1

Técnicos em celulares se reúnem em associação…

Profissionais querem dar maiores garantias à reposição de peças e acessórios a aparelhos de telefonia, evitando longas esperas em assistências técnicas autorizadas e oferecendo maior qualidade aos usuários

 

Emanuel Ferreira, com alunos hoje formados: segurança e garantia para quem busca qualidade no conserto de celular

Os equipamentos de celular são hoje, algo que fazem absoluta diferença no dia a dia.

E neste aspecto, surge no Maranhão surge no Maranhão algo que vem para revolucionar o que já revolucionou a vida de todos.

A Associação Maranhense dos Técnicos em Celulares (AMTECEL) é a entidade que reúne hoje os principais técnicos em aparelhos deste tipo no Maranhão.

A AMTECEL garante os melhores serviços e garantias do mercado, segurança e praticidade com peças selecionadas oferecendo o que a de melhor.

– Estamos reunidos nesta entidade não apenas para buscar maiores garantias na negociação com as distribuidoras de peças e acessórios, mas para oferecer maior garantia e segurança em reposição de peças ao cliente que busca o conserto de seu celular – explicou o presidente da associação, Emanuel Ferreira, responsável pelo treinamento da maioria dos técnicos de celulares que hoje atuam no Maranhão. 

A ideia é fazer muita diferença para toda a população do estado e também motivar outros estados a criar a sua.

Pelo respeito que todo consumidor merece…

1

Duarte Jr. mostra população exposta à coVID-19 em ônibus

Sem nenhum tipo de controle ou fiscalização por parte da Prefeitura de São Luís, coletivos circulam lotados por todo o dia, ampliando os riscos de proliferação do coronavírus; Gestão Edivaldo, como de praxe, permanece em silêncio

 

Duarte Júnior usou um dos coletivos de São Luís, que estava superlotado e sem nenhum tipo de fiscalização da Prefeitura de São Luís

O deputado estadual Duarte Júnior (Republicanos) fez nesta quarta-feira, 17 uma inspeção pessoal no sistema de transporte coletivos de São luís, para averiguar os riscos de proliferação do coronavírus.

Foram constatados aglomerações nos Terminais de Integração e superlotação dos ônibus, expondo a população a riscos de contaminação por coVID-19.

A Prefeitura de São Luís não pôs nenhum tipo de fiscalização, nem nos terminais e muito menos no acesso aos ônibus.

– Não há qualquer controle de entrada e saída de passageiros. Não há dúvida de que o distanciamento social só existe para quem pode pagar por ele. Imaginem se as aulas presenciais retornarem – alertou o parlamentar.

Duarte fez questão de viajar em um dos ônibus, exibindo os riscos a que estão expostos passageiros e trabalhadores do transporte.

Como ocorre em qualquer questão envolvendo sua gestão, o prefeito Edivaldo Júnior (PDT) permanece em silêncio.

Seguido pelo silêncio da SMTT…

0

SEIC vai intimar membros de “Frente Antifascista SLZ”

Secretário de Segurança Pública Jefferson Portela informou ao blog Marco Aurélio D’Eça que os militantes serão enquadrados por convocar aglomerações, e devem ser enquadrados no artigo usado para intimar membros do grupo “Fora Dino”

 

Além de pregar manifestações contra fascistas e bolsonaristas, frente chegou a pregar depredação a bancos e escolas particulares

O movimento “Frente Antifascista SLZ” que ganhou notoriedade no fim de semana, após pregar depredação de escolas particulares, restaurantes, bancos e até shoppings, será intimado pela Superintendência de Investigações Criminais (SEIC).

A informação foi dada ao blog Marco Aurélio D’Eça nesta segunda-feira, 1º, pelo secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela.

– As aglomerações estão proibidas judicialmente; e convocá-las é desrespeitar o artigo 268 do Código Penal. Já determinei à SEIC que proceda a intimação de todos – afirmou Portela.

Há duas semanas, um grupo intitulado “Fora Dino” foi chamado a depor pela SEIC após convocar manifestação contra o governo. Na época, o deputado federal  Edilázio Júnior (PSD) acusou o governo de perseguir militantes contrários ao comunismo.

A este blog, Portela afirmou que nenhum dos grupos  foi chamado por se manifestar contra ou a favor de quem quer que seja, mas por convocar aglomerações que estão proibidas.

Desde ontem, membros do grupo “Frente Antifascista SLZ” tentam desqualificar as informações sobre ela…

0

“Frente Antifascista” também pode ser enquadrada no Código Penal…

Grupo que ameaça queimar bancos, escolas e empresas em São Luís, tem posicionamento de esquerda e prega ações contra governo Bolsonaro, mas pode estar ferindo a mesma legislação, usada pela SEIC contra grupo de direita que tentava se manifestar contra o governo Flávio Dino

 

As conversas do grupo “Antifascistas SLZ” reveladas por Gilberto Léda; possível apologia a crimes previstos no Código Penal

Grave a revelação do blog do jornalista Gilberto Léda, nesta segunda-feira, 1º, sobre a “Frente Antifascista SLZ” – coordenada pelo jovem identificado por Raffael Reis – e que planeja em grupos de Whatsapp queimar agências bancárias e empresas como o restaurante Coco Bambu, o colégio Dom Bosco e o Tropical Shopping. (Entenda aqui)

Há duas semanas, a Superintendência de Investigações Criminais (SEIC) intimou para depor membros de um grupo intitulado “Fora Dino”, que preparava manifestações de rua contra o governo comunista.

Na época, o secretário de Segurança Pública Jefferson Portela alegou que os manifestantes foram chamados com base no artigo 268 do Código Penal.

O blog Marco Aurélio D’Eça perguntou nesta segunda-feira, 1º, se o secretário usará o mesmo artigo contra a “Frente Antisfascista SLZ” – ou mesmo outros, já que, além da aglomeração, o grupo anuncia a prática de crimes.

Até a edição deste post, Portela não havia respondido às mensagens…

4

Artistas viram “corretores virtuais” de caridade com lives na internet

Apesar de anunciar os “shows” como solidários, cantores sertanejos faturam milhões com patrocínios exibidos durante o ”programa” e com os acessos das próprias plataformas; sem tirar nada do bolso para a caridade que anunciam

 

A live “solidária” de Jorge & Mateus: milhões em patrocínio, como o da Brahma, e doações apenas de terceiros

Virou febre na Internet as lives de artistas, sobretudo do estilo sertanejo e do arrocha, em que eles cantam por cerca de uma hora, diretamente de casa, anunciando suposta solidariedade em tempos de coronavírus.

Cantores como Gusttavo Lima, Jorge & Mateus, Léo Santana, Xande Avião e Marília Mendonça já fizeram ou estão anunciando esses shows virtuais em que pedem doações.

As lives são legítimas peças de divulgação e manutenção da figura pública com seu público; o que complica na questão dos sertanejos é o termo solidário a um fato que de solidariedade pessoal deles não tem nenhuma.

Nesses eventos, os artistas apenas faturam – e muito alto.

E a caridade que fazem é com a mão alheia; viram espécie de “corretores virtuais da caridade de terceiros”.

O show de Jorge & Mateus, por exemplo, teve uma estrutura gigantesca, montada pela Ambev, que em troca, divulgou sua cerveja Brahma Duplo Malte durante todo o evento.

Os artistas cantavam sempre ao lado de um freezer entupido de cerveja.

 

Gusttavo Lima e sua live-boteco: copo exibido em close e faturamento nas alturas; e sem custos

Além dos patrocínios exibidos durante os “programas”, os artistas faturam alto também com acessos e com os chamados “likes” dos internautas.

A estimativa é que, apenas das plataformas – como youtube, Instagram e Facebook – Jorge & Mateus tenham aturado algo em torno de R$ 200 mil. (Saiba mais aqui)

É preciso reconhecer que, apesar de receber doações, a live de Jorge & Mateus foi uma das poucas anunciadas sem a chancela de “solidária”. 

A suposta “caridade” desses cantores acaba sendo uma forma ainda mais lucrativa de eventos, já que não precisam gastar com estrutura e viagens; e cantam para públicos até 20 vezes maior que a dos shows presencias.

E tudo vira um “novo mercado” como pregam os famigerados coacher’s…

1

Ainda faltam Imposto de Renda e IPVA…

Governos federal e estaduais, além das prefeituras seguem o clamor das ruas e adiam ou suspendem prazos de pagamentos de contas; mas o imposto de renda e o IPVA ainda têm calendário inalterado

 

Sem recursos para pagamento de impostos e contas, cidadão depende do governo em tempos de coronavírus

É certo que, nos últimos dias, diante da pandemia do coronavírus, o Governo Federal, os governos estaduais e as prefeituras têm baixado medidas de suspensão ou adiamento de pagamentos de contas e serviços essenciais ao cidadão.

No Maranhão, o Governo Federal já suspendeu o pagamento de energia elétrica, e o Governo do Estado suspendeu a cobrança de água para algumas categorias de consumidores.

Em ambos os casos, também foram proibidos os cortes no fornecimento neste período.

Mas há dois impostos – altíssimos – que continuam em vigor nestes dias atuais, sem que nenhum dos entes federativos se manifestem em relação a eles.

Apesar de vários movimentos de pressão e manifestações favoráveis, a Receita Federal não se pronuncia sobre a declaração anual do Imposto de Renda Pessoa Físicas, que abriu prazo em 3 de março e encerra em 30 de abril.

O Governo do Estado também silencia em relação o IPVA, cujo pagamento das primeiras cotas e cotas únicas já foi aberto.

Muitos contribuintes destes dois impostos são profissionais liberais que dependem de estar nas ruas para viabilizar recursos que possibilitem o pagamento dos débitos.

Com a determinação de isolamento social obrigatório – pelo menos no Maranhão – esses contribuintes têm mais restrições para cumprir com suas obrigações de cidadão.

Fundamental, portanto, que sejam amparados pelo Estado…

0

Abrasel orienta sobre abertura de bares e restaurantes…

Presidente regional da associação que congrega o setor, Gustavo Araújo se reuniu com representantes do Procon e apresentou as diretrizes já postas em prática pelos estabelecimentos para evitar proliferação do coronavírus

 

Gustavo Araújo apresentou diretrizes já seguidas pelos bares e restaurantes e ouviu orientações do Procon-MA

O presidente regional da Associação de Bares e Restaurantes (Abrasel), Gustavo Araújo, reuniu-se na tarde desta quinta-feira, 19, com representantes do Procon-MA para discutir o funcionamento do setor neste período de restrições diante da crise do coronavírus.

Araújo, que também é presidente em exercício do Sindicato de Bares e Restaurantes de São Luís, apresentou ao Procon-MA as diretrizes já adotadas pelo setor para evitar eventual proliferação do coronavírus.

Dentre as medidas estão redução de número de mesas e da capacidade de lotação, respeito à distancia de dois metros entre as pessoas, desinfecção contante de móveis, utensílios e equipamentos, disponibilização de álcool gel para clientes e funcionários, além da redução na programação para evitar aglomerações.

– É preciso deixar claro que o Decreto Nº 35.660 não proíbe o funcionamento de bares e restaurantes; o que o documento dá são orientações sobre cuidados, que já estão sendo seguidos pelo setor – explicou Araújo. (Veja vídeo acima)

O próprio governador Flávio Dino (PCdoB), deixou claro, em entrevista à TV Mirante, que não vê necessidade – pelo menos neste momento – de determinar fechamento de comércio, shoppings, bares e restaurantes. (Relembre aqui)

A Abrasel e o Sindibares vão continuar orientando empresas e frequentadores sobre as medidas de segurança, com foco na proteção do indivíduo e na garantia de sobrevivência do setor…

1

Porto São Luís realiza ação social do Dia das Crianças no Cajueiro

Um dia especial, com muita brincadeira, lanche, cinema e diversão. Assim foi a comemoração do Dia das Crianças para cerca de 130 alunos da escola municipal UEB Manuela Varela, na comunidade Cajueiro, na Vila Maranhão.

Cerca de 60 alunos da Educação Infantil participaram de uma programação animada pela manhã na escola. À tarde, cerca de 70 alunos do Ensino Fundamental foram ao Cinépolis assistir O Rei Leão. A maioria deles estava indo pela primeira vez a um cinema. 

A ação, realizada na última quinta-feira, 10 de outubro, foi uma iniciativa do Porto São Luís, como parte das atividades de responsabilidade social desenvolvidas pela empresa na comunidade.

Para a diretora da escola, Raquel Freitas, as brincadeiras, atividades lúdicas e a experiência da ida ao cinema foram muito positivas para os alunos.

“Eles moram na comunidade e têm poucas opções de lazer. Todos se programaram, estavam animados e participaram de tudo. Foi uma ação muito boa para os nossos alunos”, destacou a gestora da UEB Manuela Varela, Raquel Freitas. 

BRINCADEIRAS E CINEMA

Pela manhã, as crianças de 5 a 7 anos se divertiram com pula-pula, casa de bolinhas, tapete de amarelinha e várias brincadeiras. O lanche foi do jeito que a criançada gosta, com muito suquinho, pipoca e algodão doce.

À tarde foi a vez dos alunos de 7 a 11 anos, do Ensino Fundamental, assistirem ao filme O Rei Leão, com direito a pipoca e refrigerante. Para Wesley Santos, 9 anos, que foi pela primeira vez ao cinema, assistir o Rei Leão na telona “foi maravilhoso”. “Eu ontem até sonhei que estava no cinema. Hoje eu realizei esse sonho”, afirmou. 

2

Polícia Civil começa a ouvir envolvidos em esquema de pirâmide…

Acusados de crimes financeiros devem ser indiciados após conclusão do inquérito, que conta, inclusive, com dispositivo da delação premiada

O ESQUEMA DE PIRÂMIDE FINANCEIRA MOVIMENTOU R$ 30 MILHÕES NOS ÚLTIMOS DOIS ANOS envolvendo figurões de São Luís

A Polícia Civil está prestes a concluir o inquérito envolvendo figurões que operavam no esquema de pirâmide financeira em São Luís.

Já foram ouvidos supostos “empresários” do setor e gente que apostava alto na ciranda. 

O esquema – que envolve médicos, advogados, empresários e funcionários dos poderes Judiciário, Legislativo e Executivo – movimentou algo em torno de R$ 30 milhões nos últimos três anos. (Entenda aqui)

UM DOS CHAMADOS FARAÓS DAS PIRÂMIDES EM SÃO LUÍS, internado após quebra do seu esquema milionário

Um dos que já foram ouvidos na Superintendência de Investigações Criminais (Seic) contou tudo aos policiais – e pode ser beneficiado com o dispositivo da delação premiada.

Mas todos eles, inclusive o delator, serão indiciados por crimes financeiros…