3

Lobão Filho no jogo…

Ex-adversário de Flávio Dino tem exortado o seu grupo político a se preparar “para a guerra” de 2018, e diz que o desgaste do comunista e a decepção da população tem deixado a ex-governadora Roseana Sarney “animada a voltar a fazer Política”

 

Lobão Filho diz que a reação no interior já mostra o grupo a atuar mais fortemente na Política

Adversário de Flávio Dino (PCdoB) nas eleições de 2014 – em que, mesmo nas condições mais adversas possíveis e com uma candidatura construída em cima da hora, obteve mais de 1 milhão de votos – o ex-candidato a governador Lobão Filho (PMDB) fez esta semana um a revelação que deixou animados os membros do seu grupo político.

Preparem vossos espíritos, pois a guerra vai começar”,

Foi o que declarou o suplente de senador, abrindo espaço para o debate em grupos de WhatsApp. A princípio, explicou Edinho, sua intenção é disputar o Senado, estimulando uma candidatura do grupo ao governo.

Mesmo diante do pessimismo de alguns, o ex-candidato a governador mostrou o mesmo ânimo que teve em 2014, quando parecia prestes à vitória contra o comunista.

E o raciocínio tem sua lógica de ser.

Segundo o suplente de senador, sua decisão de esperar três anos para começar a fazer o contraponto ao governo de Flávio Dino tem razão de ser nas  próprias circunstância da eleição passada:  o comunista entrou na eleição como favorito e saiu dela com as esperanças da maioria do povo maranhense, que acreditou na história de mudança pregada na campanha.

“Começar a fazer oposição naquele momento, em 2015 ou 2016, seria correr o risco de ser tachado de despeitado. Soaria como choro de perdedor”, avaliou o peemedebista.

Agora, na visão do senador maranhense, o povo já conhece o comunista, começa a mostrar sua decepção com falácia da mudança e começa, inclusive, a comparar o que o Maranhão tinha até 2014 e o que perdeu sob o controle de Flávio Dino.

“E não é pouca coisa”.

Lobão Filho sabe que este debate está apenas começando, pretende aprofundá-lo no decorrer dos próximos meses, mas deixa uma pergunta, que, segundo ele, será respondida ao longo deste período:

“Por que vocês acham que Roseana está tão animada em voltar a fazer Política?”.

Da coluna Estado Maior, de O EstadoMaranhão, com ilustração do blog

1

Lobão Filho adia projetos previstos para 2016…

Lobão Filho: suplente de senador

Lobão Filho: suplente de senador

Por Ribamar Corrêa

O suplente de senador Lobão Filho (PMDB) arquivou dois projetos no campo político.

O primeiro foi sair definitivamente da ciranda que move a disputa para a Prefeitura de São Luís. O outro foi adiar sua volta ao Senado para cobrir licença a ser pedida pelo senador Edison Lobão (PMDB).

A pré-candidatura à Prefeitura de São Luís na verdade nunca existiu, apesar das várias e fortes declarações que ele deu quando ainda havia tempo de viabilizá-la politicamente e dentro do seu partido.

Depois que viveu a experiência amarga de disputar o Governo do Estado como candidato-tampão contra o então deputado federal Flávio Dino, um candidato que já estava há dois anos em campanha, ele avaliou que a situação poderia se repetir na eleição de São Luís. Continue lendo aqui…

6

“Nosso estado tem sido um dos mais sofridos do Brasil”, diz Lobão Filho, sobre o Maranhão…

Senador protagoniza novamente o programa do PMDB para mostrar que o ano de 2016 tem sido duro para o estado; e alerta: “não será com perseguições que nó vamos vencer”

 

O senador Lobão Filho – que retorna ao Senado a partir de junho – voltou a protagonizar o programa partidário do PMDB, em que faz um diagnóstico da situação do Maranhão.

– O ano de 2016 tem sido duro para os maranhenses. Nosso estado tem sido um dos mais sofridos do Brasil. Desemprego, insegurança, estradas esburacadas; caos na Educação, caos na Saúde – aponta o parlamentar.

Lobão Filho tem intensificado as críticas ao modo de governar de Flávio Dino

Lobão Filho tem intensificado as críticas ao modo de governar de Flávio Dino

Na avaliação do senador, que disputou o governo do estado contra o governador Flávio Dino, em 2014, a forma de fazer política do comunista – embora não cite o nome do adversário –  está equivocada.

– Não será com perseguições que nós vamos vencer. Mas o PMDB pode ser a solução – afirmou.

Os programas do PMDB começaram a ser veiculados na noite do sábado 28, e devem permanecer no ar até meados de junho…

7

Uma nova oposição no Maranhão…

Quase 1 ano e seis meses após início do governo Flávio Dino, pelo menos cinco lideranças políticas já se movimentam abertamente em contraponto ao seu projeto de poder

 

Roberto Rocha, Edilázio Júnior e Hildo Rocha: postura crítica nas três casas legislativas

Roberto Rocha, Edilázio Júnior e Hildo Rocha: postura crítica nas três casas legislativas

O governador Flávio Dino (PCdoB) assumiu o governo, em 2015, praticamente absoluto como novo líder maranhense.

O que sobrou o grupo Sarney após a derrota de 2014 preferiu dedicar-se a questões particulares ou, por medo ou conveniência, alinhar-se ao próprio Dino, sobrando uns poucos para uma quase solitária batalha crítica com o então incensado governo comunista.

Passados quase 18 meses do início do mandato, Flávio Dino já convive mais corriqueiramente com críticas duras à sua gestão e à sua forma de fazer política.

E os nomes que fazem este contraponto formam hoje a chamada nova oposição no Maranhão.

Leia também:

É pelo medo que Flávio Dino de impõe…

Flávio Dino e Roberto Rocha oito anos depois…

Para Lobão Filho, Flávio Dino fragilizou o Maranhão nacionalmente…

Maura Jorge como liderança estadual…

Estão neste grupo o senador Roberto Rocha (PSB), que mantém com o comunista aliança tática, mas independente, e o deputado federal Hildo Rocha (PMDB), que faz o contraponto na Câmara Federal desde 2105.

Na Assembleia, o nome que se destaca, hoje, é o de Edilázio Júnior (PV), pela capacidade de ironia e o discurso ferino em relação ao governo e suas ações.

Maura Jorge faz contraponto a aprtir de Lago da Pedra; Lobão Filho estará de volta ao Senado para o contraponto nacional

Maura Jorge se posiciona a partir de Lago da Pedra; Edinho estará de volta ao Senado para o contraponto nacional

Juntam-se a estes personagens, agora, o senador Lobão Filho (PMDB) – que deve voltar ao Senado em junho, em claro contraponto à postura nacional do governador – e a prefeita de Lago da Pedra, Maura Jorge (PTN), hoje vista, com perdão do trocadilho infame, como verdadeira “pedra no sapato” do governador.

São estes cinco personagens os principais responsáveis, hoje, por um crescente desgaste popular do governador comunista, em todos os aspectos – político, administrativo e pessoal.

Passados 1 ano e meio de mandato, Flávio Dino parece sem poder de reação aos oposicionistas. E a tendência é que o grupo aumente, independentemente do resultado das eleições de outubro.

Mas esta é uma outra história…

2

“O Maranhão precisa urgentemente de ajuda”, diz Lobão Filho, sobre relação com Michel Temer…

Suplente de senador voltou a comentar que a postura do governador Flávio Dino prejudica o estado; e disse que a bancada de deputados e senadores precisa se unir para anular os efeitos das declarações do comunista

 

O suplente de senador Edison lobão Filho (PMDB) disse hoje, em entrevista ao programa “Bom Dia Maranhão”, da TV Difusora,  que vai atuar em Brasília para anular os efeitos das declarações do governador Flávio Dino (PCdoB) contra o presidente Michel Temer (PMDB).

– O governador diz que o presidente é frágil e não tem condições de persegui-lo. Mas o Governo Federal não precisa nem perseguir, basta não ajudar. E o Maranhão precisa urgentemente de ajuda, precisa de recursos – afirmou o peemedebista.

De acordo com Lobão Filho, ao tomar uma posição “muito agressiva, muito radical” contra o governo Temer – e mesmo depois de o presidente já ter assumido continuar continuar com declarações de arrogância – Flávio Dino deveria saber que isso tem consequências.

Para anular esta situação, o suplente, que deve assumir vaga no Senado no início de junho, prega a unidade da bancada no Congresso.

–  O Maranhão precisa ter uma bancada de deputados e senadores que, junto com o ex-presidente José Sarney, esteja unida para tentar anular esta posição do governador – pregou.

Lobão Filho disse que pretende ser mais um neste esforço comum de todos no contraponto à postura radical de Flávio Dino.

Veja acima o vídeo da entrevista de Lobão Filho…

4

“As fanfarronices do governador não podem prejudicar o Maranhão”, pondera Lobão Filho…

Ex-candidato a governador, que assume o Senado até o início de junho, diz estar trabalhando em Brasília para evitar que o comportamento de Flávio Dino isole o Maranhão do poder central, em Brasília

 

Edinho Lobão: missão é evitar que o Maranhão seja prejudicado pelas "fanfarronices" de Flávio Dino

Edinho Lobão: missão é evitar que o Maranhão seja prejudicado pelas “fanfarronices” de Flávio Dino

exclusivoO suplente de senador Lobão Filho (PMDB) – que assume vaga no Senado até junho – classificou de “fanfarronices” as últimas declarações do governador Flávio Dino (PCdoB) em relação ao governo Michel Temer (PMDB).

Para Edinho, Dino corre o risco de isolar o Maranhão com a postura beligerante que tem adotado, apesar dos conselhos dos próprios aliados para buscar o diálogo.

Mas o próprio Lobão Filho tem se esforçado em Brasília para evitar o isolamento do estado.

– Não posso deixar que as fanfarronices do governador atrapalhem o Maranhão. Tenho conversado com os líderes do governo Temer para que o estado possa ser beneficiado, apesar de Flávio Dino – disse o ex-candidato a governador, em conversa exclusiva com o titular do blog.

Lobão Filho mantém boas relações com o ministro chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha – que esteve pelo menos três vezes em sua campanha ao governo – e tem conversado com ele sobre o futuro do Maranhão.

– Já disse ao Padilha que é preciso separar o Maranhão do comunista. Temos demandas importantes que precisam ser resolvidas. O novo governo não pode dar ouvidos à militância de Flávio Dino – ponderou.

O senador maranhense diz ter recebido muitas mensagens de colegas do Senado – como o agora ministro do Planejamento, Romero Jucá – com comentários sobre a postura de Dino, que já classificou o governo Temer até de “governo frágil”. (Releia aqui)

– É uma situação delicada. Felizmente, o Maranhão tem lideranças responsáveis em Brasília para impedir que este governador fanfarrão prejudique a população do estado – completou o parlamentar.

2

Edilázio e Lobão Filho juntam PMDB e PV no apoio a Albérico Filho em Barreirinhas…

Encontro no final de semana selou candidatura do ex-prefeito, que reúne também em seu palanque o PTB, PMDB e PR

 

 

Albérico Filho discursa, entre Adriano, Edilázio e Lobão Filho

Albérico Filho discursa, entre Adriano, Edilázio e Lobão Filho

O primeiro secretário da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, deputado Edilázio Júnior (PV), destacou o encontro de lideranças políticas realizado na cidade de Barreirinhas no último fim de semana.

Durante a reunião, o nome do ex-prefeito e ex-deputado Albérico Filho foi lançado para a disputa do Executivo Municipal nas eleições de outubro deste ano.

Edilázio destacou a presença de lideranças políticas do PMDB, PV, PTB, PMB e PR, que formarão aliança para a eleição.

“Os presidentes de todos esses partidos chegaram a um denominador comum, a um consenso, de que o melhor nome para a cidade de Barreirinhas é o do ex-prefeito Albérico Filho. E não foram só os partidos que chegaram a esta conclusão, todas as pesquisas mostram esse mesmo caminho”, disse.

Milhars de pessoas participaram do evento em Barreirinhas

Milhars de pessoas participaram do evento em Barreirinhas

Edilázio lembrou da trajetória de Albérico no município.

“Quando ele esteve à frente da administração municipal, foi um gestor competente, comprometido e responsável”, completou.

Edilázio também falou da presença do suplente de senador Lobão Filho, ex-candidato a governador pelo PMDB.

“O senador Lobão Filho enfatizou o apoio a Albérico Filho em Barreirinhas, o primeiro município que ele retornou para agradecer os votos recebidos. Lá ele se comprometeu em caminhar por todo o estado do Maranhão, como fez na campanha para o Governo”, disse.

O presidente do PMDB, Remi Ribeiro e o deputado estadual Adriano Sarney (PV), também participaram do encontro.

5

O ano de Edinho Lobão…

Poucos políticos no Maranhão podem ver o saldo de 2014 com olhar tão positivo quanto o senador Lobão Filho. Ele fecha o ano muito maior do que entrou; e depende apenas de si para trilhar o caminho que abriu na disputa pelo governo

 

Maranhão no pós-Sarney

Edinho, na campanha: missão cumprida

O senador Lobão Filho (PMDB) fecha o ano de 2014 com um dos saldos mais positivos entre os políticos maranhenses.

Ele entra em 2015 cacifado por um patamar de quase 1 milhão de votos, e certo de que saiu vencedor de uma disputa que já iniciou perdida.

– Cresci como homem, como pai, como político, como  empresário e como Cristão. Nas lutas, ganhei resistência. Nas alegrias, força. E termino o ano com a certeza de ter feito as escolhas certas e de ter vivido os planos de Deus para mim – disse o senador maranhense, em mensagem divulgada em seu perfil no Facebook.

lobão-filho-paz-2015Em seu post, Edinho lembra das dificuldades passadas no hospital, “entre a vida e a morte”, e ressalta também a disputa pelo governo, em que conseguiu dar esperança a um grupo que jazia abatido.

– Será impossível esquecer a caminhada linda que fiz na campanha eleitoral e que me deu a oportunidade de conhecer lugares e pessoas maravilhosas deste estado que tanto amo – frisou o parlamentar.

Pelo história que construiu e pela mudança no próprio perfil, Lobão Filho é, sem dúvida, um dos personagens políticos de 2014.

Com amplas possibilidades de marcar posição também em 2015, 2016…

14

Edinho Lobão deve passar o final de semana em hospital…

Lobão Filho sofreu acidente de carro

O senador Edison Lobão Filho (PMDB) teve problemas no pulmão e nas pernas após o acidente em Paço do Lumiar, ontem à noite.

Ele foi sedado e deve permanecer todo o fim de de semana internado.

De acordo com os médicos, a recuperação é lenta e deve ser monitorada nos primeiros dias, para evitar complicações.

Lobão Filho bateu seu Fiesta em uma caminhonete L-200, ontem às noite, quando seguia para o aeroporto de Paço do Lumiar.

A má iluminação da estrada poderia ter sido uam das causas do acidente.

Além da lesão no pulmão, ele teve lesões nos dois joelhos, mas nenhum órgão vital foi atingido.

O senador está internado no UDI Hospital…