0

“Não sou dinista nem sarneysista”, diz Wellington na Assembleia…

Deputado estadual optou por não se vincular a nenhum bloco na Assembleia Legislativa, mantendo a independência em relação ao governo e à oposição formada por remanescentes do grupo Sarney

 

Wellington do Curso se prepara para as eleições de 2020, por isso quer manter independência na Assembleia

O deputado estadual Wellington do Curso (PSDB) anunciou nesta terça-feira, 5, seu posicionamento político na Assembleia legislativa a partir desta legislatura.

O parlamentar optou por não se vincular a nenhum bloco, para manter a independência na Casa.

– Não sou dinista nem sarneysista. Sou independente. E é com esta postura que atuarei na Casa, fazendo uma oposição responsável – explicou o parlamentar.

Wellington demonstra forte antipatia ao governo Dino, sobretudo pela tentativa de impedir sua reeleição no pleito de 2018; mas também não se sentiu à vontade para vincular seu nome ao sarneysismo, filiando-se a um bloco liderado pelo deputado Adriano, agora sem Sarney no sobrenome.

Em conversa com o titular do blog Marco Aurélio D’Eça, Wellington confirmou que pretende continuar filiado ao PSDB, para ser candidato a prefeito de São Luís, em 2020.

Segundo o parlamentar, é a partir de sua independência na Assembleia – sem vínculos com dinistas ou sarneysistas, é que pretende construir sua candidatura.

1

Oposição bate cabeça no início dos trabalhos da Assembleia…

Sem liderança consistente no comando da bancada, deputados não-alinhados ao projeto do comunista Flávio Dino entram numa disputa fratricida por espaços de poder na Mesa Diretora da Casa

 

PARTE DOS DEPUTADOS DE OPOSIÇÃO com Othelino Neto: gestos comezinhos e a eterna disputa de vaidades

A bancada de oposição na Assembleia Legislativa chegou ao fim do primeiro mandato do governo Flávio Dino de forma melancólica, esfacelada, com vários membros não reeleitos e sem um norte claro de comando.

E inicia a novo ciclo político de quatro anos ainda mais reduzida e dividida.

A guerra aberta entre os deputados Roberto Costa e Arnaldo Melo (ambos do MDB) por uma das inúmeras vice-presidências da Casa demonstra a falta de unidade da bancada no pós-Sarney.

Deputados experientes, como César Pires e Rigo Teles (PV), além dos próprios Melo e Costa, deveriam atuar para unificar a reduzidíssima tropa oposicionista, não dividi-la.

Até por que, no fim das contas, a importância do posto disputado na conjuntura da Assembleia é apenas o de turbinar o contracheque.

COM ARTICULAÇÃO E ESPAÇOS PRÓPRIOS, Roberto Costa tenta chegar à Mesa Diretora contra seus pares de bancada

Na legislatura passada – ainda que com remotas perspectivas de poder – a bancada de oposição, que tinha nomes como Andréia Murad (PRP), Eduardo Braide (PMN), Max Barros (DEM) e Sousa Neto (PRB), sofreu com ciumeiras e disputas internas por liderança e espaços midiáticos.

Se continuar numa guerra fratricida por nacos de poder e vaidades, reforçará a ideia de insignificância que ficou com a fragorosa derrota nas urnas.

E, e quiser, tem líderes experientes para evitar este racha…

0

Sobre macas e procissão de ambulâncias…

Situação desesperadora da mãe que levou o pai, empurrando a maca de um hospital para outro, expõe a falência do sistema de Saúde não apenas em São Luís, mas em todo Maranhão

 

Editorial

Houve um tempo, recente, em que o sistema de Saúde do Maranhão operava em situação de excelência em todo o estado, não apenas na capital. (Relembre aqui, aqui, aqui e aqui)

Hoje, o sucateamento é evidente não apenas na capital, mas em todos os municípios.

E a imagem que ganhou o mundo nesta quinta-feira, 24 – de uma mulher desesperada carregando seu pai agonizante pelas ruas do Centro, em uma maca, em busca de socorro – expõe essa falência em todos os níveis.

Não é de hoje que a Santa Casa pede clemência para sobreviver.

E o sucateamento de suas instalações se dá pela má gestão de seus condutores, mas também pelo desprezo dos gestores estaduais com a Saúde.

E o que dizer do fato de a mulher ter vindo de Urbano Santos, onde deveria haver, pelo menos, atendimento básico que evitasse a morte do seu pai por falta de atendimento em São Luís?!?

O fechamento dos hospitais macrorregionais e as unidades de 20 leitos em vários municípios contribuiu para isso. (Saiba mais aqui e aqui)

Mas contribui também o desinteresse dos prefeitos coma  coisa pública, gerando situações como esta.

Familiares acompanham a maca em verdadeira procissão no Centro de São Luís

Quando prefeito de São Luís, o ex-governador Jackson Lago (PDT) pregava seu sonho de, um dia, ver as procissões de ambulâncias no Estreito dos Mosquitos terem fim no Maranhão. (Entenda aqui)

Oito anos após sua morte, a procissão de ambulâncias voltaram a se intensificar em São Luís.

Espera-se não precisar ver também procissões de macas no Centro da capital…

0

Destination Maranhão encaminha carta sobre Turismo a Flávio Dino…

Entidade criada recentemente reúne nove instituições ligadas ao segmento turístico e pretende somar esforços para definir melhores rumo para o setor no estado

Presidente e associados da Destination Maranhão em frente a o Palácio dos Leões: gestões pelo Turismo

Representantes de nove instituições ligadas ao Turismo – e que formam o recém-criado Destination Maranhão – protocolaram nesta quinta-feira, 20, no Palácio dos Leões, uma carta de intenções encaminhada ao governador Flávio Dino (PCdoB).

No documento, as instituições demonstram o interesse em somar esforços com o gestor e traçar rumos ainda melhores ao Maranhão.

– Mostramos que somos favoráveis a uma política de Estado especifica para o turismo. Que este importante segmento da economia volte a ter sua própria secretaria, bem como um diálogo permanente com o setor produtivo – disse o presidente da Destination, empresário Francisco Neto.

Segundo ele, “quem gera empregos, precisa ser melhor compreendido”.

Os empresários no protocolo do Palácio, com a carta de intenções

A entidade deixa claro não ter qualquer vínculo com questões políticas, partidarismo ou pessoais contra a atual gestão estadual.

– As entidades esperam com bastante entusiasmo e expectativa uma resposta positiva à solicitação – concluiu Neto.

0

“O Maranhão precisa de apoio da União”, diz Juscelino, ao ser diplomado…

Reeleito para mais um mandato na Câmara Federal, deputado diz que usará o prestígio dos eu partido, o DEM, para atrair investimentos para o estado

 

O deputado federal reeleito Juscelino Filho (DEM) pregou nesta terça-feira, 18, durante solenidade de diplomação dos eleitos em outubro, ajuda do Governo Federal para o desenvolvimento do Maranhão.

– O Maranhão precisa de apoio da União e a nossa atuação pode ajudar muito a trazer benefícios e recursos para o Estado e para os municípios. Esse será um foco do nosso mandato em Brasília, assim como buscaremos usar força política do nosso partido – o Democratas –, no qual temos a honra de presidir aqui no Maranhão. Usaremos isso em benefício do Maranhão. Iremos estar juntos ao partido lá buscando a reeleição do presidente Rodrigo Maia, junto aos nossos ministros democratas tentando sempre ajudar o nosso Estado – defendeu Juscelino.

O deputado reassumiu o compromisso com a população maranhense e disse que pretende manter a mesma dedicação na busca por investimentos.

– Esse é um momento muito importante para essa nossa renovação para mais um mandato de deputado federal. Serão mais quatro anos trabalhando pelos municípios maranhenses, pelo povo do nosso Estado lá no Congresso Nacional. É uma grande responsabilidade. É mais um grande desafio que encaro neste momento. Iremos continuar, como já fizemos no primeiro mandato, representando o nosso povo da melhor forma possível, buscando trazer recursos para o nosso Estado. A população pode esperar um compromisso da nossa parte de sempre de sempre trabalhar, de retribuir o nosso mandato com trabalho e responsabilidade. Vamos atuar lá na Câmara e junto ao governo federal para trazer dias melhores para os maranhenses, para que o nosso Estado volte a crescer, tenha geração de emprego e renda, para que consigamos transformar o Maranhão em um Estado menos desigual – afirmou Juscelino.

Além de Juscelino Filho, foram diplomados o governador e o vice, dois senadores, 18 deputados federais, 42 deputados estaduais e o suplentes…

0

Rafael Leitoa caminha para ser líder do governo Flávio Dino na AL…

Deputado reeleito pelo PDT é o mais forte representante do comunista na bancada e deve assumir o desafio de defendê-lo, pelo menos até 2020, quando deve se preparar para outros voos

 

Rafael ao lado de Flávio Dino: confiança na Assembleia Legislativa

O deputado estadual reeleito Rafael Leitoa (PDT) deve mesmo ser o líder do governo Flávio Dino na Assembleia Legislativa na próxima legislatura.

Ele vai substituir Rogério Cafeteira (DEM), que não conseguiu reeleição.

Leitoa tem as prerrogativas principais para o posto: é ligado diretamente ao próprio Flávio Dino, tem o apoio do senador eleito Weverton Rocha (PDT) e vem de uma cidade importante, como Timon.

Em Timon, aliás, Leitoa deve disputar a prefeitura, em 2020.

Mas esta é uma outra história…

3

Documento de detento expõe falência do sistema penitenciário no MA…

Preso pede oficialmente à direção do Complexo de Pedrinhas – e é atendido – para que seja encaminhado a uma unidade comandada pelo PCC, porque, só assim, estará mais seguro em sua integridade física

 

O documento-padrão preenchido, assinado e apresentado pelo preso; falência do estado

Um documento ao qual este blog teve acesso exibe de forma clara a falência do sistema penitenciário no governo comunista de Flávio Dino.

No “Ofício”- em papel padrão, que parece ser fornecido pela própria Secretaria de Administração Penitenciária – um preso pede para ser transferido para uma unidade sob o controle do PCC, para que tenha garantida a proteção à sua integridade.

O documento timbrado é a prova cabal do que este blog denuncia desde o início do governo Flávio Dino: ao que parece, há um acordo entre o governo e as facções criminosas do Maranhão para manter “tampado” o caldeirão que é Pedrinhas. (Relembre aqui, aqui e aqui)

A resposta do estado ao pedido do preso: garantia de domínio a facção criminosa

Assinado em 25 de maio, o pedido do preso foi atendido pela direção do presídio em 13 de junho, por intermédio do Memorando nº 1036/2018-CART/UPRSL-2/SEAP, assinado por Auro Astério Azevedo Pereira, diretor geral da UPRSL-II

As facções dominam unidades prisionais como se fossem suas, sem interferência do sistema de administração penitenciária, que faz vista grossa em troca da suposta paz nos presídios e nas ruas.

E esse acordo entre estado e crime organizado, agora é documentado de forma oficial.

Triste fim  do Maranhão sob a égide comunista…

Leia também:

O crime organizado e as eleições no Maranhão…

Estadão diz que governo Flávio Dino se rendeu a criminosos…

Governo comunista tenta negociar com criminosos…

Relatos de detentos sugerem pacto por fim de mortes em Pedrinhas…

1

Márcio Jerry força homem de confiança de Flávio Dino a deixar o PCdoB…

Paulo Guilherme de Araújo, que foi chefe de gabinete da Embratur, chegou a assumir postos no Maranhão, mas foi esvaziado e aponta “fatos políticos desagradáveis” relacionados à gestão do homem forte do governo comunista

 

 

CONFIANÇA E QUEDA. Paulo Guilherme tinha prestígio com Flávio Dino até começar a ser minado por Márcio Jerry

O ex-chefe de gabinete da Embratur e ex-presidente da comissão de Licitação do governo Flávio Dino (PCdoB), Paulo Guilherme de Araújo, anunciou sua desfiliação do PCdoB,  onde estava havia 20 anos.

Ele atribui sua saída a “fatos políticos desagradáveis” relacionados à sua militância “sob a gestão do presidente Márcio Jerry”.

Sem entrar em detalhes sobre o assunto, Araújo encaminhou uma carta de desfiliação ao PCdoB, ao qual o blog teve acesso.

– Alguns fatos políticos desagradáveis, para afirmar o mínimo, relacionados a minha relação de militância sob a gestão do presidente Márcio Jerry, notadamente fatos que suscitam questões relacionadas aos fatores de confiança e desconstrução de minha imagem, me fizeram entender que não há mais ambiente político, pra minha permanência nos quadros de filiados do PCdoB, portanto, necessária minha saída – afirmou Paulo Guilherme de Araújo.

FATOS NÃO EXPLICADOS. A carta em que Paulo Guilherme anuncia desfiliação do PCdoB: citação direta a Márcio Jerry

Militante nacional do PCdoB, Paulo Guilherme foi indicado pela direção nacional para chefiar o gabinete de Flávio Dino na presidência da Embratur, entre 2011 e 2013.

Em 2013, ele deixou a Embratur e assumiu  a Secretaria-adjunta de Educação na do prefeito Edivaldo Júnior (PDT), aliado de Dino. (Relembre aqui)

Apenas alguns meses depois ele deixou o posto, minado pelo PCdoB de São Luís, à época comandado por Jerry, que era chefe da comunicação do prefeito Edivaldo Júnior.

Em, 2014, Araújo foi nomeado por Flávio Dino chefe da Comissão de Licitação do governo, mas também caiu, tendo sido substituído por um aliado de Márcio Jerry.

O ex-chefe de gabinete de Flávio Dino permaneceu como seu assessor especial até agora.

Mesmo sem poder de decisão no governo, no entanto, continuou a ser minado pelo lugar-tenente do governador.

A ponto de sair, inclusive, do PCdoB…

0

Indicações da deputada Andrea cobram posto policial e reforma de escola no bairro Lira

Por causa dos constantes assaltos na região do Lira e bairros adjacentes, em São Luís, a deputada Andrea Murad, a pedido da comunidade, protocolou nesta terça-feira uma Indicação na Assembleia Legislativa cobrando um posto policial na área.

“Constantes assaltos vêm tirando a paz dos moradores do Lira. Durante reunião com as lideranças da comunidade, me relataram a insegurança em que está, não apenas no Lira, mas na Madre Deus, e os demais bairros em volta. E os moradores, diante de tantas propagandas que o governador faz com viaturas, com mais policiais, não entendem por que a segurança não chega aqui. Não queremos segurança só na propaganda, ela tem que estar nas ruas, nos bairros, coibindo o crime e no Lira o Estado não tem feito”, explicou Andrea.

A parlamentar também entrou com uma Indicação cobrando da Secretaria de Estado da Educação a reforma total da Unidade Integrada Sousândrade, que recebeu a visita da deputada Andrea na semana passada.

“Já entrei com a representação no Ministério Público e aguardo medidas urgente do órgão, antes que ocorra qualquer tragédia. Tem um andar inteiro interditado por causa de problemas como infiltração e rachaduras. A escola está inabitável, situação de calamidade. Por isso, diretamente ao Secretário Felipe Camarão, estou indicando essa reforma em caráter emergencial”, disse a deputada.

8

Um reconhecimento a Jefferson Portela…

Alvo de críticas deste blog, secretário de Segurança Pública deve ser visto com respeito pela seriedade com que conduz a pasta, muitas vezes sangrando a própria carne

 

Portela entre oficiais militares: correção profissional

Este blog já fez duras críticas às ações do secretário de Segurança Pública, Jeferson Portela, sobretudo quanto à sua postura político-administrativa. (Relembre aqui, aqui e aqui)

Militante orgânico do PCdoB – e sem papas na língua – muitas vezes o delegado se expõe além do necessário, em bate-bocas homéricos com oposicionistas.

Mas não se pode negar do rigor com que ele atua como chefe da Segurança Pública e a honestidade com que conduz o cargo.

A operação que levou para a cadeia não apenas o superintendente de Investigações Criminais, delegado Thiago Bardal – um dos homens de confiança da própria SSP – mas também oficiais e praças da Polícia Militar, mostrou que Portela está acima das relações políticas no exercício do cargo.

Tanto que tem a antipatia da própria associação da qual é filiado.(Saiba mais aqui e aqui )

Pode se dizer tudo de Jefferson Portela; que ele é boquirroto, grosseiro, irascível, temperamental, caxias, travado… Mas não há como acusá-lo de desonestidade, por exemplo.

A questões envolvendo a operação que prendeu policiais civis e militares pode ter falhas ou precise de correções de rumo e novas ações, é verdade.

Mas deve ser elogiada pelo fato de expor a própria carne na Segurança Pública.

E isto é mérito de Jefferson Portela…