0

Imperatriz: Assis Ramos se afasta e vice assume comando do município

Prefeito vai passar 30 dias em acompanhamento de um familiar que passa por tratamento de saúde em Teresina (PI); Alex Nunes assume interinamente o cargo de prefeito

 

ASSIS RAMOS VAI PASSAR O COMANDO DE IMPERATRIZ PARA O SEU VICE, ALEX NUNES, por um período de 30 dias

O prefeito de Imperatriz Assis Ramos (DEM) vai se afastar do comando do município por um período de 30 dias.

A Câmara Municipal vota seu pedido de licença na sessão desta terça-feira, 8.

Assis Ramos vai acompanhar tratamento médico de um membro de sua família que mora em Teresina (PI).

Quem vai comandar Imperatriz neste período é o vice-prefeito, Alex Nunes, de 49 anos.

Abaixo, a nota da prefeitura:

Prefeitura de Imperatriz

Assessoria de Comunicação

A Câmara de Vereadores de Imperatriz vota, nesta terça-feira, dia 8, o pedido de afastamento por até 30 dias do prefeito Assis Ramos, que sai para acompanhar tratamento de saúde de um familiar que mora em Teresina. O vice-prefeito, Alex Nunes, de 49 anos, assume interinamente o cargo.

Em dois anos e dez meses, é a primeira vez que Assis Ramos se ausenta da gestão municipal. Ele retorna na primeira semana de novembro.

Imperatriz, 7 de outubro de 2019

2

A estranha licença de Sérgio Moro…

Um dia depois de reportagens da Veja e da Folha de S. Paulo trazerem mais detalhes da manipulação do ex-juiz na operação lava Jato, o agora ministro da Justiça se afasta do cargo, numa ação que o próprio ministério trata como “férias”

 

SÉRGIO MORO ESTÁ CADA VEZ MAIS ACOSSADO COM AS REVELAÇÕES DE SUA PARCIALIDADE no processo que condenou o ex-presidente Lula

O Ministério da Justiça tratou como “férias” o afastamento do ministro Sérgio Moro, dois dias depois de reportagens da Folha de S. Paulo e da revista Veja mostrarem mais detalhes de sua manipulação no processo que condenou o ex-presidente Lula.

Mas como ele não pode tirar férias com apenas seis meses de trabalho, resolveram criar a figura da “licença sem remuneração para tratar de assuntos particulares”.

De qualquer forma, Moro deixa o posto em um dos momentos mais delicados de sua trajetória.

Para alguns, ele vai tentar, nas sombras, detectar e correr atrás de coisas que possam lhe dar garantias de que novas conversas não venham à tona.

Outros entendem que ele – nas sombras – vai usar colegas ligados à espionagem internacional para corrigir rumos que possam comprometê-lo ainda mais com a parcialidade da Lava Jato.

De uma forma ou de outra, a saída de Sérgio Moro é uma espécie de admissão de que há coisas mais graves no conteúdo revelado pelo The Intercept.

E agora por meio de veículos ainda mais pesados da imprensa nacional…

0

Bárbara Soeiro descarta licença da Câmara…

Vereadora garante estar em plenas condições de saúde e sem nenhum parente que inspire cuidados que justifiquem seu afastamento do mandato

 

Bárbara: plenas condições de exercer o mandato

A vereadora Bárbara Soeiro (PMN) descartou, nesta terça-feira, 231, em contato com o titular deste blog, pedir licença da Câmara Munici9pal.

– Estão querendo me adoecer? – brincou ela, que completou: estou gozando de plena saúde e não tenho parente algum com problema que requeira meu afastamento.

O nome de Bárbara Soeiro foi apontado como provável licenciada da Câmara, após confirmação de que o primeiro suplente da coligação, Rommeo Amin, seria nomeado secretário de Esportes.

Além de Bárbara, surgiu também o nome de Fátima Araújo (PCdoB), esta,  sim, com recente problemas cardíacos.

Mas a comunista também não confirmou licença…

1

Agora senador, Pinto Itamaraty ignora segundo turno em São Luís…

Tucano que assumiu ontem a vaga do socialista Roberto Rocha disse que seu compromisso atual é com o mandato que vai exercer na Câmara Alta por, pelo menos, 121 dias

 

Agora senador da República, o ex-vereador, ex-deputado federal e atual vice-presidente do PSDB maranhense, Pinto Itamaraty, quer dedicar os próximos quatro meses exclusivamente ao exercício do mandato na Câmara Alta.

Ele tomou posse ontem, na vaga do socialista Roberto Rocha, e deve permanecer no mandato até fevereiro.

Ex-coordenador da campanha da deputada federal Eliziane Gama (PPS), Itamaraty não se mostrou motivado a entrar efetivamente na disputa de segundo turno, entre Edivaldo Júnior (PDT) e Eduardo Braide (PMN).

– Meu único compromisso político, neste momento, é com o mandato de senador, que assumo com muita honra e alegria – disse ele.

Veja o vídeo da posse, acima…

11

“Minha licença é sem vencimentos; vou atuar na campanha do PRB”, diz Cléber Verde…

Cléber Verde: dedicado integralmente à campanha

O deputado Cléber Verde (PRB) esclareceu hoje os termos de sua licença da Câmara Federal, semana passada.

– Tirei uma licença para tratar de assuntos particulares. Isso ignifica uma licença sem nenhum tipo de vencimento. Vou atuar diretamente na campanha do meu partido, o PRB, em todo o Maranhão – explicou Verde.

Segundo o deputado, o PRB terá 86 candidatos a prefeito 28 candidatos a vice-prefeito em todo o Maranhão, o que requer dedicação exclusiva da cúpula partidária.

– Vou visitar todo este Maranhão para garantir a eleição dos nossos prefeitos. Temos plena convicção das chances de vitória e não poderia ficar ausente da Câmara sem explicação. Por isso me licenciei – conta.

Na semana passada, Cléber Verde reuniu pré-candidatos do PRB em todo o estado, em um encontro no Hotel Soalre, na Avenida Litorânea, do qual participou o chefe da Casa Civil, Luís Fernando Silva.

Dentre os candidatos, nada meno que 58 interessados em disputar as vagas na Câmara Municipal de São Luís.

– Temos quadros suficientes para garantir uma chapa própria de candidatos a vereador. Vamos apoiar a candidatura de Washington (PT) na majoritária. Mas deveremos sair sozinhos na proporcional – explicou o parlamentar.

Cléber Verde ficará 121 dias afastado da Câmara Federal.

Em seu lugar, assumiu o suplente Ricardo Archer (PMDB)…

8

Rubens Júnior confirma e explica licença da Assembleia…

Júnior ficará afastado da AL até agosto

O deputado estadual Rubens Pereira Júnior (PCdoB) explicou o seu afastamento de quatro meses da Assembleia Legislativa.

– Vou pedir uma licença para tratar de assuntos particulares; sem remuneração, portanto – garantiu o parlamentar.

No lugar de Pereira Júnior assume o suplente Othelino Neto (PPS), que negociou, semana passada, seu afastamento da administração João Castelo (PSDB), a pedido da deputada Eliziane Gama (PPS).

O deputado do PCdoB vai se dedidar à organização das campanhas do partido, em São Luís e no interior. Para isso, deve assumir a secretaria de Relações Institucionais da legenda.

Rubens Júnior garante que o seu afastamento da Assembleia não é um gesto em favor de Othelino Neto, mas em favor do grupo de partidos que se articula para as eleições de 2012 e 2014.

– Não tenho relação pessoal com Othelino. Se tivesse de fazer gesto, faria para o PPS – garantiu.

O pedido de licença de Pereira Júnior deve ser publicado na edição de hoje do Diário da Assembléia.

Othelino Neto deve assumir amanhã…

2

Luciano Leitoa e Rubens Júnior de licença da AL…

Do blog de Jorge Aragão

Ao invés de ser uma saída para cumprimento de acordos políticos, serão duas, pois os deputados estaduais Rubens Junior e Luciano Leitoa, irão deixar a Assembleia tirando licença para que os suplentes, Othelino Neto e Luciano Genésio possam assumir.

Mesmo a contragosto, Rubens Junior deverá sair já na próxima semana, e assim abrir vaga para Othelino Neto, que recentemente deixou a prefeitura de São Luís em troca de uma vaga no parlamento estadual maranhense.

Pelo que o Blog conseguiu colher Rubens Junior preocupado com desgaste de sua imagem irá tirar uma “licença particular”, nesse caso seria uma licença sem vencimento. Ou seja, durante o período que estiver fora da Assembleia para que Othelino tenha assento no parlamento, ele não receberá seus subsídios, algo raro de acontecer nas casas legislativas. Continue lendo aqui…

12

Marcos Caldas deve mesmo ser governador interino…

Caldas será governador por duas semanas

Caberá ao vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marcos Caldas (PRB), o exercício do Governo do Estado a partir do dia 7 de abril.

A titular do cargo, Roseana Sarney (PMDB), deve se afastar do governo a partir desta quinta-feira, quando embarca para Brasília. O vice-governador, Washington Oliveira (PT), assume até o dia 6, quando também se licencia, para não ficar inelegível nas eleições de outubro.

Como também tem parente disputando as eleições, o presidente da Assembléia, Arnaldo Melo (PMDB), se afastará do cargo dias antes do início do período vedado, deixando Caldas como presidente em exercício do Legislativo.

Marcos Caldas também tem parentes candidatos nas eleições de outubro – um irmão, em São Luís, e um tio, em Brejo – mas deverá sacrificar a campanha dos dois em troca de duas semanas à frente do governo.

Ele deve exercer o governo do Maranhão até por volta do dia 15 de abril…

3

Roseana adia para segunda-feira o retorno ao governo…

Washingnton continuará substituindo Roseana

A governadora Roseana Sarney (PMDB) decidiu permanecer em Brasília pelo menos até segunda-feira, adiando o retorno ao comando do governo.

Neste período, ela vai aproveitar para cumprir agenda administrativa na capital federal, inclusive com reuniões nos ministérios.

Apesar de recuperada da cirurgia nos olhos, a governadora foi desaconselhada a viajar de avião nos próximos dias, por causa da pressurização da aeronave.

No período de afastamento, o governo continuará sob o comando do petista Washington Oliveira…

7

Pedido de licença de Roseana confunde a mídia desatenta…

A mensagem que confundiu desinformados

Trata-se da praxe anual o pedido de licença para afastar-se do país, encaminhado pela governadora Roseana sarney (PMDB) e aprovada ontem na Assembléia Legislativa.

A cada ano, no início da legislatura, o governo encaminha este pedido à Assembléia, que, aprovando-o, autoriza o chefe do Executivo a se ausentar do país a qualquer tempo, durante o ano, sem necessidade de licenças específicas.

Foi assim nos dois primeiros governos de Roseana, foi assim com Jackson Lago (PDT) e com José Reinaldo (PSB).

A parte da imprensa desinformada e desatenta viu a mensagem governamental no Diário da Assembléia, achou que tinha descoberto a pólvora e danou-se a especular.

Chegaram a definir uma viagem internacional da governadora, com a eventual posse do vice Washington Oliveira.

Nada a ver.

Roseana não tem qualquer previsão de viagem nos próximos.

A menos que decida de última hora…