0

Imagens do dia: Mical comemora o Dia da Família com evangélicos na Alema

Com representantes de várias denominações, deputada estadual destacou o que chama de família tradicional e ressaltou que os homens são os cabeças da família, afirmação que gerou polêmica no mês passado, quando ela anunciou “encher o plenário de macho”; nesta tarde haviam homens, mulheres e crianças na solenidade, todos ligados às igrejas evangélicas

 

A Assembleia Legislativa do Maranhão realizou na tarde desta quarta-feira, 15, sessão solene em comemoração ao Dia da Família, uma proposição da deputada Mical Damasceno (PSD). A data, instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 1993, é celebrada internacionalmente no dia 15 de maio. 

Com a presença de homens, mulheres e crianças provenientes de várias denominações evangélicas, a solenidade foi marcada por momentos de louvores, orações e exaltação à família tradicional.

É uma alegria estarmos aqui com nossos irmãos para comemorarmos este dia tão especial para nós. Defendemos que a família, esta instituição criada por Deus, é composta por homem e mulher, que é a família tradicional. E esta sessão é uma festa linda, na qual falamos especialmente com os cabeças da família, que são os homens, mas também com a presença de mulheres, jovens e crianças, muitos evangélicos, como costuma ser os eventos que fazemos aqui”, destacou a parlamentar.

0

Mical Damasceno denuncia novas agressões a evangélicos no interior…

Deputada mostrou na tribuna da Assembleia Legislativa imagens de membros da Igreja Assembleia de Deus atacados com pedradas em um povoado do município de Peri-Mirim e um outro episódio, de arrastão em um templo no município de Fortuna, de onde levaram celulares, joias, motos e carros dos fieis

 

Vídeo exibido por Mical Damasceno na Alema mostra aspectos do ataque a pedradas na igreja de PeriMirim

A deputada estadual Mical Damasceno (PSD) voltou a denunciar na tribuna da Assembleia Legislativa ataques a fieis das igrejas evangélicas no interior do Maranhão; desta vez, ela mostrou imagens de dois episódios:

  • No povoado Pedrinhas, em Peri Mirim, os fieis da igreja Assembleia de Deus foram atacados a pedradas por vândalos, ferindo idosos, adultos e crianças;
  • Já em Santa Maria, município de Fortuna, houve arrastão durante um evento da igreja, de onde levaram joias, celulares e veículos dos fieis.

 – Os irmãos estavam lá cultuando ao Senhor, de repente começou a vir pedrada de todos os lados. Feriu criança, feriu adultos. Teve um que foi tanta pedrada que, na hora, quebrou o relógio; foi pedrada demais, os telhados – contou Mical Damasceno, mostrando imagens da Assembleia em PeriMirim.

Ela também relatou o caso do arrastão em Fortuna, durante um evento para arrecadar fundos chamado “Festival do Milho”, também na  Assembleia de Deus.

– De repente, às dez horas da noite do sábado, foram surpreendidos. A Casa Pastoral foi invadida por quatro elementos, dois de capuz, um de capacete e um cara de pau, um cara limpa. Primeira coisa que eles disseram: “a internet está funcionando?” O pastor respondeu: “não!” Ele disse: “pois foi nós que cortamos”. E aí eles levaram todos os celulares, levaram duas caminhonetes, levaram uma moto, levaram as alianças dos irmãos e colocaram armas na cabeça dos irmãos – reltou Mical Damasceno.

A deputada garantiu que onde houver igreja perseguida ela estará presente para defendê-la

A deputada estadual visitou a igreja de Peri Mirim acompanhado por militares da Assembleia Legislativa e disse que fará sempre dessa forma, para tentar inibir os ataques contra os templos no interior. Ela deu nome dos indivíduos que atacaram a igreja a pedradas: Josélio Barros e Dinaleia.

– Onde tiver igreja perseguida aqui no estado Maranhão, eu estarei lá para intimidar e para dizer para eles que aqui tem uma voz que defende esse povo, esse povo tem dono. Essa obra pertence a Deus, e Deus me constituiu para eu estar aqui – afirmou.

Em relação ao caso de Fortuna, a deputada disse que um dos bandidos foi identificado quando usava a aliança de um dos membros, que tinha o nome da esposa.

Os casos relatados por Mical Damasceno também foram notificados à Secretaria de Segurança Pública…

0

“Só assim pra eu sossegar”, diz Eliziane, após acidente doméstico

Com aperna imobilizada após queda na casa da sua mãe, senadora maranhense está se recuperando em casa, mas continua ativa nas redes sociais e em aplicativos de troca de mensagem, com diversas postagens nesta segunda-feira, 15

 

Eliziane com a perna já imobilizada após acidente na casa da mãe; repouso físico, mas com atividade nas redes sociais

A senadora Eliziane Gama (PSD) passou o dia em casa, com a perna imobilizada após acidente doméstico sofrido no último domingo, 14; ela caiu ao descer a escada da casa de sua mãe, após tropeçar na sandália.

– Só assim pra eu sossegar um pouco. Mas tá tudo bem, a sandália me fez escorregar, vou trocar – disse a senadora, ao comunicar o acidente.

Mesmo com dificuldade de mobilidade, Eliziane manteve-se ativa nas redes sociais nesta segunda-feira, 15; fez postagens de lembranças da “Caravana Fome e Sede de Justiça” e lembrou duas figuras importantes do segmento evangélico, que partiram neste fim de semana.

O cantor e compositor gospel Jota Martins, um dos mais respeitados da música evangélica maranhense, faleceu aos 73 anos.

– J. Martins dedicou sua vida ao louvor a Deus, suas canções marcaram dos anos 1980 aos anos 2000. Era conhecido por ser dono da antiga Livraria Voz do Calvário – lembrou Eliziane; no início da trajetória parlamentar da senadora, ele trabalhou como seu chefe de gabinete na Assembleia Legislativa do Maranhão.

Também faleceu neste início de semana a missionária Terezinha Amaral, aos 94 anos.

– Terezinha Amaral trabalhou arduamente a serviço do Reino de Deus e durante mais de quatro décadas liderou o Círculo de Oração da Assembleia de Deus no Bairro do João Paulo. Ela deixa importante legado de dedicação, fé e exemplo de devoção – lem brou a senadora.

A previsão é que Eliziane retome sua agenda normal de trabalho no Senado em uma semana…

0

Mical Damasceno promove sessão solene com “‘Segundo Círculo de Oração no Parlamento”

Em comemoração ao Dia Estadual do Círculo de Oração, no dia 6 de março – Lei de autoria da própria deputada –  Assembleia realizou ato solene com a participação de mulheres representantes de diversas igrejas evangélicas Assembleia de Deus em São Luís

 

Em sessão solene proposta pela deputada Mical Damasceno (PSD), a Assembleia Legislativa do Maranhão realizou, na tarde de quarta-feira (06), ato de celebração alusivo ao “Segundo Círculo de Oração no Parlamento”. Participaram do evento representações da Igreja Assembleia de Deus de São Luís (IADELS) e do interior do estado, ministérios independentes e outras denominações evangélicas.

O Dia Estadual do “Círculo de Oração” é comemorado no dia 6 de março, por iniciativa da deputada Mical Damasceno. A parlamentar coordenou o ato solene, que contou ainda com a participação das deputadas Ana do Gás (PCdoB) e Dra. Vivianne (PDT).

Leituras bíblicas intercaladas por cânticos de louvor marcaram a cerimônia.

Mical Damasceno explicou a origem do “Círculo de Oração” e expressou sua alegria em realizar o “Segundo Círculo de Oração no Parlamento Estadual.

“O Círculo de Oração teve origem em Recife (PE), em 1942, por meio da missionária Albertina Bezerra, que alcançou uma graça. Estamos aqui, nesta sessão solene, repleta de mulheres, para celebrarmos o Segundo Círculo de Oração no Parlamento e para glorificarmos o Senhor Jesus Cristo”, frisou.

Missionárias 

A missionária Jarildes Rios, do campo Vila Brasil, em São Luís, esclareceu o que é o “Círculo de Oração” e externou seu contentamento em participar do evento.

“É um ministério que nós temos em todas as igrejas Assembleia de Deus aqui em São Luís. É a nossa vida. É o que as missionárias, as mulheres desempenham na igreja. É interceder e orar pelas pessoas para que sejam curadas, pela libertação de vidas e pela obra missionária. É uma satisfação muito grande participar de um evento desse para falar de oração. Uma oportunidade nica de orarmos pela Assembleia, que é a Casa do povo”, afirmou.

Importância
Marcela Pinheiro, dirigente do Círculo de Oração da área 6, da Igreja Assembleia de Deus do Anjo da Guarda, ressaltou a importância do evento.

“Agradecemos à deputada Mical e a toda a Assembleia Legislativa por nos proporcionar este momento de propagação da Palavra. Estamos aqui para darmos continuidade a essa obra”, assinalou.

A missionária Rubenilde Soares, da Igreja Assembleia de Deus, campo São Luís, também agradeceu ao Parlamento Estadual a oportunidade de louvor a Deus.

“Somos gratos à Assembleia Legislativa por este momento de louvor. É uma iniciativa excelente da deputada Mical de reunir, todo ano, essas mulheres para celebrar o aniversário do “Círculo de Oração”, disse.

Da assessoria

0

Mical realiza sessão solene de oração na Assembleia…

Deputada estadual convida fieis das igrejas evangélicas para evento no dia 6 de março, na Assembleia Legislativa, em comemoração ao Dia do Círculo de Oração, e pede que os convidados compareçam vestidos de branco

 

A deputada estadual Mical Damasceno (PSD) vai liderar na próxima quarta-feira, 6, um gigantesco círculo de oração na  Assembleia Legislativa.

A sessão solene vai lembrar o Dia do Círculo de Oração, comemorado nesta data; a Lei que estabeleceu o dia – nº 11043/19 – é de autoria da própria deputada.

Para o evento, a deputada estadual pede que os convidados compareçam com roupas brancas o que simboliza as sessões de oração nas igrejas evangélicas, sobretudo nas assembleias de Deus.

A sessão solene se dará no Plenário Nagib Haickel, a partir das 14 horas…

0

Abertura da Semana de Retiros será realizada nesta sexta-feira, 9

A abertura do período de retiros culturais é uma das programações do público evangélico durante o carnaval

Com mais de 15 anos de história, a Lei 8.904/2008 de autoria da senadora Eliziane Gama (PSD) assegura a realização da Semana Maranhense de Retiros Culturais garantindo o apoio do Governo do Estado às atividades de arte e música que ocorrem em centenas de retiros evangélicos realizados anualmente no período de carnaval.

A Abertura Oficial da Semana Maranhense de Retiros Culturais 2024 terá a participação do cantor Carlos Alfredo, Cantora Lídia Carollini e Grupo de Coreografia Profetas da Dança da Igreja Ágape.

O evento será realizado nesta sexta-feira, 9, a partir das 14 horas no auditório do Edifício João Goulart, localizado na Praça Dom Pedro II, Centro de São Luís. É aberto ao público e contará com a presença de coordenadores de retiros da Região Metropolitana de São Luís.

A Comissão Organizadora da Semana Maranhense de Retiros se reuniu na semana passada com coordenadores de retiros para apresentar a programação deste ano que inclui Bônus Cultural, Concurso do Melhor Grito de Guerra, visitas e flashes ao vivo diretamente dos retiros.

A autora da Lei 8.904/2008 que reconhece a arte evangélica como cultura e idealizadora da Semana de Retiros, senadora Eliziane Gama (PSD) destaca a importância do período de retiros para a juventude cristã maranhense.

– São centenas de jovens, irmãos e irmãs que se reúnem para dias de alegria, louvor e comunhão. Que através de uma programação que inclui música, arte, gincanas e ministração da Palavra de Deus dedicam momentos preciosos ao Senhor Jesus e merecem todo reconhecimento – destacou Eliziane Gama.

SERVIÇO:

  • O que? Abertura Oficial da Semana Maranhense de Retiros Culturais 2024

  • Onde? Auditório do Edifício João Goulart, localizado na Praça Dom Pedro II, Centro de São Luís-MA

  • Quando? Nesta sexta-feira, dia 09 de fevereiro a partir das 14 horas

0

Mical Damasceno clama por ano legislativo produtivo e harmonioso

Em seu primeiro pronunciamento do ano, como de praxe, parlamentar cantou o hino da Arpa Cristã, de louvor e gratidão a Deus

 

Na sessão plenária desta terça-feira (6), a deputada Mical Damasceno (PSD), em seu primeiro pronunciamento do ano, como de praxe, cantou o hino da Arpa Cristã, de louvor e gratidão a Deus, e desejou um Ano Legislativo abençoado para todos os pares.

A deputada disse que só Deus dá a oportunidade de os parlamentares retornarem à Casa e voltarem às suas atividades.

“É uma bênção que Deus tem nos concedido”, afirmou, e rogou a Deus que ilumine e dê sabedoria à presidente da Assembleia, deputada Iracema Vale (PSB), na condução dos trabalhos do Parlamento Estadual.

“Que a senhora prossiga conduzindo de maneira harmoniosa e respeitosa todos os deputados, como a senhora sempre respeitou a cada um, independente de suas crenças. Agradeço o convívio com todos os parlamentares. Que Deus abençoe a cada um! É o que desejo a todos os parlamentares”, finalizou.

0

A histórica e transparente relação de Eliziane com as igrejas…

Pauta de desconstrução da imagem da senadora maranhense nas denominações evangélicas é gerada por grupos adversários, ligados ao bolsonarismo, que ainda se ressentem da derrota de 2022 e da perda de espaço com a chegada ao poder de um governo mais à esquerda, ao qual, organicamente, a parlamentar sempre foi mais identificada

 

 

Desde 2006 Eliziane aproximou os governos das igrejas e as igrejas do Palácio dos Leões, começando com Jackson Lago e se consolidando com Flávio Dino

Ensaio

Nascida e criada no evangelho – dentro das mais rígidas regras do pentecostalismo pregado pela Assembleia de Deus nos rincões do Maranhão nos idos de 1970 – a senadora Eliziane Gama (PSD) sempre teve, mesmo assim, postura progressista, o que não a impediu de construir uma carreira de destaque como jornalista e como política evangélica, de deputada estadual, passando por deputada federal e chegando a senadora.

Nestes 18 anos de vida parlamentar ela sempre teve o apoio das lideranças e da base da Assembleia de Deus e de outras denominações evangélicas, sobretudo pela sua fidelidade e lealdade aos princípios cristãos e por suas ações políticas de fortalecimento e empoderamento deste segmento social ao longo de vários mandatos.

Como deputada estadual, a atual senadora comandou a CPI da Pedofilia na Assembleia Legislativa, quando o assunto ainda era tabu, sobretudo nas igrejas; é de sua autoria, também, a lei que instituiu os retiros evangélicos – e católicos – na agenda cultural do Maranhão, o que permitiu luz sobre estes movimentos que, no mínimo, protegem jovens no carnaval.

Igreja de nascimento de Eliziane, a Assembleia de Deus sabe que sua carreira política tem identificação pessoal com a do agora ministro do Supremo Tribunal Federal Flávio Dino – e anterior a ele, ela também sempre foi ligada historicamente a Jackson Lago, outro ícone da esquerda maranhense.

Eliziane aproximou as igrejas tanto de Jackson quanto de Flávio Dino e tornou a relação mais leve; lideranças evangélicas, tanto da AD quanto de outras denominações passaram a ter acesso ao poder a partir de seus movimentos.

Não é exagero afirmar que, graças a Eliziane Gama, vários outros homens e mulheres das igrejas com vocação política puderam sonhar com um mandato parlamentar ou no executivo ao longo desses 18 anos.

Foi a partir da ascensão do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) que a promiscuidade política passou a impregnar as igrejas; manipulando a fé e mesclando a doutrina religiosa com a pauta da direita radical, Bolsonaro atraiu figuras nocivas da agenda evangélica, tipos como Silas Malafaia, Marcos Feliciano, Valdomiro Santiago e outros mercadores da fé.

Mas é claro que, no Maranhão – e dentro das igrejas – houve quem se beneficiasse dessa agenda bolsonarista; e começou aí a hostilização à senadora, que se posicionou contra os deturpados ideais do então presidente e a manipulação da fé evangélica com interesse político.

Dentro da Igreja Assembleia de Deus – e no segmento evangélico – Eliziane Gama se mantém historicamente onde sempre esteve, com a ciência de todas as lideranças assembleianas e evangélicas do Maranhão.

E é assim que ela mantém seu espaço dentro do movimento cristão maranhense.

Que completará 20 anos exatamente em 2026.

Na renovação do seu mandato no Senado…

0

Mical Damasceno faz balanço do mandato em 2023…

Com forte atuação em plenário e nas comissões, deputada estadual tem projetos de lei específicos que trabalham com objetivo de construir o Maranhão alinhado aos seus princípios cristãos-evangélicos

 

Para Mical Damasceno, os valores cristãos devem nortear os princípios da família maranhense em todos os seus aspectos

A deputada estadual Mical Damasceno (PSD) publicou em suas redes sociais o balanço de suas atividades parlamentares em 2023.

Com forte atuação em plenário voltada para as causas cristãs, a parlamentar apresenta projetos específicos, que também se encaixam dentro destes princípios.

– Cada ação legislativa é um passo na construção de um Maranhão mais justo e alinhado aos nossos princípios cristãos – diz a deputada.

Em 2023, Mical Damasceno apresentou Projeto de Lei que amplia a rede de escolas civico-militares no Maranhão; em outra proposta ligada à Educação, ela apresentou o PL que desobriga professores da rede estadual a participar de festas religiosas nas escolas.

Em suas ações mais específicas dentro de seus valores evangélicos, Mical Damasceno teve duas propostas de forte repercussão.

A primeira cria o programa  “Igreja Livre”, que garante a liberdade religiosa, “dando às igrejas segurança para exercer sua fé”; outra proposta pede a revogação da Lei que obriga estabelecimentos comerciais a instalar placas sobre identidade de gênero.

Mical Damasceno está no segundo mandato de deputada estadual e se prepara para atuar ativamente nas eleições de 2024.

Já em busca de voos mais altos em 2026…

0

Eliziane Gama também atua em busca de votos para Flávio Dino…

Senadora maranhense articula apoio da bancada feminina e dos evangélicos ao ministro da Justiça, indicado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva para o Supremo Tribunal federal

 

Eliziane articula com o colega Randolfe Rodrigues como se dará a busca de votos para Flávio Dino no Senado

A senadora Eliziane Gama (PSD) começou a atuar em duas frentes em busca de votos para aprovar o nome do ministro da Justiça Flávio Dino, indicado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Supremo Tribunal Federal.

Eliziane busca apoio da bancada feminina e dos evangélicos do Senado.

Nesta quinta-feira, 30, a senadora maranhense recebeu em jantar os membros da bancada feminina, para uma confraternização de fim de ano; a bancada é uma das mais representativas do Senado.

Embora não tenha usado o jantar para articulação, Eliziane vai conversar em outro momento com as colegas senadoras, com apoio da maranhense Ana Paula Lobato (PSB), que ocupará definitivamente a vaga de Dino.

A senadora maranhense com as colegas em sua casa, na confraternização de fim de ano da bancada feminina

Além da articulação em torno de Dino,  Eliziane também busca viabilização de seu nome como opção para o comando do Senado em 2025.

Além das mulheres, a senadora maranhense quer apoio dos evangélicos a Flávio Dino; membro da Assembleia de Deus, ela tem penetração entre os colegas de várias denominações.

Flávio Dino precisa de pelo menos 41 votos no Senado para ter o nome aprovado para o STF; relator da indicação do ministro, o senador Weverton Rocha (PDT) acredita em pelo menos 55 votos favoráveis.

Para isso, atua diretamente entre senadores da oposição e da direita, além dos bolsonaristas…