0

Ribamar: Ministério Público Eleitoral impugna candidatura de Julinho

A ação ocorre em função das contas reprovadas de Julinho referentes ao exercício financeiro de 2007 quando ele exerceu o cargo de Gestor da Maternidade Benedito Leite

O Ministério Público Eleitoral impugnou no TRE a candidatura do médico Julinho Matos a prefeito de São José de Ribamar.

Psara os procuradores eleitorais, Julinho tem contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado que o impedem de ser candidato. 

Por meio de uma espécie de “truque jurídico” no TCE, o ex-prefeito da ficha suja chegou a conseguir uma decisao favorável para tentar candidatar-se nas eleições deste ano, através de um processo de nº 2658/2007 que, curiosamente, sequer foi protocolado por Julinho.

No último domingo, no entanto, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) derrubou decisão do Tribunal de Justiça do Maranhão que dava ao médico Júlio César de Sousa Matos, a possibilidade de disputar a eleição de prefeito de São José de Ribamar este ano.

O ministro relator Francisco Falcão deu provimento a um recurso interposto pelo Estado do Maranhão contra uma decisão local que limpou a ficha do político e o tornou novamente inelegível.

A corte superior acatou recurso especial da Procuradoria Geral do Estado (PGE) que pleiteou que fosse levado em consideração acórdão do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA) que condenou Julinho por irregularidades financeiras no exercício do cargo diretor da Maternidade Benedito Leite, vinculada à rede estadual de saúde.

1

Luis Fernando atua nos bastidores da eleição em Ribamar

Ex-prefeito tenta criar uma frente contra o também ex-prefeito Julinho Matos, que chega à disputa com o apoio do deputado federal Josimar de Maranhãozinho e dos irmãos Glalbert e Gil Cutrim

 

Para Luís Fernando, fortalecimento de Eudes Sampaio passa também pela articulação com Jota Pinto

O ex-prefeito e atual secretário de Projetos Especiais do governo Flávio Dino (PCdoB), Luís Fernando Silva, começou a articular fortemente nos bastidores das eleições de São José de Ribamar.

Aliado do prefeito Eudes Sampaio (PTB), Luis Fernando tenta convencer os também candidatos Jota Pinto (PDT), Beto das Vilas (PSD), Edson Junior (MDB) e Thiago Fernandes (PP) a compor uma frente contra o ex-prefeito Julinho Matos.

Agora no PL, Julinho chega forte à eleição, com apoio do deputado federal Josimar de Maranhãozinho e dos irmãos deputados Glalbert e Gil Cutrim que, mesmo no PDT, são contra a candidatura de Jota Pinto.

O grupo de Eudes Sampaio e Luis Fernando trabalham duas possibilidades: impedir judicialmente a candidatura de Julinho – que está inelegível desde 2012, mas teve uma decisão favorável do TCE agora em 2020 – e no campo eleitoral, formando um bloco que possa impedir seu crescimento.

As próximas semanas até as convenções do final do mês serão decisivas para a formação desta aliança…

1

Ação do TCE favorável a Julinho Matos é denunciada ao STJ…

Após ficar inelegível em duas eleições, conselheiros limparam a ficha do ex-prefeito de Ribamar, garantindo assim sua participação no pleito de novembro; mas a decisão foi denunciada à Justiça, que pode reverter a situação

 

Ficha suja há pelo menos duas eleições, Julinho Matos teve anuência do TCE para disputar o pleito de Ribamar, mas pode acabar sendo alvo da Polícia Federal

A articulação montada no Tribunal de Contas do Estado (TCE-MA) para garantir ao ex-prefeito Julinho Matos condições de concorrer à eleição de novembro em São José de Ribamar foi denunciada à Justiça.

Com parecer favorável do relator do processo, conselheiro Osmário Freire Guimarães, quatro membros do tribunal limparam a ficha de Julinho, aprovando as mesmas contas que o impediram de ser candidato em 2016.

O caso foi denunciado ao Superior Tribunal de Justiça pelo advogado Benones de Araújo, que representou criminalmente contra o conselheiro-relator.

Inelegível desde as eleições de 2008, Julinho passou a ter em 2020 o apoio dos irmãos deputados Gil e Glalbert Cutrim (ambos do PDT) – seus ex-adversários em São José de Ribamar – que agora defendem sua candidatura a prefeito do município. (Entenda aqui)

Os irmãos Glalbert e Gil Cutrim trabalham pela candidatura de Julinho Matos, o que deu condições para a limpeza de sua ficha no TCE

A partir do apoio dos Curtrim, uma ação no TCE pediu a reconsideração do julgamento das contas que o tornaram inelegível também em 2016, o que foi feito com parecer favorável de Osmário Guimarães.

Na representação eu foi encaminhada também ao Ministério Público Federal, o advogado acusa também o demais conselheiros de abuso de poder.

Indiferente à ação criminal, Gil Cutrim, que é deputado federal, já ate declarou voto em Julinho, de quem já foi duro adversário em Ribamar.

Mas o apoio pode se transformar em mais um caso de Polícia Federal…

4

Política em Ribamar virou de ponta-cabeça…

Tecnicamente afastados, o prefeito Gil Cutrim e o ex-prefeito Luis Fernando Silva também romperam com o grupo Sarney e hoje cerram fileiras no grupo Flávio Dino; em contrapartida, o PMDB acaba de receber a filiação do ex-prefeito Julinho Matos

 

Julinho era do PDT, agora vai para o PMDB, ao lado do filho, que deve ser o candidato

Julinho era do PDT, agora vai para o PMDB, ao lado do filho, que deve ser o candidato

Quem acompanhar de perto a política em São José de Ribamar, no ano que vem, verá praticamente os mesmos grupos de sempre disputando o poder.

Mas agora eles estão em posições inversas.

Afastado do grupo Sarney desde sua desistência em disputar o Governo do Estado, em 2014, o ex-prefeito Luis Fernando Silva aliou-se ao ex-adversário Flávio Dino e se filiou no PSDB, mantendo o favoritismo.

Mas já não tem a mesma relação com o seu sucessor, o prefeito Gil Cutrim (agora no PDT), também rompido com o grupo Sarney e também aliado de Dino.

Gil Cutrim e Luis Fernando também mudaram de lado, mas já não têm o mesmo relacionamento

Gil Cutrim e Luis Fernando também mudaram de lado, mas já não têm o mesmo relacionamento

Já o ex-pedetista doutor Julinho Matos – e seu filho homônimo – estão de malas prontas para desembarcar no PMDB, com as bênçãos do comando regional, o que resultou, inclusive, na desfiliação do ex-secretário Rodrigo Valente.

A eleição de São José de Ribamar terá ainda o ex-deputado Jota Pinto (PEN), muito próximo dos Cutrim, mas que pretende formar um grupo de oposição no município; e o eterno oposicionista Arnaldo Colaço (PSB).

São os mesmos personagens dos últimos 15 anos, mas agora com bandeiras diferentes.

Quem levará a melhor?!?