1

São Luís 2020: Evangelista diz que é um soldado à disposição para qualquer desafio…

Em entrevista à rádio Timbira AM, deputado estadual reeleito pelo DEM diz que vem se aperfeiçoando ao longo da sua trajetória política dar as respostas esperadas pela população

 

NETO EVANGELISTA em sua entrevista à rádio Timbira

O deputado estadual Neto Evangelista (DEM) reafirmou ontem interesse em disputar a Prefeitura de São Luís em 2020.

Embora sem declarara-se candidato peremptoriamente, o parlamentar disse estar pronto para dar as respostas que a população espera.

– Eu tive expressiva votação, venho de três mandatos como deputado estadual, fui secretário de Estado e, agora, tenho de dar uma resposta às pessoas que acreditaram e votaram em mim. Enquanto homem público, me aperfeiçoo a cada dia em gestão pública, para que, dessa maneira, possa dar o meu melhor para a população maranhense – afirmou Evangelista, em entrevista à rádio Timbira AM.

Ex-candidato a vice-prefeito e sempre cotado nas disputas municipais em São Luís, Neto Evangelista declarou estar pronto como soldado do DEM e da base do governo Flávio Dino

– Sempre tive uma posição política muito clara e coerente. E se amanhã meu grupo político entender que podemos contribuir nesse processo, eu estarei à disposição – completou.

Durante a entrevista, o deputado fez também um balança de sua passagem pelo governo, lembrou sua trajetória e agradeceu ao apoio dos eleitores maranhenses.

0

Eliziane Gama já trabalha no fortalecimento do PPS…

Partido está em processo de fusão com a Rede Sustentabilidade, o que deve fortalecê-lo no Congresso Nacional; no Maranhão, nova legenda – que deve se chamar “Movimento 23” – também passará por reformulações

 

Eliziane trata diretamente com o futuro colega Randolfe Rodrigues sobre a incorporação da Rede pelo PPS

Uma série de reformulações no Maranhão e em Brasília, deverá garantir uma mudança de paradigma no PPS, partido que tem a senadora eleita Eliziane Gama como presidente no Maranhão.

A parlamentar está à frente das discussões para uma espécie de incorporação da Rede Sustentabilidade, o que garantirá aumento no número de senadores do PPS.

Com o nome sugerido de “Movimento 23”, o novo partido deverá se enquadrar como uma legenda de centro no espectro político, com doutrina liberal na economia e progressista nos costumes.

Diante destas perspectivas, o PPS deverá passar por reformulações também no Maranhão – e principalmente em São Luís, já com vistas às eleições de 2020.

Tendo a própria Eliziane Gama como opção para o debate na capital maranhense…

3

Edivaldo Júnior quer comandar a própria sucessão…

Prefeito já comunicou ao PDT que pretende estar à frente das discussões para escolha do candidato nas eleições de 2020; aliados já se movimentam nos bastidores

 

Reunião na prefeitura em que Edivaldo comunicou aos aliados sua pretensão de estar à frente do processo sucessório de 2020

O prefeito Edivaldo Júnior comunicou ao PDT, durante reunião com secretários e aliados – com a presença também do senador eleito Weverton Rocha – que pretende estar à frente a escolha e da campanha do candidato à sua sucessão.

Edivaldo quer discutir não apenas a escolha do sucessor, mas o envolvimento direto na própria campanha.

A envolver os aliados na discussão, o prefeito chama para si a responsabilidade de manter a força do PDT na capital maranhense, com um candidato alinhado ao seu grupo, ainda que, não necessariamente, filiado ao partido.

Segundo apurou o blog, o prefeito mostrou aos pedetistas a necessidade de já definir um nome lobo agora, para começar a ser trabalhado conjuntamente pelos partidos da base – PDT, PT, PSB, PCdoB e outros.

Nos bastidores, já se posicionam como possíveis opções o deputado estadual eleito Duarte Júnior (PCdoB), o federal eleito Bira do Pindaré (PSB) e o secretário de Educação, Felipe Camarão (DEM).

Pindaré seria, inclusive, a opção do próprio governador Flávio Dino (PCdoB). (Saiba mais aqui)

Nenhum deles, porém, é considerado da base orgânica de Edivaldo ou do PDT, que tem outras opções, como o futuro presidente da Câmara Municipal, Osmar Filho, e o deputado estadual eleito Yglésio Moyses.

A necessidade de pressa se dá por um fato que se acentuou nas eleições de outubro: o deputado federal eleito Eduardo Braide (PMN) é hoje o candidato a ser batido; e ainda mantém uma lua de mel com a população.

Além disso, a recém-eleita senadora Eliziane Gama (PPS) também é nome forte numa eventual disputa em São Luís.

Mas esta é uma outra história…

4

Bira do Pindaré é o preferido de Flávio Dino para a Prefeitura de SLZ…

Faltando dois anos para o pleito, projeto do governador enfrenta resistência de aliados, que querem alguém mais alinhado ao PDT e ao próprio prefeito Edivaldo Júnior

 

TOCANDO A VIOLA. Bira do Pindaré é um dos mais próximos aliados de Flávio Dino, mas tem resistência da base

Depois de estimular o secretário Felipe Camarão (DEM) e de dar asas ao deputado estadual eleito Duarte Júnior (PCdoB), o governador Flávio Dino (PCdoB) começa a mostrar suas preferências para a sucessão do prefeito Edivaldo Júnior (PDT).

O comunista já trabalha nos bastidores pela viabilização do deputado federal eleito Bira do Pindaré (PSB).

O parlamentar, que é deputado estadual, é um dos mais próximos aliados do governador, mas enfrenta resistências na base pela postura aristocrática na relação com o próprio grupo.

Pindaré também enfrenta resistências do grupo do próprio prefeito Edivaldo Júnior (PDT), que quer alguém mais próximo do PDT.

Na cota de pedetistas e holandistas, o nome mais forte é o do vereador e deputado federal eleito Pedro Lucas Fernandes (PTB), que resiste à ideia de entrar na disputa.

Outro que se movimenta pela candidatura é o presidente da Câmara Municipal, vereador Astro de Ogum (PR), que tem apoio de importantes segmentos dinistas.

A força de Bira do Pindaré será influenciada diretamente pelo desempenho de Flávio Dino em seu primeiro mandato, sobretudo em um ambiente hostil em Brasília, com o governo Jair Bolsonaro (PSL).

E ele tem quase dois ano para aparar eventuais arestas…

2

Eduardo Braide liderou votação em praticamente toda Grande São Luís…

Deputado federal eleito foi o mais votado na capital maranhense, em São José de Ribamar e em Paço do Lumiar; apenas em Raposa ele teve desempenho abaixo dos demais na região metropolitana

 

Eduardo Braide está cacifado por ampla votação em todas as regiões da Grande São Luís

A votação do deputado estadual Eduardo Braide (PMN) em São Luís – 131.553 votos – além de manter o recall das eleições para prefeito, em 2016, consolidou também seu nome para o pleito de 2020.

E essa consolidação é ainda maior quando se analisa seu desempenho em toda a chamada Grande São Luís, que reúne São Luís e os municípios de São José de Ribamar, Raposa e Paço do Lumiar.

Em São José de Ribamar e Paço do Lumiar, Braide também alcançou o primeiro lugar entre os candidatos a deputado federal, com 11.992 e 7.002 votos, respectivamente.

Isso se explica pelo fato de os dois municípios estarem na divisa com São Luís,  recebendo forte influência das áreas limítrofes, em que, mesmo morando na capital, os eleitores acabam votando nas duas cidades.

A soma dos três municípios dão a Braide nada menos que 150.547 votos.

Dentre os municípios da região metropolitana, apenas em Raposa Braide não ficou em primeiro lugar, ocupando a quinta posição entre o mais votados, com meros 883 votos.

Isso se explica também pelo fato de Raposa ser o mais afastado dos municípios nos arredores da capital, recebendo mais influência direta de Ribamar e Paço do Lumiar.

De uma forma ou de outra, a votação de Eduardo Braide dá a ele condições plenas de entrar como favorito na disputa pela Prefeitura de São Luís.

E com forte influência também na Grande São Luís…

0

Eduardo Braide é ovacionado por vereadores na Câmara de São Luís…

Deputado federal eleito e provável candidato a prefeito visitou o parlamento municipal, conversou com parlamentares e populares e chegou a ouvir demandas políticas para os próximos anos na capital maranhense

 

Em pronunciamento, Eduardo Braide chamou a atenção dos vereadores na Câmara Municipal…

O deputado estadual Eduardo Braide (PMN) – mais votado deputado federal eleito em São Luís – visitou a Câmara Municipal nesta quarta-feira, 17, e foi recebido com festa pelos vereadores.

Muito solicitado, o parlamentar – que deve disputar a Prefeitura de São Luís em 2020 – ouviu demandas dos edis, conversou com populares e chegou a fazer um pronunciamento na tribuna.

Parlamentares de vários partidos trocaram experiências de 2018 com o deputado; e falaram também sobre 2020…

Segundo colocado na disputa pela prefeitura, em 2016, Braide figura como um dos potenciais favoritos na disputa de 2020, embora ainda não haja pesquisas para medir isto.

E deve ser o principal nome da oposição…

4

Felipe Camarão é o nome de Flávio Dino para 2020 em São Luís…

Estratégia contaria, inclusive, com o apoio do prefeito Edivaldo Júnior e do chamado grupo “Batista’s boys”, que reúne ex-alunos do Colégio Batista contemporâneos do atual secretário de Educação do estado

 

Eduardo Braide e Felipe Camarão podem se enfrentar em um embate municipal em 2020

A oposição ao governo Flávio Dino (PCdoB) tem, até agora, dois nomes postos para a sucessão do prefeito Edivaldo Júnior (PDT): o deputado federal eleito Eduardo Braide (PMN) e o agora suplente de deputado estadual Fábio Câmara (PSL).

Embora entre os governistas – municipais e estaduais – haja nomes que se movimentem forte, com interesse de concorrer ao pleito, este blog apurou que o governador Flávio Dino e o prefeito Edivaldo Júnior já decidiram o nome da base.

Trata-se do secretário de Estado da Educação Felipe Camarão (DEM).

Segundo apurou o blog, Camarão conta com o apoio aberto de Flávio Dino e do próprio Edivaldo Júnior.

E seu nome já circula bem nos grupos de WhatsApp montado pelos chamados Batista’s Boys, formado por ex-alunos do Colégio Batista, a exemplo dele próprio.

O próprio Felipe Camarão já trafega bem no meio político, usando o discurso-padrão para mostrar-se desinteressado da disputa.

– Me atrai muito mais ajudar o governador, continuar em sala de aula, como estou, e ajudar as pessoas o máximo que puder. Mas isso [candidatura] é uma coisa que a gente nunca pode fechar a porta. Deus  está no comando. Não penso nisso agora e nem vou pautar meu trabalho daqui para frente pensando nisso – disse ele, em entrevista ao programa Repórter Difusora, reproduzida no blog de Gláucio Ericeira. (Leia aqui)

De qualquer forma, numa lista que inclui desde os deputados federais eleitos Bira do Pindaré (PSB) e Pedro Lucas Fernandes (PTB), passando pelos estaduais Neto Evangelista (DEM), Yglésio Moises  (PDT) e Duarte Júnior (PCdoB), o nome de Camarão é o que melhor circula nos grupos da prefeitura e do governo.

É aguardar e conferir…

1

Fábio Câmara consolida espaço em São Luís…

Garantindo a primeira suplência de deputado estadual pelo PSL, ex-vereador foi o oitavo mais votado em São Luís e  reafirma projeto de concorrer novamente à Prefeitura da capital maranhense

 

Ex-vereador de São Luís e ex-candidato a prefeito, o candidato a deputado estadual Fábio Câmara (PSL) alcançou nas eleições do último domingo um patamar para consolidar seu espaço político na capital maranhense.

– Fui o oitavo mais votado em São Luís entre os deputados estaduais, mesmo sem a estrutura exibida por muitos. Consolidei minha liderança na capital maranhense e pretendo ampliá-la em 2020 – afirmou o candidato, que pretende disputar novamente a Prefeitura de São Luís.

Com 14.838 votos totais, Câmara obteve 10.520 votos em São Luís.

Para efeito de comparação, ficou à frente de vários atuais vereadores que foram candidatos e de vários deputados e ex-deputados que concorreram também com base na capital.

Fábio Câmara se define para 2020 como único representante da oposição na disputa, ao lado do deputado estadual Wellington do Curso (PSDB).

Neste campo ele não inclui nem mesmo o mais votado de São Luís, Eduardo Braide (PMN), que vê como um alinhado discreto ao governo Flávio Dino (PCdoB).

– Me consolidei na oposição. E é assim que disputaremos, apenas eu e Wellington neste campo – diz.

6

Desenho de São Luís 2020 já começa a ser esboçado…

Além do deputado Eduardo Braide, que sai do pleito de 2018 como favorito para a disputa, a eleição na capital maranhense deve ter outros atores, muitos dos quais sequer participaram deste processo encerrado domingo,7

 

Eduardo Braide, Wellington e Yglésio têm disposição para o debate municipal

Não há dúvidas de que o deputado Eduardo Braide (PMN), com seus mais de 131 mil votos em São Luís, inicia o ciclo eleitoral de 2020 como favorito à sucessão do prefeito Edivaldo Júnior (PDT).

E isto já poderá ser medido nas primeiras pesquisas sobre o pleito.

Mas, além de Braide, outros atores se movimentam para chegar bem em 2020. Alguns deles tiveram participação ativa no processo eleitoral que se findou – como os deputados federais eleitos Bira do Pindaré (PSB) e Pedro Lucas Fernandes (PTB), e os estaduais Wellington do Curso (PSDB), Duarte Júnior (PCdoB), Neto Evangelista (DEM) e Yglésio Moises (PDT).

Neto Evangelista e Pedro Lucas também aparecem cotados para 2020

E há outros atores que sequer tiveram na linha de frente da campanha de 2018.

No governo Flávio Dino, cita-se nos bastidores o nome do secretário de Educação Felipe Camarão (DEM), um dos preferidos do próprio Dino.

Já na gestão de Edivaldo Júnior (PDT) aparece cotado o secretário de Saúde, Lula Fylho, um dos mais próximos do prefeito, e o próprio atual vice, Júlio Pinheiro (PCdoB).

Astro de Ogum atuou fortemente nestas eleições e também figura como opção para 2020

E na lista incluem-se também o presidente da Câmara Municipal, Astro de Ogum (PR), que teve forte atuação nos bastidores da atual campanha, conseguindo favorecer a eleição de todos os seus candidatos.

Faltam ainda exatos dois anos para as eleições municipais, mas é este o esboço do desenho eleitoral hoje.

E nem lista de avaliação poderá ser feita sem incluir estes nomes…

0

Batista Matos vê São Luís fortalecida com eleição de Flávio, Weverton, Eliziane e Othelino

Batista ao ladpo de Othelino neto na campanha: dobradinha em São Luís

Em seu primeiro discurso após as eleições de domingo, o vereador João Batista Matos (PTC) agradeceu pelos votos que teve na disputa de deputado federal e avaliou que o Maranhão, e em especial São Luís, foram os grandes vencedores com a reeleição de Flávio Dino ao governo, a eleição de Weverton e Eliziane ao Senado e a reeleição de Othelino Neto a Assembleia Legislativa.

“São políticos de visão municipalista e que possuem São Luís como sua principal base. A aliança em favor de São Luís está mantida, pois o governador Flávio Dino inaugurou com o prefeito Edivaldo Holanda um modelo de parceria nunca visto na capital maranhense. São ações na educação, segurança, saúde e mobilidade urbana que mudaram pra a melhor a vida dos ludovicenses nos últimos quatro anos”, observou.

Com relação a Eliziane e Weverton,  Batista aposta em importantes projetos para a capital.

“Os agora senadores Weverton Rocha e Eliziane Gama, que são aliados políticos do prefeito Edivaldo, vão ser os principais representantes de São Luís em Brasília, na aquisição de recursos e projetos para a capital. O Weverton já era um dos parlamentares que mais enviava emenda para a capital, tenho certeza que fará ainda mais agora, assim com Eliziane também, pois foi apoiada pelo prefeito”.

A relação com Weverton Rocha se dá desde os tempos de Jackson Lago

Para Batista Matos, São Luís também será mais bem representada na Assembleia Legislativa com a reeleição de Othelino.

“O Othelino é um deputado nascido em São Luís, um ludovicense de fato, é presidente do legislativo estadual, amigo do prefeito Edivaldo, de vários vereadores como eu, Osmar Filho, Fátima Morais, Marcelo Poeta e outros tantos e tem bons projetos para São Luís. Estamos inclusive trabalhando alguns a serem implantados na área da saúde em pontos estratégicos da capital e que tenho certeza terá um impacto ainda mais positivo na vida dos nossos irmãos ludovicenses”, disse Batista Matos. “O Maranhão inteiro ganhou com essas eleições. Agora é agradecer a Deus e seguir em frente, trabalhando em favor da nossa gente que tanto precisa”, concluiu.