2

Zé Carlos foi o único maranhense a pedir cassação de Eduardo Cunha…

ze-carlos

Para Zé Carlos, Cunha perdeu as condições de presidir a Câmara

O deputado José Carlos Nunes, o Zé Carlos (PT) foi o ú8nico dos 18 deputados federais do a assinar a Representação que pede a cassação do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), por quebra de decoro parlamentar.

– O presidente Eduardo Cunha mentiu na CPI da Petrobras quando disse que não tinha contas no exterior, além do que essas contas com seus saldos milionários tem como origem propina. Portanto, ele não reúne a mínima condição de representar o Parlamento Brasileiro – disse o petista.

O documento que foi entregue ao Conselho de Ética na última terça-feira, 13.

Com informações e imagem do blog Dalvana Mendes
1

Maioria na executiva do PT quer candidatura própria em São Luís…

Zé Carlos é a principal opção petista

Zé Carlos é a principal opção petista

A última reunião da Executiva Municipal do Partidos dos Trabalhadores, na noite de quarta-feira, 2,  mostrou que a maioria dos membros quer candidatura própria do PT nas eleições de 2016 em São Luís.

Apesar da clara contrariedade do presidente da legenda, Fernando Magalhães, os membros manifestaram-se favoráveis à abertura de discussão sobre a escolha de um candidato próprio.

Atualmente, o nome mais cotado para encarnar o papel de candidato é o deputado federal Zé Carlos.

Yglesio, mesmo sem mandato, também é cogitado

Yglesio, mesmo sem mandato, também é cogitado

Entre os membros da Executiva há também quem defenda uma aliança com o prefeito Edivaldo Júnior (PTC) – apesar das críticas à sua gestão – mas apenas como parte de um pacote que inclua a participação no governo Flávio Dino e na própria prefeitura.

Apesar do nome de Zé Carlos ser o favorito, há petistas que defendam também a filiação da vereadora Rose Sales, embora ela enfrente resistências da parte dinista do partido, e o lançamento do médico Ylgésio Moyses, suplente de deputado estadual.

Mas esta é uma outra história…

0

Zé Carlos leva para o Congresso experiências de leis aprovadas no MA…

Zé Carlos em discurso na Câmara

Zé Carlos em discurso na Câmara

Preocupado com a realidade do Maranhão, o deputado Zé Carlos aprovou, no final de seu mandato de deputado estadual, leis de forte alcance político-social, como a Lei da Ficha Limpa, Lei da Pedagogia da Alternância, Fundo da Agricultura Familiar, Lei que institui Equipe de Transição para prefeitos municipais.

Cientistas políticos caracterizaram estas leis como as mais importantes daquela legislatura, e que de fato são leis que dialogam com os principais problemas da sociedade.

No mandato de deputado federal, o parlamentar mantém a coerência e a boa vontade de transformar a realidade do país. O parlamentar levou a experiência da lei que dispõe sobre a equipe de transição no Maranhão para a Câmara Federal.

Ainda neste mês de julho, Zé Carlos apresentará projeto que dispõe sobre a instituição de equipe de transição por candidato eleito para os cargos de governador de Estado, Distrito Federal e prefeito municipal.

Essas transições normalmente são conflituosas, às vezes um pouco mais, às vezes um pouco menos, mas são transições conflituosas. A ideia é fazer com que o gestor eleito receba todas as informações necessárias, em condição de lei, para que possa assumir o seu mandato com menor dificuldade possível.

A lei prevê que, para aqueles prefeitos e governadores que não cumprirem a legislação, realmente sofram as penalizações, tornando-os Ficha Suja e por consequência inelegíveis.

De fato essa é uma justa preocupação, principalmente se for levada em conta as truculências que tem acontecido em diversos Estados nesse período de transição.

1

Zé Carlos destaca importância do Plano da Agricultura Familiar…

zeO deputado maranhense Zé Carlos (PT) parabenizou a Presidente Dilma pelo lançamento, anteontem (22), do Plano Safra da Agricultura Familiar de 2015/2016, o maior já lançado no nosso país.

Ontem pela manhã, na Câmara dos Deputados, Zé Carlos reuniu-se com o Núcleo Agrário do PT, numa preparação  para a audiência que teria,  à tarde, com a presidente do Incra e várias entidades maranhenses que prestam assistência técnica para a agricultura familiar do Maranhão – FETAEMA, Tijupá, Planeja, COSPAT, MIQCB,CENTRUR MST, ASSEMA, SMDH, COORSET.

– Tanto os recursos do novo Plano Safra, no valor de R$ 28,9 bilhões, quanto o Decreto que também foi assinado ontem pela Presidente Dilma, garantindo que no mínimo 30% dos alimentos adquiridos pela administração pública federal sejam provenientes da agricultura familiar, representarão um grande impulso para a produção e, o que é melhor, um aumento na renda dos pequenos agricultores. É uma medida de justiça, já que é a agricultura familiar que produz a maior parte dos alimentos que vão para a mesa dos brasileiros – comemorou Zé Carlos.

Para Zé Carlos, o novo Plano Safra vai muito além dos que foram lançados anteriormente, pois, mesmo em época de crise nacional e mundial, esse Plano disponibiliza mais recursos financeiros que o Plano anterior, juros subsidiados, maior desburocratização e seguro agrícola, além de assistência técnica e de um aumento das compras públicas.

Para o deputado, o Brasil não pode pensar num crescimento econômico sustentável se não houver fortalecimento da economia do campo.

Conforme costumo dizer, se o homem do campo não roça, a cidade não almoça. Se o homem do campo não planta, a cidade não janta.

Zé Carlos também se mostrava satisfeito com a assinatura de outros dez Decretos assinados pela Presidente Dilma, que garantem a desapropriação de terras para regularização de territórios quilombolas e beneficiam mais de duas mil famílias.

No Maranhão, foram beneficiadas as comunidades de Santa Rosa dos Pretos (município de Itapecuru-Mirim) e Charco (município de São Vicente Férrer).

1

Zé Carlos destaca valorização de agentes agropecuários…

O Deputado Federal Zé Carlos (PT) subiu à tribuna esta semana para tratar do reconhecimento de um direito pelo qual os agentes de fiscalização agropecuária (AFA) do Maranhão, já lutavam há pelo menos oito anos, que é o pagamento de adicional de insalubridade, implementado pelo Governo do Estado.

Zé Carlos, em discurso na tribuna

Zé Carlos, em discurso na tribuna

O parlamentar destacou a atuação do governo estadual no reconhecimento de um direito relevante para a categoria que cumpre papel importante de fiscalização na produção animal e vegetal, promovendo a saúde pública, favorecendo a economia dos Estados e do Brasil, e dando prestígio científico tanto aos respectivos Estados quanto de maneira geral ao País.

Durante o discurso, o petista lembrou que o grupo de trabalhadores tem ainda outras reivindicações destinadas ao estímulo servidores, que interfere diretamente no nível de qualidade dos serviços prestados pela Agência de Defesa Agropecuária do Maranhão.  Na pauta, os profissionais exigem instalações físicas dignas, equipamentos eficientes, rede virtual de alta tecnologia e, principalmente, concurso público em razão da carência de servidores. 

– Essas reivindicações dos trabalhadores da defesa agropecuária do Maranhão são, todas elas, em favor de um serviço prestado com mais eficiência. Em outras palavras, são reivindicações em favor do Estado do Maranhão e, de um modo geral, do País. Portanto, quero pedir ao Governador Flávio Dino que também seja sensível aos pleitos dos fiscais agropecuários que ainda não foram atendidos. Tenho certeza de que sua sensibilidade fará justiça a tão importante classe de trabalhadores e trabalhadoras do nosso Brasil – frisou o deputado.

 

HOMENAGEM URBANO SANTOS

Ainda no pequeno expediente, o parlamentar homenageou a cidade de Urbano Santos, pelos 86 anos de emancipação política. O deputado parabenizou a gestão da prefeita Iracema (PT), que no festejo de comemoração do aniversário da cidade entregará à população ônibus escolares, unidades básicas de saúde, uma escola, sistema de abastecimento de água, dentre outras obras e equipamentos.

– A administração da Prefeita Iracema tem sido destaque, no Maranhão, pelo compromisso com o povo – finalizou.

4

Imagem do dia: um pioneiro da publicidade no Maranhão…

zecarlos

O comunicador José Carlos Castelo Branco foi um dos pioneiros da publicidade no Maranhão. Ao lado de Evilson Almeida, Rodrigo Caracas e Rogério Ferreira – todos sócios, em um momento ou outro da carreira – ele abriu caminho para a construção das campanhas de mídia no Maranhão. Ao longo d carreira, fez da antiga Ecos Publicidade uma das mais importantes agências do estado. manteve também a Exibidora Maranhense de Cartazes. E ainda teve tempo para consolidar a marca Cheiro Verde, um dos mais tradicionais restaurantes de São Luís. Zé Carlos faleceu na madrugada de hoje, vítima de infecção generalizada, decorrente de uma pneumonia.

0

Zé Carlos representa bancada do PT no Grito da Terra, no Senado

ze2

Zé Carlos, na Mesa do Senado, representando o PT…

O deputado Zé Carlos representou a bancada de deputados federais do PT, nesta sexta-feira, 22,  na sessão solene que homenageou a 21ª edição do “Grito da Terra Brasil”.

Promovido pelo Movimento Sindical dos Trabalhadores Rurais (MSTTR), o “Grito da Terra Brasil” é um evento que reúne anualmente, em Brasília, milhares de pessoas de todo o país, como líderes rurais, agricultores familiares, assalariados rurais, entre outros.

No seu discurso, o parlamentar maranhense arrancou palmas da plateia quando declarou apoio incondicional a todas as reivindicações que os trabalhadores e trabalhadoras do campo apresentaram à Presidenta Dilma Rousseff no último dia 15.

...E na tribuna da Casa, em discurso

…E na tribuna da Casa, em discurso

Com um mandato voltado fortemente para procurar solucionar os problemas da área rural, Zé Carlos disse que a melhoria da qualidade de vida do homem do campo tem sido sua principal bandeira de luta na política.

– A melhoria da vida do homem do campo tem sido minha principal bandeira de luta desde que passei a fazer política partidária. Melhoria de vida, no campo, em todas as áreas: na educação; na saúde; na assistência técnica para garantir e fortalecer a agricultura familiar; na facilitação para obtenção de créditos pelos pequenos agricultores e, de modo geral, na concretização de uma reforma agrária que dê condições dignas para o assentado – afirmou o deputado.

Após recitar parte do poema “Morte e Vida Severina”, do falecido poeta João Cabral de Melo Neto, Zé Carlos ressaltou que “apesar de belo, o poema retrata um quadro triste que não queremos mais para o brasileiro que vive da sua roça”.

– Não queremos mais fome no campo. Não queremos mais ignorância no campo. Não queremos, no campo, mais mortes por doenças facilmente curáveis. Não queremos, no campo, que os trabalhadores assalariados sejam mal pagos ou se submetam ao trabalho escravo. Não queremos mais atraso tecnológico no campo. Não queremos, no campo, falta de cultura, mas que os brasileiros que no campo vivem e trabalham tenham acesso a cinema, a teatro, a balé, à poesia – finalizou Zé Carlos.

1

Ficha limpa avança na Assembleia…

Do blog de Itevaldo Júnior

Após aprovação por unanimidade, pela Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa, no início do ano, o Projeto de Lei do deputado Zé Carlos do PT, que defende Ficha Limpa para o serviço público do Maranhão, foi aprovado ontem pela Comissão de Administração Pública, Seguridade Social e Relações do Trabalho.

A expectativa – pouco provável – é que o projeto Ficha Limpa vá a plenário para votação ainda esta semana.

Caso seja aprovado, todo cargo de confiança na gestão pública deverá ter comprovação de conduta proba e ilibada, da mesma forma que um funcionário tem que fazer quando ingressa no concurso público. Continue lendo aqui…

0

Zé Carlos propõe debate sobre pedagogia da alternância…

Zé Carlos prega pedagogia da alternância

Em discurso poferido ontem na Assembléia Legislativa, o deputado Zé Carlos da Caixa (PT) voltou a defender a agricultura familiar no Maranhão.

O parlamentar prpopôs aos colegas a elaboação de uma pauta que chegue ao governo – para que seja encaminhada à Casa projeto de lei relativo às Escolas Famílias Agrícolas. Na avaliação do parlamentar, elevando estes centros à condição de escolas públicas, o governo dará um novo rumo às famílias agrícolas, com a garantia de ensino regular.

 – Tomemos como modelo estas inovações. Creio que a Casa já possui dados suficientes para compreender que podemos mudar o cenário da agricultura familiar maranhense. Não fiquemos somente na esfera da avaliação, avancemos para as proposições – pregou o parlamentar.

Nas galerias estavam presentes representantes nacionais e internacinais dos Centros Familiares de Formação por Alternância. Eles participam, desde quarta-feira, do “I Fórum Internacional de Centros Familiares de Formação por Alternâncias – CEFFAs”, que ocorre no Hotel Santa Luzia, no Calhau.

O discurso de Zé Carlos teve epercussão imediata. os colegas Marcelo Tavares (PSB), Eliziane Gama (PPS), Bira do Pindare (PT) e Rubens Pereira Júnior (PCdoB) elogiaram a inciativa do parlamentar e se posicionaram a favor da elaboração do projeto de lei.

Zé carlos petende continuar o debate nas próximas sessões da Assembléia…