0

Edivaldo reúne-se com evangélicos, mas mantém silêncio nas redes

Ciceroneado pela deputada estadual Mical Damasceno – agora controladora do PTB maranhense – ex-prefeito de  São Luís tem sido apresentado a pastores e líderes do segmento, mas ainda mantém as conversas restritas aos bastidores

 

Mical tem levado Edivaldo para reuniões como esta, com o pastor Coutinho, da Assembleia de Deus; mas os encontros se mantêm nos bastidores

O ex-prefeito de São Luís Edivaldo Júnior (sem partido) tem cumprido uma intensa agenda de conversas com pastores evangélicos maranhenses, sobretudo os da Assembleia de Deus.

Essas conversas, segundo informou a própria ao blog Marco  Aurélio D’Eça, estão sendo articuladas pela deputada estadual Mical Damasceno, que quer Edivaldo como candidato a governador.

O ex-prefeito, no entanto, parece evitar a divulgação desses encontros, pelo menos neste primeiro momento de arrumação de candidaturas ao governo.

Nas redes socais, Holandinha optou por postagens mais pessoais e memórias de sua passagem pela prefeitura. 

No controle do PTB maranhense – e com aval da direção nacional – Mical Damasceno quer ocupar o vácuo de lideranças do bolsonarismo no Maranhão, sobretudo por ter ao seu lado a maior base eleitoral orgânica dentre todos os aliados do presidente no estado.

Resta aber quando o ex-prefeito, ainda sem partido, se manifestará sobre seu projeto eleitoral para 2022…

0

“Mical é forte e está consolidada no PTB”, garante Roberto Jefferson

Em mensagem direta ao editor do blog Marco Aurélio D’Eça, presidente nacional do partido diz que a deputada estadual será responsável por organizar as chapas de deputado estadual e federal para 2022

 

Mical Damasceno com Roberto Jefferson e a vice-presidente nacional do PTB Gracyela Nienov

O presidente nacional do PTB encaminhou nesta sexta-feira, 11, mensagem direta ao editor do blog Marco Aurélio D’Eça em que reafirma a força da deputada estadual Mical Damasceno no partido.

– Marco Aurélio D’Eça, recebi sua matéria dizendo que o PTB pode mudar de mãos novamente. Não acredite nisso, não. A Mical é forte e está consolidada. Ela é a presidente estadual do PTB – afirmou o ex-deputado.

Ele contestou post do blog, que apontava riscos para a parlamentar continuar no comando do partido.

Também em conversa com o editor do blog, a própria Mical admitiu que houve gestões de pessoas do Piauí – “empresários, não políticos” – em busca do comando do partido no estado.

Roberto Jefferson, n o entanto, garantiu que é dela o comando partidário.

– Ela vai organizar o partido no estado e fazer a chapa de federal e de estadual – frisou Jefferson.

O presidente nacional nada falou sobre candidatura própria do PTB a governador; mas Mical damasceno reafirmou o projeto de ter o ex-prefeito Edivaldo Júnior como candidato.

Ela revelou, inclusive, conversas já realizadas entre o ex-prefeito e líderes da igreja  Assembleia de Deus.

Esta, no entanto, é uma outras história…

1

PTB pode mudar novamente de mãos…

Presidente nacional do partido, Roberto Jefferson, quer no comando uma liderança com força estadual, o que não conseguiu com a deputada estadual Mical Damasceno

 

Mical Damasceno mostra insegurança quanto às garantias do presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson

A deputada estadual Mical Damasceno anda assustada com o risco de perder o controle do PTB, no qual está há apenas três meses, desde que o deputado federal Pedro Lucas Fernandes decidiu transferir-se para o PSL.

Ela chegou a gravar vídeo em que demonstra certa insegurança com a possibilidade de perder o comando da legenda; e mandou recado ao presidente nacional Roberto Jefferson.  

Partido tradicional da política brasileira, o PTB precisa superar a cláusula de barreira nas eleições de 2022 e, para isso, precisa ter candidatos de peso à Câmara Federal; mas Mical Damasceno não tem conseguido atrair novos filiados.

O presidente nacional da legenda, Roberto Jefferson, tem conversado com senadores e deputados federais maranhenses em busca de quadros que possam dar musculatura política ao PTB.

A grande dificuldade da deputada estadual é o pouco trânsito que ela tem em Brasília e a dificuldade de relacionamento com a bancada maranhense.

Numa tentativa de mostrar força, ela vem tentando atrair o ex-prefeito Edivaldo Júnior para ser candidato pela legenda. Ele resiste ao risco de se vincular ao projeto do presidente Jair Bolsonaro.

O objetivo de Jefferson é claro: eleger o máximo de deputados federais em uma chapa forte nas eleições de 2022.

Mical terá que desdobrar para cumprir esta meta…

2

Allan Garcês revela que já está no PTB e reforça liderança de Mical Damasceno

Médico maranhense ligado ao presidente Jair Bolsonaro é o atual vice-presidente do partido no estado e tem relações diretas com a presidente estadual e o presidente nacional, Roberto Jefferson; ele descarta qualquer articulação com o senador Roberto Rocha com vistas à legenda

 

Mical Damasceno abonou a ficha de filiação de Allan Garcês no partido; ele é o atual vice-presidente da legenda no estado

O médico Allan Garcês contestou na tarde desta quinta-feira, 15, o post “Ultradireita de olho no PTB…”, ao revelar que já é vice-presidente da legenda.

Em contato direto com o titular do blog Marco Aurélio D’Eça, Garcês confirmou sua filiação ao partido, em articulação direta com a atual presidente, deputada estadual Mical Damasceno.

– Estamos juntos somando forças para promover e fortalecer o PTB no Maranhão para 2022. O PTB é forte e está em boas mãos, com a deputada Mical na presidência – afirmou o médico, que teve sua filiação no partido abonada pelo próprio presidente nacional, Roberto Jefferson, que publicou a foto dos dois em seu perfil no instagram. (Veja abaixo)

Mical Damasceno assumiu o comando do PTB com a destituição do deputado federal Pedro Lucas Fernandes, que deve se transferir para o PSL durante a janela partidária de 2022.

O novo vice-presidente do PTB foi recebido pelo próprio presidente nacional, Roberto Jefferson, um dos dirigentes partida´rios mais próximos de Jair Bolsonaro

Ao contrário do que disse este blog, Allan Garcês descartou qualquer tipo de articulação com o senador Roberto Rocha (Sem partido) pelo controle da legenda.

Rocha foi convidado a deixar o PSDB por causa do seu alinhamento ao presidente Jair Bolsonaro.

O PTB seria uma das opções, já que o partido tem ligações diretas com o presidente.

0

Neto Evangelista recebe apoio de Mical Damasceno…

Deputada estadual do PTB anunciou no início da noite desta terça-feira, 7, que vai entrar na campanha do candidato democrata, mesmo sem que sua legenda tenha, ainda, declarado aliança oficial com a coligação DEM/PDT

 

Neto terá o apoio Mical Damasceno, que é do PTB, partido que deve somar com o DEM nas eleições de São Luís

A deputada estadual Mical Damasceno (PTB) oficializou nesta terça-feira, 7, seu apoio ao colega de parlamento e pré-candidato a prefeito de São Luís Neto Evangelista (DEM).

– O povo Ludovicense terá grande chance, nas próximas eleições, de construir uma nova história para o município. E o nosso amigo Neto Evangelista reúne todas as condições necessárias para esta mudança – afirmou Mical.

Além do apoio da deputada, Neto também ganha ala da igreja evangélica para a sua candidatura, já que Mical é filha de Aldir Damasceno, presidente da Convenção Estadual das Assembleias de Deus no Maranhão.

0

Dr. Ítalo é pré-candidato à Prefeitura de Cajari pelo PTB…

Aos 30 anos, Cajariense, médico e vereador, que vem se destacando por ser um quadro político de referência e com a maior capacidade evolutiva no cenário atual do município, Dr. Ítalo vai concorrer as eleição de 2020, como uma das principais alternativas para a renovação política do município de Cajari.

Atualmente, líder partidário do PTB na câmara municipal, Dr. Ítalo está reunindo prestígio partidário e aceitação popular na sua agenda de trabalho no município.

É consenso dentro do PTB Nacional e Estadual garantir o apoio irrestrito aos quadros do partido, presentes nas pré candidaturas municipais, o que não seria diferente em Cajari-MA com o Dr. Ítalo.

Além do apoio da executiva, ele conta com a força política do ex-deputado Pedro Fernandes e da deputada estadual Mical Damasceno,  que ver como um projeto político partidário inadiável o processo de renovação no executivo municipal de Cajari.

Em suas redes sociais, a deputada afirmou apoio a pré candidatura do Dr. Ítalo.

– Ele tem a personalidade, carácter e prestação de serviços indispensável para compor o quadro político do PTB, e atuar pelos cajarienses, sempre buscando alternativas para melhor servir o município de Cajari. Isso é admirável!. Estou pronta e declaradamente disposta a apoiar e atender a indicação do partido a pré candidatura de Dr. Ítalo à prefeitura de Cajari – afirmou a deputada Mical Damasceno.

2

Damares evita São Luís e manda secretária receber homenagem na Assembleia

Ministra da Cidadania receberia a Medalha do Mérito de Manuel Beckman, ofertada pela deputada estadual Mical Damasceno, mas a repercussão de usa presença foi levada em conta a substituição da agenda

 

MICAL TENTOU, MAS NÃO CONSEGUIU CONVENCER A MINISTRA A VIR AO MARANHÃO receber homenagem da Assembleia Legislativa

A ministra dos Direitos Humanos e da Cidadania, Damares Alves, cancelou a agenda que teria nesta terça-feira, 24, em São Luís.

Envolta em polêmica por declarações no posto, Damares viria à capital maranhense para receber a Medalha do Mérito Manuel Beckman, ofertada pela deputada Mical Damascento.

A homenagem será recebida por uma auxiliar da ministra.

Mical chegou a mobilizar a classe política – e sobretudo os evangélicos – para receber a polêmica ministra, mas não conseguiu convencê-la a vir ao Maranhão.

2

Damares Alves receberá medalha do Mérito na Assembleia Legislativa…

Iniciativa é da deputada estadual Mical Damasceno (PTB), como reconhecimento ás ações da ministra de Direitos Humanos e Família do governo Jair Bolsonaro; solenidade marcada para o dia 24 de setembro

 

MICAL DAMASCENO ESTEVE COM DAMARES EM BRASÍLIA e decidiu homenageá-la com medalha da Assembleia Legislativa

Uma das mais polêmicas ministras do governo Jair Bolsonaro (PSL), a titular dos Direitos Humanos e Família, Damares Alves, estará em São Luís no dia 24 de setembro.

Ela vai receber a Medalha do Mérito Manuel Beckman, maior honraria da Assembleia Legislativa, concedida aos que atuaram de forma representativa pelo bem do Maranhão.

A medalha a Damares foi dada pela deputada Mical Damasceno (PTB), aliada do governo comunista de Flávio Dino e, ao mesmo tempo, aliada também do presidente Jair Bolsonaro.

A ministra, que é pastora evangélica, ficou conhecida por suas ações polêmicas na pasta dos Direitos Humanos, como a troca de membros do Conselho Nacional dos Direitos Humanos e pela frase “menina veste rosa e menino veste azul”. (Entenda aqui e aqui)

Para a solenidade foram convidados líderes religiosos, aliados de Jair Bolsonaro e representantes do governo Flávio Dino…

0

Eliziane e Damares discutem políticas para mulheres maranhenses

Senadora e ministra da Família, juntamente com a  secretária Ana Mendonça e a deputada Mical Damasceno (PTB) estiveram reunidas em Brasília

 

A líder do Cidadania no Senado, Eliziane Gama e a Secretária de Estado da Mulher, Ana Mendonça se reuniram, nesta terça-feira, 28, com a ministra da Família, Mulher e dos Direitos Humanos, Damares Alves, para discutir o fortalecimento das políticas públicas para as mulheres maranhenses.

A deputada estadual Mical Damasceno acompanhou o encontro que aconteceu em Brasília.

Um dos objetivos da reunião foi o pedido de ampliação do convênio com o governo federal para a Casa da Mulher Brasileira, que faz atendimento humanizado e especializado às mulheres vítimas de violência doméstica.

“Estou muito feliz com a receptividade da ministra. Nós pedimos que o governo federal renove o convênio de manutenção da Casa da Mulher Brasileira que faz um trabalho extraordinário de atendimento às mulheres maranhenses”, esclareceu a senadora Eliziane Gama.

Durante o encontro, Eliziane Gama destacou a importância de iniciativas como o Observatório da Mulher contra a violência (OMV) criado pelo Senado em 2016.
Na semana passada, a senadora maranhense solicitou a implantação do Observatório no Maranhão. A plataforma de referência nacional e internacional em dados, pesquisa, análise e intercâmbio entre as principais instituições atuantes no tema da violência contra as mulheres.

“A partir dessa iniciativa, queremos compartilhar com o estado as ferramentas desenvolvidas pelo Senado, para auxiliar no aprimoramento de políticas de enfrentamento à violência contra mulheres maranhenses”, disse, ao ressaltar que a parceria será feita com a secretaria estadual da Mulher.