0

César Pires constata precariedade da MA-020 e cobra responsabilidade do governo estadual

A caótica situação das estradas estaduais do Maranhão foi, mais uma vez, denunciada pelo deputado César Pires (PV). Em vídeos postados em suas redes sociais, o parlamentar mostra as dificuldades que os motoristas enfrentam para trafegar na MA-020, no trecho entre os municípios de Vargem Grande e Coroatá.

“Os carros ficam atolados ou se arriscam para transitar numa estrada perigosa, por irresponsabilidade do Governo do Estado, que não faz a devida manutenção das rodovias estaduais. E ai o cidadão é obrigado a arriscar a vida transitando nessas vias”, enfatizou César Pires.

O deputado, que tem constantemente cobrado a recuperação das estradas estaduais do Maranhão, vai relatar a situação da MA-020 na próxima semana na tribuna da Assembleia Legislativa. E mais uma vez cobrará providência do governo Flávio Dino.

2

Empreiteira da Caema destrói rua no Coroado e se recusa a recuperar…

Artec realiza serviços de implantação de rede de esgoto – que sequer tem previsão de funcionamento – e alega que a rua Carlos Macieira já estava destruída quando começou a trabalhar na área

 

Na rua Carlos Macieira jorra água dia e noite, resultado de vários canos quebrados pela empreiteira da Caema

As imagens e vídeos que ilustram este post foram feitas na tarde desta segunda-feira, 30.

Trata-se da Rua Carlos Macieira, no bairro do Coroado.

Ou o que resta dela.

A via foi completamente destruída pela empresa Artec Construções, para implantação de uma rede de esgoto bancada pela Caema e que não tem sequer onde ser ligada.

E agora, a mesma Artec se recusa a recuperar a rua, importante via de interligação entre o Coroado, o João Paulo e à avenida dos Africanos.

– Já conversei com os operários da Artec e eles disseram que não vão fazer o serviço porque a rua já estava esbandalhada antes de eles chegarem. mas nós temos como provar que a rua foi rasgada por eles – denuncia o líder comunitário Antonio Araújo, o Maninho.

A Artec se recusa a recuperar mesmo diante dos testemunhos dos moradores d que a empresa destruiu o local

Segundo ele, moradores pretendem até interditar as obras da empresa, que continua no bairro, escavando para colocação de tubos de esgoto.

O resultado é que a Rua Carlos Macieira jorra uma água imunda ininterruptamente, fruto da destruição das redes de água e de esgoto que já existiam no local.

E a Caema sequer fiscaliza a operação da empresa no bairro…

3

Caema abandona obra no Coroado e deixa todas as ruas do bairro destruídas..

Moradores da comunidade ameaçam barrar serviços da Artec Construções até que as ruas com tubulação de esgotos já concluída sejam recapeadas

 

Sem calçamento, as ruas viraram poças de lama e buracos, o que impede o tráfego

Uma obra sem explicação da Caema no bairro do Coroado – a instalação de tubos de esgoto que não tem sequer onde ser despejado – deixou todas as ruas destruídas por crateras e escavações.

Os serviços estavam sendo feitos até o mês passado pela Artec Construções, uma espécie de caça-níqueis da Caema, que retirou todas as máquinas da comunidade, deixando as ruas do jeito que podem ser vistos nas imagens que ilustram este post.

– Eles vêm escavando do bairro desde novembro do ano passado, para implantar uma rede de esgotos que não tem nenhuma previsão de quando será interligadas às estações; agora foram embora e deixaram as ruas deste jeito – denunciou Antonio Araújo, o Maninho, uma das lideranças do Coroado.

Nenhuma das ruas do Coroado foi poupada pela Caema, que destruiu todo o asfaltamento

O mesmo serviço a Artec está fazendo em outros bairros, mas nenhum deles deixou as ruas tão destruídas quanto as do Coroado.

– A população já decidiu que vai barrar os serviços da Artec, caso ela volte, até que sejam recuperadas todas as ruas do bairro – afirmou Araújo.

O pior é que a rede de esgoto instalada nem foi ligada às casas por que não tem para onde levar os dejetos

A rede de esgoto do Coroado deveria ser interligada a uma elevatória que funcionaria na região do Bairro de Fátima; mas esta estação sequer tem previsão para ser concluída.

E os moradores da comunidade sofrem as consequência da incompetência da Caema…

2

Após denúncia do blog, prefeitura inicia recuperação de avenida no Barramar…

Homens e máquinas trabalham desde o início da semana na tentativa de corrigir os estragos causados por carretas que afundaram a via quando tentavam limpar o canal que corta o bairro

 

O serviço de recuperação tem que ser feito tanto de um lado da pista quando do outro…

 

Homens da Prefeitura de São Luís trabalham desde o início da semana na avenida Santo Antonio do Calhau, que foi rachada ao meio por uma carreta de empresa que fazia obra no local.

Na terça-feira, 7, este blog publicou a situação da via, que rasgou nas duas pistas, gerando riscos para motoristas. (Releia aqui)

Desde então, operários da Secretaria Municipal de Obras atuam para corrigir o problema.

Por enquanto, os veículos precisam desviar do acúmulo de barro e concreto retirado do local…

Trata-se de uma espécie de canal coberto, que corta a avenida ao meio, para dar vazão ás águas do Igarapé, que vem desde a região do condomínio Grand Park e desagua na região do Calhau.

Foi exatamente este canal que afundou.

A prefeitura tenta refazer o canal pra cobrir a pista e reasfaltá-la.

A tubulação serve como uma espécie de canal, para escoamento das águas do igarapé

O serviço deve durar até o fim da semana que vem.

Embora não tenha aparecido ninguém neste sábado…

2

Via no Barramar rasga dos dois lados da pista…

Avenida Santo Antonio do Calhau, com menos de cinco anos, está a ponto de partir de um lado e de outro próximo a uma estação da Caema. Máquinas e carretas que fazem serviço na área foram as responsáveis pela cratera

Problema agora é indo…

Este esbarreiramento, na beira do córrego, foi ocasionado por uma carreta que estacionava diariamente no local, trazendo uma máquina de esteira que entrava na Rua Coroatá para tentar corrigir uma obra na Vila Conceição, ajudando a danificar a pista.

…E voltando

Após destruir um lado da pista, sem poder mais estacionar, a carreta resolveu parar do outro lado, e, na última quarta-feira, 1º, afundou a laje de concreto que serve de complemento da pista, nas proximidades de uma elevatória da Caema

4

Moradores batizam “buraco do Edivaldo” na Camboa…

Para sensibilizar o prefeito, dono de borracharia fincou pneu colorido em um buraco e escreveu nele frases relacionadas à própria gestão de Holandinha

 

O buraco de Edivaldo na avenida Camboa; mais um custo de sua reeleição

Moradores da região da Camboa resolveram “homenagear” o prefeito Edivaldo Júnior (PDT) com um buraco que jorra dejetos na avenida Camboa, nas proximidades do Diamante.

O buraco está ali desde o fim das eleições.

Para chamar atenção do prefeito e de sua equipe, o dono de uma borracharia decidiu pintar um pneu de amarelo e escreveu nele a inscrição “Buraco de Edivaldo”.

À frente, pôs um bloco de concreto com a inscrição “É 12”.

É mais uma tentativa de sensibilizar Holandinha…

Com informações e imagens do blog de Daniel Matos

3

Moradores cobram da Semosp recuperação de rua no Bequimão…

Uma das ruas da região do Bequimão... buracos (imagem ilustrativa)

Uma das ruas da região do Bequimão… buracos (imagem ilustrativa)

Em abaixo-assinado ao secretário municipal de Obras e Serviços Públicos, Antônio Araújo, entregue diretamente na Chefia de Gabinete da SEMOSP, no dia 8, milhares de moradores dos conjuntos residenciais Torres do Sol, Buena Vista, Costa da Esmeralda e Las Brisas, no Bairro Bequimão, clamam, em caráter de urgência, pela recuperação da Alameda VI, no Condomínio Buena Vista.

No pleito dos moradores, há ênfase na a urgência dos serviços de calçada, com bloquetes de cimento assentados em areia pura,

– É para evitar a continuação de seu esfacelamento, em efeito dominó, pela soltura diária dos blocos, cada vez que um veículo pesado trafega na via – explica o documento dos moradores.

Ene os que destróem a via está o caminhão de coleta de lixo da própria prefeitura…

7

Buracos e morte na BR-135…

Apenas um dia depois da forte repercussão causada por buracos na BR-135, a professora Ana Lúcia Duarte Silva foi assassinada durante um assalto, causado exatamente pela redução da velocidade na rodovia

 

A professora Lúcia Duarte: morte na BR

A professora Lúcia Duarte: morte na BR

Este blog divulgou ontem a indignação de um motorista com a situação da BR-135, totalmente esburacada em um longo trecho na entrada de São Luís.

Um dia depois do reclame, o trecho registra uma vítima fatal.

Motorista conserta um dos vários carros com pneus furados nos buracos da BR-135

Motorista conserta um dos vários carros com pneus furados nos buracos da BR-135

A professora Ana Lúcia Duarte Silva foi assassinada durante um assalto, na madrugada de hoje, quando teve que reduzir a velocidade para superar os buracos.

Cínico, o Denit encaminhou mais uma nota-padrão, alegando que o trecho está em constante recuperação.

É o retrato do Brasil…

2

Começa recuperação da estrada do Socorrão II….

Trabalho está sendo executado pelo Governo do Estado, que atendeu pedido do prefeito Gil Cutrim; cobrança também veio dos deputados Glabert Cutrim e Wellington do Curso, que gravou até vídeo no local

 

representantes do govenro e das prefeituras de São Luís e de Ribamar com Gil Cutrim, no início da obra

representantes do govenro e das prefeituras de São Luís e de Ribamar com Gil Cutrim, no início da obra

O prefeito Gil Cutrim (PDT) e o secretário estadual Clayton Noleto (Infraestrutura) vistoriaram, na manhã desta sexta-feira (20), o início da obra de recuperação asfáltica e implantação de rede de drenagem profunda na Avenida Tancredo Neves, mais conhecida como Estrada do Socorrão II, uma das vias mais movimentadas da Grande Ilha.

A via estava completamente destruída e chegou a ser motivo de discursos dos deputados estaduais Glalbert Cutrim e Wellington do Curso (PPS) na Assembleia Legislativa.

Wellington chegou a gravar um vídeo no local.

Diante da cobrança da classe política de São Luís e de Ribamar, o prefeito Gil Cutrim (PDT) solicitou e conseguiu a realização da obra pelo governo.

– Agradeço o apoio do governador Flávio Dino, que atendeu nosso pedido. Em breve, estado e município formalizarão novas parcerias no setor de infraestrutura que irão beneficiar outros bairros de São José de Ribamar – afirmou Gil Cutrim.

A obra, que será entregue no fim de dezembro ou começo de janeiro, consiste na pavimentação de um trecho de quase um quilômetro, além da instalação de rede de drenagem que colocará fim aos constantes alagamentos, principalmente no período das chuvas.