1

Assédio: Eliziane manifesta solidariedade a jornalistas

Formada em Jornalismo, a deputada manifestou repúdio à atitude do radialista denunciado por diversas mulheres maranhenses de cobrar sexo em troca de emprego

 

A deputada federal Eliziane Gama (PPS) emitiu Nota Oficial nesta quinta-feira, 8, em que se solidariza com jornalistas femininas que denunciaram assédio sexual protagonizado pelo radialista Samir Ewerton.

De acordo com as denúncias – algumas comprovadas pelas mensagens de whatsApp divulgadas na mídia – Ewerton cobrava relações sexuais de mulheres em troca de empregos em veículos de comunicação.

O radialista foi demitido da Rádio Universidade, onde trabalhava…

0

Prefeito de Caxias nega assédio de Dino, mas confirma conversa…

Blog do Diego Emir revelou ontem, com base em fontes ligadas ao próprio Fábio Gentil, que o governador comunista tentou cooptá-lo com negociação de cargos e espaços indicados pelo deputado Humberto Coutinho, falecido segunda-feira

 

Fábio Gentil com Flávio Dino: a conversa houve, mas não o assédio, diz o prefeito

A revelação no blog do jornalista Diego Emir, de uma conversa entre o governador Flávio Dino (PCdoB) e o prefeito de Caxias, Fábio Gentil (PRB), teve ontem forte repercussão nos bastidores políticos maranhenses.

O jornalista revelou, com base em fontes ligadas a Fábio Gentil, que o comunista o assediava com oferecimento de cargos indicados pelo presidente da Assembleia, Humberto Coutinho (PDT) em Caxias. (Saiba mais aqui)

O mais grave, segundo Emir, é que o governador teria feito isso com Coutinho ainda vivo.

Ouvido pelo jornal O EstadoMaranhão, Gentil negou a negociação, mas “admitiu que houve uma conversa com o governador Flávio Dino”.

Ao contrário do blog, Gentil também disse que a conversa não foi em Codó.

De uma forma ou de outra, Diego Emir soube ouvir os sinais de fumaça.

E onde há fumaça, há fogo…

1

Madeira “afaga” Julião Amin para manter PDT atrelado…

Carlinhos e Madeira: cada vez mai distantes

O prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira (PSDB) recebe hoje, em um café da manhã, os dirigentes do PDT maranhense, Julião Amin e Weverton Rocha.

Amin e Rocha coordenam o encontro regional do partido no município.

O objetivo de Madeira é conseguir a garantia dos dois para que o PDT se mantenha na coligação com o PSDB para a reeleição do próprio Madeira.

O “adoça-boca” de Amim e Rocha é a última tentativa do prefeito – que, a exemplo do colega de São Luís, João Castelo, viu os pedetistas se afastarem de sua administração.

Para se contrapor às investidas de Madeira, o  estadual Carlinhos Amorim (PDT) também recebe Julião Amin e Weverton Rocha, mas em almoço com os pedetistas.

Amorim é o candidato do PDT a prefeito de Imperatriz, embora tenha percebido mudança na atitude de pedetistas em relação à Madeira – antes incisivos em relação ao tucano, hoje eles parecem mais complacentes.

Se vingar para Imperatriz a mesma regra exigida para São Luís, o PDT deve optar por aliança com PCdoB, PSB e PT nas eleições municipais.

E isso tem incomodado Sebastião Madeira…