3

O que mudou no Maranhão?!?

Num dos mais impactantes programas do horário eleitoral, Roseana Sarney chama o povo maranhense a refletir sobre o que, de fato, melhorou em suas vidas desde que ela deixou o governo; o programa, que compara o que era e o que é hoje o Maranhão, viralizou na Internet

 

Roseana fez o eleitor refletir sobre sua vida nos últimos quatro anos; jogada forte na propaganda

Dois vídeos dos programas eleitorais de Roseana Sarney (MDB) tiveram a maior repercussão entre todos os aspectos da propaganda eleitoral até o momento. Num deles, a governadora anuncia que vai baixar a alíquota do ICMS para alimentos da cesta básica e medicamentos.

E justifica a atitude com o argumento de que incentivos fiscais atraem investimentos e geram emprego e renda.

No mesmo discurso, a ex-governadora destaca também que, neste atual governo, os investimentos empresariais sumiram, o que gerou desemprego, exatamente por causa do aumento abusivo de impostos.

Mas é no segundo vídeo que Roseana impactou de vez as redes sociais e aplicativos de troca de mensagens.

Ela lembra os programas sociais do seu governo – Viva Luz, Viva água, Primeiro Emprego… – e põe testemunhos de quem se beneficiou desses projetos e hoje vivem à margem das políticas públicas. (Veja vídeo acima)

Os depoimentos por si só, entremeados pelas falas de Roseana, já seriam suficientes para mostrar o que mudou no Maranhão em quatro anos.

Mas ela vai além, e pede que o próprio eleitor faça uma pergunta a si mesmo: “Em que minha vida mudou nos últimos quatro anos?”.

Os vídeos viralizaram na internet…

Da coluna Estado Maior, de O EstadoMaranhão

0

Imperatriz: Viabilizadas melhorias para “Dom Affonso Felipe Gregory”…

Prefeito Assis Ramos constata ausência de drenagem profunda na região e diz que notificará Caixa Econômica

 

 

Entregue pela prefeitura em fevereiro do ano passado, o Residencial Dom Affonso Felipe Gregory, com 324 casas, na Avenida Secundária, próximo ao Campus II da Universidade Federal do Maranhão, UFMA, no Bom Jesus, apresenta diversos problemas, como ausência de drenagem, pavimentação, sarjetas e meios-fios.

O prefeito Assis Ramos, ao verificar a situação de infraestrutura, conversou com vereadores e lideranças comunitárias para viabilizar melhorias para o recém-construído residencial que faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento, PAC-I.

Ele convocou diretores da empresa Terramata, responsável pela construção do residencial, para prestar esclarecimentos sobre a ausência de rede de drenagem e a má qualidade da malha asfáltica.

“Ele (diretor) demonstrou que fez a obra com base no projeto apresentado pela Caixa Econômica Federal, fato que me deixou surpreso. A planta não contempla drenagem profunda, esgoto e águas pluviais”, disse ele.

Assis observou que o maior problema enfrentado pelos moradores é o fluxo da água das casas, sem drenagem. Ele garantiu que também notificará a Caixa Econômica e anunciou que será refeito o projeto, custo que não é barato, para contemplar os moradores com rede de drenagem.

“No primeiro momento pensei que fosse apenas restauração asfáltica, mas percebemos que o problema é mais complexo, e não podemos cobrar da empresa, pois não ficou obrigada a fazer”, frisou.

O prefeito assinalou que, juntamente, com os técnicos da Secretaria Municipal de Infraestrutura, viabilizará a confecção de novo projeto, incluindo a construção da rede de drenagem no Residencial Dom Affonso Felipe Gregory.

Limpeza

O secretário Francisco Pinheiro disse que, enquanto não se resolve o problema de drenagem profunda, o prefeito Assis Ramos autorizou desde o começo da semana a execução dos serviços de roço, limpeza e pintura de meios-fios no residencial.

“Essa é uma ação que melhora o aspecto urbanístico do bairro, além de contribuir com a qualidade de vida, evitando a proliferação de mosquitos”, finalizou.

0

Relatório de Juscelino Filho destina R$ 18 bilhões para benefícios sociais…

Documento do parlamentar maranhense foi aprovado pela Comissão Mista de Orçamento, o que garantem continuidade de programas de assistência em todas as áreas

Juscelino teve relatório aprovado

Juscelino teve relatório aprovado

Foi aprovado, na sessão da Comissão Mista de Orçamento (CMO) desta quinta-feira (17), o relatório do deputado federal Juscelino Filho (DEM), que abre crédito suplementar de mais de R$ 18 bilhões ao Orçamento da Seguridade Social da União, em favor dos Ministérios do Trabalho e Previdência Social e do Desenvolvimento Social e Combate à fome, para reforço de dotações constantes na Lei Orçamentária vigente.

“O crédito garantirá o pagamento do abono salarial e dos benefícios previdenciários urbano e rural, até o final do exercício. Eles são necessários devido ao desequilíbrio orçamentário que foi encontrado e que exigia providências imediatas para não agravar ainda mais a situação. A iniciativa do governo federal garante a continuidade de importantes benefícios sociais que atendem uma parcela expressiva da população brasileira. Me sensibilizo e me sento honrado, como relator, em contribuir para que essas ações sejam viabilizadas”, destacou Juscelino Filho.

Em detalhe, os créditos suplementares, reforçam as seguintes dotações: R$ 15,65 milhões em favor do Fundo de Amparo ao Trabalhador, para pagamento de abono salarial; R$ 15,01 bilhões em favor do Fundo do Regime Geral da Previdência Social, para pagamento de benefícios previdenciários; R$ 2,75 bilhões em favor do Fundo Nacional de Assistência Social, para pagamento de benéficos de prestação continuada (BPC), Renda Mensal Vitalícia (RMV) e pessoas com invalidez.

Os recursos são provenientes de superávit financeiro apurado no balanço patrimonial do exercício de 2015, relativo a Recursos Ordinários, e de excesso de arrecadação, de Recursos Próprios Não Financeiros e Financeiros.

0

Júnior Verde conclama deputados a aprovar projetos que ampliam o programa ‘Mais Empregos’…

verdeDurante pronunciamento na Tribuna, o deputado estadual Júnior Verde (PRB) conclamou a bancada da Assembleia Legislativa a aprovar três projetos de lei enviados pelo governador Flávio Dino que fazem parte do programa ‘Mais Empregos’ e visam criar oportunidades de trabalho para os maranhenses.

As propostas foram encaminhadas ao legislativo estadual na semana passada e propõem a criação do ‘Cheque Minha Casa’, ‘Mais Empregos’ e ‘Mutirão Rua Digna’, que têm como objetivo injetar R$ 50 milhões na economia do estado e gerar cerca de 10 mil postos de trabalho.

“Devemos apoiar todas as políticas públicas direcionadas aos que mais precisam e que possam gerar oportunidades de trabalho e renda, uma vez que muitos municípios sofrem com a perda de investimentos federais e privados. Peço a todos os colegas atenção especial a essas matérias. Acredito que serão sensíveis para a aprovação de todas”, ressaltou Júnior Verde.

Os três programas integram o ‘Mais Empregos’, do Governo do Estado.

O ‘Cheque Minha Casa’ tem como objetivo a geração ou manutenção de empregos em lojas de material de construção e postos de trabalho nas pequenas obras.

A previsão de início é a partir de 2017, com investimentos de R$ 21,7 milhões.

Já o ‘Mais Empregos’ visa incentivar empresas estabelecidas no Maranhão a ampliarem seu quadro de trabalhadores, contribuindo para a geração de emprego e renda a partir do desconto mensal de R$ 500 no imposto de empresas, por cada novo posto de trabalho com carteira assinada. A previsão do investimento em 2016 é de cerca de R$ 12,3 milhões e para 2017 é de R$ 26,9 milhões.

O ‘Mutirão Rua Digna’ prevê a geração de postos de trabalho mediante a execução de serviços de pavimentação com blocos intertravado de concreto em vias públicas, bem como a execução de pequenas obras e serviços complementares de infraestrutura necessários à pavimentação das ruas.

0

É assim que vai ser…

A julgar pelas primeiras declarações do presidente Michel Temer e seus ministros, o Brasil viverá tempos difíceis, para a população, para quem depende do poder público e, sobretudo, para os adversários do governo

 

Temer e seus ministros: cortes, investigações e impostos

Temer e seus ministros: cortes, investigações e impostos

 

Quero, com a ajuda de todos, colocar o Brasil nos trilhos nesses dois anos e sete meses. Estou acostumado à pressão, a situações difíceis, a crises. Trabalharei de domingo a domingo para cumprir as expectativas do povo brasileiro”

presidente Michel Temer

Caso seja necessário um tributo, ele será aplicado, mas de modo temporário. A meta é a diminuição do nível tributário, no entanto, vamos dar prioridade à questão da dívida pública e a seu crescimento de maneira insustentável”

ministro da Fazenda, Henrique Meireles

Todos os programas sociais já existentes serão ampliados, aperfeiçoados e auditados. Vamos fazer um batimento para saber quem está recebendo e quanto está recebendo”

ministro do Planejamento, Romero Jucá

Como todo movimento social, o Movimento dos Trabalhadores sem Teto tem todo o direito de se manifestar. Mas o MTST, ABC ou ZYH serão combatidos a partir do momento em que deixam o livre direito de se manifestar para colocar em risco as pessoas, que são atitudes criminosas”

ministro da Justiça, Alexandre Moraes

Nós teremos certamente um déficit fiscal superior aos R$ 96 bilhões que estão no projeto do Congresso Nacional. O déficit é maior que esse número reconhecido pelo governo federal e isso deve ser fruto de discussão no Congresso”

ministro da Saúde, Ricardo Barros

Em tese, fizemos uma reserva de espaço de 25% de cargos. que depois será ajustado à necessidade de funcionamento. A meta fixada é de 4 mil postos a serem cortados”

ministro do Planejamento, Romero Jucá

1

Povoado Porto do Nascimento recebe o projeto “Mirinzal é Mais”…

amau

Na tarde deste ultimo sábado, 31, o Povoado de Porto do Nascimento recebeu com festa a comitiva da equipe de governo comandada pelo Prefeito Amaury que levou até a comunidade diversas benfeitorias.

Ao longo da semana que antecedeu o evento a Secretaria Municipal de Infraestrutura realizou os serviços de eletrificação, limpeza e a abertura de novas ruas com piçarramento, reformou o Mercado do povoado, dentre outros para receber a comitiva do Mirinzal é Mais.

amau2

Durante todo o dia várias atividades foram concretizadas, como a entrega oficial do Posto de saúde, que no momento do evento, realizou atendimento médico e exames de glicemia capilar, bem como palestras e entrega de kits odontológicos com aplicação de flúor para as crianças.

A Secretaria de Educação entregou os kits escolares com mochila e ainda os equipamentos de multimeios como data show notebook e impressora, além de proporcionar um espaço exclusivo de leitura com a biblioteca itinerante.

Os idosos puderam contar com os serviços de orientação para tirar a carteira, e muitas famílias puderam fazer o cadastramento do bolsa família e ainda quem estava sem o documento de identificação, RG, pôde solicitar durante o projeto, tudo isso por meio das Secretarias de Administração e Assistência Social.

amu3

No esporte não poderia ser diferente, várias atividades foram proporcionadas pela Secretaria de Juventude, Cultura, Esporte e Lazer, como competição de vôlei, trem da alegria, e a participação do professor Nilson Almeida coordenador do Agita Mirinzal.

As atividades do projeto Mirinzal é Mais encerraram com a apresentação do tambor de crioula da comunidade do Porto do Nascimento

A próxima edição do Mirinzal é Mais acontece dia 14 de novembro no Povoado Deserto.

Da Ascom/Mirinzal