3

Edivaldo deixará importante legado na modernização do transporte em São Luís

A licitação com as novas regras do setor transformaram a forma como o usuário exerce a mobilidade urbana; e terá forte influência no desenvolvimento de um novo patamar para a capital maranhense

 

EDIVALDO EM MAIS UMA ENTREGA DE ÔNIBUS NOVOS NO SISTEMA DE TRANSPORTE; legado marcado pela renovação do sistema público

Editorial

Pode até estar passando como mera ação protocolar a entrega de novos veículos para o sistema de transporte urbano de São Luís.

Mas essas entregas marcam, na verdade, um ciclo que se iniciou na gestão de Edivaldo Júnior, com a licitação do setor de transporte urbano.

E os números deste avanço são expressivos sob qualquer ponto de vista – de aliados ou adversários do prefeito.

Os 17 novos ônibus entregues nesta quarta-feira, 4, somam-se aos demais, alcançando 680 veículos novos, inseridos a partir de 2013, o que faz de São Luís a capital nordestina com a frota de transporte coletivo mais nova.

Este legado de Holandinha se respalda na própria história dos números.

A capital maranhense já chegou a operar com ônibus de até 20 anos de uso; hoje, a renovação chega a 83% com idade média de 4,5 anos para os veículos.

Do total de 680 ônibus implantados desde 2013, 317 são climatizados; Outros 21 veículos são articulados.

Mas a reforma do sistema não inclui apenas a modernização da frota. O usuário de São Luís ganhou serviços como GPS em todos os veículos, Recarga Embarcada, Bilhete Único, Cartão Criança e o aplicativo Meu Ônibus.

Edivaldo Júnior definiu o setor de transporte como prioridade logo no primeiro ano e sua gestão, o que – mesmo com o histórico crítico em relação à gestão – pode ser reconhecido no blog Marco Aurélio D’Eça, em posts aqui, aqui, aqui e aqui

Mas foi em 2016, com a Licitação do Transporte, que se implantou uma política definitiva para a área, o que nunca havia sido implantada em São Luís.

O fato é que, em que pese todos os problemas e questionamentos críticos, a gestão de Edivaldo Júnior tem um legado que ficará para São Luís.

E isto já pode ser constatado mais de um ano e meio antes do fim do mandato.

Simples assim…

15

As obras de Roseana; as obras de Flávio Dino…

O piti do deputado dinista Bira do Pindaré diante da cobrança de Edilázio Júnior para que apresentasse uma única obra estruturante do comunista é mais uma prova de que não dá para comparar os dois governos

 

LEGADO MARCANTE. Roseana Sarney ao deixar o último mandato: obras estruturantes sem paralelo na história

O deputado Bira do Pindaré (PSB) perdeu as estribeiras, ontem, quando desafiado pelo colega Edilázio Júnior (PSD), a citar uma única obra estruturante do governo Flávio Dino em qualquer parte do Maranhão.

Pindaré deu piti porque não tinha como responder. E muito menos comparar o mandato comunista com o da ex-governadora Roseana Sarney.

Em seus mandatos, Roseana Sarney fez, só em São Luís, quatro viadutos, as avenidas Ferreira Gular e Luís Eduardo Magalhães, as estradas do Araçagy e da Maioba, a Lagoa da Jansen, a Duplicação da BR-135 até o Estreito dos Mosquitos e a duplicação da estrada de Ribamar até o Maiobão.

Todas obras estruturantes que modernizaram a capital maranhense.

Em seus quase quatro anos de mandato, Flávio Dino aumentou o número de miseráveis, confiscou mais de 12 mil veículos de trabalhadores maranhenses, aumentou impostos, congelou o salário de professores, nomeou quase 50 capelães sem concurso na PM e perseguiu empresários e políticos não-alinhados ao seu projeto.

CAPITAL MODERNIZADA. Ex-governadora teve obras em todo o Maranhão, com atenção especial para a capital

Mas Roseana Sarney também agiu no interior.

Construiu a estrada até Barreirinhas, que garantiu implemento do turismo no Maranhão, fez a estrada Colinas/Orozimbo, que garantiu acesso ao sertão. Iniciou a estrada do peixe e do Arroz, na região tocantina; e construiu 72 hospitais de urgência e emergência.

Bastou pouco mais de três anos do governo comunista para que o turismo do Maranhão fosse tirado do mapa do turismo nacional. O comunista também fechou a maioria dos hospitais de urgência e emergência e paralisou as obras das estradas do arroz e do peixe.

Ao todo, Flávio Dino recebeu de herança 685 obras de Roseana; parou quinhentas delas. (Saiba mais aqui)

DESEQUILÍBRIO. Sem resposta a Edilázio Júnior, só restou a Bira do Pindaré perder as estribeiras

Bira do Pindaré não teve como aceitar o desafio do colega Edilázio Júnior, para citar uma obra estruturante de Flávio Dino.

E a única saída foi dar um piti no plenário da Assembleia…

Leia também:

O legado de Roseana Sarney…

Indicadores sociais revelam fracasso de Flávio Dino…

A São Luís que Roseana construiu…

P.S.: são tantas obras no mandatos roseanistas que o post esqueceu algumas de peso histórico para o estado: avenida do Quarto Centenário e a Via Expressa, além do Espigão Costeiro, outro cartão postal de São Luís. Aliás, essas obras também foram abandonadas nos três anos de mandato de Flávio Dino.

3

Imagem do dia: enquanto isso, Edivaldo trabalha…

Em meio às confusões policiais envolvendo o governo comunista de Flávio Dino, o prefeito de São Luís mantém rotina de ações, com conclusão de novas obras na capital maranhense

 

Edivaldo e Araújo vistoriando o asfaltamento da nova avenida

O prefeito Edivaldo Júnior (PDT) vistoriou nesta sexta-feira, 17, as obras de construção da avenida Alpha, no Coaserma.

Ao lado do secretário de Obras, Antonio Araújo, e de técnicos da prefeitura, Edivaldo acompanhou o início da pavimentação da nova via, que criará um novo corredor de transportes na região.

A avenida Alpha foi notícia neste blog, com exclusividade, em setembro, no post “Prefeitura cria novo corredor de trânsito na região do Parque Athenas…”

Criada a partir de uma área que estava inutilizada, a nova via vai garantir melhor escoamento na região que abriga diversos bairros.

A obra deve ser entregue em breve por Holandinha.

Que mostrou trabalho em meio ao caos de um certo palácio ao lado…

4

Edivaldo Holanda destaca intervenções e vê trânsito como legado de Holandinha…

Com olhar sempre crítico da gestão do filho, deputado exalta o trabalho do secretário Canindé Barros e destaca que simples projetos de engenharia estão melhorando os principais corredores e garantindo a desejada mobilidade urbana na capital maranhense

 

LEGADO. Para Edivaldo Holanda, trânsito mudou em São Luís com Edivaldo júnior

 

O deputado Edivaldo Holanda (PTC) elencou ontem , em discurso na tribuna da Assembleia Legislativa, todas as intervenções já realizadas pela gestão do prefeito Edivaldo Júnior (PDT) no trânsito de São Luís.

SEM ROTATÓRIA. Avenida Guajajaras já experimenta a melhoria das intervenções da prefeitura

E ressaltou pensamento já apontado neste blog, de que a melhoria da mobilidade urbana pode ser o grande legado da gestão Holandinha.

– Quem não se lembra do engarrafamento da cabeceira da Barragem do Bacanga? Que inferno! Há algum tempo, tentar sair para o Anjo da Guarda em horários de pico ficava ali retido por duas ou três horas na cabeceira do Bacanga. Hoje você nem lembra mais de como era aquilo antes, porque o trânsito flui normalmente. Foi uma intervenção simples, profundamente inteligente realizada pelo prefeito Edivaldo por meio de um dos maiores técnicos de trânsito que já teve e que há nessa cidade, que é o Dr. Canindé Barros, homem que entende de engenharia de trânsito e que trabalha diuturnamente para fazer o melhor – afirmou o parlamentar.

OUTRO MUNDO. A saída do Bacanga para o Anjo da Guarda mudou totalmente sem engarrafamento

Além da intervenção no Bacanga, Edivaldo já mudou o trânsito da avenida dos Africanos, da Daniel de La Touche, na Cohama; da Colares Moreira, no Renascença; da São Luís Rei de França, no Turu; da Jerônimo de Albuquerque, tanto na Curva do 90 quanto na Cohab; no Jaracaty, próximo ao Shopping Center, e está melhorando a avenida Guajajaras.

E uma das mais importantes obras da gestão de Edivaldo Júnior foi realizada no retorno da Forquilha.

– Se você chegar à Forquilha, o velho nó desta cidade, o incômodo eterno, a solução veio simples, rápida, com uma parceria irmã, produtiva aplaudida por esta cidade entre o governador Flávio Dino e o prefeito Edivaldo Holanda Júnior. Quem hoje trafega pela Forquilha sente a mudança radical no trânsito que não só foi solucionado naquele pedaço da nossa cidade. Mas com a influência em cima de mais de cinquenta bairros, drenagem profunda, drenagem artificial, recuperação de avenidas, retornos de quadra, revitalização do asfalto, troca do sistema semafórico, sinalização vertical e horizontal. Um trabalho simples, mas proveitoso – assegurou.

AVANÇO. O retorno da Forquilha mudou sensivelmente com a obra de readequação

No total, Edivaldo Holanda contabiliza algo em torno de 20 intervenções no trânsito, que, com medidas simples, provocaram grandes alterações para melhor.

O parlamentar apontou também para o futuro, apontando para as obras do Tirirical, que vão melhorar a vida desde a entrada da cidade, passando pela avenida Guajajaras e indo até a Cidade Operária.

– Antes que se termine aquele trabalho o trânsito já melhorou – concluiu.

10

“Todos que defendem a democracia devem estar no ato com Lula”, diz Zé Inácio…

Inácio defendeu legado de Lula, de Dilma e do PT

A aproximação da chegada da caravana “Lula pelo Brasil”, em São Luís, foi abordada pelo Deputado Zé Inácio (PT) durante seu discurso realizado quinta-feira, 31, no plenário da Assembleia Legislativa.

– Sabemos que o legado do governo Lula e Dilma é elemento central na disputa política e ideológica no Brasil, por isso a necessidade de se recuperar esse legado – disse Zé Inácio.

Viajar visitando o Brasil e vendo de perto a realidade social do povo brasileiro já é uma ação realizada por Lula desde a década de 70, quando ele realizou a organização do movimento sindical. Na década de 80 organizou o Partido dos Trabalhadores – que se tornou um dos maiores partidos da América Latina, e na década de 90 viajou nas caravanas da cidadania onde discutiu com a base, as lideranças, os movimentos sociais, a classe política e a população brasileira as propostas de governo.

– O Lula continua viajando o Brasil, ele está indo em várias regiões onde a população reclama contra as reformas que tiram o direito da classe trabalhadora, que não aceita a reforma da previdência do jeito como estar, que deseja a garantia dos direitos sociais, que não quer nenhum direito a menos – enfatizou o parlamentar.

A caravana do Lula finaliza seu percurso pelo Nordeste, em São Luís, no próximo dia 05 de setembro, na Praça D. Pedro II, Centro Histórico de São Luís.

– Por isso deixo aqui o convite a todos para que acompanhem esse ato do ex-presidente, que será realizado em frente a igreja da Sé, entre o Palácio dos Leões e o Tribunal de Justiça. Um espaço simbólico, porque o Palácio representa o poder, a igreja a fé e o Tribunal a Justiça. E todos nós que defendemos a democracia exigimos justiça para que o ex-presidente tenha de fato a liberdade para disputar mais uma eleição, pois aqueles que sentem medo do Lula é porque temem que ele seja eleito novamente Presidente da República deste país – finalizou.

0

Sete meses depois, o legado histórico de Maura Jorge em Lago da Pedra…

Maura: legado histórico em Lago da Pedra

Do blog de Carlinhos Filho

Após sete meses do término da gestão de Maura Jorge como prefeita de Lago da Pedra, é unanimidade, até entre os oposicionistas, que dificilmente, uma outra gestão se destacará mais que a da ex-deputada.

Ao logo de seus oito anos a frente do município, a pré-candidata ao governo realizou um verdadeiro choque de gestão, mudando a cara de Lago da Pedra, para melhor, elevando todos os indicadores sociais do município.

Dois mandatos foram insuficientes para tantas obras e benefícios conquistados por Maura, tanto que uma série m já foi inaugurada neste primeiro semestre e outras estão agendadas ainda para este ano.

Dentre tantas, podemos citar creches, pavimentação asfáltica, estradas que interligam os povoados, além de mais um lote de casas, que será entregue hoje, beneficiando dezenas de famílias lagopedrenses.

É de uma gestora comprometida, dedicada e competente, assim como Maura, que o Maranhão precisa, e todo o estado tem abraçado essa ideia…

1

Othelino Neto lamenta falecimento de Dom Evaristo Arns e ressalta legado do religioso…

Othelino faz resgate histórico de Dom Arns

O presidente em exercício da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado estadual Othelino Neto (PCdoB), lamentou, na sessão desta quinta-feira (15), o falecimento do arcebispo emérito de São Paulo, Dom Paulo Evaristo Arns.

Segundo ele, o Brasil perdeu um grande homem.

– Todos nós sabemos, alguns presenciaram e outros têm conhecimento pela história da grande atuação que teve Dom Evaristo Arns na luta contra o arbítrio, contra o regime de exceção e a sua batalha pelo respeito aos direitos humanos. Marcante foi aquela conversa com o então presidente Garrastazu Médici, quando ele, de forma dura, ousou contestar e cobrar satisfações do presidente da República – comentou o presidente em exercício.

Segundo Othelino, se contestar o presidente da República sempre é algo marcante, quanto mais na época do regime militar e do famigerado Ato Institucional n.º 5. Para o deputado, Dom Paulo marca a história do Brasil lutando pelas liberdades para que todos tivessem o direito de se manifestar sem sofrer reprimendas e represálias físicas ou mesmo de privação de liberdade e, por isso, o Brasil se entristece.

– Essa trajetória nos dá muitas lições, principalmente no aspecto de respeitar as instituições, as opiniões divergentes, de não transformar diferenças de pensamentos, ideologias em razões para enfrentamentos que extrapolam o confronto das ideias. Então, o Brasil se entristece pela perda de Dom Evaristo, mas a sua história fica viva para todos nós brasileiros, para todo o planeta – frisou.