6

Projeções em edifícios são novidade contra Bolsonaro..

Imagens do presidente em atitudes bizarras apareceram em várias capitais brasileiras, como forma de protesto à sua incapacidade gerencial para comandar o Brasil

 

As projeções com o #Fora Bolsonaro ganharam as fachadas de prédios em todo o país na noite de quarta-feira, 18

A grande novidade nos protestos desta quarta-feria, 18, contra o presidente Jair Bolsonaro (em Partido) foi a projeção de imagens dele em atitudes bizarras, em prédios e edifícios, em várias cidades brasileiras.

Essas projeções marcaram o panelaço contra o presidente.

As imagens de Bolsonaro mostram o presidente em ações não-condizentes com a postura de um presidente da República e chefe de nação.

As frases bizarras faladas pelo presidente também são mostradas em gigantescas imagens urbanas

Ao contrário de 2019, os atos contra o presidente e sua família têm ganhado mais adeptos e maior repercussão.

E já tem maior participação de ex-eleitores do próprio Bolsonaro.

Num sinal claro de perda crescente de apoio popular.

2

Direita maranhense faz protesto contra STF e Gilmar Mendes…

Ato da União da Direita Maranhense (UDM), defendeu a continuidade da Operação Lava Jato, a prisão em segunda instância e o impeachment do ministro

 

ESSAS FORAM AS “MAIS DE 500 PESSOAS” PRESENT5ES AO ATO NA POLÍCIA FEDERAL; menos de 100 para quem acompanhou

A União da Direita Maranhense organizou na manhã do domingo, 7, uma mobilização em Defesa da Lava a Jato e da manutenção da prisão em segunda instância.

os apoiadores do governo Jair Bolsonaro (PSL) defenderam também o impeachment de Gilmar Mendes.

– A situação de Gilmar Mendes ficou totalmente incompatível e insustentável com o cargo que exerce ao ferir o princípio da imparcialidade – disse Bruno Almeida, atual Coordenador Geral da UDM.

A mobilização ocorreu em frente a Polícia Federal na Av. Daniel de La Touche, e reuniu cerca de 500 participantes, segundo os organizadores.

Para observadores independentes, menos de 100 pessoas.

Além da UDM o movimento VemPraRua-MA também participou da manifestação…

1

Saída de Dilma é injeção de adrenalina na militância de esquerda…

Ao assumir a presidência, Michel Temer ainda pode enfrentar muitos protestos pela frente

Ao assumir a presidência, Michel Temer (PMDB) ainda pode enfrentar muitos protestos pela frente

Ao  contrário do que muitos devem pensar, a saída de Dilma Rousseff (PT) do cargo da presidência não foi a derrota dos militantes petistas nem da esquerda em geral.

O impeachment foi o choque de realidade e adrenalina na militância que vinha adormecida muito antes do processo para a retirada da ex-presidente foi iniciado.

Talvez, este seja o momento em que todos estejam mais unidos para recuperar os espaços perdidos devido aos desgaste do Partido dos Trabalhadores em todo o país.

Ainda que esporádicos, os movimentos de protesto contra o atual governo Temer tendem a se intensificar. Aos poucos, a esquerda verá os erros cometidos e quem sabe irá aprender com eles. Ou voltarão ao estado de letargia por um bom tempo…

4

Manifestação do Pixuleco foi devidamente comunicada às autoridades policiais…

Boneco destruído por petistas enfurecidos, no sábado, 5 – incluindo secretários de Edivaldo Júnior e de Flávio Dino – era parte de protesto para o qual foi solicitada, inclusive, segurança da Polícia Militar e orientação de agentes de trânsito

 

Pixuleco foi destruído por petistas enfurecidos em SL

Pixuleco foi destruído por petistas enfurecidos em SL

exclusivoOs petistas que destruíram o boneco inflável Pixuleco – uma sátira ao ex-presidente Lula – usaram para justificar o vandalismo o argumento de que os manifestantes não tinham autorização para estar ali.

Mas eles tinham sim.

Pelo menos é o que prova Ofício encaminhado pelo movimento “Vem Pra Rua” ao comandante do Policiamento Metropolitano, coronel PM Pedro Ribeiro.

O documento, assinado pelo médico Allan Garcêz, foi recebido e carimbado pelo CPM no dia 4 de março.

– Nesta data [5 de março] estaremos fazendo a exposição de um boneco inflável chamado de Pixuleco, e que visa divulgar a manifestação popular que será realizada em todo o país no dia 13 de março – explica o Ofício do movimento. (Veja cópia carimbada abaixo)

Foi exatamente pelo fato de o movimento estar autorizado que guarnições da Polícia Militar e da Secretaria de Trânsito estavam na praça Maria Aragão para garantir a paz do protesto.

Foi então que chegaram membros do PT, entre os quais os secretários Márcio Jardim, do governo Flávio Dino (PCdoB), e Marlon Botão, da gestão de Edivaldo Júnior (PDT) em São Luís.

Usando facas, estiletes, barras de ferro e pedaços de paus, os petistas enfurecidos – muitos dos quais dirigentes do partido, que avalizaram o vandalismo – destruíram o boneco, agrediram manifestantes e partiram para o confronto, inclusive com a polícia.

Até agora, ninguém foi autuado ou indiciado pelos atos…

autorização

5

“Em São Luís criaram o protesto-gourmet”, ironiza Yglésio Moyses…

Para o médico e suplente de deputado estadual, os “pequenos-burgueses” maranhenses criticam o governo do PT com panelaço em bares da moda e regado a cerveja importada

 

yglesio

O suplente de deputado estadual Yglésio Moyses (PT), ironizou nesta sexta-feira o que chamou de “pequena-burguesia maranhensis” protagonista de protestos contra o governo Dilma Rousseff (PT).

– Jesus, “gourmetizaram” até tu; panelaço, com picanha trinchada e cerveja importada – disse ele, que é médico cirurgião, professor universitário e estudante de Direito.

Os protestos em São Luís foram duramente criticados nas redes sociais.

O comentário de Yglésio também teve forte repercussão…

0

O PSDB não quer um Tea Party…

Os líderes do PSDB não querem se confundir com os que defendem o impeachment e a volta dos militares.

Ao retornar ao Senado, Aécio Neves não vacilou:

– Os que agem de forma autoritária e truculenta não estão no nosso campo político.

Os tucanos querem distância da “direita”.

Explicam que isso poderia afastá-los de setores progressistas que conquistaram por causa da leniência dos governos do PT no combate à corrupção.

O joio e o trigo

A manifestação do presidente do PSDB vem se somar às de outros líderes do partido.

O governador Geraldo Alckmin (SP) adota o mesmo tom:

– Nós, que lutamos pela democracia, não podemos aceitar esse tipo de coisa.

Ao criticar os que pregam o impeachment, o ex-secretário de governo em São Paulo Xico Graziano é chamado nas redes sociais de “comunista”, “petralha” etc.

A cúpula tucana dá um basta, como disse um dos seus, aos “trogloditas”.

Pois seus líderes na Câmara definiram ontem que precisam sair dos muros do Congresso, porque não podem se limitar a fazer oposição parlamentar.

Eles querem ir às ruas mobilizar e se comunicar com a sociedade.

Da coluna Panorama Político, de O Globo

0

Avenida dos Portugueses é liberada…

20141015082451702555aA Avenida dos Portugueses acaba de ser liberada. Após uma manhã de caos na Avenida dos Portugueses, próximo ao Anjo da Guarda, onde os moradores da Vila Isabel reivindicavam segurança ao local.

Um engarrafamento quilométrico se formou na Avenida e demora para se dispersar, desde às 7h da manhã a Avenida foi ocupada e o trânsito ficou parado nos dois sentidos da via.

Por uma reivindicação complicada para este período de transição do Governo…