1

Ivaldo vê “revolução em feiras e mercados de São Luís”

Vereador que foi secretário municipal de Abastecimento destacou a reforma dos mercados da Liberdade, Forquilha, Macaúba, Coroadinho, Praia Grande (Tulhas), São Francisco, Cohab, Santa Cruz, Santo Antônio, Bom Jesus e Vicente Fialho

 

Ao lado de Edivaldo Júnior, Ivaldo Rodrigues acompanha obra de reforma do Mercado do Coroadinho, uma das várias em obras na capital

Em discurso na tribuna da Câmara Municipal de São Luís, nesta terça-feira, 30, o vereador Ivaldo Rodrigues (PDT),classificou como “revolução” as ações da prefeitura nas feiras e mercados.

Ivaldo destacou as reformas dos mercados da Liberdade, Forquilha, Macaúba, Coroadinho, Praia Grande (Tulhas), São Francisco, Cohab, Santa Cruz, Santo Antônio, Bom Jesus e Vicente Fialho.

O vereador lembrou que o Mercado do Coroadinho, construído em 1985 e reformado há mais de 20 anos, é uma das obras em estágio mais avançado. O local teve sua estrutura demolida no ano passado para dar lugar a uma nova que beneficiar os mais de 100 feirantes na área. 

– Outra obra que também está em fase adiantada é o Mercado das Tulhas, um dos pontos mais visitados da capital pela população ludovicense, turistas e todos aqueles que buscam lazer, diversão, artesanato, gastronomia, música, folclore e diversas outras expressões culturais da cidade – ressaltou Rodrigues.

O mercado é parte do Conjunto Arquitetônico e Paisagístico de São Luís, em uma área considerada Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco.

O vereador foi á tribuna da Câmara Municipal para tratar da recuperação das feiras e mercados de São Luís

No Mercado do São Francisco o trabalho já está adiantado, com cerca de 70% de toda a obra finalizada, que contará com aproximadamente 100 boxes. As etapas de terraplanagem, fundação e construção de pilares de concreto já foram concluídas. A próxima etapa será a construção do sistema sanitário e das instalações hidráulicas e elétricas.

– Nesta semana, está sendo realizado o processo de colocação de estacas de concreto na eira da Cohab, outra que passa por reforma da prefeitura – lembrou.

Também seguem em obras os mercados do Monte Castelo, Anil e Bom Jesus.

0

Máfia da venda e aluguel de boxes dificulta reforma de feiras em São Luís

Esquema controlado há anos por feirantes e agiotas impede as obras da Prefeitura de São Luís por quem não quer perder o controle irregular das barracas. No João Paulo, a reforma foi cancelada; na Cohab, resultou na morte do administrador do mercado

 

O ADMINISTRADOR DIMAS FOI EXECUTADO POR FEIRANTE QUE NÃO ACEITAVA PERDER O ESQUEMA no Mercado da Cohab

A morte do administrador da Feira da Cohab, Dimas Garcia de Araújo, na manhã desta quinta-feira, 17, expõe um esquema histórico nas feiras e mercado de São Luís; o controle irregular de boxes,  bancas e barracas por feirantes e agiotas.

Pelas regras de comodato da Secretaria de Abastecimento, cada feirante tem direito a um ponto de venda, mas, na prática, há um verdadeiro esquema milionário de vendas e locação desses pontos.

Dimas morreu porque, após a reforma da Feira da Cohab – que está sendo iniciada pela prefeitura de São Luís – cada feirante ficaria com duas bancas. O assassino – que sequer trabalha na feira – controlava quatro pontos e não aceitava perder este esquema.

NA FEIRA DO JOÃO PAULO, BARRACAS E BOXES SÃO USADOS PARA ALUGUEL COM COBRANÇA DIÁRIA pela máfia dos boxes

A máfia controla todas as feiras.

No João Paulo, a ampla obra de reforma teve que ser cancelada pela prefeitura por que ops ‘donos de boxes” não aceitavam perder o controle dos pontos de aluguel.

No mercado, o maior de São Luís, há “feirante” que controla até 10 pontos – e cobram alugueis diários.

O resultado é uma feira desorganizada, imunda e sem infraestrutura.

Mas controlada pela máfia dos boxes…

0

Ivaldo discute otimização de ações ambientais em mercados e feiras..

Secretário municipal de Abastecimento reuniu-se com a presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana para atuação nesses locais

 

IVALDO COM CAROLINA ESTRELA discutindo as ações ambientais nas feiras e mercados

O secretário Municipal de Abastecimento, Ivaldo Rodrigues (PDT), prepara uma série de ações em feiras e mercados, para otimizar as ações ambientais nestes logradouros.

Ele se reuniu com a presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, Carolina Estrela, para definir a parceria que irá resultar nos projetos.

– Parcerias permanentes entre as pastas municipais geram benefícios à população – definiu Ivaldo.

O secretário pretende melhorar a educação ambiental e o manejo de resíduos sólidos nos mercados e feiras livres.

– Assim, a gente favorece a saúde pública na cidade – afirmou…

3

Ivaldo Rodrigues age para garantir abastecimento em São Luís…

Reunião do titular da Semapa com gestores de mercados e ferias, além de produtores, garantiu a rápida reposição dos produtos hortifrutigranjeiros na capital maranhense após a greve dos caminhoneiros

 

A rápida intervenção do secretário de Abastecimento de São Luís, Ivaldo Rodrigues, buscando amenizar a problemática do desabastecimento na ilha surtiu rápidos resultados.

– Realizamos reunião da Comissão de Monitoramento do Abastecimento na Capital, com objetivo de buscar alternativas para a problemática do desabastecimento na cidade, devido à greve dos caminhoneiros – revelou o secretário.

A reposição urgente dos produtos hortifrutigranjeiros foi possível após a reunião de Ivaldo, na quarta-feira, 30, com gestores de feiras e mercados e produtores de São Luís.

Desde então, os produtos começaram a chegar nas feiras, após mais de uma semana de greve dos caminhoneiros…

10

Edivaldo Júnior em momento de ascensão…

Crítico acirrado da gestão do prefeito de São Luís, este blog não pode deixar de reconhecer ações importantes em vário setores, que dão à capital maranhense a sensação de presença do poder público

 

Edivaldo com Weverton Rocha, Ivaldo e representante da cultura popular, na Feirinha São Luís

O prefeito de São Luís, Edivaldo Júnior (PDT), vive  o que talvez possa ser considerado o melhor momento de sua gestão na capital maranhense.

Intervenções como as realizadas no retorno da Forquilha, na Cohab e na Guajajaras; programas como a implantação de ar-condicionado nas escolas municipais e ações como a da Feirinha São Luís trazem ao ludovicense a sensação da presença do poder público nas ruas.

Com Márcio Jerry, Júlio Pinheiro e Raimundo Penha na entrega de mais uma escola toda reformada

Sem falar no início da recuperação das feiras e mercados, que começou pela Vila Palmeira e já chegou à Feira da Liberdade.

São ações próprias ou em parceira com o Governo do Estado, que muda a percepção em relação ao prefeito.

Com Dutra, Flávio Dino e Cleyton Noleto, na entrega da Forquilha

Edivaldo Júnior vem atacando exatamente questões críticas de sua gestão, que resultaram em ações fortes da oposição ao longo do seu mandato.

É claro que ainda há diversos setores necessitando de ações – como a Saúde, a construção de hospitais e a solução de problemas de alagamento em bairros que sofrem há anos.

Mas há de se reconhecer que o perfil da gestão mudou nos últimos meses.

E mudou para melhor.

simples assim…

1

Auxiliares de Edivaldo contestam Braide sobre emenda para feiras…

Os secretários de governo, Lula Fylho, e de Abastecimento, Ivaldo Rodrigues, questionaram, sobretudo, o fato de o deputado ter supostamente afirmado que já havia autorização para realização da reforma do Mercado do Anjo da Guarda

 

Ivaldo Rodrigues em visita a um mercado; ele quer os recursos para a feira da Macaúba

O post “Eduardo Braide anuncia emenda parlamentar para mercado do Anjo da Guarda…” repercutiu fortemente nos bastidores da Prefeitura de São Luís.

Auxiliares do prefeito Edivaldo Júnior (PDT), como o secretário de governo, Lula Fylho, e de Abastecimento, Ivaldo Rodrigues (PDT), contestaram, sobretudo, a suposta afirmação do deputado do PMN, de que a autorização para início da obra já estava garantida.

– Na verdade, o deputado fez uma indicação de emenda parlamentar ao governo estadual, que agora seguirá o trâmite exigido até a sua liberação. Portanto, não existe nenhuma autorização para o início da obra – afirmou Ivaldo Rodrigues.

Eduardo Braide com os feirantes do Anjo da Guarda: recursos já estão garantidos,afirma ele

Eduardo Braide esteve na feira na semana passada, e o que informou aos feirantes foi a autorização de emenda para a reforma do mercado.

– Apresentei aos comerciantes do Mercado, a autorização da emenda parlamentar de minha autoria, no valor de R$ 400 mil (recursos estaduais), destinada à Prefeitura de São Luís, para tratar de forma emergencial da reforma do mercado. O prefeito de São Luís já foi informado sobre a destinação do recurso. Espero que o projeto seja apresentado o mais breve possível pela Prefeitura, para que o espaço seja requalificado para os comerciantes e clientes. Agora, não tem mais desculpa da falta de recursos. É trabalhar – afirmou o deputado.

Em entrevista a um programa de rádio, na sexta-feira, o secretário Lula Fylho informou que já tem um projeto com as Vale para requalificação do Mercado do Anjo da Guarda. E revelou que pediria ao governo para alocar os recursos da emenda para outra feira.

Braide confirma ter recebido um Ofício de Ivaldo Rodrigues, pedindo para que os recursos sejam alocados para a Feira da Macaúba, já que a outra está com recursos garantidos.

O assunto ainda deve render por toda esta semana…

3

Eduardo Braide anuncia emenda parlamentar para Mercado do Anjo da Guarda…

Deputado visita o local e apresenta aos comerciantes projeto que destina R$ 400 mil para melhorar o ambiente

 

DE VOLTA – Braide esteve novamente com os comerciantes da Feira do Anjo da Guarda

O deputado Eduardo Braide visitou, no início da manhã de sexta-feira, 26, o Mercado do Anjo da Guarda. Na ocasião, apresentou aos comerciantes, a autorização da sua emenda parlamentar, no valor de R$ 400 mil, destinada a reforma do espaço.

– Já estive aqui outras vezes conversando com quem trabalha e com quem vem aqui comprar qualquer produto. A reclamação é sempre a mesma e com razão: as condições do mercado. Não é possível permitir que as pessoas ganhem seu sustento ou comprem seus alimentos em um espaço sem condições adequadas. E o pior, é que essa não é uma realidade só daqui – declarou o deputado.

O Mercado do Anjo da Guarda é um dos 27 pontos apontados na Ação Civil Pública (ACP) do Ministério Público do Maranhão (MPMA). No início do mês de maio, a juíza Luzia Madeiro Neponucena, titular da 1ª Vara da Fazenda Pública, determinou – a partir dessa solicitação – que o Município de São Luís, por meio da Secretaria de Agricultura, Pesca e Abastecimento apresentasse no prazo de 10 dias, o cronograma detalhado de reforma, ampliação e adequação das feiras e mercados públicos da capital.

– Independentemente de qualquer coisa, todos nós temos que dar a nossa parcela de contribuição para uma cidade, um estado melhor. Por isso hoje vim aqui cumprir com o meu papel como deputado estadual. Apresentei aos comerciantes do Mercado, a autorização da emenda parlamentar de minha autoria, no valor de R$ 400 mil (recursos estaduais), destinada à Prefeitura de São Luís, para tratar de forma emergencial da reforma do mercado. O prefeito de São Luís já foi informado sobre a destinação do recurso. Espero que o projeto seja apresentado o mais breve possível pela Prefeitura, para que o espaço seja requalificado para os comerciantes e clientes. Agora, não tem mais desculpa da falta de recursos. É trabalhar – finalizou Eduardo Braide.

5

Gestão de Edivaldo se desmancha em plena campanha…

Enquanto prefeito se desdobra para superar a rejeição altíssima – trocando o expediente pela caça ao voto – energia de secretarias é cortada por falta de pagamento, escolas são despejadas por atraso no aluguel, telhados de feiras desabam por falta de reforma e artistas cobram da Fumc cachês atrasados há meses

 

Feira do Fialho virou ferro retorcido dias depois da passagem de Edivaldo

Feira do Fialho virou ferro retorcido dias depois da passagem de Edivaldo

O prefeito Edivaldo Júnior (PDT) está em plena campanha, usando toda a estrutura que tem à disposição para a caça aos votos, na tentativa de superar a rejeição altíssima, próximo dos 40%.

Enquanto ele troca o expediente na prefeitura por caminhadas e passeatas eleitorais, sua gestão vai se desmanchando aos olhos do eleitor de São Luís.

Na semana passada, uma escola foi fechada para reforma, em pleno início do semestre letivo, deixando centenas de crianças sem aulas no Centro da capital maranhense. (Releia aqui)

Praticamente no mesmo dia, surgiram notícias de que a Cemar cortou a energia da Secretaria Municipal de Trânsito, por falta de pagamentos.

Já nesta semana, dias depois de o prefeito fazer caminhada pela Vila Fialho, o telhado da feira do bairro simplesmente desabou, por falta de manutenção da atual gestão em São Luís. (Releia aqui)

A escola fechada por que Edivaldo não paga os aluguéis...

A escola fechada por que Edivaldo não paga os aluguéis…

No mesmo dia, artistas e atletas que participaram dos eventos culturais promovidos por ocasião da passagem da tocha olímpica por São Luís, fizeram protesto em frente à Fumc, para receber seus cachês atrasados.

Nesta terça-feira, 30, uma escola foi despejada pela enésima vez de um prédio no Planalto Turu por causa do atraso de oito meses no aluguel. (Releia aqui)

Enquanto isso, o prefeito faz caminhada de manhã, de tarde  e de noite, na tentativa de se reeleger para mais quatro anos de mandato.

Enquanto sua gestão se desmancha diante dos olhos do eleitor…

0

Uma semana após passagem da “multidão” de Edivaldo, feira desaba na Vila Fialho…

Falta de manutenção da Prefeitura de São Luís levou ao desmoronamento do telhado do mercado; Gestão de Holandinha já foi condenada pela Justiça a reformar todas as feiras da capital, mas ignora a decisão

 

Estado em qeu ficou a feira após desabamento do telhado

Estado em qeu ficou a feira após desabamento do telhado

Na semana passada o prefeito Edivaldo Júnior (PDT) levou uma “multidão” de aliados e auxiliares à região da Vila Fialho, para uma caminhada de campanha.

Passou, inclusive, pela feira do bairro, abandonada pela Prefeitura de São Luís em sua gestão.

Na tarde desta segunda-feira, o telhado do mercado não aguentou o descaso da gestão de Edivaldo e foi abaixo, gerando forte risco aos feirantes e consumidores no local.

As feiras e mercados da capital sofrem o abandono da gestão de Holandinha desde 2013.

Há, inclusive, uma decisão judicial para que a prefeitura reforme as feiras, segundo revelou o candidato do PMN, Eduardo Braide, durante a Sabatina do jornal o Estado com os candidatos a prefeito. (Releia aqui)

A multidão de Holçandinha na Fialho; eles viram o estado da feira?!?

A multidão de Holçandinha na Fialho; eles viram o estado da feira?!?

Não é a primeira vez que o telhado de uma feira vem abaixo na gestão de Edivaldo.

Em 2014, o telhado do Mercado do Anil também desabou, por falta de manutenção da prefeitura. E só foi reformada após pressão da vereadora Rose Sales, hoje candidata do PMB à prefeitura. (Relembre aqui)

Assim como as feiras do Anil e da Fialho várias outras estão em situação de calamidade.

E também podem vir abaixo até o fim da gestão do pedetista…