0

Fábio Macedo destaca visita a Dom Pedro em seu discurso na AL-MA

O deputado estadual Fábio Macedo destacou em seu discurso na tribuna da Assembleia Legislativa, a visita que fez a sua cidade natal, Dom Pedro, acompanhado do secretário de Educação, Felipe Camarão e o ex-prefeito da cidade, Hernando Macedo, onde realizaram a assinatura das ordens de serviço da construção da quadra poliesportiva do Centro Educacional Ana Isabel Tavares (escola de maior pontuação no IDEB em todo Maranhão), e da reforma do Farol do Saber Leônidas Gomes Sousa.

“Para mim foi um orgulho estar em Dom Pedro, junto do secretário de educação, assinando as ordens de serviço de obras importantes. Primeiro a Escola Ana Isabel Tavares, que vai ganhar uma quadra coberta, graças ao empenho de alunos e professores, que atingiram a maior nota de IDEB do estado, realizando um sonho antigo da comunidade escolar, que é ter um espaço apropriado para as atividades físicas. A cidade ainda terá o Farol do Saber completamente reformado, por com acervo renovado para melhor atender os estudantes da cidade”, Disse Fábio Macedo.

As Ordens de Serviços para o início de obras,  integram as ações do Programa Escola Digna que já reformou, revitalizou e construiu diversos equipamentos educacionais por todo o Maranhão.  A reforma do Farol do Saber Prof. Leônidas Gomes de Sousa, que foi uma solicitação de Fábio Macedo através de uma indicação, contará com investimentos de R$ 223.500,00. Já o Centro de Ensino Ana Isabel Tavares, receberá investimentos de R$ 1.052.285,00 e realizará sonho antigo da comunidade escolar.

O parlamentar pedetista ainda esteve no município de Presidente Dutra, assinando a ordem de serviço para a reforma do Centro Educa Mais Remy Soares, escola da rede pública estadual que oferta educação em tempo integral. A obra terá um investimento de mais de R$ 3 milhões de reais. 

Iema Dom Pedro

Ainda em Dom Pedro, Fábio Macedo, junto de Felipe Camarão e Hernando Macedo, visitaram o terreno que será construído o Iema de Dom Pedro. As obras estavam paralisadas por conta de erros da empresa que fora contratada para realizar os serviços mas em em breve serão retomadas, aguardando apenas nova licitação. 

“A construção do Iema em Dom Pedro foi fruto de um pleito nosso ao Governador Flávio Dino, que sempre atende as nossas demandas. Agradeço a ele e ao secretário Felipe por investir na educação da nossa cidade”, afirmou Macedo.

0

Fábio Macedo participa de reunião que define ações para o Setembro Amarelo

O deputado estadual Fábio Macedo, a convite da Coordenadora do Centro de Apoio Operacional dos Direitos Humanos (CAOP/DH), promotora Cristiane Lago, participou nesta terça-feira (13), da reunião de organização das ações da campanha do Setembro Amarelo promovida pelo Fórum Estadual de Prevenção da Automutilação e do Suicídio.

Na ocasião, foram apresentados os três projetos que hoje são leis e são de autoria do parlamentar pedetista.

“É uma honra poder participar desta reunião que vai definir algumas das ações do dia 10 de Setembro. Hoje trago aqui a bandeira do combate e prevenção à depressão e agradeço a Promotora Cristiane Lago por trazer a este espaço as três leis de nossa autoria para garantir aos maranhenses tratamento adequado para depresao e alcoolismo, problemas de saúde que estão muito ligados ao suícidio, infelizmente. É preciso sensibilizar à nossa sociedade para questões ligadas ao bem estar e saúde mental”, disse Fábio Macedo.

As ações definidas durante a reunião serão realizadas no dia 10 de setembro que marca Dia Mundial de Prevenção o Suicídio. As atividades terão o objetivo de sensibilizar a sociedade maranhenses sobre essa temática tão delicada que é o suicídio e a automutilação através do teatro, rodas de conversa, contação de estórias, espaço para livros,  esporte, música, jogos de mesa e piquenique com lanche compartilhado.

O Fórum Estadual de Prevenção da Automutilação e do Suicídio é formado por instituições públicas e privadas e atualmente coordenado pelo Ministério Público Estadual,

Para o atendimento de pessoas que se encontram em sofrimento psíquico. Participaram ainda da reunião de organização o promotor Nonato Leite, o vereador Honorato Fernandes representando a Câmara de Vereadores e o renomado médico Ruy Palhano.

0

Fábio Macedo anuncia sanção de três projetos no retorno do recesso legislativo

O deputado Fábio Macedo (PDT) destacou, na sessão desta segunda-feira (5) da Assembleia Legislativa, a sanção de projetos de lei de sua autoria que criam a Política de Atenção, Acompanhamento e Tratamento do Alcoolismo entre homens e mulheres e o que institui o programa de Auxílio a Pessoas com Depressão no âmbito da Rede Pública Estadual de Saúde, ambos sancionados pelo governador Flávio Dino (PCdoB). 

Durante o discurso, diversos deputados em plenário enalteceram a importância da medida, por criar uma política de combate ao alcoolismo e da depressão.

Fábio Macedo citou que no domingo o programa Fantástico, da Rede Globo, começou a exibir um quadro do médico Dráuzio Varela, que aborda o tema da depressão. “Algo que vem sido falado não só no Maranhão, não só no Brasil, mas, no mundo inteiro, mas que, infelizmente, vem crescendo muito”.

Explicou que o quadro do médico Dráuzio Varella, chamado “Não tá tudo bem, mas vai ficar”, teve como o seu primeiro convidado a cantora sertaneja Paula Fernandes, que, corajosamente, falou de um grande problema do qual foi vítima, que é a depressão. “Eu gostaria aqui de homenageá-la por sua coragem”, disse.

“Tivemos a grande felicidade, meus nobres colegas, que por meio deste deputado que vos fala, esta Casa aprovar esse tão importante Projeto de Lei, em que saímos na frente aqui no estado do Maranhão”, afirmou.

Macedo destacou que foi sancionado, também, o Dia de Combate à Depressão, a ser comemorado em 13 de setembro. “Todos esses problemas, meus amigos, inclusive do alcoolismo, das drogas, quem passa pela depressão às vezes submerge a ir ao fundo do poço buscando o álcool, as drogas e diversas doenças”.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que, hoje, mais de 300 milhões de pessoas já sofrem com a depressão, segunda doença que mais cresce. “Todos esses problemas, meus amigos, inclusive do alcoolismo e das drogas, quem passa pela depressão às vezes submerge a ir ao fundo do poço buscando o álcool, as drogas e diversas doenças”, afirmou.

Fábio Macedo agradeceu ao governador Flávio Dino, por haver sancionado os projetos e aos colegas de plenário por haver enaltecido a importância das matérias.

Deputados elogiam iniciativa

O deputado Roberto Costa (MDB) foi o primeiro a fazer apartear o discurso do colega. “Essa questão da depressão, das drogas, do alcoolismo que são situações que acontecem na vida de muitas famílias e que terminam, na verdade, criando um clima, um sistema de infelicidade muito grande. E o seu projeto vem exatamente reforçar essa luta, o combate a essas situações que têm atingido boa parte da população do Estado, boa parte da população do Brasil”.

Em seguida, o deputado Duarte Júnior (PCdoB) falou sobre o assunto. “A Constituição Federal de 1988 estabelece não só o direito à vida, mas o direito de estar vivo com qualidade. Não é tão somente o direito de sobrevivência, mas o direito de viver com qualidade, usufruindo os seus direitos. Por isso, congratulo Vossa Excelência pelas iniciativas, pela aprovação dos projetos, pela legislação que está sendo aprovada e por ter tomado essa iniciativa de forma pioneira”.

O deputado Glalbert Cutrim (PDT) também parabenizou Fábio Macedo. “Temos visto aqui, na Casa, nos últimos meses, a preocupação com diversas doenças que hoje estão assolando bastante não só a nossa vida aqui em São Luís, no nosso estado, mas em todo mundo, como depressão e diabetes”.

Outro que elogiou a importância das matérias foi Neto Evangelista DEM). “Vossa Excelência se apresentou de forma muito corajosa como uma pessoa que entendia do que estava falando e ascendia quando começou a trazer a esse tema  à nossa sociedade,  a necessidade  de  se debater este tema,  de  abrir os olhos daquelas pessoas que passam por esse problema.  Abrir os olhos das famílias dessas pessoas, que às vezes acham que é besteira e não é. É uma doença”, analisou. 

A deputada Cleide Coutinho (PDT) também elogiou o colega de plenário. “Admirei muito a sua coragem de assumir que estava deprimido, estava precisando de ajuda. Parabenizo a sua humildade, a sua inteligência e a sua coragem de lutar pelo nosso povo”.

No final, Fabio Macedo agradeceu a Deus por ter conferido a ele sabedoria, encaminhando-o sempre para fazer as coisas boas. E agradeceu a todo povo do Maranhão e às suas lideranças, que não deixaram de acreditar em seu trabalho.

2

Fabio Macedo tem sancionado projeto de Política de Atenção ao Alcoolismo

O Governador Flávio Dino sancionou o Projeto de Lei proposto pelo deputado estadual, Fábio Macedo que institui a Política de Atenção, acompanhamento e tratamento do alcoolismo entre homens e mulheres. Com a nova política, serão desenvolvidas medidas de prevenção, controle e assistência às pessoas com dependência alcoolismo.

“O alcoolismo é um problema de saúde grave, que atinge homens e mulheres no Maranhão, e hoje tivemos uma vitória importante no que se refere a políticas públicas para o tratamento e combate. Nossa lei sancionada pelo Governo do Estado implementa uma rede de atenção cuidados aos dependentes do álcool, através de ações de educação, proteção, recuperação da saúde e prevenção de danos”, disse Fábio Macedo.

Com ações das Secretárias Estaduais da Saúde, Educação, Trabalho e Economia Solidária, Mulher, Segurança Pública e Ciência, Tecnologia e Informação, a política pública compreenderá três níveis de atenção: Básica, Média e Alta complexidade.

A atenção básica, inclui ações de cunho individual ou coletivo, voltadas para a promoção da saúde, para a prevenção e a identificação precoce dos problemas, bem como ações dirigidas à informação, à educação e à orientação familiar.

Já a média complexidade terá triagem e o monitoramento da atenção diagnóstica e  terapêutica especializada, com exames clínicos e laboratoriais para avaliar desenvolvimento do tratamento até a recuperação da paciente e na
Alta complexidade, diagnóstico e terapêutica especializada com internação para o tratamento.

0

Fábio Macedo destina emenda para obras de infraestrutura em Buriti…

O deputado estadual, Fábio Macedo(PDT), destinou uma emenda no valor de 425 mil para obras de pavimentação e infraestrutura na cidade de Buriti. No total serão implantados mais de 3 mil bloquetes na Avenida Benedito Gonçalves.

O parlamentar pedetista anunciou a novidade, ao lado do prefeito Naldo Batista, durante uma visita na cidade para participar do tradicional Festejo de Sant’Ana.

“Nosso mandato é para melhor servir ao povo, levando benefícios e desenvolvimento para os municípios maranhenses. Com muita alegria, anunciarmos essa emenda para Buriti, que vai garantir o calçamento adequado da avenida com mais de 3 mil bloquetes. O que vai trazer melhoria na qualidade de vida para população. Temos essa parceria com esse grande prefeito que é o Naldo e juntos vamos continuar lutando para  realizar mais melhorias na cidade”, afirmou Fábio Macedo.

0

Gás natural pode virar tema de CPI da Assembleia…

Tentativas de diálogo com a Eneva, que explora a riqueza mineral maranhense sem nada em troca para o estado, tem se esgotado e deputados já ameaçam abrir investigação contra a empresa

 

OS DEPUTADOS DA COMISSÃO DE ECONOMIA DA ASSEMBLEIA: debate sobre os benefícios do gás para o Maranhão

A Assembleia Legislativa pode abrir uma Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar as operações do Complexo Parnaíba, empresa do grupo Eneva que explora o gás natural no Maranhão.

Dentre outras coisas, os parlamentares querem saber porque o Maranhão é o único dentre os estados produtores de gás natural que não dispõe de redes de gás para veículos e uso doméstico.

A Eneva explora uma bacia com algo em torno de 11 milhões de metros cúbicos de gás natural, mas este produto é todo exportado para outros estados.

Aos municípios maranhenses restam apenas os recursos dos royalties pela exploração.

Há pelo menos dois meses, o deputado Fábio Macedo (PDT), que atua na região onde a Eneva tem sua usina de exploração do gás, tenta dialogar com a empresa sobre os benefícios que esta exploração traz para o Maranhão.

Até barrados na porta do complexo os parlamentares já foram, o que levou à cogitação da criação de uma CPI na Assembleia…

0

“A Eneva barrou representantes de 7 milhões de maranhenses”, diz Fábio Macedo sobre caso do gás natural…

Em discurso na tribuna da Assembleia Legislativa, deputado estadual reafirmou compromisso em lutar para garantir os benefícios aos próprios maranhenses do produto explorado no Maranhão

O deputado estadual Fábio Macedo (PDT) voltou a tratar, na tribuna da Assembleia Legislativa, sobre a exploração do gás natural no Maranhão, pela empresa Eneva.
Na semana passada, Macedo e um grupo de deputados – que acompanhavam uma história do Immeq, foram barrados na porta da usina.
– Não vamos baixar a cabeça por ter sido barrados pela empresa Eneva, durante a nossa visita à Itaqui Geração de Energia, onde estávamos acompanhando o Instituto de  Metrologia e Qualidade Industrial do Maranhão (Inmeq). Ali, não foram barrados os deputados membros da Comissão de Assuntos Econômicos, mas representantes legítimos de 7 milhões de maranhenses, mostrando a falta de respeito e consideração que a Eneva demonstra ao povo do Maranhão, mesmo lucrando bilhões com a exploração da nossa riqueza, que é o Gás Natural – disse Macedo.
Em,sua cruzada, Fábio Macedo quer entender porque o gás natural extraído pela Eneva no Maranhão não traz qualquer benefício para os maranhenses.
O Maranhão é o único estado que não aproveita o gás natural explorado em suas próprias terras.
– Enquanto deputados temos o dever de lutar para trazer mais benefícios para o nosso povo, pois, foi para isso que fomos eleitos. Portanto, continuaremos brigando, arregaçando as mangas e saindo do nosso lugar de conforto, porque as pessoas se cansaram de discursos prontos e querem ação. Tenho certeza que conseguiremos fazer com que o GNV seja uma realidade para a nossa população – finalizou.
1

Comissão da Assembleia vai acionar formalmente a Eneva…

Deputado Fábio Macedo lamenta episódio ocorrido na porta da fábrica, diz que até agora buscava o diálogo e ressalta que vai aplicar as formalidades que o caso requer

 

FÁBIO MACEDO TEM ATUADO FORTEMENTE NA LUTA PELOS BENEFÍCIOS DO GÁS NATURAL, e critica a Eneva pelas suas atitudes

O presidente da Comissão de Assuntos Econômicos da Assembleia Legislativa, deputado estadual Fábio Macedo (PDT) anunciou ao blog Marco Aurélio D’Eça que vai reunir o colegiado na próxima terça-feira, 11, para discutir providências em relação à Eneva, empresa que explora o gás natural no Maranhão.

A Eneva barrou uma comissão de parlamentares que acompanhava agentes fiscais do Inmeq, nesta quinta-feira, 6, o que gerou forte repercussão.

– Até agora buscávamos o diálogo para tratar da questão do gás natural no Maranhão. A atitude da empresa foi descortês e pode até gerar sanções do Inmeq, que é um órgão fiscalizador no Maranhão. E a própria Assembleia vai agir – afirmou Macedo.

Desde que assumiu a CAE da Assembleia, Fábio Macedo encampou a luta para dar ao Maranhão os benefícios do gás natural explorado pela Eneva. Mas buscava o diálogo, até o episódio da porta da fábrica.

– Fomos convidados pelo Imec para ir até a fábrica. E, de fato, fomos barrados, numa atitude desnecessária da empresa – admitiu.

Em nota, a Eneva diz que não barrou os parlamentares e que até mandou uma gerente para conversar com a comissão, o mque é desmentido por Fábio Macedo.

A reunião da Comissão de Assuntos Econômicos ocorre sempre às 8h…

1

Fábio Macedo apresenta projeto de Lei que prevê a criação de Programa de Auxílio Psicológico para pessoas com depressão

O deputado estadual Fábio Macedo (PDT), apresentou nesta segunda-feira(03),  na tribuna da Assembleia Legislativa, o Projeto de Lei que prevê a criação de um Programa de Auxílio Psicológico para pessoas com depressão no âmbito do Estado.

O projeto tem o objetivo de desenvolver uma rede de serviços de atendimento aos usuários que seja plural, com diferentes abordagens terapêuticas, com atendimentos em hospitais de referência em saúde mental do Estado, Centros de Atenção Psicossocial  e enfermarias especializadas, assim como incentivar outras ações de prevenção e incentivo educacional de combate à depressão.

“Como bem sabemos, a depressão é uma doença silenciosa que vem avançando cada vez mais e hoje já atinge quase 6% da população brasileira. Eu mesmo já fui vítima dessa doença e sei como um atendimento de qualidade é crucial para a vida de quem sofre com isso. No dever de representar o povo maranhense, acredito que todo o cidadão tem direito a  um tratamento adequado de saúde e isso inclui a saúde mental. Precisamos cuidar e amar uns aos outros, quantos ao nosso redor têm perdido o brilho, a alegria e desistido de viver? Como dizem os especialistas, a depressão será o mal deste século, precisamos empenhar os nossos esforços, no sentido de não permitir que este mal se alastre e dizime cada vez mais vidas”, disse o parlamentar.

Fábio ainda lembrou como a doença tem afetado cada vez mais os jovens e tem atingido especialmente crianças e adolescentes, que tem recorrido a automutilações e até suicido.

“Precisamos proteger, saber como identificar e tratar adequadamente as nossas crianças e adolescentes da depressão. Tenho filhos em idade escolar e todos os dias me assusto com relatos de depressão entre esse público”. 

Luta contra a depressão

Durante a apresentação do Projeto de Lei, Fábio Macedo ainda relatou a sua luta pessoal contra a depressão e como vem encarando a doença.

“Infelizmente a depressão tem me acompanhado a algum tempo. Assim como outras vítimas dessa doença, confesso que tinha vergonha de procurar ajuda, achava que auxílio psicológico era coisa de louco e isso me levou ao sofrimento e a dor. Uma pouco antes da campanha eu caí, são várias pressões e isso somado a uma cirurgia bariátrica, fez com que eu piorasse. Meus amigos, eu cheguei ao extremo, tive atitudes que envergonharam a mim e a toda minha família, mas hoje com a graça de Deus e um tratamento adequado, eu tenho lutado, não posso dizer que estou 100% curado mas estou no caminho certo, afirmou.

Na ocasião, o pedetista recebeu o apoio de vários colegas parlamentares, que o parabenizaram pelo Projeto e também pela coragem de expor a sua condição e o enfrentar a depressão. Pediram a parte as deputadas Mical Damasceno e Daniella Tema e os  deputados Zé Inácio, Wellington do Curso, Edivaldo Holanda e Rafael Leitoa.

Depressão

A Organização Mundial da Saúde estima que a depressão atinja cerca de 300 milhões de pessoas. São vidas silenciadas que apresentam baixo rendimento na escola, queda na produtividade no trabalho e recorrem ao vício, tentando a todo custo gritar por socorro. A doença figura como principal causa de incapacitação no mundo e com grande chance de se tornar a segunda maior carga de doença até 2030. 

O atendimento à depressão é apontado como desafio para a área da saúde pública. O plano de Ação Global de Saúde Mental 2013-2020 da OMS fortaleceu a concepção de que o atendimento à saúde mental deve ser feito em centros comunitários de atenção à saúde. 
Dessa forma, o atendimento à depressão é sustentado por um conjunto de políticas que possibilita construir modelo de atenção que visa ao atendimento integral do usuário. 

0

Assembleia vai discutir produção de gás natural no Maranhão…

Sob a coordenação do deputado Fábio Macedo, parlamentares querem entender porque algumas cidades do entorno da área de extração não recebem royalties; e porque a energia produzida é toda levada para outros estados

 

OS DEPUTADOS DURANTE A VISITA À ENEVA, onde é produzido o gás natural que é todo levado embora do Maranhão

A Assembleia Legislativa realiza nesta quarta-feira, 22, audiência pública para discutir a produção do gás e os benefícios que a empresa exploradora no estado, a Eneva, deixa no estado.

Na semana passada, sob a liderança do deputado Fábio Macedo (PDT), parlamentares estiveram na sede da empresa e constataram que o Complexo Parnaíba, responsável por 11% da geração térmica no Brasil leva toda a produção de energia derivada do gás para outros estados.

– Quando esse gás é transformado, essa energia é vendida para fora do Estado – frisou Macedo, em discurso na Assembleia Legislativa.

O parlamentar quer também discutir porque cidades que compõem o entorno do Complexo Parnaíba não recebem royalties.

A extração de gás natural no Maranhão ocorre nos municípios de Lima Campos, Capinzal do Norte, Pedreiras, Trizidela do Vale e Santo Antônio dos Lopes.

Outras, como Dom Pedro, apesar de estar na área das bacias, não são beneficiadas.

– Por isso, vamos aprofundar a discussão, para questionar o porquê de cidades localizadas no entorno da Eneva não usufruírem do benefício dos royalties, como é o caso de Dom Pedro. Vamos ampliar os debates, realizando audiências em outras Câmaras Municipais, onde o produto é explorado – enfatizou Fábio Macedo.

A audiência na Assembleia está marcada para as 14 horas…