0

Com convenção em plena segunda-feira, Braide repercute mais…

Primeiro colocado nas pesquisas deixa para realizar sua festa partidária após todos os principais adversários; e mostra seu cacife eleitoral reunindo a militância em pleno dia normal de trabalho em São Luís

 

Ao deixar para realizar sua convenção eleitoral depois de todos os seus principais adversários, o deputado federal Eduardo Braide (Podemos) cria uma nova expectativa em torno de si.

Além de realizar sua festa em uma inusitada segunda-feira de trabalho normal em São Luís, ele abriu espaço para naturais comparações entre a sua e as de Neto Evangelista (DEM), Duarte Júnior (PDT) e Rubens Pereira Júnior (PCdoB), já realizadas no fim de semana.

Até o momento, Braide tem o controle absoluto de sua campanha, atraindo apoio sem troca de favores, decidindo sobre sua vice e montando o palanque como imagina que deva ser.

O recado que saiu da sua convenção nesta manhã apontará para a nova fase da campanha, quando os embates se tornarão ainda mais duro.

E ele é o adversário a ser batido…

4

Com Nêga do Coroadinho, Neto Evangelista contempla comunidades de SLZ

Militante do PDT com forte atuação nos movimentos sócios-culturais, Luzimar Lopes atua também no movimento negro, e dá a chapa democrata o equilíbrio fundamental, fugindo do defasado binômio mulher/evangélico, que marca as eleições desde 2006

 

O deputado estadual Neto Evangelista (DEM) candidato do DEM a prefeito de São Luís, recebeu nesta quinta-feira, 10, sua companheira de chapa, indicada pelo PDT.

Trata-se da militante sócio-cultural Luzimar Lopes, conhecida por Nêga do Coroadinho, que tem forte atuação sócio-cultural e política nas comunidades carentes do entorno de São Luís.

Luzimar é fortemente conhecida no pólo Coroadinho e no Coroado, onde tem atuação destacada.

Sua indicação simboliza a contemplação de todas as comunidades de São Luís.

– Conheço na pele as necessidades dessa cidade – destacou Nêga, ao prometer empenho pela chapa.

Com a indicação pedetista, a chapa de Evangelista foge do defasado binômio mulher/evangélico para composição de chapa – criado desde as eleições de 2006 – e ainda acena para os movimentos negros e comunitários, onde o PDT tem sua força.

Para Evangelista, a presença de Luzimar na chapa garante uma mulher como futura prefeita de São Luís, já que, entende ele, a chapa será eleita e reeleita.

0

PCdoB já dá como certo apoio do PT a Rubens Júnior…

Comunistas já definiram a vaga de vice para o vereador petista Honorato Fernandes, que acompanha o candidato a prefeito como companheiro de chapa nas reuniões e palestras nas comunidades

 

Honorato se declarou vice de Rubens Júnior mesmo sem o PT oficializar aliança, que os comunistas dão como certa

O PCdoB já inclui o PT em todas as peças de propaganda da campanha do candidato Rubens Pereira Júnior a prefeito de São Luís.

Para os comunistas, a aliança está selada e sacramentada, faltando apenas a oficialização nas convenções, embora o PT ainda aguarde posicionamento nacional.

O próprio vereador Honorato Fernandes (PT) já acompanha Rubens Júnior como companheiro de chapa e está com ele em todas as reuniões e palestras nas comunidades.

O apoio do PT dará a Pereira Júnior forte presença na propaganda eleitoral, com a qual esperar superar os adversários.

E chegar ao segundo turno…

1

Chapa do PROS contará com dois médicos com objetivo de cuidar da saúde

O cirurgião e deputado estadual Dr. Yglésio terá como companheiro de chapa o oftalmologista Dr. Mauro César, numa chapa voltada 100% para a área da saúde

 

Uma chapa preocupada 100% com a saúde. Assim pode ser definida a chapa do PROS, depois do pré-candidato a prefeito de São Luís, Dr. Yglésio (PROS), anunciar o nome do seu pré-candidato a vice-prefeito.

“Um médico, oftalmologista reconhecidíssimo da cidade, membro atuante dentro do segmento da igreja católica, coordenador de grupos de escoteiros no Maranhão, é extremamente experiente, decente, é presidente da Associação Médica Brasileira e professor universitário, como também sou”, foi assim que Yglésio definiu o companheiro de chapa, o médico Dr. Mauro César (PROS) durante uma entrevista na rádio Mirante AM, na manhã desta quinta-feira (27).

Uma das principais dores de São Luís está na saúde.

Mas a motivação de aceitar o convite, conta Mauro César, foi por uma ampla discussão sobre os problemas da cidade.

“Tivemos uma ampla conversa sobre os grandes problemas da nossa cidade. Será uma chapa com dois médicos, mas além da saúde preocupado também com a educação, com a cultura, com o turismo, com esporte, lazer, com a criança, preocupado com as famílias e as pessoas em geral.”, disse o pré-candidato a vice-prefeito, Mauro César (PROS).

Ainda na entrevista na Mirante AM, Yglésio disse que com a chapa formada, a sua pré-candidata tem uma aliança pautada no bem-estar da população.

“Queremos fazer uma prefeitura que o único compromisso seja com o bem-estar do povo e isso fez, com que a gente dentro do partido, encontrasse um caminho que a gente viu ser o melhor caminho.”, argumentou. A convenção do PROS deve acontecer na primeira quinzena de setembro.

1

PP é empecilho para PT emplacar vice de Rubens Júnior…

Partido de Lula reivindica a composição de chapa com o candidato do PCdoB para fechar aliança, mas a vaga já estaria negociada com o Partido Progressista, que cede aos comunistas um dos maiores tempos propaganda eleitoral

 

O PP de André Fufuca foi o primeiro partido com tempo significativo de TV a declarar apoio a Rubens Pereira Júnior; a condição seria a vice, que já teria até nome definido

A movimentação de petistas em torno do deputado Rubens Pereira Júnior (PCdoB) tem um objetivo: compor a chapa do comunista à Prefeitura de São Luís.

Mas o desejo do PT estaria esbarrando em uma articulação entre o PCdoB e o PP, que já teria fechado a vaga de vice para a legenda comandada pelo deputado federal André Fufuca.

O blog Marco Aurélio D’Eça já, inclusive, tratou desta possibilidade, ainda em março – antes da pandemia – no post “PP articula indicação do vice de Rubens Júnior…”

Diante da retomada da especulação sobre a vice de Pereira júnior, o blog conversou com lideranças petistas e progressistas.

A adesão antecipada de alguns petistas a Rubens Júnior já teria o objetivo de guardar espaços na composição de chapa com o comunista

O deputado estadual Zé Inácio e o vereador Honorato Fernandes, que representam a legenda de Lula, não negaram nem confirmaram o interesse pela vaga de vice, mas mostraram objetivos diferentes em São Luís

Para Zé Inácio, “a situação política de São Luís para o PT continua indefinida e muita gente que tem se precipitado nos últimos dias pode ser surpreendida com o desfecho final”.

Honorato , por sua vez, confirma que a posição da legenda ainda será definida, em encontro que ele anuncia para o fim do mês; mais o vereador aponta o caminho:

– Tudo indica que a aliança ocorrerá com o PCdoB; é um desejo de uma grande parcela do PT.

Já o deputado André Fufuca, que comanda o PP no Maranhão, negou que a vice já estivesse definida para usa legenda; e foi diplomático.

– A escolha do vice passará por uma conversação com todos os partidos – minimizou.

0

Roberto Rocha mira vaga de vice de Eduardo Braide…

Senador presidente do PSDB no Maranhão descartou a candidatura do deputado Wellington do Curso alegando a necessidade de vitória em primeiro turno; composição de chapa com Podemos também está na mira de Josimar de Maranhãozinho

 

Ao tirar Wellington do Curso do páreo da sucessão, Roberto Rocha mira a composição de chapa com Eduardo Braide, que tem outros pretendentes na ala conservadora da política maranhense

 

O senador Roberto Rocha tem um objetivo ao defender a composição em torno do deputado federal Eduardo Braide (Podemos): a vaga de vice para o PSDB.

Rocha descartou ontem a candidatura do deputado estadual Wellington do Curso para defender aliança em torno de Braide, sob argumento de que é preciso o deputado federal vencer em primeiro turno as eleições de outubro.

Desde 2014 – quando se elegeu senador na chapa do governador Flávio Dino (PCdoB) – o tucano usa a força de propagada do partido para buscar espaços na composição de chapas, tanto nas eleições municipais quanto nas estaduais.

O problema de Rocha é que a vaga de vice de Eduardo Braide está sendo disputada também pelos deputados feder30ais Aluisio Mendes (PTN) e Josimar de Maranhãozinho, representantes da política conservadora no estado.

O assunto foi tratado, inclusive, no blog Marco Aurélio D’Eça, no post intitulado “Velha política ronda candidatura de Braide…

A articulação dos três representantes da bancada maranhense tem deixado, inclusive, o próprio Braide constrangido ao falar de alianças para outubro. O parlamentar, favorito na disputa em São Luís, evita tratar do assunto na imprensa.

Braide tem até julho para definir sua composição partidária para as eleições de outubro.

E até lá, Aluisio Mendes, Josimar de Maranhãzinho e, agora, Roberto Rocha, vão brigar pela hegemonia na chapa do favorito em São Luís…

1

Flávio Dino é o primeiro a marcar convenção…

Comunista vai reunir os partidos de sua base no dia 28 de julho para definir a chapa com a qual pretende concorrer à reeleição

 

Dino via insistir com Carlos Brandão na chapa; convenção marcada para o dia 28 de julho

O governador Flávio Dino (PCdoB) foi o primeiro candidato a governador a marcar data de convenção partidária.

Ele vai reunir os partidos de sua base no dia 28 de julho.

Embora tenha a expectativa de reunir o maior número de partidos entre os candidatos, o comunista pode ainda ter que ficar sem algumas legendas, diante das definições nacionais e locais para as eleições.

Uma das dúvidas é a candidatura do atual vice, Carlos Brandão (PRB), que está inelegível por ter assumido o governo depois do prazo legal para isso.

Mesmo assim, Dino tem dito que vai insistir no registro de Brandão.

O que vai gerar mais outras ações judiciais contra ele…

1

Roberto Rocha tenta aliança com Maura Jorge, que recusa ser vice…

Encontro foi confirmado pela assessoria dos dois pré-candidatos, cada uma com sua versão para a história; senador tucano ainda defende a unidade de todos os candidatos da chamada Terceira Via como opção à polarização entre Flávio Dino e Roseana Sarney

 

“UNIÃO DE TODOS”. Roberto Rocha quer a unidade da Terceira Via e buscou Maura Jorge como opção de chapa; ela recusou

O senador Roberto Rocha, pré-candidato do PSDB ao Governo do Estado, procurou a ex-prefeita Maura Jorge (PSL), há duas semanas, para tentar um acordo de aliança para as eleições de outubro.

O encontro, que ocorreu às vésperas da vinda de Jair Bolsonaro (PSL) ao Maranhão, foi confirmado tanto pela assessoria de Maura Jorge – que revelou o convite para ela ser vice e a recusa da proposta – quanto pelos aliados de Rocha, segundo os quais a conversa se deu apenas em torno da “cenários para a Terceira Via”.

De acordo com o que apurou o blog, a proposta de Rocha era mesmo ter Maura Jorge como companheira de chapa.

Mas ela agradeceu, explicou que não está por ambição de poder e não aceitou – afirmou um aliado da ex-prefeita, em contato com o blog por aplicativo de troca de mensagens.

A versão do senador tucano, que falou por intermédio de sua assessoria, é a de que Rocha “não queria que, lá na frente, fosse acusado de nunca ter tratado com a Maura a possibilidade de uma composição com ele”.

Mesmo diante da recusa de Maura Jorge, Roberto Rocha se disse ainda disposto a lutar pela unidade da Terceira Via, visão que, segundo ele, se reforçou com a consolidação da candidatura da ex-governadora Roseana Sarney (MDB).

– Com a confirmação da candidatura de Roseana na Segunda Via, a união de todos na Terceira Via seria mais viável – afirmou o senador, ainda segundo sua assessoria.

Além de Maura, os tucanos incluem como opção neste bloco o deputado estadual Eduardo Braide (PMN).

Que mantém absoluto silêncio sobre o processo eleitoral.

Mas esta é uma outra história…

2

Inelegibilidade de Brandão foi alertada a Flávio Dino por Rodrigo Maia…

Presidente da Câmara Federal que decidiu viajar para o Panamá a fim de evitar assumir a presidência – o que o tornaria inelegível – disse ao governador, para espanto do comunista, que seu vice ganhou o impedimento ao ficar no posto depois do dia 7 de abril

 

Rodrigo Maia com Flávio Dino e aliados no Palácio dos Leões; Carlos Brandão fora da foto

Até a sexta-feira, 20, nem o vice-governador Carlos Brandão (PRB), muito menos o governador Flávio Dino (PCdoB) se davam conta da inelegibilidade do primeiro no pleito de outubro.

Dino só tomou ciência da questão ao ser alertado pelo presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Foi Maia, durante a visita ao Palácio dos Leões, quem alertou Flávio Dino sobre o impedimento de seu vice ser novamente candidato, uma vez que assumiu o seu mandato depois do dia 7 de abril, o que é vedado pela Legislação Eleitoral. (Entenda aqui)

Surpreso com a revelação, o comunista tentou argumentar, mas Maia usou seu próprio exemplo para justificar.

Na semana passada, o presidente da República, Michel Temer (MDB), viajou ao Peru. Seu substituto imediato seria Rodrigo Maia, que recusou porque, neste caso, ficaria inelegível para qualquer outro cargo, a não ser o do próprio presidente.

Segundo na linha sucessória, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), também arranjou uma viagem, para evitar a inelegibilidade.

Coube à ministra Cármen Lúcia, presidente do STF, assumir o cargo de Temer, ainda que por apenas dois dias.

Diante dos argumentos de Rodrigo Maia, Flávio Dino teve que se render aos fatos; e passou, desde então, a buscar uma saída para Brandão e encontrar um novo vice.

Ou isso, ou enfrentar um bombardeio de ações judiciais durante a campanha…

0

Rubens Júnior já fala como vice no interior do estado…

De acordo com aliados, deputado federal do PCdoB anuncia suposta vitória do governador Flávio Dino em primeiro turno e diz a aliados que deverá ser o companheiro de chapa do comunista

 

Rubens Júnior com postura de vice de Flávio Dino em visitas pelo interior do Maranhão

Este blog recebeu pelo menos três mensagens de militantes políticos do interior dando conta de encontros do deputado federal Rubens Pereira Júnior (PCdoB) em que este se apresenta como provável vice do governador Flávio Dino (PCdoB).

Nas palestras, o parlamentar fala de vitória em primeiro turno e que está sendo trabalhado para ser o companheiro de chapa do comunista.

Mensagens com o mesmo tema foram enviadas, via aplicativo de troca de mensagens, dos municípios de Matões, Santo Antonio dos Lopes e Parnarama.

Este blog tentou contato com o parlamentar, mas não conseguiu localizá-lo.

Aliados seus na Assembleia e na Câmara Federal, no entanto, garantem que “ele é um bom nome para a chapa”, embora ponderassem que “o mais provável é abrir a vaga para uma composição partidária”.

De qualquer forma, as mensagens de aplicativo indicam uma situação: o atual vice, Carlos Brandão (PRB), está cada vez mais fora da chapa de Flávio Dino.

Mas esta é uma outra história…