1

Batista Matos revela doença e mostra força do “milagre de Deus”…

Suplente de vereador, jornalista, que está em tratamento de um linfoma, revela “encontro com o Espírito Santo” e mostra fé e otimismo na recuperação, “sendo bênção mesmo dentro do hospital”

 

O jornalista e suplente de vereador revelou em vídeo nas redes sociais, no fim de semana, que está passando por um tratamento de um linfoma. E revela que “o espírito santo tem sido o seu grande companheiro”.

– Minha situação neste momento é de gratidão. Nós faremos mais postagens com o propósito de ser bênção em sua vida também – afirmou o jornalista.

Internado há cerca de dois meses – com intervalo de uma semana de alta – Batista tem se submetido a sessões de quimioterapia. Mas não se desanima em um só momento, reforçando sua fé em Deus.

– Nós vemos isso como uma oportunidade que Deus está nos dando de crescermos ainda mais. A palavra de deus diz que toda as coisas contribuem para aqueles que amam a Deus. Como cristão que sou, acredito naquela palavra que diz  “verdadeiramente, o Senhor Jesus levou sobre si as nossas dores e enfermidades” – declara.

Batista reconhece que muitas pessoas podem estar surpresas com o que ele fala neste momento de doença, mas mostra a força de sua espiritualidade em cada momento do tratamento.

Membro da Igreja Batista do Angelim, o jornalista tem sido cercado por evangélicos desde o primeiro dia de tratamento; e tem sido visitado por pastores e líderes políticos, como o ex-governador José Reinaldo, a senadora Eliziane Gama, o prefeito Edivaldo Júnior e o empresário Evilson Almeida.

Amigo pessoal do jornalista desde a adolescência, o titular do blog Marco Aurélio D’Eça também se junta nesta corrente.

Batista espera chegar ao segundo semestre já em plena recuperação e pronto para seguir a vida…

Veja o vídeo acima

0

Vida e morte de Bita do Barão…

Principal babalorixá do Brasil deve voltar para casa com a família após ter sua recuperação descartada pelos médicos; e seus últimos momentos, no caso dele, podem durar bem mais do que o padrão

 

BITA DO BARÃO MARCOU A ESPIRITUALIDADE BRASILEIRA POR MAIS DE UM SÉCULO, e se tornou um ícone da religião no país

Desde a tarde de ontem, quando o blog do Marco Silva informou a decisão da família de retirá-lo da UTI de um hospital em Teresina (PI), explodiram boatos e fake news sobre a morte do pai de santo Bita do Barão, de Codó.

Mas há apenas duas verdades no que já foi noticiado: os médicos consideraram irreversível a situação do líder espiritual e a família decidiu levá-lo para casa. 

Principal representante das religiões de matriz afro no Brasil, Wilson Nonato de Souza, que adotou o nome de Bita do Barão de Guaré, ganhou fama a partir das histórias de visita de líderes políticos em busca de suas intervenções espirituais no jogo de poder.

A história do pai de santo é cercada de mistérios e histórias fantásticas, o que torna difícil até mesmo saber sua idade, que alguns definem em torno dos 108 anos.

Quis o destino que toda esta movimentação em torno de Bita em seus últimos momentos ocorressem, coincidentemente (?), em plena época de comemoração da semana santa.

As histórias fantásticas perpassam sua vida e morte, e fazem com que até mesmo os últimos momentos de sua passagem na terra sejam motivo de atenção do Brasil.

E para quem conhece Bita do Barão, esses últimos momentos ainda podem durar bastante.

Sempre de forma intensa…

2

O nascimento de Jesus…

Ao contrário do que tentam impor as igrejas, equivocadamente, para contrapor o mercantilismo no Natal, o filho de Deus não nasceu em dezembro,  mas em abril, exatamente na época em que as próprias igrejas – também equivocadamente – lamentam a sua morte

 

As Igrejas – católica e evangélica – condenam o consumismo natalino estabelecido pela indústria cultural.

Mas cometem o mesmo crime ao tentar sacralizar a festa pagã, incentivando a ideia equivocada de que, no Natal, deve-se comemorar o nascimento de Jesus.

Tudo em nome do proselitismo religioso o que, em essência, acaba sendo também uma forma de consumismo – o mercantilismo da fé.

Natal nada tem a ver com o nascimento de Jesus. Jesus não nasceu em dezembro e muito menos no inverno, como mostra o relato de Lucas.

– A teoria mais forte atualmente é que a data tenha sido escolhida para se contrapor à principal festa religiosa dos romanos, do Sol Invencível, que se dava na noite do dia 24 – afirma Valeriano Santos Costa, diretor da faculdade de Teologia da PUC-SP.

Os historiadores mais respeitados e aceitos apontam o nascimento de Jesus no mês de abril.

Eles apontam também que o “salvador” nasceu em Nazaré, não em Belém, como impuseram os evangelistas Marcos e Lucas para conciliar a história do nazareno com o mito da profecia bíblica de Miquéias.

 – Mas tu, Belém-Efrata, embora sejas pequena entre os clãs de Judá, de ti virá para mim aquele que será o governante sobre Israel. Suas origens estão no passado distante, em tempos antigos – prega o profeta, no capítulo 5, verso 2 do seu livro (Entenda aqui)

Pesquisadores explicam, no entanto, que todas as narrativas do nascimento de Cristo não são contemporâneas a Jesus, mas escritas gerações depois de sua morte. E construídas para coincidir com as antigas profecias.

– As narrativas sobre o nascimento foram feitas três ou quatro gerações depois, quando as informações históricas e os testemunhos diretos já estavam perdidos – diz André Chevitarese, professor do Instituto de História da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), um dos autores do livro “Jesus Histórico. Uma Brevíssima Introdução”, da Klíne Editora. (Saiba mais aqui)

Portanto, quando a igreja “comemora” a morte de Jesus, durante a semana santa – também por interesses meramente  proselitistas – deveria, na verdade, comemorar seu nascimento.

O Natal é uma festa criada pelos povos antigos para comemorar a chegada do Sol, após o inverno rigoroso. Os povos antigos o comemoravam no dia 25 de dezembro, data do nascimento do deus pagão Mitra.

Como a igreja necessitava de uma data para comemorar o nascimento do seu símbolo maior, apropriou-se do Natal, festa já muito popular e com cunho religioso por causa de Mitra.

Daí passou a impor como data de festa para Jesus.

Mas a única relação do Jesus com o Natal é o clima de paz, confraternização e alegria que marca a data. Coisa que também o símbolo do Papai Noel representa bem, para despeito das igrejas e dos anti-imperialistas.

Natal é só uma festa, uma época para se divertir, dançar, beber, brincar, se confraternizar, comprar, renovar a casa e sorrir – quer queiram ou não os puristas.

E por si só, já é a melhor época do ano.

É este o verdadeiro espírito do Natal…

Publicado originalmente em 24/12/2009

4

Filha de pastor que repreendeu Eliziane faz gesto de apoio a Haddad…

Eleita deputada estadual, Mical Damasceno é filha do presidente da Assembleia de Deus no Maranhão, Pedro Aldir Damasceno, que vociferou ódio pela declaração de apoio da senadora eleita ao candidato do PT

 

Mical Damasceno, ao lado de Márcio Jerry, gesto da vitória pró-Haddad condenado pelo pai em outros políticos

O pastor-presidente da Assembleia de Deus no Maranhão, Pedro Aldir Damasceno, vai ter que se explicar aos fieis de sua igreja pela participação da filha, Mical Damasceno, em ato de apoio ao presidenciável Fernando Haddad(PT), organizado pelo governador Flávio Dino (PCdoB).

Logo após o primeiro turno, Damasceno fez circular em redes sociais e grupo de WhatsApp um virulento áudio em que condena a senador eleita Eliziane Gama (PPS) pelo apoio ao petista.

No áudio, o presidente da Assembleia de Deus chega a invocar fake news para repreender o voto em Haddad. (Relembre aqui)

Mas, ontem, sua filha, a deputada estadual eleita pela coligação de Flávio Dino, Mical Damasceno (PSC), era uma das mais entusiasmadas no evento organizado pelo comunista e que culminou com a declaração de apoio a Haddad.

A filha do pastor Damasceno – que tem outros dois filhos empregados no governo Flávio Dino – fez até gestos de vitória quando o locutor pediu pela declaração de apoio ao candidato do PT. (Veja o vídeo)

O áudio divulgado por Pedro Aldir Damasceno no início do mês foi criticado por lideranças evangélicas que condenam as práticas de manipulação de votos por parte de pastores.

Mas agora, com a própria filha mostrando a contradição do líder da AD, a repercussão deve ganhar novos rumos…

1

Louvor e público expressivo marcam abertura do 20º Comadema…

 

Aline Barros foi a principal atração da noite

A noite de abertura do 20º Comadema, o Congresso de Jovens da Assembleia de Deus no Maranhão, congregou centenas de pessoas no ginásio Castelinho, em São Luís, nesta quinta-feira (26). 

O primeiro dia foi marcado pela presença de um público bem expressivo vindo de todo o Maranhão e também de estados vizinhos, como Pará e Piauí. Na programação a participação do pastor goiano, Elizeu Rodrigues, e também a apresentação da cantora Aline Barros.

As delegações se apresentaram na arena

Acompanhada por um público formado, em sua maioria, por jovens e adolescentes Aline cantou grandes sucessos de seu repertório, sem esquecer as músicas direcionadas ao público infantil.

“É muito bom poder comunicar com os jovens, cantar com eles. A proposta era louvar juntos e fazer uma noite muita linda aqui em São Luís”, declarou a cantora que é uma das artistas gospel mais conhecidas no país.

O Congresso acontece a cada dois anos e há quase 20 anos não era sediado na capital maranhense. Por isso para muita gente, essa é a primeira oportunidade para participar do encontro estadual. A Rebeca Costa, 12 anos, é de São Luís e está no grupo desses participantes iniciantes.

“Eu estou tentando aproveitar tudo, cada louvor, cada pregação e também essa convivência com outras pessoas da minha idade, enfim, está sendo tudo ótimo”, revela a adolescente. 

Milhares de pessoas foram ao local do evento

A 20º edição do Comadema traz o tema “A fé da juventude pentecostal e seus desafios”.

A coordenação do Congresso defende que o objetivo é impactar os jovens e adolescentes nos aspectos espiritual e moral, através de um investimento na sua vida cristã. 

“Interagir, se relacionar e se aproximar de Deus é o que nos motiva a agregar esses valores aos nossos jovens. O resultado é uma grande celebração de louvor e adoração ao nosso Deus”, analisa o coordenador geral do Comadema, pastor Telmir Freitas.

O Congresso segue até domingo, dia 29, e ainda terá a participação de cantores muito admirados no meio evangélico nacional, como Gisele e Willian Nascimento. A expectativa é que até o final do evento cerca de oito mil jovens e adolescentes participem do encontro estadual.

4

Batista Matos vê tentativa de censura em ação da PRE contra as igrejas…

Pré-candidato a deputado federal diz que recomendação do Ministério Público para que as igrejas se abstenham de abrigar eventos políticos agride a liberdade de expressão, além de impor tratamento desigual a coisas iguais, como associações, sindicatos e organizações sociais, que continuam livres para ações para as ações políticas

 

LIBERDADE DE CULTO. Roseana, que pode ter até vice evangélico, e Flávio Dino em cultos religiosos: proibição é afronta ao direito de ir e vir

O pré-candidato a deputado federal Batista Matos (PTC), considerou que a decisão tomada ontem pela da Procuradoria Regional Eleitoral do Maranhão, recomendando que igrejas não façam propaganda eleitoral, é, na verdade, uma censura contra este segmento.

“É uma clara censura à liberdade de expressão no ambiente privado que é o espaço interno de uma igreja, como também aos líderes cristãos em qualquer atividade política por terem que se abster ou participar do que possa ser considerado propaganda política. A justiça eleitoral deveria incentivar que mais entidades recebessem e ouvissem as propostas dos candidatos. Igrejas são associações, organização  de pessoas, com propósito espiritual é verdade, mas formadas por cidadãos que pagam impostos, votam e por isso precisam ouvir as propostas dos candidatos”, ponderou o pré-candidato, que é jornalista e evangélico.

Para Batista Matos, se essa decisão tiver de ser seguida, a Ordem dos advogados, conselhos de médicos, engenheiros e outras categorias; sindicatos, associação de moradores e outras entidades classistas também não poderão fazer reuniões e muito menos debates com candidatos a cargos eletivos.

Batista cita que em outras nações, com nível de consciência política maior, as entidades religiosas tem uma atuação política até maior e permitida pela justiça eleitoral.

“Nos EUA e outros países, as igrejas evangélicas e católicas ouvem as propostas dos candidatos e em alguns países, disponibilizam seus espaços físicos até para serem sessões eleitorais. Por que? Porque lá a política é vivida de forma intensa pelos que vivem sua fé e porque a justiça eleitoral compreende que cada fiel é um cidadão com direitos plenos, inclusive políticos”, explica.

LIBERDADE PLENA. Barack Obama em igreja americana durante a campanha. Lá, os órgãos de controle realmente trabalham

Mandado de Segurança

Na avaliação do pré-candidato, a orientação do procurador eleitoral maranhense é, na verdade, uma ação contra as igrejas.

“Essa decisão não foi contra qualquer político, ela é  na verdade contra os fiéis, contra a liberdade dos líderes e membros nas igrejas. Eles são os grandes prejudicados, pois deixarão de ter mais uma oportunidade de conhecerem as propostas de seus candidatos”, explica o jornalista, que estuda entrar com Mandado de Segurança para garantir seu direito de ir e vir – e sua presença nas igrejas – durante a campanha.

“Se não nos impusermos, uma hora seremos proibidos de falar de Deus. Na verdade, já houve uma tentativa, via Senado, com a PEC 122, de proibir que padres e pastores chamassem pecado de pecado dentro da própria igreja”, conclui.

7

Filho de pastor condenado por estupro também é capelão de Flávio Dino

Filipe Madureira da Silva foi nomeado capelão penitenciário na mesma farra promovida pelo comunista no Diário Oficial do dia 22 de janeiro; detalhe: ele mora no Rio de Janeiro

 

DOIS MOMENTOS. Marcos Pereira em Pedrinhas e já preso por estupro no Rio de Janeiro

 

Parece não haver limites para a farra de troca de favores do governo Flávio Dino (PCdoB) a evangélicos em troca de apoio das lideranças do segmento religioso.

Além de lotear a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros com pastores ou familiares de pastores em postos de tenente, capitão, major, tenente-coronel e coronel – sem concurso – a farra da capelania já avança para a Polícia Civil e para o sistema penitenciário.

E entre os nomeados há, inclusive, quem sequer more no Maranhão.

O evangelista Filipe Madureira da Silva, da polêmica Igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias, com sede no Rio de Janeiro, foi nomeado por Flávio Dino capelão no sistema penitenciário do Maranhão, conforme Diário Oficial do dia 22 de janeiro.

EM OUTRO ESTADO. Diário Oficial com a nomeação de Filipe Madureira

Filipe é filho de ninguém menos do que o pastor Marcos Pereira da Silva, condenado a 15 anos de reclusão por estupro coletivo, coação e lavagem de dinheiro. (Releia aqui)

O próprio Filipe já foi investigado por tentar atrapalhar as investigações sobre o pai. (Saiba mais aqui)

Ligado a traficantes do Rio de Janeiro – como Márcio VP e Marcola – Marcos Pereira mantém também uma estranha ligação com o PCdoB e o governo Flávio Dino.

Ligação esta que já o trouxe ao Maranhão.

Em 2010, durante a primeira campanha de Flávio Dino, o pastor-condenado participou clandestinamente de uma tentativa de negociação durante uma rebelião em Pedrinhas que resultou em 18 mortes. (Relembre aqui e aqui)

Essas rebeliões se repetiram também em 2014.

FARRA DE CAPELÃES. Flávio Dino ao lado dos pastores fardados que exercem cargos de oficiais militares

Além de Filipe Madureira – que, repita-se, tem atividades evangélicas na igreja do pai, no Rio de Janeiro – Flávio Dino já nomeou como oficiais-capelães mais de 50 evangélicos, a maioria da Assembleia de Deus, na Polícia e no Corpo de Bombeiros, num escândalo de compra de votos e manipulação de currais eleitorais.

A farra foi denunciada nesta quinta-feira, 15, pelo PRP ao Ministério Público, que deve apurar o caso.

Sobretudo com a descoberta do pastor carioca entre os beneficiados com salários no Maranhão…

6

Edivaldo e Eliziane consolidam parceria evangélica em São Luís…

Prefeito e deputada federal fizeram juntos evento que reuniu milhares de pessoas na Praça Maria Aragão, com a presença também do deputado federal Weverton Rocha

 

Weverton, com esposa, Edivaldo com esposa, Eliziane Gama e esposo, Pavão Filho Edivaldo Holanda recebendo a unção dos pastores

 

Foi um sucesso a junção dos projetos ora São Luís e Semana dos Retiros que reuniu evangélicos na Praça Maria Aragão em uma noite de louvor a Deus.

Foi a primeira vez que o prefeito de São Luís, Edivaldo Júnior (PDT),  e a deputada federal Eliziane Gama (PPS) – ambos evangélicos militantes – estiveram juntos no mesmo palanque, desde que iniciaram sua carreira política.

Belo aspecto aéreo da Praça Maria Aragão, reunindo milhares de evangélicos, tendo ao fundo São Luís à beira mar

A decisão de reunir os projetos capitaneados por ambos em um só evento é fruto da parceria política que começou a ser gestada no início do ano entre as duas lideranças evangélicas, com objetivo de garantir presença do segmento na chapa majoritária encabeçada pelo atual governador Flávio Dino (PCdoB).

A aliança entre Edivaldo Júnior e Eliziane Gama tem o apoio também do deputado federal Weverton Rocha (PDT), primeiro candidato ao Senado já escolhido por Flávio Dino.

Os políticos reunidos no palco, ao lado dos cônjuges, com a multidão ao fundo

Após os eventos evangélicos, Eliziane e Edivaldo deverão seguir com outras parcerias, sobretudo em ações pela cidade, com emendas dela própria e de Weverton Rocha.

E caberá a Flávio Dino dar o aval final à aliança…

0

Juventude cristã se prepara para a Semana Maranhense de Retiros 2018…

A juventude evangélica do Maranhão se prepara para a Semana Maranhense de Retiros 2018. Todos os anos as igrejas evangélicas realizam retiros no período carnavalesco e a juventude realiza atividades como teatro, música e dança nas suas programações.

Este ano o tradicional encerramento da Semana Maranhense de Retiros Culturais será realizado em conjunto com o Ora São Luís, evento da Prefeitura da capital maranhense. Assim como nos anos anteriores, a Semana Maranhense de Retiros conta com total apoio do Governo do Maranhão.

O evento de encerramento da Semana será realizado na Praça Maria Aragão no dia 14 de fevereiro e contará com a presença de cantores e bandas locais, além de cantores conhecidos nacionalmente como Cassiane e Maurício Paes, a Banda Som e Louvor, além da atração internacional, a maior banda de reggae cristão Christafari.

Para a deputada Eliziane Gama, autora da Lei 8.904 que ampara as atividades artísticas e culturais realizadas nos retiros, é importante investir na juventude cristã que todos os anos realiza esta programação no período de carnaval.

“Este ano a culminância dos retiros na Quarta de Cinzas vai acontecer na Praça Maria Aragão em parceria com a Prefeitura de São Luís. É a Semana Maranhense de Retiros Culturais, assegurada por lei de nossa autoria. O Governo do Maranhão, assim como em anos anteriores, garantiu apoio para a realização da Semana”, destacou Eliziane Gama.

A abertura da Semana Maranhense de Retiros Culturais 2018 será realizada no dia 09 de fevereiro às 9 horas no Palácio dos Leões.

1

Evangélicos no debate político…

Assembleia de Deus maranhense articula-se com políticos de todas as tendências, num claro exemplo de que pretende influenciar os círculos de poder no Maranhão

 

Os líderes da Assembleia de Deus e os candidatos da denominação em 2018

Principal igreja evangélica do Maranhão, a Assembleia de Deus decidiu mostrar mais claramente ao restante da população que tem um projeto claro de poder no estado.

A convenção estadual da denominação, realizada desde o início da semana, em Chapadinha, foi uma espécie de demonstração de força política orquestrada pelos seus líderes.

Para começar, a AD levou a Chapadinha três dos principais candidatos a governador – o comunista Flávio Dino, ora ocupante do Palácio dos Leões, a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) e a ex-prefeita de Lago da Pedra, Maura Jorge (PODE) – abrindo espaços para todas as correntes políticas dos seus líderes religiosos.

Na Assembleia de Deus há líderes ligados por laços de interesses com o comunismo maranhense, mas há também aqueles que têm vínculos históricos com o chamado grupo Sarney, e ainda aqueles que só se posicionam politicamente ao lado de evangélicos, caso de Maura Jorge.

E a disputa interna é latente neste período.

Além da presença dos pré-candidatos ao governo, a convenção assembleiana oficializou as candidaturas de Eliziane Gama ao Senado, de Gyldemenir Sousa à Câmara Federal e do pastor Bel e Mical Damasceno à Assembleia Legislativa, numa clara demonstração de que quer influenciar o poder político estadual.

Da coluna Estado Maior, de O EstadoMaranhão