso considerado concorrido.

Dos 31 atuais vereadores, apenas o vereador Honorato Fernandes (PT), vice de Rubens Júnior (PCdoB), e a vereador Bárbara Soeiro (PSC) não vão tentar permanecer por mais quatro anos no Legislativo. Bárbara , por exemplo, será substituída pelo filho, Octávio Soeiro (Podemos). Mas a tarefa pode não ser fácil, pois o herdeiro está filiado a um partido com três vereadores que buscam a renovação do mandato: Sá Marques, Chaguinhas e Marcial Lima.

O Instituto Interpreta entrevistou 1.000 eleitores e o intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro é de 3%. A pesquisa foi registrada no TSE em 19/10/2020, com número de identificação MA-01301/2020.

OS MAIS LEMBRADOS

A pesquisa perguntou aos entrevistados quem eles votariam para vereador de São Luís. O vereador mais citado foi Astro de Ogum, com 5,6% das intenções. Em seguida, apareceu Osmar Filho (3,7%), Nato Júnior (3,5%), André Campos (3,2%) e Rosana da Saúde (2%).

7

DataIlha aponta segundo turno em São Luís…

Pesquisa divulgada nesta quarta-feira pela TV Band mostra forte crescimento de Neto Evangelista, que já empata tecnicamente com Duarte Júnior pelo direito de disputar um confronto direto com Eduardo Braide; Rubens Júnior também cresce

 

Eduardo Braide deve disputar um segundo turno com Duarte Júnior ou Neto Evangelista, que acirraram a disputa pelo segundo lugar, assim como previu o blog Marco Aurélio D’Eça

Faltando menos de um mês para as eleições, os institutos de pesquisas que medem a intenção de votos em São luís começam a apontar aquilo que o blog Marco Aurélio D’Eça mostrou ainda em setembro: o acirramento da disputa entre Neto Evangelista e Duarte Júnior levará a disputa para um segundo turno.

Os números divulgados hoje pelo DataIlha confirmam exatamente a tendência apontada por este blog, com o candidato Eduardo Braide (Podemos) ainda na frente, mas agora com 39% das intenções de votos.

Neto Evangelista (DEM) vem subindo pesquisa após pesquisa e já empata tecnicamente com Duarte Júnior (PRB); o candidato do Republicanos tem 13,1% das intenções de votos, contra 12% do candidato democrata.

Os números DataILha apontam um terceiro personagem na disputa pela vaga no segundo turno: Rubens Júnior (PCdoB) já surge com 9% das intenções de votos. Ele também está em condição de empate técnico, tanto com Neto quanto com Duarte.

Ancorado na dupla Lula e Flávio Dino, Rubens Júnior já chega ao pelotão da frente, entrando na disputa pela segunda vaga do segundo turno

Os demais candidatos apresentam, respectivamente: Jeisael Marx, 2,8%; Bira do Pindaré 2,5% e Yglésio com 2,2%.

Na faixa com menos de 1% estão Silvio Antônio 0,6%; Professor Franklin 0,5% e Hertz Dias 0,2%.

Esta é a primeira pesquisa após o início da propaganda eleitoral e a intensificação da campanha de rua; outras duas pesquisas serão divulgadas ainda esta semana.

É aguardar e conferir a confirmação de segundo turno apontada pelo blog Marco Aurélio D’Eça lá atrás…

1

Carlos Madeira já é o quarto colocado na disputa em São Luís


O pré-candidato à Prefeitura de São Luís pelo Solidariedade, José Carlos Madeira, vem conquistando cada vez mais a simpatia da opinião pública.

Em pesquisa divulgada pela Attitude Consultoria de Pesquisa e Mercado de Opinião, o ex-juiz federal aparece com 4,9% de intenções de voto, alcançando o quarto lugar na corrida eleitoral.

Registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número MA-00777/2020, no dia 04 de setembro, a pesquisa tem uma margem de erro de 3.1 pontos percentuais, o que somado ao porcentual de 4,9%, Madeira empata com o terceiro colocado, o pré-candidato Neto Evangelista (DEM).

Com uma base popular e dialogando com as comunidades, Madeira se destaca na pré-campanha. Recentemente ele anunciou o seu vice, Capitão Jeremias, reconhecendo a luta da juventude evangélica na área Itaqui-Bacanga.

Mesmo afastado das ruas, devido ao tratamento para se recuperar da Covid 19, Madeira vem ampliando seus laços de identificação com a comunidade, por sua história de vida e a experiência acumulada em mais de 30 anos no serviço público, como promotor, juiz estadual e juiz federal.

“Madeira tem se destacado entre todos os pré-candidatos, porque ele faz a diferença. Não tem herança política familiar, vem de uma origem humilde e tem capacidade para administrar a cidade”, avaliou Simplício Araújo, presidente do Solidariedade.

2

Drª Maria Félix será próxima prefeita de Cajari, mostra Pesquisa Escutec

A Drª Maria Félix, presidente do diretório municipal do PDT, será eleita, em novembro, a próxima prefeita da cidade de Cajari, na região da Baixada Maranhense.

Foi o que atestou pesquisa de intenção de votos realizada pelo Instituto Escutec, cujos números foram divulgados pelo Jornal O Estado do Maranhão na sua edição de ontem.

A pesquisa, realizada no período compreendido entre os dia 09 a 11 deste mês, foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número 07515/20. Tem margem de erro de 4%, para mais ou para menos, e nível de confiabilidade de 90%. Foram ouvidos 400 eleitores.

A pré-candidata pedetista lidera nos nove cenários apresentados – oito estimulados e um espontâneo.

No espontâneo (aquele no qual não é apresentado ao eleitor o nome do pré-candidato), Drª Maria Félix obteve 38% da preferência do eleitorado. A atual prefeita, Camila, marcou 33%; seguida Ítalo Bonifácio, com 4%. 25% não souberam ou não responderam.

No primeiro cenário estimulado (aquele no qual é apresentado ao eleitor o nome do pré-candidato), Drª Maria Félix ampliou a vantagem e cravou 44%. A atual prefeita marcou 36%. Ítalo Bonifácio obteve 9% e Padre Paulo 3%. Nenhum deles 3% e 5% não souberam ou não responderam.

No confronto estimulado no qual disputa somente com a atual prefeita, Drª Maria Félix bateu a atual gestora com 48% dos votos dos cajarienses. Camila obteve 41%.

Prefeita é a mais rejeitada

A atual prefeita só lidera o levantamento no quesito rejeição. 37% dos entrevistados disseram que não irão votar na reeleição da mesma de maneira alguma. Em seguida aparecem Maria Félix (24%), Pare Paulo (12%) e Ítalo (7%). Nenhum deles 5% e 15% não souberam ou não responderam.

2

Carlos Madeira avança bem em pesquisa…

Pré-candidato do Solidariedade supera adversários com maior estrutura e já se embola com o pelotão de cima, que disputa uma vaga em um eventual segundo turno; ex-=juiz esperar “avançar bem” até setembro

 

Madeira tem atuado fortemente nos bastidores, angariando apoios que começam a se refletir nos números das pesquisas

O juiz aposentado Carlos Madeira (Solidariedade) foi o candidato que melhor se movimentou nos números da pesquisa Prever, divulgada nesta quinta-feira, 20.

Com 3,1% das intenções de voto, Madeira superou os pré-candidatos Hertz Dias (PSTU), Franklin Douglas (PSOL), Dr. Yglesio (PROS), Rubens Jr. (PCdoB), Jeisael Marx (REDE), Detinha (PL) e agora já disputa as primeiras cinco posições com Adriano Sarney (PV), Bira do Pindaré (PSB), Neto Evangelista (DEM) e Wellington.

Levando em consideração a margem de erro – que o põe com 0% ou 6,1% – o candidato Solidariedade pode ser considerado em condição de empate técnico com Adriano, Bira, Wellington e Evangelista.

– Vamos ter um bom avanço até o dia 26 de setembro – comemorou Madeira, em contato com o blog Marco Aurélio D”Eça.

Ele diz estar, calculadamente, “fazendo um voo fora do radar”. 

0

Seduc vai catalogar trajetória do aluno da rede pública…

Monitoramento da secretaria quer entender de forma amostral o caminho percorrido pelos estudantes após conclusão do Ensino Médio, levantando quantos chegam à universidade e quantos vão direto ao mercado de trabalho

 

Secretário Felipe Camarão quer entender o caminho do aluno do Ensino Médio após conclusão dos estudos na rede pública

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) iniciou, nesta segunda-feira, 17, uma pesquisa escolar de monitoramento dos egressos do Ensino Médio de escolas da rede pública, nos anos de 2018 e 2019.

O objetivo da pesquisa é identificar, de forma amostral, a porcentagem de inserção dos egressos no Ensino Superior ou no Mercado de trabalho, com o intuito de entender a trajetória dos estudantes após a finalização dos estudos.

A pesquisa será realizada pelos gestores escolares, que deverão entrar com código Inep de sua escola para ver a lista com o nome dos estudantes egressos que deverão ser entrevistados.

A pesquisa será realizada até o dia 28 de agosto, por meio do link: http://gpagil.com.br/pesquisaEgressos

0

Luciano Genésio será reeleito em Pinheiro, aponta pesquisa

Levantamento do Instituto Exata aponta que o prefeito tem 52% das intenções de voto no principal cenário, quase 40 pontos percentuais à frente dos adversários Filuca Mendes e Leonardo Sá

Pesquisa de intenção de votos do Instituto Exata, realizada nos dia 5 e 6 de agosto, mostra que o prefeito Luciano Genésio será reeleito no município de Pinheiro, em novembro, com larga vantagem sobre seus adversários.

O levantamento, contratado pela Rádio e TV Difusora do Maranhão Ltda., ouviu 420 pessoas e tem margem de erro de 3,5 pontos percentuais, para mais ou para menos, tendo nível de confiabilidade de 95%. O registro na Justiça Eleitoral foi feito sob o número MA-01774/20.

Luciano vence o embate com os demais pré-candidatos em todos os cenários propostos.

No cenário espontâneo (aquele no qual não é apresentado ao eleitor o nome do pré-candidato), o atual prefeito recebeu o voto de confiança de 46% dos entrevistados. Ele é seguido por Filuca Mendes (10%), Leonardo Sá (7%), Zé Arlindo (2%) e Victor Mendes (1%). Nenhum deles 5% e 29% não souberam ou não responderam.

No primeiro cenário estimulado (aquele no qual é apresentado ao eleitor o nome do pré-candidato), Luciano obteve 52% dos votos. Em seguida, aparecem Leonardo Sá e Filuca Mendes, com 15% cada um.

Eles são seguidos por Zé Arlindo (6%), Tony Ferreira (2%) e Filho de Coqueiro (1%). Brancos e nulos 6% e 3% não souberam ou não responderam.

No cenário estimulado no qual concorre apenas com Filuca e Leonardo Sá, Luciano Genésio vence com 55% dos votos válidos. O ex-prefeito e o atual deputado estadual pontuaram com 17%, cada um. Nenhum deles 8% e 3% não souberam ou não responderam.

Na disputa apenas com Filuca, Luciano obteve 62% dos votos. O ex-prefeito cravou 23%. Brancos e nulos 12% e 3% não souberam ou não responderam.

Disputando somente com o ex-deputado federal Victor Mendes, filho de Filuca, Luciano foi escolhido por 64% dos entrevistados. Mendes obteve 17%. Brancos e nulos 15% e 4% não souberam ou não responderam.

Concorrendo apenas com Leonardo Sá, Luciano foi o preferido por 61% dos entrevistados. O deputado foi escolhido por 23%. Brancos e nulos 13% e 3% não souberam ou não responderam.

Quando o eleitor foi questionado sobre quem ele acharia que venceria a eleição, 65% dos entrevistados apontaram Luciano como o grande vencedor.

Filuca marcou 9%, seguido por Leonardo Sá (8%) e Zé Arlindo (1%). Não souberam ou não responderam 17%.

77% dos eleitores classificaram como ótima, boa e regular a gestão de Luciano Genésio.

Já 68% dos eleitores aprovam a administração do prefeito pinheirense.

Rejeição

 Filuca Mendes é o pré-candidato mais rejeitado, segundo o levantamento. 42% dos entrevistados afirmaram não votar de maneira alguma no ex-prefeito.

Ele é seguido por Tony Ferreira (22%), Luciano Genésio (18%), Zé Arlindo (15%), Leonardo Sá (15%) e Filho de Coqueiro (13%).

0

Uma pesquisa que ninguém levou em consideração…

Levantamento do Emet surgiu do nada e foi para lugar algum, ignorado solenemente pela maioria dos candidatos a prefeito de São Luís, que continuam pautando suas ações em números de outros institutos

 

 

Uma pesquisa que surgiu do nada, diz coisa com coisa e aponta para lugar algum foi divulgada em parte da imprensa nesta sexta-feria, 14, mas sem maiores repercussões.

Parte do desprezo da classe política se dá pelo próprio instituto, o Emet, que apareceu de uma hora para outra na campanha.

A outra parte se deu pelos números totalmente divergentes em relação a todas as outras pesquisas já divulgadas, mesmo as que apresentaram dados fortemente díspares.

O tal levantamento foi tão irrelevante quanto ao que mentiu ao eleitor que Rubens Júnior era candidato de Lula.

E nem se está levando em conta quem contratou e quem pagou pela pesquisa…

 

0

População de Bacabal aprova gestão de Edvan Brandão; índice bate 70%

De acordo com os resultados publicados na Pesquisa Exata no último dia 22, a atual gestão do município de Bacabal, comandada pelo prefeito Edvan Brandão, tem de 66% de reconhecimento do povo de Bacabal. Esse prestígio vem do esforço e trabalho que, em menos de dois anos, fez muito pela cidade.

Um dos trabalhos de destaque é a execução do maior programa de recuperação asfáltica de Bacabal. Até o momento, já foram mais de 100 km de ruas e avenidas asfaltadas pela administração do município.

No campo da saúde, Edvan Brandão vem atuando ativamente, principalmente diante da pandemia do novo coronavírus, com a implementação de um hospital de campanha com cerca de 200 funcionários contratados pelo município, com 4 leitos de UTI, implantados em parceria com o governo estadual, e a ampliação do número de testes rápidos para diagnóstico da doença.

A prefeitura fez distribuição de kits de medicamentos para tratamento dos pacientes diagnosticados com COVID-19 e, também, vem fazendo a recuperação de mais de 15 Unidades Básicas de Saúde. Além disso, o novo hospital Socorrão será entregue em breve e beneficiará, ainda mais, a saúde da população de Bacabal.

Na educação, são mais de 30 escolas reformadas, com merendas de qualidade e acompanhamento nutricional. Durante a pandemia, a alimentação dos alunos se manteve, por meio da distribuição de cestas básicas.

A administração pública tem que ser feita com responsabilidade e respeito. Por isso, o pagamento dos professores e de todo o funcionalismo público está em dia.

Outro ponto importante é a questão do abastecimento de água, que era um dos problemas mais sérios da cidade. O prefeito já fez a inauguração de cinco poços artesianos e está com mais dois em fase de conclusão.

E não para por aí. A pretensão do prefeito é entregar mais. Em pouco tempo, são várias obras. Elas não podem parar. Com as parcerias do governador Flávio Dino, o deputado estadual Roberto Costa e o deputado federal João Marcelo, muito mais há de vir para dar ainda mais orgulho aos bacabalenses.

8

O que representa 1,4% de votos nacionais para Flávio Dino?!?

Embora, e naturalmente, seus adversários no Maranhão tentem desmerecer a presença do governador na pesquisa da revista Veja sobre a presidência em 2022, o levantamento reforça – gostem ou não estes mesmos adversários – que o comunista está inserido no debate sobre a sucessão de Jair Bolsonaro

 

Flávio Dino já alcançou o debate nacional; e tentar desqualificar sua presença é ignorar a importância de uma pesquisa de alcance em todo o país

O governador Flávio Dino (PCdoB) apareceu com 1,6% das intenções de votos na pesquisa presidencial da revista Veja publicada nesta sexta-feira, 24.

O mesmo levantamento aponta o atual presidente Jair Bolsonaro com índices que vão de 27% a 30%, o petista Fernando Haddad com 14,5% e nomes como Ciro Gomes (10,7%), Luciano Huck (8,3%) e até o ex-ministro da Saúde, Henrique Mandetta (5,7%).

Adversários de Flávio Dino no Maranhão trataram logo de desqualificar sua participação no cenário eleitoral nacional, o que, obviamente, é de se esperar de adversários.

Mas os mesmos adversários ignoram – por má vontade ou por falta de percepção mesmo – detalhes que saltam aos olhos e que reforçam a concepção de que o comunista maranhense está, de fato, inserido no debate nacional.

Em primeiro lugar, de todos os nomes inseridos na pesquisa, Flávio Dino é o único fora do eixo Rio-São Paulo-Brasília, todos eles expostos quase que diariamente na grande mídia.

Em segundo lugar, entre os primeiros colocados – Bolsonaro, Haddad, Ciro e Luciano Huck – todos disputaram as eleições de 2018 ou estão discutindo o processo presidencial desde aquela época.

Em terceiro lugar, os números mostram que Bolsonaro, Luciano Huck e o próprio Flávio Dino foram os únicos a apresentar crescimento em relação ao levantamento anterior, ainda que residual, como no caso do comunista.

O cenário em que Flávio Dino aparece na pesquisa da revista Veja: patamar de 3 milhões de votos em uma eleição estratificada

Outro equívoco dos anti-dinistas é comparar seu desempenho com o do seu afilhado, Rubens Pereira Júnior (PCdoB), que disputa a Prefeitura de São Luís e não consegue se desgrudar da casa de 1% de intenção de votos.

Ora, diferentemente de Flávio Dino no plano nacional, Pereira Júnior tem, desde o início de 2019, toda a infraestrutura política, administrativa e partidária para se viabilizar.

Levando em consideração a população brasileira, esses 1,4% de eleitores simpáticos a Dino significam pouco mais de 3 milhões de cidadãos.

E nem se pode desdenhar alegando serem apenas nordestinos e maranhenses ligados ao comunismo, uma vez que, nas pesquisas nacionais, o peso de estados do eixo Sul-Sudeste é maior que o de estados do Nordeste.

Largar com esse patamar eleitoral em uma campanha presidencial dominada por políticos já nacionalizados é, sem dúvida, algo para se observar com atenção e menos desdém.

Goste-se ou não do protagonista…