4

Famem: Socorro Waquim desmente desistência em favor de Zé Mário…

Socorro Waquim continua na disputa pela Famem

A prefeita de Timon, Socorro Waquim (PDMB), desmentiu que tenha desistido – ou que vá desistir – da disputa pelo comando da Federação dos Municípios (Famem) em favor do também peemedebista José Mário, prefeito de São João dos Patos.

A informação é do blog do Professor Caio.

– Eu continuo candidata à presidência da Famem. Isso é invenção da mídia para me prejudicar – disse Waquim, irritada, a Hostílio Caio.

De fato, desde a semana passada, jornais e blogs – incluindo este blog – divulgaram uma suposta desistência de Waquim, em favor de Zé Mário. A informação foi prestada por aliados do próprio Zé Mário.

Socorro Waquim mostra preocupação com o fato de a disputa pela Famem estar se transformando em uma guerra política entre grupos – até mesmo estranhos à entidade.

A eleição na Famem acontece em fevereiro…

3

Mudança de comando em Ribamar será dia 30…

Futuro e atual prefeitos de Ribamar em clima de amizade

Será no dia 30 de dezembro, às 18 horas, a posse do novo preeito de São José de Ribamar, Gil Cutrim (PMDB).

Ele vai substituir ao atual comandante do município, Luís Fernando Silva (DEM), que assume, dois dis depois, o cargo de chefe da Casa Civil do governo Roseana Sarney (PMDB).

Aos 30 anos, Gil Cutrim chega ao posto como o mais jovem prefeito da história do município. Membro de uma das famílias mais tradicionais do Maranhão, ele é filho do presidente do Tribunal de Contas do Estado, Edmar Curim, e sobrinho do presidente do Tribunal Regional Eleitoral, Raimundo Cutrim.

Após uma excelente administração em Ribamar, Luís Fernando Silva passa a ser o homem-forte do governo Roseana Sarney e um dos políticos mais importantes do Maranhão nos próximos quatro anos.

A mudança de comando em Ribamar será um dos principais fatos políticos do final de ano no Maranhão…

6

Classe política na disputa pela Famem…

Murad aposta na vitória de Zé Mário

As principais lideranças políticas do estado se digladiam em uma guerra surda na disputa pela Federação dos Municípios do Maranhão (Famem).

Os princiapis candidatos deverão ser mesmo os prefeitos de Itapecuru-Mirim, Júnior Marreca (PV), e de São João dos Patos, José Mário (PMDB).

Do lado de José Mário, ninguém menos que Ricardo Murad (PMDB), o futuro presidente da Assembléia Legislativa.

– A candidatura de Zé Mário representa o fortalecimento dos pequenos municípios – justifica o parlamentar. Murad garante que o governo, institucionalmente, não se envolverá no pleito.

Luís Fernando simpatiza com a chapa Júnior Marreca/Gil Cutrim

Nos últimos dias, no entanto, Júnior Marreca fortaleceu-se, com o apoio do futuro chefe da Casa Civil, Luís Fernando Silva (DEM), e com a definição do nome do futuro prefeito de Ribamar, Gil Cutrim (PMDB) como seu vice – o que, em tese, atrairia para a batalha também o presidente do TCE, Edmar Cutrim.

A filiação de cutrim ao PMDB pôs na briga também o senador eleito João Alberto de Souza, que abonou sua ficha de filiação.

A batalha pela Famem, portanto, movimentará muito mais que apenas os prefeitos…

11

Sem apoios, Socorro Waquim deve deixar disputa pela Famem

Socorro agora negocia apoios a outros candidatos

A prefeita de Timon, Socorro Waquim (PMDB) deverá apoiar o colega de São joão dos Patos, José Mário (PMDB), na disputa pela presidência da Famem.

Ela não conseguiu se viabilizar e decidiu renunciar a candidatura, segundo informa o blog de Gilberto Léda.

Waquim já havia conversado com o prefeito de Itapecuru-Mirim, Júnior Marreca (PV), outro candidato à Famem.

Ou seja, sua candidatura só existiu mesmo publicamente…

8

A disputa pela Famem…

A rigor, apenas três candidatos disputam com maior possibilidade de viabilização a presidência da Federação dos Municípios (Famem). Os três -José Mário (PMDB), Júnior Marreca (PV) e Socorro Waquim (PMDB) – com sua gama de apoios e influ~encias em todos os setores da política maranhense.

Zé Mário tem fortes apoios

José Mário –

 

Prefeito do pequeno município de São João dos Patos, o peemedebista conseguiu a simpatia do deputado estadual Ricardo Murad (PMDB), cujo argumento (o de que a Famem precisa dar espaço aos pequenos municípios) é repassado aos prefeitos de todo o estado

Marreca: em busca de viabilização

 

 

.

 

Júnior Marreca –

 

O prefeito de Itapecuru-Mirim tem a preferência da maioria dos funcionários da Casa, reúne parte dos deputados estaduais e a simpatia da ala mais jovem dos prefeitos, que defendem a renovação de métodos na entidade. tem como um dos principais aliados o deputado estadual César Pires (DEM).

Waquim usa o peso do próprio município

Socorro Waquim –

a prefeita de Timon é a menos viabilizada, apesar do peso do município que administra. Não tem a simptia nem dos prefeitos nem da classe política. Enfrenta também denúncias contra sua administração que atraplaham seu projeto. Mesmo assim, tem força política para angariar apoios.

A eleição na Famem acontecerá na segunda quinzena de janeiro.

12

Júnior Marreca confirma candidatura à presidência da Famem

Marreca: Famem forte, com união dos prefeitos

Já está em plena campanha o prefeito de Itapeucuru-Mirim, Júnior Marreca (PV), pela presidência da Federação dos Municípios do Maranhão (Famem).

Ele esteve hoje pela manhã na Assembléia Legislativa, aproveitando a solenidade de homenagem aos ex-deputados cassados pelo regime militar para distribuir panfletos com a sua plataforma.

Marreca defende uma Famem para os prefeitos.

– A Famem é dos prefeitos e deve atuar em favor dos prefeitos e dos municípios – disse o candidato.

Além de Júnior Marreca, já confirmou candidatura à presidência da entidade o prefeito de São João dos Patos, José Mário (PMDB).

Outros dois prefeitos – Socorro Waquim (PMDB), de Timon, e Haroldo Léda (DEM), de Lago do Junco – também manifestam interesse na disputa, mas ainda não oficializaram a campanha.

A eleição na Famem está marcada para a segunda quinzena de janeiro…

8

Pequenos municípios pretendem se unir pelo comando da Famem

Um grupo de prefeitos de pequenos municípios maranhenses está se agrupando em torno de um candidato comum nas eleições da Federação dos Municípios do Maranhão.

Pela lógica destes prefeitos, um líder municipalista oriundo de um município pequeno tem mais condições de brigar pelo grosso das prefeituras, já que conhece as dificuldades da escassêz de recursos e da falta de uma Saúde Plena, por exemplo.

Explica-se: municípios como Caxias, Timon, Itapecuru-Mirim, Presidente Dutra e Santa Inês, entre outros, gozam da classificação “Saúde Plena” – ou seja, têm recursos diretos para investimentos no setor.

Os pequenos municípios não. E assim ocorre em vários setores.

Por isso, os prefeitos querem se reunir para indicar alguém que veja a Famem como organismo que ofereça toda a estrutura técnica a prefeituras, o que valorizará os pequenos municípios – já que estes não têm condições para ter um especialista em cada setor da administração.

A eleição na Famem acontece na segunda quinzena de janeiro…